Artigos

26 jul 2006

FALTA DE VISÃO


POUCO CONVENCIDO

Ainda não estou totalmente convencido de que o próximo governador do RS deixará de enviar novo projeto à Assembléia Legislativa pedindo a prorrogação das atuais alíquotas de ICMS sobre combustíveis, telefonia e energia. As contas públicas, a despeito da LDO aprovada recentemente, não se equilibram em 2007 sem: 1- um decisivo corte nas despesas (o que deveria ser feito); ou, 2- um aumento da receita.

A PREFERIDA

O aumento da receita acontece por duas formas distintas e/ou complementares: 1- pelo aumento da atividade econômica (que por si só aumenta a arrecadação fiscal); ou, 2- pela via do aumento dos impostos (sempre a grande preferida dos péssimos governantes gaúchos).

CONVITES RIDÍCULOS

Mesmo convencidos de que o atual governante mais se preocupou em elevar alíquotas de ICMS sobre o que mais promove arrecadação, o curioso é que ainda o convidam para inaugurações, cafés da manhã, almoços e outros eventos mais. Qual a razão? Que tipo de exemplo o governo nos tem dado sobre a forma de melhor administrar? Isto só pode ser coisa de puxa-sacos e analfabetos funcionais. Sai dessa!

SÓ TRÊS

Para deixar bem claro, a realidade no RS é a seguinte: o ICMS sobre combustíveis, telefonia e energia elétrica (só estes três) é praticamente insonegável. E mais: além de não dar trabalho algum para ser arrecadado, o valor cobrado é impressionante, uma vez que representa mais de 60% do total da arrecadação do Tesouro do Estado.

REFORMA FISCAL E TRIBUTÁRIA

Ora, para pessoas minimamente providas de discernimento, uma pergunta se impõe: com esta forma concentrada e simplificada (são só três produtos e/ou serviços) faz-se necessária a existência de fiscais de ICMS no RS? Como é tão simples e eficaz a arrecadação do principal, porquê os demais produtos e serviços não usam uma forma idêntica de tributação?

MANTER A MÁQUINA

A resposta simples e direta: porque, antes de tudo, é preciso manter a máquina pública, os funcionários, gente. Isto explica por si só os porquês da falta de uma reforma tributaria. Pau neles!

DIA DO PACTO

O levantamento parcial do Dia do Pacto aponta para uma média de 17 mil votos em cada um dos três temas definidos para votação, considerados prioritários pela população gaúcha para o Estado enfrentar a crise. Até as 17h30 de ontem, 25, 87 câmaras de vereadores já haviam enviado à Assembléia Legislativa as planilhas com o resultado da consulta. No tema que trata do déficit estrutural e crise financeira foram computados 17.706 votos. As três diretrizes mais votadas foram o controle das contas públicas, a estabilização dos gastos dos poderes e a implantação do teto remuneratório. Já o item modernização da gestão pública, somou 17.470.

CLARO

Depois de três anos no Brasil, Luis Cosio assumirá novas responsabilidades na América Móvil, além de continuar fazendo parte do Conselho de Administração da Claro.

BRECHÓ

Peças novas e preços a partir de R$ 2,00 marcarão o último brechó promovido pelo Instituto do Câncer Infantil do RS (ICI-RS) antes da realização do McDia Feliz, em 26 de agosto. O brechó acontecerá no próximo sábado, 29, e disponibilizará ao público roupas, sapatos e acessórios, masculino e feminino. A atividade acontecerá no Centro de Apoio do Instituto (Rua Francisco Ferrer, 276, bairro Rio Branco), das 9h às 16h, sem fechar ao meio-dia. Os valores obtidos com o brechó são investidos na manutenção do gabinete odontológico e na compra de alimentos perecíveis para a assistência às famílias dos pequenos pacientes. Informações no site www.ici-rs.org.br ou pelo fone (51) 3331-8704.

DIA DOS PAIS

Para comemorar o Dia dos Pais, a Rede Bourbon Shopping preparou o cartão de brinde instantâneo. A partir de R$ 50,00 em compras, o cliente pode apresentar suas notas fiscais e ganhar cartões premiados. Entre os brindes está o CD "Emoções", do pianista e arranjador Eduardo Lages, que trabalha há mais de 28 anos ao lado de Roberto Carlos. Eduardo reuniu neste CD os maiores sucessos do Rei, substituindo os vocais por piano e instrumentos de sopro, bateria e violão. O período da promoção será de dois a 13 de agosto e os postos de troca estarão localizados no Bourbon Shopping Assis Brasil, Country, Ipiranga, São Leopoldo e Bourbon Canoas. As notas fiscais dos hipermercados, estacionamento e quiosques não são válidas para a promoção.

