Artigos

13 mar 2006

PASSIVIDADE OU COVARDIA?


NOVA IDENTIDADE

Nasci em Porto Alegre, RS. Sou, portanto, gaúcho. Exatamente por isso estou muito triste e constrangido em dizer que sou natural deste estado. O gaúcho sempre foi reconhecido, no Brasil todo, como um povo politizado, valente e corajoso. Do tipo que nunca admitiu levar desaforo para casa. Aliás, por carregar este temperamento forte, muitas pretensões acabaram frustradas, o que levou o RS a ficar para trás na competição entre outras unidades da federação...

SEM AMOR PRÓPRIO

Pois bem, esta identidade, esta marca, esta característica, infelizmente, já não mais existe no RS. Embora já estejamos perdendo a atenção dos novos interessados que querem investir no Brasil, estamos perdendo também aquilo que sempre falou mais alto no RS: a vergonha na cara e a auto-estima. Ou, em outras palavras, o amor próprio.

INÍCIO DA COVARDIA

Desde a visita do nefasto bandido francês, Monsieur Bové, os gaúchos começaram a se mostrar muito covardes, menos politizados e nada valentes. Bové, como todos estão bem lembrados, cuspiu e fez xixi no chapéu, no pala, na bombacha e nas botas dos gaúchos. Sem qualquer revide. Pasmem: nada aconteceu com ele. Ninguém o ameaçou, muito menos a polícia. O maluco destruiu lavouras e saiu intacto sem um tapa na cara sequer. Uma vergonha para o RS, que foi parar nos noticiários internacionais sem mostrar qualquer manifestação nas ruas contra o bandido.

FESTEJANDO AS DERROTAS

Esta atitude covarde esclarece, de alguma maneira, a forma como os gaúchos insistem na comemoração da Revolução Farroupilha. Os riograndenses parecem mesmo desconhecerem a história. Não importa, ou não sabem, que o RS foi derrotado e que jamais foi cumprido um item sequer do Acordo de Ponche Verde. Os gaúchos, portanto, festejam as derrotas, lamentavelmente. O que muito me entristece.

SEM REAÇÃO

Depois de Bové, o RS presenciou, sempre em silêncio, e de forma covarde, a destruição do laboratório da UFRGS, as inúmeras invasões de terras e fazendas, a depredação de uma empresa de logística em Esteio e, mais recentemente, a estúpida fúria de animais-fêmeas que destroçaram o laboratório da Aracruz. Sem uma só reação do povo nas ruas, gente. O que ainda aconteceu foi por escrito, através da imprensa. Do povo gaúcho organizado, outrora valente e corajoso, nada. Este último foi, sem dúvida, um ato que deixou pasmo o Brasil todo. Agora todos já conhecem esta nova identidade dos gaúchos. Estou com vergonha. Muita vergonha.

A ESTÁTUA ENVERGONHADA

Ao que parece, a única preocupação dos gaúchos é saber e discutir onde deve ser colocada a estátua do Laçador, símbolo que hoje se situa na principal entrada da capital, Porto Alegre. A troca de lugar se impõe pela construção de um importante viaduto que ali precisa ser erguido. Não se trata de eliminar a estátua, mas, pelas discussões, a impressão deixada é que ela é mais importante do que o viaduto, coisa que só acontece em lugares muito atrasados. Antes de perguntar aos tradicionalistas o que pensam a respeito, a questão que se impõe é: já perguntaram ao Laçador onde gostaria de ficar depois de tudo que vem acontecendo? Se a estátua falasse diria que está muito envergonhada. Como eu.

SIMECAN EM HANNOVER

Centenas de novidades tecnológicas apresentadas por empresas do mundo inteiro, principalmente da Ásia e da Europa, têm chamado a atenção da missão de empresários e políticos canoenses que encontram-se na CeBIT, Feira Internacional de Tecnologia de Informação, Telecomunicações, Software e Serviços que acontece até a próxima quarta-feira. O grupo, coordenado pelo Simecan (Sindicato das Indústrias Metal-Mecânicas e Eletro-Eletrônicas de Canoas e Nova Santa Rita) está enfrentando diariamente neve e temperaturas negativas que chegam a -9 graus para chegar ao Centro de Eventos de Hannover. Mas todo o esforço é recompensado com a oportunidade de acompanhar de perto o que existe de mais moderno nos setores abrangidos pela feira.

