Frase do dia

  Democracia visa igualdade na liberdade. Socialismo deseja a igualdade na restrição e na servidão.  

- Alexis de Tocqueville

Artigos


27 jul 2021

RELAÇÃO DE AMOR E ÓDIO


RECONCILIAÇÃO

O relacionamento de AMOR e ÓDIO que é destilado a todo momento por brasileiros em geral à boa parte dos meios de comunicação é algo muito surreal. Vejam que ao mesmo tempo em que os brasileiros -sofredores- expõem claros e definitivos sentimentos de ÓDIO eterno com as NARRATIVAS, a maioria, cheia de AMOR, segue lendo, ouvindo e assistindo os mesmos noticiários como se buscassem uma reconciliação.


ÓDIO ESCANCARADO

Aliás, bem antes das eleições de 2018 escrevi um editorial informando, por exemplo, que havia deixado de assistir a Rede Globo face ao escancarado ÓDIO que a organização passou a nutrir, e colocar no ar, através de seu vasto contingente de jornalistas, ao então candidato Jair Bolsonaro. E, conforme está lá escrito e registrado em -ARTIGOS ANTERIORES-, em nenhum momento senti falta dos telejornais da Globo, exibidos tanto pela TV ABERTA quanto pelos canais da TV CABO.


MORDENDO A ISCA

Ora, quem tem ÓDIO, certamente usa este sentimento para tentar destruir o seu AMANTE. Em se tratando de meios de comunicação, mais do que sabido, a arma que tem sido utilizada, infelizmente, é a MÁ INFORMAÇÃO. Com NARRATIVAS FALSAS, carregadas de MANIPULAÇÃO, as NOTÍCIAS (?) são lançadas e, como se vê, muita gente acaba mordendo a isca. A partir daí, ao invés de IGNORAR as informações, muita gente COMPARTILHA , provocando discussões sobre coisas que na maioria das vezes são INVENÇÕES cujo propósito é gerar dúvida e/ou desconfiança.


FALSIDADES

Isto tem sido muito comum nas Redes Sociais e, principalmente, através do WhatsApp, Telegram, etc., onde grupos formados por centenas de participantes acabam recebendo mensagens FALSAS e/ou FABRICADAS cujo propósito é o de colocar os mais desavisados em dúvida sobre a honestidade de pessoas preocupadas com o bom futuro do Brasil. Não raro, além do presidente também seus ministros têm se tornado alvo de mentiras que depois de serem lançadas, por força do ÓDIO nutrido mostram enorme dificuldades para serem desmentidas.


AGENDA MAIS LIBERAL

O que acontece neste momento é que a MINORIA está muito mais organizada do que a MAIORIA. Com união de praticamente todas as instituições querendo impedir o avanço de uma AGENDA MAIS LIBERAL, o prato da discórdia está servido. Para disfarçar e colocar a dúvida na cabeça dos brasileiros em geral, o alvo visível a olho nu é o presidente Jair Bolsonaro, mas na verdade o que realmente incomoda não é o presidente, mas a AGENDA. Afinal, não é à toa que o LIBERALISMO sempre foi demonizado no nosso empobrecido Brasil. 


ESPAÇO PENSAR +

Leia no ESPAÇO PENSAR+ de hoje: COMO SÃO ANTIGAS CERTAS NOVIDADES!, por Percival Puggina. Confira aqui: https://www.pontocritico.com/espaco-pensar-artigo/como-sao-antigas-certas-novidades!-270721.



Leia mais

Patrocínio:

26 jul 2021

A VACINAÇÃO NA FLÓRIDA


PCR

Depois de cumprir com a quarentena de 14 dias no México, cheguei neste final de semana na Flórida, EUA. Para poder embarcar, a companhia aérea, como se sabe, exige a apresentação do PCR, com resultado -negativo-. Sem este documento -eletrônico-, que deve ser feito até 72 horas antes de viajar, não há a menor possibilidade de embarcar na aeronave. 


QUARENTENA

Diferente do que imaginava, o setor de imigração americano entende que só entra no país quem apresentou o PCR antes de embarcar. Assim, a única coisa que o agente exige é a prova do tempo (quarentena) que permaneceu no país onde embarcou.