Leia mais

25 jul 2006

O PESO DA CPMF NAS TAXAS DE JUROS


IMPEDIMENTOS

As taxas de juros ? prime -, definidas no Brasil como SELIC, atingiram os seus níveis mais baixos das últimas décadas. Mas, os impedimentos para que venhamos a ter taxas muito menores, se comparadas com outros países, ainda vão persistir por muito tempo, ou melhor, para sempre. Razões:

ÚNICO PAÍS DO MUNDO

Quando o Brasil é citado como país detentor da mais alta de juros deste mundo, por incrível que possa parecer não é citado como o único país que taxa as transações financeiras, como ocorre com a estúpida CPMF. De novo: ninguém cita este absurdo que só acontece aqui e que eleva dramaticamente o custo do dinheiro no Brasil.

PESO BRUTAL

Observem, por conseguinte, o peso que a CPMF vem conquistando, de forma fantástica, a cada redução da taxa Selic. A alíquota de 0,38% sobre uma taxa Selic de 25% ou 30% tem um peso relativamente baixo, mas a mesma alíquota sobre o juro atual, de 14,75%, é brutal. Notem que a taxa atual líquida, descontado o IR de 20%, é de 11,80% ao ano, ou 0,93% ao mês, capitalizados. E a incidência da CPMF, de 0,38%, é em cada transação.

LINEAR E CUMULATIVA

A CPMF, por ser linear e cumulativa, caso não seja reduzida proporcionalmente à redução dos juros vai virar um problema maior ainda. O correto mesmo seria não cobrar o estúpido tributo, mas há sempre os desavisados e equivocados que ainda exigem que o valor arrecadado seja todo ele destinado à saúde. Pode?

O PIOR CONGRESSO DO MUNDO

Uma coisa está bem clara e dispensa maiores explicações: o Brasil e o mundo nunca tiveram um Congresso como o nosso. Ninguém teve um tão ruim, tão corrupto e tão despreparado quanto o parlamento brasileiro atual. O pior de tudo é que mais de 80% dos atuais congressistas vão tentar a reeleição. Desta vez o povo vai ser testado para dizer se gosta ou não de bandidos e safados. Com a palavra, ou melhor, o voto, a sociedade brasileira.

NA CABEÇA E NÃO NOS BOLSOS

Podem inventar o que quiserem quanto à má distribuição da renda no Brasil, repleta de pessoas muito mal educadas. Acreditem: distribuam a renda em parte iguais a todos os habitantes do Brasil e, em questão de horas, o dinheiro voltará sempre, e bem rápido, para os mais inteligentes. Isto prova que dinheiro não está nem nunca esteve nos bolsos das pessoas, mas tão somente na cabeça delas. Ou seja, de quem tem inteligência. Dá-lhe educação e tudo se resolve.

INVESTIMENTOS

Durante o segundo semestre, a Região Metropolitana de Porto Alegre terá investimentos de R$ 1,8 milhão para ações voltadas ao empreendedorismo. O valor será aportado pelo Sebrae/RS, através da Unidade Regional Metropolitana, que anunciou os recursos hoje pela manhã, 25, e os resultados das iniciativas da entidade na região durante o primeiro semestre deste ano.

AGENDA ESTRATÉGICA

Hoje, terça-feira, 25, a Agenda Estratégica estará na Federasul. O projeto ?O Rio Grande Que Queremos? será apresentado na reunião da Divisão de Economia da entidade, a partir das 12 horas, no Palácio do Comércio. Em agosto, o trabalho será concluído e apresentado como sugestão aos candidatos ao governo do Estado. No mesmo mês, será definido o tipo de governança que o projeto terá, ou seja, qual a instituição deverá ser responsável pelo acompanhamento das ações até 2020. Mais informações sobre o projeto no site: www.agendars2020.org.br.

ENCONTRO COM CANDIDATOS

A Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul vai promover no início de agosto um encontro com os candidatos de diferentes partidos a deputado estadual e federal que são engenheiros e/ou arquitetos para um debate com os associados, com a diretoria e com os membros dos conselhos da entidade. A intenção é colocar na mesa de reunião os sérios problemas de infra-estrutura que ameaçam a produção agrícola e industrial do Estado com um "apagão logístico".