OFERTAS NA CEBIT

Desde teclados virtuais projetados com laser sobre a mesa, até linhas absurdamente variadas de acessórios para decoração dos aparelhos celulares, são algumas das ofertas encontras na CeBIT. Também são intermináveis as formas de armazenamento de dados, tanto para usuários domésticos quanto para grandes empresas. "Formas de transmissão de dados, voz e imagens estão cada vez mais desenvolvidas, podendo-se antever, por exemplo, o desaparecimento das vídeo locadoras na forma como as conhecemos", afirma o Diretor de Comunicação e Marketing do Simecan, Eng. Werner Spieweck. Segundo ele, as alternativas disponíveis para transmissão e armazenamento de dados permitirão que o usuário receba os filmes no seu computador, sem precisar deslocar-se fisicamente até a locadora

PALESTRA

Será apresentada nesta quarta-feira (15) em Porto Alegre a palestra internacional ?Fazendo o Impossível e Realizando o Inimaginável? sobre a experiência antropofágica vivida na tragédia dos Andes, em outubro de 1972. O tema será abordado pelo uruguaio Antonio Vizintin Brandi, um dos protagonistas do episódio, que tem sido utilizado, de forma crescente, como ferramenta de gestão empresarial. A palestra será acompanhada pela apresentação do vídeo ?Voces de la Montagna? e terá início às 19h, no Holiday Inn (Av. Carlos Gomes, nº 565) e maiores informações podem ser obtidas com a Gênesis Consultores, fone (51) 3325.6351.

CIRURGIA DE MÃO

A Capital gaúcha será sede de outro grande evento na área da saúde. O Porto Alegre Convention & Visitors Bureau confirmou hoje a realização do 27° Congresso Brasileiro de Cirurgia da Mão, que vai acontecer em 2007. A confirmação foi dada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão. Porto Alegre concorreu com Foz do Iguaçu e Gramado. O Congresso vai reunir 1.000 pessoas.

Leia mais

10 mar 2006

TURISMO NO PAMPA


UM PRODUTO TURÍSTICO

Se você tem nervos de aço, gosta de correr riscos e adora aventuras radicais com muita adrenalina, não deixe de visitar o RS. O turismo no pampa oferece um farto menu de manifestações, invasões e muita destruição a toda hora. Em qualquer lugar do estado, principalmente na capital, Porto Alegre, há sempre o show da hora. Em quase todos, além dos gritos de ordem, acontecem os indefectíveis incêndios de bandeiras dos EUA. Tudo promovido por vândalos de plantão, financiados, naturalmente, pelo MST, PT e, pasmem, até pelo próprio governo, com subvenções incríveis. Aproveite.

ENDEREÇO CERTO E SABIDO

Não deixem, também, de conhecer o lugar onde vivem os atores bárbaros e sujos. É muito simples: basta se dirigir ao Parque da Harmonia, bem perto do centro da cidade. Há várias placas indicativas do local. Acampados, sem qualquer possibilidade de banho e outras necessidades, os monstros perigosos vivem alegremente, comentando seus crimes hediondos com toda a proteção. Sugiro que não levem máquinas fotográficas ou dinheiro, pois a turma é perigosa.

AMBIENTE AUTÊNTICO

Ah, mais uma coisa: não esperem a presença da polícia ou da justiça para uma ajuda em caso extremo. Eles só existem no RS para proteger os bandidos. Neste caso estão absolutamente certos: se eles entrassem em ação, o interesse e o produto turístico não teria razão de existir. O melhor mesmo é que tudo fique muito autêntico. Uma advertência: portadores de doenças cardíacas não devem se aventurar.

O RIO GRANDE QUE QUEREMOS

Confesso que esperava um ambiente cheio de ceticismo no encontro ? O Rio Grande que Queremos, realizado nos últimos dias na Fiergs. Mas, não. O espírito que respirei na boa parte do dia que passei lá, ontem, é de que há alguma esperança e algo positivo ainda pode acontecer por aqui. Tudo o que já foi feito no passado sob o ponto de vista de diagnóstico e informação das ações propostas, por pura falta de acompanhamento, sempre deixou de ser implementada.

EXTRATO DA SOCIEDADE

Como o público participante representou um belo extrato da sociedade, envolvendo todas as classes, entidades e poderes, as chances de dar certo existem. Além dos levantamentos feitos, que representam uma descrição dos erros plantados, e colhidos, no passado e no presente, as propostas para melhorar o estado de coisas no futuro só dependerão agora de cobranças persistentes e contínuas junto aos governantes.

