Frase do dia

  Os piores males que a humanidade já teve de suportar foram infligidos por maus governos.  

- Ludwig von Mises

Artigos


20 set 2021

PANDEMIA ECONÔMICA


SALVAR VIDAS

O termo PANDEMIA, ou -DE TODO O POVO- é uma EPIDEMIA de doença infecciosa localizada numa grande região. Como o vírus COVID-19 se espalhou rapidamente por todo o planeta, a OMS -ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE-, lá atrás, mais precisamente no dia 11 de março de 2020, resolveu decretar ESTADO DE PANDEMIA MUNDIAL. A partir daí, a única preocupação que tomou conta de quase todos os países, foi a de SALVAR VIDAS. 


FISCAIS DA PANDEMIA

Pois, na medida em que os dias, semanas e meses avançavam, o que mais se viu, notadamente no nosso empobrecido Brasil, foi um fantástico crescimento de FISCAIS DA PANDEMIA. Como tal, enquanto vários governantes e prefeitos tratavam de legislar sobre PROTOCOLOS e determinando LOCKDOWS e/ou todo o tipo de PROIBIÇÕES, a MÍDIA ABUTRE, no alto de sua sabedoria destrutiva tratou de -MANDAR- o povo FICAR EM CASA. Mais: mandou seus obedientes colaboradores apontar dedos, microfones e câmeras na direção de quem, como se bandido fosse, ousasse não usar MÁSCARAS e/ou participava de AGLOMERAÇÕES. 


SAÚDE FINANCEIRA

Como a VIDA DE QUALQUER PESSOA depende não apenas da SAÚDE FÍSICA, MENTAL E ESPIRITUAL, mas, da importante SAÚDE FINANCEIRA, considerada como básica para proporcionar o sustento pessoal e familiar, nem assim os maus governantes e profissionais da mídia abutre se sensibilizaram. Os efeitos, altamente previsíveis, destas criminosas atitudes, como venho alertando desde o dia 12 de março de 2020, aí está:  A SAÚDE ECONÔMICA, via INFLAÇÃO MUNDIAL, está abalando pessoas, famílias, empresas e países.


BANCO MUNDIAL

Pois, considerando que a OMS, preocupada com a SAÚDE FÍSICA DOS POVOS, decretou como ESTADO DE PANDEMIA a disseminação da COVID-19, fico imaginando que o BANCO MUNDIAL, obedecendo a mesma lógica, qual seja a de mostrar igual preocupação com a SAÚDE FINANCEIRA E ECONÔMICA de pessoas, empresas e países, também deveria admitir que a INFLAÇÃO MUNDIAL atingiu o grau pra lá de suficiente para a DECRETAÇÃO DE ESTADO DE PANDEMIA. 


O MERCADO DECRETOU A PANDEMIA DA INFLAÇÃO

Uma coisa é mais do que clara: assim como a COVID-19 deixa sequelas nos seus infectados a INFLAÇÃO, promovida pelos criminosos LOCKDOWNS, vai mais além. Vejam que a ALTA DOS PREÇOS de tudo que é considerado básico, desde derivados de petróleo, minérios, aço e alimentos, principalmente, impõe sérios danos que se refletem no consumo e/ou no endividamento. Está aí o resultado: o CONSUMO DE BENS E SERVIÇOS, diante da OFERTA REDUZIDA, resultante das criminosas PARALISAÇÕES DAS MAIS VARIADAS ATIVIDADES, está cobrando o seu preço em forma de INFLAÇÃO. Esta PANDEMIA, como se vê, acabou sendo decretada, com toda a força, pelo MERCADO. 


ESPAÇO PENSAR +

No ESPAÇO PENSAR + de hoje: O “CULPADO” DE TUDO, por Percival Puggina. Confira no link: https://www.pontocritico.com/espaco-pensar



Leia mais

Patrocínio:

17 set 2021

O MEDO -CULTURAL- DA LIBERDADE


CULTURA

Os brasileiros, em geral, por questões de ORDEM PSICOLÓGICA, SOCIAL E CULTURAL, sempre foram levados a entender, e aceitar de forma pronta e acabada, que cabe ao ESTADO dizer, ou mesmo obrigar, o que cada cidadão pode ou não fazer. Ou seja, está na CULTURA DO POVO, infelizmente, a nítida presença do ESTADO-BABÁ, que faz com que uma enorme parcela da nossa população acredite que a FELICIDADE não é uma busca individual, mas uma obra de responsabilidade do ESTADO.


TAREFA ARRISCADA

Leve-se em conta, nesta importante questão, que a MÍDIA, de forma muito insistente, sempre tratou de vender aos leitores, ouvintes e telespectadores, a IDEIA FORMADA de que este negócio de LIBERDADE PARA ESCOLHER E PARA AGIR, é algo pra lá de arriscado. Assim, nada melhor do que transferir esta tarefa para o ESTADO, que como ninguém, entende o que cada brasileiro deve ou não fazer, dizer ou mesmo pensar.