FESTA

Gastronomia e música de alta qualidade para finalizar o mês de julho com chave de ouro em uma festa animada e elegante. Assim é a Sheraton Private Party, que agita a noite gaúcha no último sábado de cada mês. A 4ª edição do ano, no sábado (29/07), inicia com jantar à luz de velas a partir das 20h30min no restaurante Clos de Moulin com um cardápio à la carte preparado pelo chef Mauro de Souza. O local oferece, além de charme e visão privilegiada da cidade, a facilidade e segurança de estacionamento dentro do Shopping Moinhos.

Leia mais

24 jul 2006

O NOVO FORO DE SÃO PAULO


UM SILÊNCIO INEXPLICÁVEL

Lá por 1995, quando passei a escrever e falar sobre os objetivos do Foro de São Paulo e seus participantes, muitos me taxaram de exagerado. Poucos anos depois, ainda considerado um alarmista, alguns ao menos já me deram ouvidos. Hoje, o tal movimento comunista latino americano denominado Foro de São Paulo, cujos princípios e componentes a imprensa brasileira prefere, de forma inexplicável, manter fora do conhecimento do povo já está ganhando um novo, perigoso e importante contorno.

NOVA IDENTIDADE

No final da semana passada, em Córdoba, Argentina, os líderes do mais atrasado grupo deste mundo, que representam o tal bloco comunista da América do Sul (Foro de São Paulo), praticamente acertaram a nova identidade que a entidade passará a usar, oficialmente, agora sem qualquer tipo de disfarce. O Foro, gente, passará a ser chamado de Mercosul.

MEMBRO FINANCIADOR

Os membros do Foro de São Paulo, praticamente todos, já fazem parte do Mercosul. Uns de forma oficial, outros como movimentos integrantes dos países membros. Mas, a chegada recente e definitiva da Venezuela, além de ser um importante membro comunista, é que deu ao caixa da nova entidade o impulso necessário para as obras de financiamento da catequização dos povos latinos.

BLOCO POLÍTICO-IDEOLÓGICO

Como se vê, o único disfarce que será preservado é para que muitos pensem que a associação é para firmar e desenvolver o bloco comercial. Engano puro. Na realidade tudo não passa de um vigoroso bloco político que vai negociar e comercializar a ideologia comunista cubana. Lamento, mais uma vez, o silêncio da chamada grande imprensa sobre os propósitos firmados e definidos na Reunião de Cúpula no último final de semana.

A GRANDE ESTRELA

Tudo aconteceu como previsto e de forma grandiosa. O grupo comunista formado em 1989, por ocasião da queda do Muro de Berlim, escolheu a dedo o local do encontro: Córdoba, Argentina. Córdoba é a terra natal de Che Guevara, que de antemão já é padrinho deste novo Mercosul. E como convidado especial, o líder maior da região, Fidel Castro, foi a estrela.

CONSAGRAÇÃO

Companheiro de primeira hora do mártir Che Guevara, Fidel Castro discursou sob os olhares e ouvidos atentos dos líderes menores, como Hugo Chávez, Kirchner, Lula, Evo Morales entre outros. De forma indisfarçável, a cada frase dita por Fidel, eles movimentavam suas cabeças sempre concordando com grande chefe. Foi, realmente, uma consagração e tanto.Creio que não serei mais taxado de exagerado. Mas, infelizmente, já ficamos com menos força para evitar o caos. Eu fiz o que pude e perdi.

PALESTRA

A Ordem dos Advogados de São Paulo e o Instituto de Estudos dos Direitos do Contribuinte promovem, dia 26, às 9h30min, no Salão Nobre da OAB/SP, palestra sobre:FILOSOFIA FISCAL, POLÍTICA FISCAL E CÓDIGO DE DEFESA DO CONTRIBUINTE. As inscrições gratuitas podem ser feitas através do e-mail apoio@direitosdocontribuinte.com.br.

PARCERIA

A Fiat Automóveis assinou contrato anual de parceria com o Sport Club Internacional e o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense para a exposição de sua marca. Essa estará exposta em vários pontos nos estádios Beira-Rio e Olímpico, revitalizando alguns locais e auxiliando na sinalização interna e externa facilitando o acesso e saída do público.