OS OMISSOS

Esta pressão é que pode dar a coragem necessária para que os representantes públicos promovam mudanças. Se até agora todos os gaúchos presenciaram as atitudes das corporações, as quais sempre exigiram e levaram todas as vantagens, a impressão deixada no encontro é que todos ficaram convencidos de quem matou o RS. Ou seja, a vontade dos manifestantes foi sempre atendida como se fosse a vontade dos contribuintes, que muito se omitiram.

AGRADECIMENTO

Quando chegou ao RS, a Aracruz Celulose, uma empresa brasileira, trazia na bagagem sua experiência e o compromisso com o desenvolvimento do Estado. Episódios como o da madrugada do dia 8 de março devem ser condenados, pois ameaçam uma história de crescimento que vem sendo construída com seriedade, e por muitas mãos. Foram mais de 20 anos de estudos perdidos em uma ação de 30 minutos, com muitos danos materiais. A Aracruz incentiva e valoriza a democracia, estimula debates produtivos e o crescimento. Por tudo isso, repudia atos de vandalismo, intimidação e invasão de propriedade privada, que considera uma afronta aos princípios democráticos e ao estado de direito. Por assumir compromissos de longo prazo com seus clientes e com a sociedade, a Aracruz precisa garantir a continuidade do seu negócio, respeitando a natureza, investindo em infra-estrutura e educação, respondendo por mais de 10 mil empregos diretos. O Programa de Qualificação de Mão-de-Obra Florestal, por exemplo, que será lançado nessa sexta-feira, justamente em Barra do Ribeiro, capacitará centenas de profissionais no campo, habilitando-os a exercer um novo ofício, com a qualidade que o mercado exige. A Aracruz Celulose acredita na justiça e nas pessoas. Por tudo isso, agradece, em nome dos milhares de brasileiros que compõem sua equipe e de suas famílias, as incontáveis e veementes manifestações de apoio que vem recebendo, de diversos setores da sociedade, diante deste lamentável acontecimento. Da mesma forma, reafirma sua crença no trabalho e no potencial do nosso estado e do nosso país. E é com essa convicção que vai reerguer o laboratório e o viveiro, continuando a investir no desenvolvimento tecnológico, em uma área de conhecimento em que o Brasil detém posição de liderança mundial.

FEIJOADA AOS DOMINGOS

O frio ainda não chegou mas o Sheraton sai na frente e retorna, a partir do dia 19 de março, com as tradicionais feijoadas aos domingos. Em novo cenário, agora no ambiente aconchegante do Bistrô Porto Alegre, o símbolo da cozinha verde e amarela será servido das 12h30min às 15h30min e apresenta diversas opções de entradas, saladas, guarnições e sobremesas. O cardápio é exclusivo e leva a assinatura do chef Mauro de Souza.

CONFERÊNCIA

A Câmara da Indústria, Comércio e Turismo Brasil-Uruguai tem o prazer de convidar para a primeira conferência do "Ciclo de Palestras 2006" desta entidade, a realizar-se em 15 de março próximo. O convidado do mês é o empresário Paulo Tigre, Presidente da FIERGS. O tema da palestra é "O Rio Grande que queremos - Agenda Estratégica 2006-2020".

INVESTIMENTOS

Baseada em seu perfil de constante inovação, a Altus S.A. dará sequência à sua política de investimentos em Pesquisa e Desenvolvimento durante o ano de 2006, na área de software e produtos para automação industrial. A empresa vai investir R$ 6.400.000,00 em pesquisa e desenvolvimento de software e produtos associados, R$ 150.000,00 em capacitação gerencial e tecnológica, R$ 375.000,00 em certificação de produtos e R$ 225.000,00 em máquinas e equipamentos. Do montante total, o BNDES vai financiar R$ 6.000.000,00.

Leia mais

09 mar 2006

A MANSÃO DA TOLERÂNCIA


BENCHMARK

O estado do RS, conforme escrevi há poucos dias atrás, junto com a sua capital, Porto Alegre, virou, definitivamente, a sede e um legítimo benchmark para acontecimentos comunistas radicais. Como nada mais de bom acontece no RS, a ponto de virar notícia nos jornais muito comprometidos com causas esquerdistas, só os maus exemplos é que passaram a ter cobertura. Com isto, a cada dia, mais e mais adeptos da rafuagem se sentem em casa cheios de permissividade. Ou seja, o RS é hoje uma legítima casa de tolerância.

