Artigos

02 dez 2022

O PLANO


EMBALADA PELA VONTADE

Há quem diga, e até jure, que o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, tem um PLANO cujo objetivo é impedir e/ou tentar segurar o -evidente- avanço do COMUNISMO no Brasil. Esta convicção, imagino, é embalada MUITO pela VONTADE de que isto realmente aconteça; e POUCO, ou quase nada, pelo que é dito ou informado. Aliás, para manter acesa a chama da ESPERANÇA, os mais convencidos veem o SILÊNCIO como ESTRATÉGIA e que logo, logo a cobra vai, enfim, fumar. Rezo para que estejam certos.


CHAMADA DE CAPA

Entretanto, a bem da verdade -nua e crua-, enquanto -DE UM LADO- os líderes da imensa turma formada pelos CONSERVADORES, que exigem LIBERDADE e respeito à DEMOCRACIA, mantém em SEGREDO o MISTERIOSO PLANO (se é que ele realmente existe); -DE OUTRO- os líderes dos 16 partidos que formam a organizada ALA COMUNISTA, com apoio irrestrito da MÍDIA ABUTRE e da maioria dos ministros do STF e do TSE, jamais esconderam que cumprem -passo a passo- o estudado -PLANO DE GOVERNO- cuja chamada de capa inicia com a frase: - ELEIÇÃO A GENTE TOMA. O RESTO A GENTE VÊ DEPOIS.  


CERTEZA DA VITÓRIA

O meu sentimento, diante deste SILÊNCIO ENSURDECEDOR do -lado de cá- tem como fundamento o seguinte: caso realmente exista o sempre escondido -PLANO DE GOVERNO DA DIREITA CONSERVADORA- ele se restringe, apenas e tão somente, na certeza da vitória de Jair Bolsonaro na eleição para presidente. Ou seja, nem mesmo a frase - ELEIÇÃO A GENTE TOMA- foi capaz de tirar da cabeça do partido de Bolsonaro e de inúmeros eleitores, a CERTEZA DA VITÓRIA. Só pode. 


O PREÇO DA INGENUIDADE

De novo: enquanto o PT dizia e repetia, alto e bom tom com muita insistência, que não apenas tinha um PLANO, mas que ele contemplava propostas voltadas para atingir o objetivo COMUNISTA PRETENDIDO, o PL levou os eleitores de Bolsonaro a ficar apenas na expectativa de o PLANO DO PT fosse uma peça de -mentirinha- ou um FAKE. Este é o preço da ingenuidade, infelizmente. 


O FINGIMENTO DE 2003

Vale lembrar que lá atrás, em 2003, quando assumiu a presidência do Brasil pela primeira vez, -LULULADRÃO- usou do fingimento para enganar e/ou iludir o povo brasileiro, que tinha como certa a imediata guinada rumo ao comunismo. Desta vez, como que querendo tirar o atraso das ações, que foram interrompidas com o impeachment de Dilma Petista, -LULULADRAO- já deixou claro que a ordem é não perder tempo. 


ESPAÇO PENSAR +

No ESPAÇO PENSAR+ de hoje: ÀS PORTAS DOS QUARTÉIS, por Percival Puggina. Confira: https://www.pontocritico.com/espaco-pensar



Leia mais

01 dez 2022

DEPOIMENTO EMOCIONANTE


DEPOIMENTO DA -CENSURADA- BÁRBARA

Ouvi, ontem, o depoimento que a -CENSURADA- Bárbara, do canal -TE ATUALIZEI-, prestou na sessão da CTFC - Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor, do Senado Federal. Bárbara, do início ao fim do seu FIRME, FOCADO, VERDADEIRO E CONVINCENTE DEPOIMENTO, deixou ainda mais claro o tamanho e a crueldade da TIRANIA imposta pela maioria dos ministros do STF.


ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO

A rigor, o emocionante depoimento da -CENSURADA- Bárbara foi, em voz alta e bem clara, um ecoante e desesperado GRITO DE SOCORRO. Mais ainda quando pediu, com base no que leu nos jornais, o acesso ao ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO e ao devido PROCESSO LEGAL da mesma forma como foi concedido a um TRAFICANTE: - "Eu estou falando aqui de um bandido corrupto que lesou uma nação inteira, e que teve o seu processo anulado porque teoricamente não se cumpriu o devido processo legal. Eu estou aqui falando para vossas excelências que eu não estou tendo o devido processo legal. Há anos. E não só eu; muitos de nós. Então o que eu estou pedindo aqui, de forma absurda, é o mesmo direito que a Justiça deu para um traficante e para um corrupto condenado. Eu estou pedindo aqui o mínimo".