SEMINÁRIO

Amanhã, 25 de julho, a Deloitte organiza seminário no Hotel Deville (Av. dos Estados, 1909) em Porto Alegre, para apresentar os benefícios e os requisitos do Linha Azul, novo regime aduaneiro da Receita Federal destinado aos grandes exportadores de manufatura. O evento é destinado para profissionais da área de finanças e de logística, como controllers, contadores, auditores internose demais profissionais da área financeira e de comércio exterior e irá apresentar os benefícios e os requisitos deste regime aduaneiro da Receita Federal destinado aos grandes exportadores de manufatura. Informações e inscrições pelo site: www.eventosdeloitte.com.br ou pelo telefone 3327-8801.

MEETING

Dia 28 de Julho, as 14 hs, será organizada mais uma edição do UNIVER TECH Meeting. Uma oportunidade para os operadores do mercado de seguros conhecerem o Web Apólice, software de Gestão para Corretoras de Seguros. Importante ressaltar que o evento é gratuito, bastando apenas solicitar a inscrição pelo e-mail contato@webapolice.com.br, sem limite de participantes por empresa, mas limitado a 50 pessoas.

Leia mais

20 jul 2006

A LEGISLAÇÃO E A FLUTUAÇÃO


FORA DE FOCO

As críticas sempre repetidas, diariamente, feitas por alguns maus governantes e pobres empresários à política (?) cambial do governo mostram vários absurdos: 1- um enorme desconhecimento sobre o assunto; 2- interesses eleitoreiros que satisfazem eleitores ignorantes na matéria; e, 3- o tempo perdido por não haver uma reivindicação correta daquilo que é realmente importante.

LEGISLAÇÃO E FLUTUAÇÃO

O regime de câmbio flutuante, hoje praticado corretamente, é uma mera transferência de risco, que antes era exclusivamente suportado pelo governo, para o mercado. Portanto, nada mais justo do que permanecer com a flutuação. Onde está então o problema, que até hoje os governantes, principalmente do RS, não atacam? Simples: está só na legislação cambial. Portanto, não confundam flutuação com legislação.

FALTA DE LIBERDADE

As exportações, no Brasil, são tímidas e pouco estimulantes simplesmente porque não há liberdade cambial para quem exporta. A lei manda que, tão logo sejam recebidos os valores em dólares pelo produto vendido no exterior, a conversão em reais deve ser total e imediata. Na troca da moeda deve ser paga, naturalmente, a CPMF pela transação, assim como o spread cambial (diferença de preço entre a compra e venda da moeda).

AMARRAÇÃO ESTÚPIDA

Esta ridícula e lamentável amarração, fiscal e financeira obrigatória, somada à burocracia dos inúmeros contratos que os negócios exigem, custa muito mais do que a reclamada valorização do real frente ao dólar. Isto é o que está matando o exportador, não o valor do câmbio. Aos críticos da flutuação seria melhor que entendessem que, soltando as amarras, que nos remetem à idade média, tudo melhora. Infelizmente, esta manifestação de vontade não é percebida nos incompetentes.

VISÃO FISCALISTA

Agora que estamos diante de uma possível mudança na legislação cambial, já se sabe que a mesma será tímida. Uma meia liberdade, como se isto fosse possível. O governo, por exclusiva falta de visão, ou melhor, por ter uma visão excessivamente fiscalista, não admite abrir da CPMF de uma transação que não existe.

ONDE ESTÃO OS CRÍTICOS?

É isto mesmo. O governo quer cobrar um imposto dos exportadores, pela lei proposta, mesmo que eles não troquem os dólares por reais. De novo: a Receita não quer perder arrecadação mesmo que o fato gerador não ocorra. Pode? Onde estão os críticos da chamada política cambial, gente? Onde?

PACTO PELO RIO GRANDE

Encerrados os debates na Capital e em fase de conclusão no Interior para a busca de medidas convergentes com o objetivo de tirar o Estado da crise, acontece agora mais uma importante etapa na consolidação das propostas do Pacto pelo Rio Grande. No dia 24, câmaras de vereadores e prefeituras de todo o Estado darão a sua contribuição neste processo ao realizarem o Dia do Pacto. Em formato de audiência pública, a mobilização visa a ampliar a conscientização da sociedade em relação ao projeto lançado pela Assembléia Legislativa em 15 de maio.

NOVA DATA

O CDRH SOFTSUL informa que por problemas de ordem profissional do palestrante, foi transferido para dia 25 de julho o workshop ?Profissionais de TI: Como e onde encontrá-los??, que aconteceria hoje, 20 de julho. Mantém-se mesmo local e horário: das 19h às 22h, no Tecnopuc ( prédio 96D, sala 208).