SÓ HOJE

O fato de ter deixado uma parte significativa da sociedade gaúcha, e brasileira, enojada e revoltada com a estúpida invasão de mulheres-demônios, na sede da Aracruz, em Barra do Ribeiro, RS, não sugere que estamos diante de um ato surpreendente. Já passou o tempo em que alguém ainda ficava surpreso com atitudes bárbaras por aqui. Podemos entender, isto sim, que a tal revolta, que hoje tomou conta do povo gaúcho, amanhã já pode estar esquecida. E, assim, logo logo vamos ter mais invasões e novas destruições.

ROTINA

Gente, o que é preciso entender é que tudo o que é nefasto por aqui virou rotina. Isto, em outras palavras, se explica pela omissão total das autoridades que insistem em dizer que nada sabem até que os atos são consumados. As chamadas autoridades, em seus diversos níveis, ignoraram as movimentações de mais de 35 ônibus lotados de bandidos, como foi o caso da invasão na Aracruz. Como sempre, chegaram ao local do crime bárbaro bem depois que a imprensa já havia registrado tudo. Só podem fazer olho grosso por incompetência, cumplicidade ou interesse. Quem sabe?

USEIROS E VEZEIROS

Como é sabido, para se organizar qualquer grupo para fazer uma viagem de ônibus, a primeira exigência ao contratar o veículo é que os viajantes se identifiquem previamente. Inclusive a empresa locadora do ônibus. Em se tratando de manifestantes perigosos, useiros e vezeiros em fazer gato e sapato em matéria de destruição, a polícia precisa estar mais vigilante acompanhando todas as manobras dos veículos alugados.

DATA EMPORCALHADA

Como explicar a tolerância e a omissão da polícia, com relação às mulheres criminosas, invasoras e destruidoras, que resolveram festejar o Dia Internacional da Mulher, emporcalhando a data? Dizer que é só revoltante é pouco. A minha revolta, antes de ser contra as bandidas, é muito mais contra as autoridades.

RISCO RS

Diante de tantos casos lamentáveis que acontecem sistematicamente no RS, pergunto: qual o tamanho do risco que devemos atribuir ao estado, quando alguém é convidado a investir no Brasil? Alguém escolheria o RS sabendo, de antemão, que o seu negócio já estará na alça de mira de invasores e destruidores? Depois de analisar todos os aspectos, e mesmo querendo investir no Brasil, o mais provável é que investidor queira ficar o mais longe possível do RS. Viva a Via Campesina.

RESTAURANTE

Na próxima segunda-feira, 13, às 12h30min, a PURAS estará inaugurando o mais sofisticado restaurante da Fiergs, chamado de Cassara Internacional. O local foi totalmente redesenhado com um design e um cardápio contemporâneo para atender a diretoria da instituição e o público em geral. No encontro vai estar presente o presidente da PURAS e diretoria da Fiergs.

IBERÊ CAMARGO

A nova sede da Fundação Iberê Camargo, com projeto do arquiteto português Álvaro Siza, foi capa da edição de março da revista Blueprint, publicação inglesa especializada em arquitetura, design e cultura. A reportagem traz informações detalhadas sobre a funcionalidade do prédio e as atividades que terão lugar naquele espaço. Segundo a reportagem, nenhum outro edifício público na cidade foi construído com tal integridade arquitetônica, numa alusão às formas do edifício.

GOLFE

O COSTÃO DO SANTINHO RESORT & SPA, que fica na praia de Florianópolis, está trazendo uma novidade para a região: é o COSTÃO GOLF. Em uma área de 571.984m², o complexo teve todos os cuidados ambientais para implantar esse projeto. Inclusive a preservação da fauna e da flora da região está garantida. Essa área irá reunir o mais alto padrão de condomínio residencial. E o campo será ligado ao resort por meio de um teleférico. A inauguração do COSTÃO GOLF está prevista para o final deste ano.Para quem quiser conhecer ou dar umas tacadas, deve consultar o plantão do COSTÃO GOLF, através dos telefones (48) 32693606 ou 84153651.

FEIRA DO CONSUMIDOR

Ontem, 08, foi o lançamento da segunda edição da Feira do Consumidor Legal, evento que integra a programação do Dia Mundial do Consumidor. A programação inicia na próxima segunda-feira,13, no Largo Glênio Peres e se estenderá até o dia 16. Segundo o presidente do Fórum Estadual de Defesa do Consumidor, a feira deste ano contará com a participação de mais de 20 entidades públicas e privadas de atendimento ao cidadão, feirão dos impostos, exposição de produtos legais e piratas e palestras para esclarecimento do consumidor.