PAPEL DOS SOCIALISTAS

Pois, dentro deste ambiente CULTURAL, que perdura por mais de 520 anos, a cada vez que a palavra LIBERDADE é pronunciada muita gente entra em pânico. E quem mais colabora para que este estado de coisas não mude são os SOCIALISTAS, que desde sempre estiveram convencidos de que o melhor para o Brasil, assim como para o mundo todo, é que tudo deve ser administrado pelo ESTADO. E quando alguém, por conta e risco próprios, ousa ignorar esta LÓGICA COMUNISTA, é imediatamente alertado que o ESTADO tem o poder de produzir LEIS que tem como propósito limitar, e não raro impedir, a fantástica LIBERDADE PARA EMPREENDER. 


PERIGOSA LIBERDADE

Vejam, por exemplo, que muito daquilo que nunca deveria estar na LEI, mas na correta e soberana VIA DA NEGOCIAÇÃO, é algo corriqueiro no nosso empobrecido Brasil. Esta clara intervenção do ESTADO é o atestado público para que todos entendam que a LIBERDADE, além de perigosa se oferece como possivelmente nefasta para a vida das pessoas físicas e jurídicas.


IDADE ADULTA

O atual governo, que apenas deu início a uma caminhada, ainda que tímida, na trilha da LIBERDADE, já foi o suficiente para que os SOCIALISTAS entrassem em ação. Como tal, aproveitando a CULTURA que está enraizada na sociedade, o que mais fazem é colocar as mais diversas TRAVAS para impedir o avanço da boa iniciativa. Assim, de forma nada disfarçada, fazem com que o povo entenda, e aceite, que não chegou à IDADE ADULTA. Como tal, continuamos sendo eternamente, uma SOCIEDADE SEM JUÍZO, onde os INDIVÍDUOS são incapazes para tomar suas próprias decisões. Ou seja, para bem geral da Nação, o melhor é continuar, para todo o sempre, como eterno DEPENDENTE DO ESTADO.


ESPAÇO PENSAR +

No ESPAÇO PENSAR + de hoje: NARRATIVAS GAÚCHAS, por Mateus Bandeira. Confira aqui: https://www.pontocritico.com/espaco-pensar

 

 



Leia mais

16 set 2021

MAIS UMA -REFORMA- REPLETA DE MUTILAÇÕES


MÉRITOS

No nosso empobrecido Brasil, quando o Congresso Nacional aprova um bom projeto do governo, na maioria das vezes quem fica com os méritos são os deputados e senadores. Já quando algum projeto é reprovado, ou acaba sendo aprovado com mutilações que simplesmente desfiguram a matéria original, aí o que mais se ouve e lê é que o governo, e não o povo brasileiro, foi DERROTADO.


REFORMAS

Vejam, por exemplo, o que aconteceu com a REFORMA DA PREVIDÊNCIA: o texto que resultou aprovado é um ARREMEDO daquilo que é necessário para a saúde financeira do país. Entretanto, como outras REFORMAS, notadamente a TRIBUTÁRIA e a ADMINISTRATIVA, estavam na fila, aguardando o desfecho da PREVIDENCIÁRIA, o governo, na tentativa de obter algo que se possa chamar de VITÓRIA PARA O BRASIL, tratou de elogiar o Congresso dizendo que o mesmo era REFORMISTA. Nada mais falso, infelizmente.


A PRIMEIRA CLASSE FALOU MAIS ALTO

Agora, como se sabe, o que está na pauta de discussões na Câmara Federal, é a eterna REFORMA ADMINISTRATIVA, cujo projeto enviado pelo governo mostra apenas e tão somente a corretíssima preocupação de dar aos funcionários públicos, ou PRIMEIRA CLASSE, um tratamento MAIS JUSTO em comparação ao que acontece com os cidadãos da iniciativa privada, ou SEGUNDA CLASSE. E, como já era esperado, o CORPORATIVISMO falou mais alto informando que ninguém tasca na PRIMEIRA CLASSE.


PRIVILÉGIOS

Para confirmar o quanto a PRIMEIRA CLASSE manda e desmanda no país, mesmo que as mudanças propostas na REFORMA ADMINISTRATIVA só poderão atingir os funcionários públicos contratados a partir da eventual aprovação, ontem, o deputado Arthur Maia, relator da PEC 32, entre várias MUTILAÇÕES NO TEXTO ORIGINAL tratou de promover a retirada da possibilidade de se diminuir a jornada de servidores em até 25%, com a redução proporcional do salário. O relatório anterior, vale registrar, autorizava a medida para todas as carreiras do funcionalismo que não fossem consideradas exclusivas do estado. Na comissão, o dispositivo gerou críticas de parlamentares da oposição, que representam os PRIVILEGIADOS DE SEMPRE.


CONGRESSO REFORMISTA?

Este, infelizmente, é o nosso CONGRESSO, QUE NADA TEM DE REFORMISTA. Quando muito, o que sai de lá não passam de verdadeiros MONSTRENGOS. Para piorar, a MÍDIA ABUTRE entende que tudo que resulta aprovado nas DUAS CASAS é a vontade do POVO. E tudo aquilo que é rejeitado, ou caducado, é uma flagrante DERROTA DO GOVERNO. Pode? 