FESTIVAL DE TURISMO

Empresas hoteleiras demonstram interesse em expor seus diferenciais no 18° Festival do Turismo de Gramado, que é considerado um dos maiores na área de turismo da América Latina. O evento acontece de 16 a 19 de novembro, no Centro de Eventos Serra Park, em Gramado.

ARACRUZ

O monitoramento de avifauna nas propriedades da Aracruz, realizado em parceria com a Fundação Pró-Natureza (Funatura), resultou em mais uma revelação. Recentemente foi descoberto, nos plantios de eucalipto, um ninho da espécie Aratinga áurea dentro de um cupinzeiro. O papagaio-rei, como é popularmente chamado, mede cerca de 34 centímetros, tem a cauda longa e sua plumagem varia do amarelo ouro ao verde bandeira, além do laranja na cabeça. O estudo das aves é um importante indicador de qualidade ambiental nas áreas de plantio de eucalipto e a presença delas está relacionada à oferta de recursos que incluem alimentação, condições de abrigo e reprodução. Para ver mais detalhes das aves encontradas nos monitoramentos da Aracruz acesse o link: www.aracruz.com.br/web/pt/ambiente/

Leia mais

19 jul 2006

UM ESTÍMULO A SAFADEZA


SANGUESSUGAS

A divulgação da lista dos 57 deputados sanguessugas, e o fantástico rombo por eles praticados nas contas públicas, além de trazer à tona outro sensacional escândalo, é também um forte estímulo às pessoas que estão querendo vencer na vida sem dar a mínima importância às questões de ordem moral.

O NEGÓCIO É COPIAR

Observando a incrível impunidade reinante, e a magnífica facilidade para ingressar no mundo das fraudes, só não é corrupto quem não quer. Pela insistência com que os políticos praticam safadezas, a impressão deixada é que as oportunidades devem ser sempre aproveitadas. Portanto, se estes e outros deputados fazem isto com tamanha tranqüilidade, só as bestas não copiam.

NEM O IMPOSTO

Assim como aconteceu na CPI dos Mensaleiros, que mesmo depois de flagrados e, inclusive, terem confessado seus crimes, nenhum político envolvido devolveu o produto roubado. E, pasmem: também não pagaram imposto algum pelo valor roubado e não devolvido. Uma loucura.

MITO

A fama obtida pelo povo gaúcho ao longo dos anos, de que é muito politizado e cheio de solidariedade, não passa de um grande mito. Estas impressões que grande parte dos brasileiros ouvem falar, se por ventura foram verdades, hoje já não fazem parte da historia do RS.

FALSAS AFIRMAÇÕES

A mentira é muito parecida como a falsa afirmação, atribuída ao general francês, Charles De Gaulle, de que o Brasil não é um país sério. A frase, como poucos sabem, foi uma tradução errada de um repórter sobre uma declaração dada pelo general ao embaixador brasileiro na época. A publicação da frase, que nunca foi dita, embora todos concordem, ficou na cabeça dos brasileiros. Sem o desmentido, até hoje a invenção, ou mentira muitas vezes repetida, virou uma verdade .

AINDA O PACTO

Povo politizado e solidário, com certeza não precisaria de Pacto. Simplesmente, porque nunca deixaria as coisas ficarem do jeito que estão no RS. Isto é coisa de gente muito despreparada e conivente com o absurdo. Tudo aquilo que o tal Pacto pelo Rio Grande está a exigir é um puro exemplo da permissividade total e da irresponsabilidade ao longo dos governos anteriores. Daí o mito. Não somos, portanto, politizados.

PACTO

O coordenador executivo do Pacto pelo Rio Grande, deputado Cézar Busatto, não dará entrevistas sobre a manifestação do presidente do Tribunal de Justiça, Marco Antonio Barbosa Leal, mas tem a seguinte declaração a fazer: \\\"Só tem sido possível construir o Pacto pelo desprendimento de todos. Seria importante que o desembargador Barbosa Leal compreendesse que acima de interesses individuais está o interesse maior de todos os gaúchos\\\".

ADVB

Na próxima terça-feira, 25, a ADVB-RS retoma suas tradicionais reuniões-almoço. O Cardápio de Negócios contará com a presença do presidente do Conselho Nacional de Propaganda (CNP), Hiran Castello Branco, como palestrante.