Leia mais

08 mar 2006

EFEITO MANADA


GO HOME

Pronto. Bastou um pequeno grupo de estrangeiros resolver tirar alguns de seus trocados do Brasil e o mercado de ações simplesmente deixa de ter compradores suficientes para os ativos apregoados. De nada adianta nesta hora explicar os supostos bons fundamentos mostrados pela economia brasileira. E o que estamos assistindo é que as ordens de venda emitidas pelos estrangeiros, sem fixação e valor, promovem uma baixa substancial das cotações das ações mais negociadas.

CLÁUSULA DE BARREIRA

Gente, sem compradores e sem poupança interna para garantir mais negócios, as ações simplesmente desabam, embora bem carregadas de lucros espetaculares, como têm sido mostrados nos balanços das empresas. Nem os nacionalistas de plantão, com seus ufanismos bobos, afirmando que não precisamos de ninguém para desenvolver o país, estão se manifestando. Pela forma com que agem todos os dias, o que se espera deles é que até no mercado de capitais será preciso aplicar uma cláusula de barreira. Que tal?

BELA ADMINISTRAÇÃO

Ontem, a CaixaRS apresentou belos números referente a financiamentos concedidos em 2005. E, mais uma vez, avançou com resultados impressionantes. Isto significa que estatais, como é o caso da CaixaRS, podem sim serem bem administradas e darem bons resultados. Admito, inclusive, que bancos de fomento precisam existir mesmo por iniciativa de governos, coisa que não é do interesse da iniciativa privada. O que me debato a toda hora, porém, é que as estatais nunca garantem boas administrações em todos os governos.

MEDO DOS EXTERMINADORES

Se a administração atual da CaixaRS está sendo de boa qualidade, coisa que ninguém duvida, o que deve preocupar sempre à sociedade gaúcha e brasileira é que nada nos garante que o mesmo vá acontecer nas próximas gestões. Basta uma troca de governo, como o anterior, do PT, e tudo pode ser destruído em poucos dias. Basta ver o que fizeram com a CaixaRS, que já existia e os recursos que deveriam ir para financiamentos foram para no caixa único. É por isto tenho muitos arrepios com empresas públicas.

INVASÕES

A imprensa do RS insiste em usar o termo - ocupação - para definir as atitudes criminosas dos invasores de terras e outras propriedades privadas. O termo correto é INVASÃO, gente. E é crime hediondo. O direito à propriedade, garantido pela Constituição, não está sendo cumprido. E o pior é que a polícia não pode fazer coisa alguma até que a Justiça se pronuncie a respeito. Chamam de reintegração de posse. Pode?

O LABORATÓRIO

As pesquisas informam que o povo brasileiro não gosta, não aceita e não admite as manifestações odiosas e perigosas do MST. As autoridades, no entanto, estão sempre constrangidas para tomar decisões adequadas e de acordo com o que manda a democracia. Estamos vivendo no inferno da anarquia. E como escrevi ontem, o grande laboratório onde são criados todos os tipos de manifestantes e invasores é o RS. Mais especificamente a sua capital, Porto Alegre. Viva.

DEBATES

Iniciou hoje, dia 8 de março, às 8h30min, a primeira rodada de debates para a formatação do Projeto ?O Rio Grande Que Queremos - Agenda Estratégica para o RS 2006/2020?, no Centro de Convenções da Fiergs. Mais de 700 líderes de diferentes setores da sociedade confirmaram presença no evento que terá continuidade amanhã, dia 9 de março. Espero que não fique só na retórica.

PALESTRANTE

Heinz-Peter Elstrodt, diretor da McKinsey & Company, será o palestrante da primeira reunião almoço da Amcham Porto Alegre no próximo dia 13 de março no Hotel Plaza São Rafael. Na pauta as principais barreiras para o crescimento econômico e sustentável brasileiro.

INAUGURAÇÃO

O Grupo Gerdau inaugura amanhã, 9 de março, em Araçariguama, a Gerdau São Paulo, primeira usina siderúrgica da empresa no estado. A unidade terá capacidade para produzir anualmente 900 mil toneladas de aço e 600 mil toneladas de produtos laminados. A coletiva de imprensa será realizada às 9h30 na Gerdau São Paulo (Rodovia Presidente Castelo Branco, km 52) e contará com a presença do presidente do Grupo Gerdau, Jorge Gerdau Johannpeter.