MÁSCARA

Quanto ao uso ou não da máscara, o governo da Flórida deixa isto por conta exclusiva de cada INDIVÍDUO. Isto vale, inclusive para entrar na maioria dos estabelecimentos, onde cada um age de acordo com a sua vontade e/ou interesse de proteção. Resumindo: aqui impera a tal LIBERDADE que o Brasil insiste em não permitir o exercício.


DIREITO DE ESCOLHA

Quanto a VACINAÇÃO, bem diferente do que acontece no nosso empobrecido Brasil, cada cidadão tem o SAGRADO DIREITO DE escolha de qual vacina está disposto a tomar. Assim, ao se dirigir a qualquer um dos inúmeros pontos de vacinação (supermercados, farmácias e/ou várias lojas de departamentos), os cidadãos podem escolher se querem a Pfizer, a Moderna ou a Janssen.


VACINA BOA...

Esta possibilidade de escolha, que nada mais é do que o simples exercício da LIBERDADE, infelizmente não é permitida no Brasil. E quem ousa mostrar preferência é tratado como se fosse um estúpido. Mais: a resposta, para quem detesta a LIBERDADE, é a seguinte: VACINA BOA É VACINA NO BRAÇO. Pode? 



Leia mais

24 jul 2021

O ESSENCIAL E O ACESSÓRIO


SUPERPODERES

A partir do momento em que CORONAVÍRUS foi declarado como PANDEMIA, pela Organização Mundial da Saúde, inúmeros governadores e prefeitos do nosso empobrecido Brasil entenderam que a OMS lhes conferia o DIREITO DITATORIAL de dizer aos seus governados que só o ESSENCIAL poderia ser produzido e/ou consumido. Mais: através dos supostos SUPERPODERES que acreditavam ter recebido da OMS, eles saberiam definir o que era ESSENCIAL e o que era ACESSÓRIO.  


CLIMA DE ABSURDOS

Pois, neste clima onde os absurdos ganharam proporções impressionantes, muitas empresas foram obrigadas a fechar suas portas porque não sabiam produzir algo que fosse considerado ESSENCIAL pelos governantes SUPERPODEROSOS e com isso milhões de brasileiros simplesmente foram demitidos porque não se mostraram capazes de fazer algo que fosse considerado como ESSENCIAL para os consumidores.


ÁLCOOL EM GEL

O curioso, para não dizer revoltante, é que o ÁLCOOL EM GEL, que junto com as MÁSCARAS, foi, e continua sendo, o artigo MAIS ESSENCIAL DE TODOS, figura como o TERCEIRO PRODUTO MAIS TRIBUTADO NO BRASIL (perdendo apenas para TABACO e COMBUSTÍVEIS, segundo informa a Associação Brasileira da Indústria de Higiene e Limpeza, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC). Em nenhum momento, os SUPERPODEROSOS acharam por bem em reduzir os tributos sobre o produto considerado como mais ESSENCIAL. Nem mesmo o fato de que, em 2020, as vendas de ÁLCOOL EM GEL dispararam 808%, 


A MAIOR PARTE VAI PARA O GOVERNO

Como se vê, infelizmente, esses maus governadores e prefeitos do mal, além de não entender que só o consumidor tem o DIREITO SAGRADO de definir aquilo que é ou não ESSENCIAL para si próprio e/ou para seus dependentes, ainda usa seus poderes TRIBUTÁRIOS para ficar com a maior parte do valor do indispensável ÁLCOOL EM GEL que é vendido -compulsoriamente- no mercado.


MAUS GOVERNANTES

Ora, diante de tamanho absurdo misturado com grossa injustiça, o que precisa ficar bem claro é que em momento de PANDEMIA, os IMPOSTOS deveriam ser considerados como TOTALMENTE DISPENSÁVEIS. Melhor: PROIBIDOS DE SEREM COBRADOS. Não só para o ÁLCOOL EM GEL, mas todos os PRODUTOS. De novo, para que fique bem claro: o que não é ESSENCIAL NEM ACESSÓRIO são esses maus governantes.   