ECONOMISTA DE MÃO CHEIA

Pois, dentro deste clima pavoroso, onde as CONTAS PÚBLICAS crescem sem parar, principalmente as DESPESAS COM PESSOAL, no programa RODA VIVA, que foi ao ar nesta semana, o ex-ministro do STF, Ayres Britto, disse que NÃO DEVERIA HAVER TETO DE GASTOS. E, acredite, Ayres Britto justificou da seguinte maneira: - "Primeiro o governo tem que ver quanto precisa gastar, e depois arruma de onde arrecadar". Que tal? 



Leia mais

15 set 2021

O PLACAR É FAVORÁVEL ÀS FORÇAS DO MAL


DUELO SEM LIMITES

Enquanto o POVO, dentro de suas parcas possibilidades, se mostra pronto e muito disposto a dar o GRITO DE APOIO às reais e -pretensas- ações do governo, as FORÇAS CONTRÁRIAS, -DO MAL-, de forma organizada, seguem firmes e fortes com o seu nítido propósito de inviabilizar e/ou enfraquecer ao máximo tudo aquilo que Brasil precisa para, enfim, ganhar a possibilidade de poder respirar sem o uso de aparelhos.


ARBITRAGEM

Pois, ainda que ambas as partes se mostrem bastante dispostas, o fato é que neste momento o placar da GUERRA DE PROPÓSITOS mostra que o -POVO- está sendo DERROTADO pelas fortes -FORÇAS DO MAL-. De novo: a GUERRA está em curso, mas neste momento, gostem ou não, o fato é que o placar mostra que as FORÇAS DO MAL estão na frente. Isto, graças à forte e determinada ação dos ÁRBITROS, que sem o menor constrangimento, aprovam a todo momento, tudo aquilo que dá pontos preciosos às FORÇAS DO MAL. 


ESCORE FAVORÁVEL ÀS FORÇAS DO MAL

Na semana passada, mesmo com a incrível, mas nada surpreendente, má vontade da MÍDIA ABUTRE, que desde sempre se mostra como fiel aliada das FORÇAS DO MAL, o POVO foi as ruas acreditando que poderia ressuscitar o que se entende como SOBERANIA. Entretanto, na medida em que os brasileiros DE BEM se mostravam esperançosos de que a tão sonhada DEMOCRACIA estava , enfim, mostrando a sua bela cara, eis que as FORÇAS DO MAL foram agraciadas através de decisões que, inescrupulosamente, favorecem ainda mais os bandidos que mais roubaram o nosso empobrecido Brasil.


RESPEITO À CARTA

Esta, aliás, foi a pronta e nojenta resposta que os ÁRBITROS deram ao POVO, depois que leram a CARTA DO PRESIDENTE, cujo conteúdo, a rigor, além de ensejar um distensionamento é um apelo para que a Constituição seja respeitada. Até porque é a inegável e total FALTA DE RESPEITO À CARTA que tem se mostrado como claro motivo para as manifestações, tanto por parte do presidente quanto do POVO, que só quer o cumprimento das REGRAS DO JOGO.


SÓ ONTEM, POR EXEMPLO...

Ontem, por exemplo, duas poderosas FORÇAS DO MAL - o STF e o SENADO-  se juntaram com o mesmo propósito: dar um fim absoluto à MEDIDA PROVISÓRIA DAS FAKE NEWS que havia sido editada pelo presidente Jair Bolsonaro na semana passada, às vésperas dos atos governistas de 7 de setembro, a qual limitava a remoção de contas, perfis e conteúdos. Como se não bastasse, o iluministro Ricardo Lewandowski também entrou em cena e resolveu suspender as ações restantes da Lava Jato contra Lula. Que tal?



Leia mais


Espaço Pensar +





GILBERTO SIMÕES PIRES

Formado em Administração, o comunicador de PENSAMENTO LIBERAL, nome de grande credibilidade na comunidade gaúcha, com ideias próprias e firmes, é defensor da economia de mercado e do fim de qualquer subsídio por parte do governo.

 

Gilberto Simões Pires iniciou sua carreira na área de comunicação em 1986, no Rádio. A seguir atuou como comentarista econômico na TVE (Mercado em Ação); na TV Guaíba (Câmera 2); no Grupo RBS (Rádio Gaúcha, RBS TV e Jornal Zero Hora); na TV Pampa (Pampa Boa Noite).
Após, na Rede Bandeirantes Porto Alegre, ancorou os programas -PRIMEIRO PLANO- na Band AM, e CONTROLE REMOTO na Band TV.
Por oito anos ancorou Programa -PONTOCRITICO.COM- no canal 20 da NET e, desde 2009, escreve diariamente a E-OPINION LIBERAL - PONTOCRITICO.COM- .


Em ambientes associativos é membro efetivo do Clube de Editores e Jornalistas de Opinião e coordenador da Sociedade Pensar+.

 

EQUIPE EDITORIAL

 

Editor: Gilberto Simões Pires
Assinaturas: Lúcia Pedroso
Para Anunciar: Cristina Sacks

Sites Interessantes