CAMPANHA ESPECIAL

A rede de farmácia Panvel inicia o mês de março com campanha especial em homenagem às mulheres. No ?Mês da Mulher Panvel? três clientes, com diferentes perfis, serão sorteadas com viagens. A romântica vai para Buenos Aires, a Zen para Bonito no Mato Grosso do Sul e a Ativada para o Club Med em Itaparica, todas têm direito a levar um acompanhante . Participa quem comprar R$15,00 em produtos de higiene e beleza e preencher os cupons disponíveis, até dia 31 de março, nas 226 farmácias da rede. As vencedoras serão anunciadas durante sorteio que será realizado dia 12 de abril , às 19h,na filial do Praia de Belas Shopping.

Leia mais

07 mar 2006

UMA CIDADE-SEDE DO ESQUERDISMO MUNDIAL


PONTO MARCANTE

Porto Alegre, capital do RS, ganhou, definitivamente, um péssimo rótulo que, de apesar de tudo, faz jus a tudo que ali vem acontecendo nos últimos anos. A capital dos gaúchos, infelizmente, se transformou numa cidade-sede de movimentos de esquerdistas radicais. Tal qual a cidade de Hannover, na Alemanha, é considerada uma cidade-feira, abrigando grandes eventos que ensejam desenvolvimento e crescimento, Porto Alegre virou esquina de encontro para ajuntamento de manifestantes comunistas.

REPERCUSSÃO

A anualmente repetitiva e insuportável greve dos professores, liderada pelo atrasado sindicato dos professores do ensino público ? Cpers -, o não menos insuportável Fórum Social Mundial, e, neste momento também a II Conferência Internacional sobre Reforma Agrária e Desenvolvimento Rural, fazem de Porto Alegre uma autêntica Ilha de Cuba. Isto explica, de alguma maneira, a razão da muito baixa repercussão do Fórum da Liberdade, que ainda teima em ser realizado em Porto Alegre, e que neste ano se realizará nos próximos dias 3 e 4 de abril, na PUC.

OS ENCANTADORES DA MÍDIA

Os próprios jornais gaúchos, como é sabido, sempre dedicaram um inexpressivo e ridículo espaço para divulgação do Fórum da Liberdade, enquanto que os demais encontros comunistas ganham páginas e páginas com repercussão enorme. Isto prova simpatia e o interesse da mídia gaúcha para com os movimentos comunistas, que os vê sempre com muito mais simpatia e vontade.

PROVEITO

Observem, igualmente, o que a sociedade gaúcha vem obtendo de proveito dos diversos encontros realizados em Porto Alegre: os assuntos discutidos no Fórum da Liberdade, que está chegando a sua 19ª edição, nunca conseguiram melhorar a situação do RS, que está literalmente à beira da falência. Por outro lado, os péssimos resultados dos encontros comunistas sempre foram bem aproveitados, razão pela qual o RS detesta pedágios e abomina as privatizações de empresas públicas. E quem manda mesmo por aqui são as corporações públicas, todas apaixonadas pelos movimentos esquerdistas.

O ILUMINISMO

O iluminismo, deflagrado no século dezoito, foi assim chamado por ser a era da razão. Com o iluminismo a ciência passava a ter mais vez, enquanto as crenças perdiam espaço e credibilidade. Pois bem. No RS o iluminismo ainda não foi percebido. A ciência e a economia de mercado continuam sendo coisas do demônio. Quem prega esta realidade é excomungado pela CNBB e perseguido pelos partidos políticos que querem o comunismo ou o mercantilismo. Viva a mediocridade.

COMUNICAÇÃO

Estou convencido de que não mudarei este estado de coisas. Mas prefiro perseguir aquilo que o meu convencimento me propõe. Não desisto nunca. Nas reuniões, coletivas de imprensa e, principalmente, junto aos meus milhares de assinantes/leitores sinto, a cada dia, que virei um porta-voz dos indignados silenciosos. Como ninguém é educado para se manifestar, os contrariados se sentem mais confortados quando alguém grita por eles. Pouco importa que, por gritar, fico com o ônus de quem berra. O escasso bônus, que precisa ser aumentado, precisa ser repartido com os demais indignados.