Leia mais

22 jul 2021

O PRESIDENCIALISMO IMPEDE QUE O PRESIDENTE GOVERNE


O ESTRANHO PRESIDENCIALISMO BRASILEIRO

A decisão tomada pelo presidente Jair Bolsonaro, ao escolher o senador Ciro Nogueira para ocupar a Pasta Civil, sugere, enfim, o entendimento claro de que o PRESIDENCIALISMO BRASILEIRO é um SISTEMA que, por incrível que possa parecer, IMPEDE O PRESIDENTE DE GOVERNAR. Pode?


CONSTITUIÇÃO FRANKENSTEIN

Antes de tudo é sempre oportuno lembrar a seguinte frase que José Sarney disse e repetiu pouco antes da promulgação desta péssima Constituição de 1988 : - A inclusão de todas as reivindicações CORPORATIVAS tornou o país ingovernável, fazendo da Carta Magna algo mais grave do que um Frankenstein. 


SALADA DE PARTIDOS POLÍTICOS

Pois, ao longo desses 30 anos, a Constituição Federal provou que não é apenas CORPORATIVISTA. Para piorar ainda mais transformou o SISTEMA PRESIDENCIALISTA em algo totalmente dependente da vontade e do humor do LEGISLATIVO. Este PODER, por sua vez, é uma verdadeira SALADA DE PARTIDOS POLÍTICOS, cujos ingredientes dificultam sobremaneira a governabilidade. Mais: Desconsidera que os ingredientes fazem parte do PROGRAMA DE GOVERNO, peças fortemente decisivas na orientação do voto dos eleitores.


ENTEDIMENTO DA SITUAÇÃO

Ora, enquanto o povo brasileiro, notadamente a mídia, não entender que a GOVERNABILIDADE é refém das vontades do PODER LEGISLATIVO, é certo que terá maior dificuldade para perceber que a escolha do senador para ocupar a PASTA CIVIL é condição mínima necessária para que o PRESIDENTE POSSA, ENFIM, GOVERNAR. De novo: GOVERNAR significa dar seguimento efetivo aos projetos e propostas que integram o PROGRAMA DE GOVERNO.


PARLAMENTARISMO, JÁ!

Vou continuar fazendo de tudo para levar o entendimento de que o Brasil precisa, antes de tudo, uma NOVA CONSTITUIÇÃO, na qual a cláusula de barreira determine um adequado número de partidos, o voto distrital venha a existir e que o PARLAMENTARISMO seja o SISTEMA DE GOVERNO BRASILEIRO. Esta de ficar escolhendo o PRESIDENTE DA REPÚBLICA para ver o vencedor sem chances de governar é ficar sofrendo sem parar.


ESPAÇO PENSAR +

Leia no ESPAÇO PENSAR+ : A DESCONHECIDA HISTÓRIA DO EMBARGO CUBANO, por Nelson Rodriguez Chartand. Confira: https://www.pontocritico.com/espaco-pensar



Leia mais


Espaço Pensar +





GILBERTO SIMÕES PIRES

Formado em Administração, o comunicador de PENSAMENTO LIBERAL, nome de grande credibilidade na comunidade gaúcha, com ideias próprias e firmes, é defensor da economia de mercado e do fim de qualquer subsídio por parte do governo.

 

Gilberto Simões Pires iniciou sua carreira na área de comunicação em 1986, no Rádio. A seguir atuou como comentarista econômico na TVE (Mercado em Ação); na TV Guaíba (Câmera 2); no Grupo RBS (Rádio Gaúcha, RBS TV e Jornal Zero Hora); na TV Pampa (Pampa Boa Noite).
Após, na Rede Bandeirantes Porto Alegre, ancorou os programas -PRIMEIRO PLANO- na Band AM, e CONTROLE REMOTO na Band TV.
Por oito anos ancorou Programa -PONTOCRITICO.COM- no canal 20 da NET e, desde 2009, escreve diariamente a E-OPINION LIBERAL - PONTOCRITICO.COM- .


Em ambientes associativos é membro efetivo do Clube de Editores e Jornalistas de Opinião e coordenador da Sociedade Pensar+.

 

EQUIPE EDITORIAL

 

Editor: Gilberto Simões Pires
Assinaturas: Lúcia Pedroso
Para Anunciar: Cristina Sacks

Sites Interessantes