SOCORRO! SOCORRO!

Disse mais a CENSURADA BÁRBARA:  "Eu sei que soa ridículo falar em voz alta, mas eu só estou pedindo o mínimo. Então, por favor, Senado, por favor Congresso, parlamentares, SOCORRO, SOCORRO! Por todas as pessoas que estão nas ruas, elas não sabem mais a quem pedir ou o que pedir. Elas estão desesperadas porque não confiam mais nos representantes que elegeram. Por favor, não decepcionem o povo de vocês, seus pares reais, porque vocês não são políticos, vocês estão políticos, vocês são o povo".


GRANDE OBSTÁCULO

Resumindo: a CENSURADA BÁRBARA deu um verdadeiro show e como tal é merecedora de enorme admiração. Principalmente, porque deixou bem claro que se nada foi feito até agora para conter a FÚRIA DOS TIRANOS é porque os nossos CONGRESSISTAS são COVARDES, OMISSOS ou CÚMPLICES. Mais: o grande obstáculo, que precisa ser removido antes de tudo, é o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, que simplesmente nega a tramitação das dezenas (ou centenas) de pedidos de impeachment dos maus e cruéis ministros do STF.


ESPAÇO PENSAR +

Leia no ESPAÇO PENSAR+: O BAILE NÃO TERMINA À MEIA NOITE, por Alex Pipkin. Confira: https://www.pontocritico.com/espaco-pensar


ESTADÃO E STF, PARECEM FEITOS UM PARA O OUTRO


Por Percival Puggina
 
         Em editorial de 28/11, com o título “Ofensiva política contra o Judiciário, o Estadão atacou CPI do abuso de autoridade. Abriu o texto com as seguintes palavras: “Um sintoma da atual crise brasileira é a irresponsabilidade. Gente com cargo público, que se comprometeu a respeitar a Constituição, tem atuado como se o único critério a pautar sua atuação fosse agradar a seu eleitorado. Para essa turma, não há separação de Poderes, não há limite constitucional. Para insuflar os apoiadores, vale até achacar o Judiciário.”
 
         Se você, leitor, prestar atenção ao vocabulário utilizado pelo editorialista, certamente há de identificar nele o modo alexandrino de menosprezar a divergência: “ofensiva política”, “irresponsabilidade”, “gente”, “turma”, “insuflar”, “achacar”. Para usar um lugar comum de origem freudiano, são vocábulos que falam muito mais de quem ataca do que daqueles a quem se dirige o ataque.
 
         O editorialista cumpriu sua tarefa. Defendeu aqueles que, nessa configuração do STF. violam a Constituição, restringem liberdades essenciais dos cidadãos, alarmam uma população habituada ao democrático convívio com a liberdade de expressão, reintroduzem a censura e a ameaça nas relações entre o estado e a sociedade. Sua crítica voltou-se ao autor do pedido da CPI, deputado Marcel van Hattem e aos 190 deputados federais que já subscrevem a iniciativa. Quanto a passividade do Congresso tem sido conveniente a quem defende um projeto autoritário!  Nele, a liberdade de expressão há de ser distribuída pelo grande irmão orwelliano como prêmio por boa conduta.
 
         A cegueira ideológica que acometeu os veículos do consórcio não lhes permite perceber que, ao acalentar a tirania e seus malfeitos, mantêm nas ruas em todo o país quem não quer viver na servidão. São pessoas que percebem e não aceitam a inversão que vem impondo a primazia do Estado sobre a sociedade. Elas sabem que o Estado e seus aparelhos existem para servi-las e não para a elas se sobreporem restringindo-lhes liberdades fundamentais.
 
         O obsessivo ativismo e a militância político-ideológica do STF já foram denunciados reiteradas vezes por inúmeros juristas. Um poder de estado exercido com ira repressiva encontrará resistência em povos livres. Como recorrer de sanções se os recursos serão julgados pelos que sancionaram? Triste papel o do jornalismo que convalida a tirania e o abuso.
 