SIMECAN NA CeBIT

O SIMECAN marca presença novamente em eventos internacionais a partir desta quinta-feira, quando um grupo de empresários e representantes do poder público de Canoas viaja à Alemanha para participar da CeBIT 2006 - Feira Internacional de Tecnologia de Informação, Telecomunicações, Software e Serviços. A Full Gauge Controls apresentará seus produtos, enquanto as empresas Metalmolas, Omnitec Automação e Lasa do Brasil viajam na condição de visitantes. O objetivo do SIMECAN é prospectar as oportunidades oferecidas nesta que é a maior feira de tecnologia de informação e telecomunicações, formando um cenário ideal para as pequenas e médias empresas que pretendem ingressar no networking internacional. A CeBIT será realizada entre os dias 9 e 15 de março, sendo a única feira em nível mundial a apresentar de uma só vez tudo que há em soluções digitais para a vida pessoal e profissional.

FEIRA DA VINDIMA

A Feira da Vindima que acontece até o próximo dia 26 de março, em Flores da Cunha, sempre aos sábados e domingos, já recebeu cerca de 18 mil visitantes e pretende atingir 50 mil visitantes até o encerramento.A Feira que tem foco para os setores econômicos do município , malhas, confecções, móveis, vinhos e gastronomia reune 100 expositores em um amplo espaço com estacionamento, palco para shows, comercialização de produtos coloniais e restaurante com o Festival da Polenta Formaio e Vin. O destaque fica por conta dos móveis, que confere ao município o título de segundo pólo moveleiro do estado e nesta edição realiza encontros técnicos com arquitetos, decoradores e especificadores

NET SERVIÇOS

Com muita criatividade e ousadia, a Net estréia em Porto Alegre, na rede Zaffari, a venda de kits de acesso a serviços TV por assinatura e Virtua no varejo. Os kits de aceso da Net serão oferecidos em três opções: Net Kit Digital, que permite acesso a mais de 130 canais com som e imagem digital; Net kit com cobertura de 64 opções, entre canais de filmes, programas jornalísticos,programação infantil e seriados. E o Net kit Virtua Mega Flash, que é a única opção de banda larga a ser vendido em prateleiras do varejo.

PRÁTICA POLÍTICA

A Faculdades Rio-Grandenses ? FARGS abre inscrições para o Curso de Extensão Iniciação à Prática Política, que ocorrerá de 31/03 a 03/06, sextas-feiras à noite e sábados pela manhã, no Campus Centro da FARGS, rua Mal.Floriano Peixoto, 626. Com duração de 40h/aula, distribuídas em cinco finais de semana, estão previstos conteúdos como Política Econômica, Marketing Político, Gestão de imagem, Planejamento Estratégico para Campanhas Eleitorais, entre outros assuntos. O público alvo são pessoas envolvidas com os processo de gestão das políticas públicas, candidatos a cargos públicos, assessores e demais interessados em participar nos processos de modernização da gestão das políticas públicas.As inscrições poderão der feitas até o dia 30/03 com o coordenador de Extensão da FARGS, profº Charles Grazziotin. Mais informações pelo telefone (51) 3286-5659.

Leia mais

06 mar 2006

TUDO POR VONTADE PRÓPRIA


ESTADO QUEBRADO

Nesta semana, o RS vai poder ouvir a voz rouca da sociedade gaúcha menos omissa, assim como dos políticos que concorrem às próximas eleições. É que nos dias 8 e 9, na FIERGS, deverão ser apresentados e debatidos programas que, dependendo da vontade desta incrível maioria silenciosa, podem mudar o rumo do Estado que está completamente à deriva e sem força Constitucional para se reerguer.

DIAGNÓSTICO ANTIGO

O diagnóstico da situação, que já foi levantado há muitos e muitos anos, identifica que foi o próprio povo riograndense que preferiu trilhar este lamentável caminho da burrice e da insolvência em que está metido. Só um povo desprovido de raciocínio, muito mal educado, e com políticos igualmente despreparados, é que pode levar um Estado a esta posição terrível em que o RS se encontra.

CORRIGIR OU RATIFICAR

Agora, mais uma vez, o povo gaúcho está sendo conclamado a corrigir os erros ou, quem sabe, ratificar o velho desejo que tem apresentado de permanecer na miséria e no subdesenvolvimento. Vamos conferir mais uma vez as propostas, os anseios, as possibilidades e a coragem dos candidatos para mudar o RS. A ordem, porém, para sair da horrível encrenca, é conhecida: ser muito pragmático e pouco político. Quem se dispuser a fazer o que é preciso, provavelmente não será eleito rapidamente. Já se sabe que as decisões não agradarão os beneficiados pelo aumento da crise.