         Foi nessa arapuca que o Brasil travou.



Leia mais

30 nov 2022

SANHA TRIBUTÁRIA


NOVA TRIBUTAÇÃO

Para quem ainda não sabe, ou não foi informado, a Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) aprovou, na semana passada, em segundo turno, DOIS PROJETOS DE LEI que criam -NOVA TRIBUTAÇÃO- sobre a PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA. A maioria dos deputados goianos, movida pela SANHA TRIBUTÁRIA, acredita piamente que os recursos arrecadados com a NOVA TRIBUTAÇÃO serão destinados a um FUNDO PARA DESENVOLVIMENTO DA INFRAESTRUTURA. Que tal?


DIFERENTE DE IMPOSTO

O maldito tributo, que será cobrado já a partir de janeiro de 2023 com expectativa de arrecadar R$ 1 BILHÃO/ANO, recebeu a roupagem de CONTRIBUIÇÃO SOCIAL. Segundo o governador recém reeleito, Ronaldo Caiado, esta forma de tributação é bem diferente de IMPOSTO, que entra no caixa do estado e pode ser gasto com QUAISQUER DESPESAS que o governo deseje. Boa essa, não? 


COBRANÇA

Segundo impõe a NOVA LEI, o TRIBUTO, ou CONTRIBUÇÃO, será cobrado da seguinte forma: 

1- Alíquota de até 1,65% sobre produtos agrícolas;

2- A contribuição só terá de ser paga por quem já têm benefícios fiscais ou regimes fiscais especiais;

3- Mesmo que se enquadrem nesse caso, estão isentos produtores de itens da cesta básica e leite, além de agricultores familiares que vendam direto para o consumidor final.


APAIXONADOS POR IMPOSTOS

Pelo que se sabe, a votação, em segundo turno, foi marcada por muita confusão na Assembleia Legislativa de Goiás, envolvendo deputados, manifestantes, representantes do setor agro. Mas, mesmo assim, o projeto acabou sendo aprovado por 22 votos a 16, o que dá uma clara ideia do quanto os -representantes do povo- são apaixonados por IMPOSTOS, CONTRIBUIÇÕES e outras formas de TRIBUTAÇÃO.  


IMPIEDOSA TRIBUTAÇÃO

Anotem aí: o Estado de Goiás foi apenas o primeiro. Outras Unidades da Federação já estão prontas e dispostas para fazer o mesmo. Ou seja, quem se dispõe a PRODUZIR, além dos custos, riscos e todas as incertezas que precisa enfrentar, não escapará da impiedosa TRIBUTAÇÃO. Pode?


ESPAÇO PENSAR +

Leia no ESPAÇO PENSAR+: NÓS VIMOS O QUE FOI FEITO E SABEMOS QUEM FEZ!, por Percival Puggina. Confira: https://www.pontocritico.com/espaco-pensar



Leia mais

29 nov 2022

ALFABETIZAÇÃO E EDUCAÇÃO


PRÉ-REQUISITO

Antes de tudo, quando o assunto é EDUCAÇÃO, é preciso que fique bem claro para todos que EDUCAR não é ALFABETIZAR. Este é apenas o PRÉ-REQUISITO para que uma sociedade resulte BEM-EDUCADA. O importante é o que vem depois, ou seja, o PROCESSO que propõe o DESENVOLVIMENTO DO RACIOCÍNIO LÓGICO, DO DISCERNIMENTO DOS INDIVÍDUOS. Faz-se, portanto, necessário que se separe ALFABETIZAÇÃO do CONHECIMENTO.


CATEQUIZAÇÃO

A propósito, mais do que sabido e comprovado a EDUCAÇÃO nas escolas Brasil afora, foi, infelizmente, substituída pela CATEQUIZAÇÃO. Como tal foi sempre muito utilizada como instrumento de RESISTÊNCIA às ideias e pensamentos LIBERAIS. Assim, o pouco entendimento e conhecimento que boa parte da nossa população obteve sobre as reais vantagens e/ou benefícios proporcionados pelo LIBERALISMO e CAPITALISMO se deu através da PRÁTICA, graças ao incansável trabalho desenvolvido, nesses últimos quatro anos, pela equipe econômica liderada por Paulo Guedes.


AS AVENTURAS DE JONAS, O INGÊNUO - UMA ODISSEIA RUMO AO CONHECIMENTO-

Pois, ao reafirmar que a EDUCAÇÃO é o meio pelo qual uma sociedade possa DESENVOLVER O RACIOCÍNIO LÓGICO, e com isso possa desfrutar seus bons e cada vez melhores efeitos, sugiro aos meus caros leitores-assinantes, seus familiares e amigos, a leitura do livro -AS AVENTURAS DE JONAS, O INGÊNUO- UMA ODISSEIA RUMO AO CONHECIMENTO-, de autoria de Ken Schoolland. De novo: este é um livro que precisa ser lido tanto por adultos e adolescentes quanto, principalmente, por crianças.


NOVELA

A título de incentivo e interesse pela leitura, a esclarecedora obra recebeu duas vezes a medalha de honra George Washington, por COMUNICAÇÃO PÚBLICA E EDUCAÇÃO ECONÔMICA, da Freedom Foundation, de Valley Forge. - AS AVENTURAS DE JONAS, O INGÊNUO- iniciaram em forma de um seriado (novela) na rádio KHVH, do Havaí e mais tarde foram produzidas como drama e irradiadas pela KABN e KCWA, no Alasca. O sucesso foi de tal ordem que a obra foi traduzida, em várias línguas, inclusive russo, holandês, norueguês, lituano, romeno e sérvio. Que tal? 


INCENTIVO À CULTURA

Como o brasileiro em geral é fã de novelas e/ou minisséries, aí está uma ótima oportunidade para que se faça uma série televisiva que possa melhorar o nível de educação do nosso povo. Aliás, leis de INCENTIVO À CULTURA não faltam, o que garante recursos suficientes para financiar, por exemplo, uma novela do tipo -AS AVENTURAS DE JONAS, O INGÊNUO-. Fica aí, portanto, a sugestão às redes de rádio e televisão, que FUNCIONAM POR CONCESSÃO GOVERNAMENTAL. Principalmente, por conta deste momento em que o nosso Brasil está pronto para mergulhar de cabeça no COMUNISMO.



Leia mais

28 nov 2022

O PODER ANTIDEMOCRÁTICO


ESTADO TOTALITÁRIO

O texto -O PODER ANTIDEMOCRÁTICO-, escrito magistralmente pelo pensador Roberto Rachewsky, cai como uma luva, neste crucial momento que vivemos, como veículo transportador do necessário esclarecimento quanto ao lamentável, porém consentido -ESTADO TOTALITÁRIO- que, para desespero daqueles que valorizam a LIBERDADE, já vigora no nosso fragilizado Brasil. Eis: 


DIREITOS INDIVIDUAIS

DEMOCRACIA é um método quantitativo de escolha, pelo qual uma sociedade opta por soluções para seus problemas comuns, conforme a vontade das maiorias ocasionais. Quando a vontade da maioria se torna imperial, inexistindo o que a impeça de atropelar a LIBERDADE INDIVIDUAL E A PROPRIEDADE PRIVADA, a DEMOCRACIA se torna o método pelo qual um ESTADO TOTALIÁRIO se estabelece. O que caracteriza um estado totalitário não é quem, nem quantos cidadãos se tornam déspotas ou vítimas. Basta que DIREITOS INDIVIDUAIS sejam violados em nome da democracia ou da vontade caprichosa de um único ser com poder coercitivo para tal.


TIRANIA

Para barrar a tirania, os constituintes de 1988 -gravaram em pedra- cláusulas que limitassem a volúpia democrática ou monocrática. Porém, pedras não se movem por si só. Quando a violação tem como origem a vontade majoritária, canalizada através do estado, cabe ao STF agir com seu poder antidemocrático para impedir a maioria de violar os direitos da minoria. O STF deve ser movido pela Constituição, pela ideia de justiça. Não há justiça quando direitos individuais não são protegidos e acabam violados. Por que há tantos inconformados questionando nossa democracia depois das eleições?