AOS GREVISTAS

A propósito: sugiro que convidem o maior número possível de professores do ensino público para o encontro. Principalmente os grevistas. É uma oportunidade fantástica para que eles aprendam uma velha lição, a qual deveria ser repassada com urgência aos seus alunos: os aposentados do setor público, onde se incluem, precisam ser custeados exclusivamente por suas contribuições individuais, e não pelo caixa do Tesouro. Só as contribuições a algum Instituto de Previdência é que podem e devem bancar aquilo que tem levado todo o dinheiro do contribuinte gaúcho. Assim sobrariam os recursos reclamados que poderiam melhorar os salários.

INVESTMENT GRADE: REGRA UM

O Brasil está, dia após dia, se aproximando da nota que pode conferir o muito cobiçado -

Investment Grade

-. No entanto, a Regra UM para chegar lá ainda não foi tocada por aqui. Está intacta. Não foi atacada. Entendam o raciocínio: admitamos que o país pague toda a sua dívida pública externa (o que deve acontecer rapidamente) . Mesmo assim não obterá a tal graduação que liberaria os fundos de pensão internacionais a investir, sem contestações, no Brasil.

SUPERÁVIT NOMINAL

Enquanto as nossas despesas de governo forem maiores do que as receitas seremos muito vulneráveis. Portanto, só o superávit primário não resolve coisa alguma. É preciso que haja continuado superávit nominal, o que as contas da previdência não admitem em hipótese alguma. Com a palavra e a decisão, nós, os brasileiros.

PROJETO PESCAR

A Dimed Panvel é a primeira empresa do setor farmacêutico brasileiro a aderir ao Projeto Pescar. Consciente da importância de desenvolver trabalhos na área social, a Unidade Pescar Dimed Panvel irá ministrar curso na área de atendimento ao varejo, no bairro Santana, Porto Alegre. A previsão é que as aulas iniciem no primeiro semestre de 2006.

ORKUT

Uma comunidade de pais, no orkut, visa obter um número expressivo de adesões para fazer pressão frente aos órgãos de Governo Estadual, bem como junto ao ministério público, com o desejo de ingressar com uma representação para que eles assumam a representatividade na defesa das crianças do RGS, com o fim de encerrar imediatamente esta greve dos professores. Por tratar-se de greve eleitoreira, estes pais não aceitam que seus filhos sejam prejudicados mais uma vez por esta camarilha de grevistas. A comunidade no orkut é: Não a greve dos professores no RS - link: www.orkut.com/Community.aspx?cmm=9259097

LIVRO

O autor do livro "A CPI que abalou o Brasil", o jornalista Leonardo Attuch, virá nesta sexta-feira a Porto Alegre para falar sobre o que viu em Brasília. Ele é editor de economia da revista IstoÉ Dinheiro. Além da palestra, Attuch também autografará seu livro, editado pela Siciliano. Os dois eventos foram marcados para as 18h30m, no Terraço Brasília, 4º andar do Sheraton.

HAPPY HOUR

Devido a excepcional procura por convites, a AGAS ? Associação Gaúcha de Supermercados transferiu o local de seu primeiro Happy Hour de 2006 nesta terça-feira, 07 de março, às 19h, com o vice-presidente de operações da Wal-Mart para as bandeiras BIG, Nacional, Mercadorama e Maxxi, Marcos Baruki Samaha. O Happy Hour AGAS será realizado no Centro de Convenções da FIERGS, Av. Assis Brasil nº 8787 e não mais no Hotel Deville.

BALANÇO

Em 2005 as ações da CaixaRS Fomento Econômico e Social atenderam às necessidades de setores industriais, agrícolas, de grandes e de micro e pequenos empreendimentos. Nessa terça-feira (07/03), às 15h, o presidente da Instituição, Dagoberto Lima Godoy, apresentará o total de financiamentos, as ações e as estratégias que serão desenvolvidas em 2006 no Rio Grande do Sul. Godoy ainda detalhará os programas através dos quais foram distribuídos os recursos da CaixaRS.

VOLUNTÁRIO GERDAU

O Grupo Gerdau está contribuindo para disseminar a cultura do voluntariado no país. E a lição começa dentro de casa. Em comemoração ao primeiro ano de atividade do Instituto Gerdau, a empresa lança na próxima quarta-feira, 8, o Programa Voluntário Gerdau. A iniciativa busca sensibilizar os colaboradores do Grupo no Brasil, reconhecendo o trabalho voluntário em prol do desenvolvimento sustentado das comunidades. A metodologia de capacitação do programa é da ONG Parceiros Voluntários, parceira do projeto.

Leia mais