STF

A questão eleitoral é um mero detalhe. O problema é maior e mais complexo. Esperava-se que o STF, em nome da justiça, mantivesse sem poderes políticos quem violou as regras da política; e na cadeia, quem roubou e corrompeu a nação no exercício de cargo público. Que protegesse a liberdade de consciência, de expressão, de associação e de manifestação das minorias inconformadas com o processo democrático viciado que se instalou no país. Que impedisse a formação de um estado totalitário, democrático ou não, em vez de instaurá-lo monocraticamente, transformando as cláusulas pétreas da Constituição em folhas de papel, passíveis de serem rasgadas perante a nação.


ESTADO DE DIREITO VIOLADO

O poder antidemocrático do STF violou o ESTADO DE DIREITO o devido processo legal, o direito ao contraditório, o amplo direito de defesa, a inviolabilidade do que é privado e a própria justiça, quando os ministros da mais alta corte são, ao mesmo tempo e sob o mesmo aspecto, réus, promotores, investigadores e julgadores dos casos que lhes alcançam os calcanhares. O poder antidemocrático do STF, que visa proteger o indivíduo das decisões majoritárias, tornou-se imperial. É preciso voltar ao Estado de Direito e julgar os infratores da Constituição. Para isso, não é necessário um contragolpe, basta o Senado Federal não se omitir perante tantos casuísmos e arbitrariedades, promovendo o impeachment dos ministros do STF que violaram flagrantemente a Constituição.

Senadores da República, tirem a venda de seus olhos e devolvam para a Deusa da Justiça!



Leia mais

25 nov 2022

CARTA AO PRESIDENTE JAIR BOLSONARO


ABANDONADO

Depois de ler e ouvir as mais diversas CARTAS, MANIFESTOS e/ou NOTAS DE REPÚDIO - que foram escritas nestas últimas semanas (até agora todas em vão, infelizmente), achei por bem escrever uma CARTA -PESSOAL- endereçada ao senhor, meu caro PRESIDENTE JAIR BOLSONARO. O principal motivo que me levou a escrever estas breves linhas é o fato de que neste momento crítico, quando a sua presença se faz ainda mais necessária, me vejo alguém que simplesmente foi ABANDONADO e entregue à própria sorte (ou azar).


SIGO NA MINHA ROTINA

Quero que saiba meu caro presidente, que bem diferente do senhor, sigo com a firmeza de sempre, escrevendo os meus EDITORIAIS, participando de DEBATES e muito envolvido nos MOVIMENTOS DE RUA, com o propósito firme de ajudar a salvar o Brasil do avanço notório do COMUNISMO, cujos ruídos já estão sendo ouvidos em praticamente todos os rincões deste nosso imenso Brasil.


MORRER PELO BRASIL

De novo, meu caro presidente: o que mais me preocupa, e muito me entristece, é a sua inexplicável AUSÊNCIA. Afinal, o que houve? Até agora o que sei é que o senhor me deixou só, sem dar qualquer explicação. Desculpe, mas esta sua inacreditável postura me faz imaginar que o senhor desistiu de MORRER PELO BRASIL, como sempre disse em todos os momentos. Mesmo que isto seja verdade quero que saiba que EU NÃO DESISTI. Sigo firme e presente, escrevendo e participando -ao vivo- focado na DEFESA DA LIBERDADE.


ONIPOTENTE E INTOCÁVEL

Creio que o senhor, onde quer que esteja, deve estar sabendo que o Brasil está sendo governado por um grupo de tiranos-ministros- do STF liderados pelo ONIPOTENTE E INTOCÁVEL Alexandre de Moraes, que pinta e borda de acordo com a sua cruel vontade, sempre contra tudo e contra todos que ousam exigir, apenas e tão somente, o cumprimento da Constituição.


NÃO ME DEIXE SÓ

Encerro esta minha breve CARTA, meu caro presidente, pedindo encarecidamente que se junte ao povo brasileiro nesta brava luta pelo bem do nosso Brasil. A sua liderança, por tudo que fez e disse durante esses últimos anos, é fundamental neste momento. NÃO ME DEIXE SÓ!  Lute comigo e com todos aqueles que de corpo e alma tem se mostrado PRESENTES E DISPOSTOS A MORRER PELO BRASIL.

Atenciosamente, Gilberto Simões Pires.



Leia mais