PALESTRA

Acontece na terça-feira, 1º de agosto, na Conte Freire, a palestra ?Perspectivas para o Mercado de Ações?. O evento é gratuito e está aberto à participação do público. A palestra, dentro das ações da Conte Freire para informar seu público e clientes, será ministrada pela economista Bruna Delboni, sócia da XP Investimentos, que apresenta o panorama e tendências atuais do mercado de ações, além de indicar as principais perspectivas e previsões para a Bolsa de Valores até o fim de 2006.

SEMINÁRIO

A Associação do Aço do Rio Grande do Sul (AARS) realiza no dia 25 de julho, na sede da Fiergs, o seminário Responsabilidade Social e Desenvolvimento Sustentável. O evento tem por objetivo apoiar as empresas na sistematização dos processos relacionados a questões como transparência, ética e perpetuidade dos negócios. Serão abordadas, especialmente, diversas Normas de Sistemas de Gestão como a NBR ISO 14001, SA 8000 e a recentemente editada NBR 16001. Informações/inscrições: fone (51) 3228.3216.

Leia mais

18 jul 2006

DISCURSOS LAMENTÁVEIS


CANDIDATOS POPULISTAS

O que de mais ridículo tenho ouvido, neste início de campanha eleitoral do RS, principalmente por parte de candidatos mais populistas (despreparados), é que vão buscar uma renegociação da dívida pública do Estado junto à União, que custa algo como 18% da Receita Corrente Líquida. Puro delírio para tentar atrair votos dos mais idiotizados.

ACORDO DE PONCHE VERDE

Chamo a atenção para que, desta vez, os gaúchos não entrem nesta. Isto, gente, não pode nem vai acontecer em hipótese alguma. Portanto, se alguém ainda imagina que isto seja possível, esqueça. É puro discurso irresponsável de campanha. Aliás, tais declarações sempre lembram o Acordo de Ponche Verde, ao término da Revolução Farroupilha.

BOBOCAS

Na época, os gaúchos ficaram felizes exclusivamente com a assinatura do acordo, imaginando que ele viesse a ser cumprido, coisa que nunca aconteceu. E o mais curioso é que até hoje os gaúchos, que nunca leram a história, festejam a data Farroupilha como se fosse uma vitória, quando foi justamente o contrário. Além de perderem a guerra também não viram o cumprimento do acordo. Bobocas.

AJUDANDO A PIRATARIA

Embora exista uma campanha de combate à pirataria, o mau exemplo que alguns poderes estão dando, por se negarem a participar de um forte e decidido pacto para recompor as contas públicas do RS, é certo que estes maus exemplos mais estimulam a compra e a venda de produtos pirateados.

UMA QUESTÃO DE LÓGICA

Todos sabem, perfeitamente, que a folha de salários pagos, principalmente, ao Judiciário e Ministério Público, é desproporcional. É excessivamente alta se comparada com as demais e, sem sombra de dúvidas, com a capacidade do caixa do Tesouro. Assim, a lógica passa a ser a seguinte: continuar comprando, cada vez mais, CDs e DVDs piratas.

O LEGAL É MAIS INJUSTO

O crime praticado por quem compra e vende artigos pirateados, a considerar a falta de compreensão dos Poderes, é infinitamente menor do que o mau uso do dinheiro público, com o gasto com a folha de salários do setor público. Injustiça por injustiça, comprar CDs piratas é a menor de todas. Tudo se explica quando o que é considerado legal acaba sendo mais injusto do que o ilegal.

SEMINÁRIO

A Tecnologia da Informação e Comunicação como protagonista para o desenvolvimento econômico e inclusão social.Para discutir este tema, a 34ª edição do Seminário Nacional de TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO PARA GESTÃO PÚBLICA (SECOP) promoverá palestras com profissionais renomados, oficinas interativas, além de atividades paralelas. O evento acontece de 02 a 04 de agosto no Centro de Convenções da FIERGS, em Porto Alegre, RS. Informações: site www.secop2006.rs.gov.br.

EXPOSIÇÃO

Chega ao Bourbon Shopping Country, no dia 20 de julho, a Exposição Freud 150 Anos, organizada pela Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre (SPPA). A mostra, que esteve no Memorial do RS durante os meses de maio e junho, integra a programação das comemorações do sesquicentenário de nascimento de Sigmund Freud, promovida pela SPPA. No total, 30 painéis retratam a Viena da época do psicanalista austríaco e aspectos de sua vida e história. A exposição está baseada em dois temas: ?Freud e o Judaísmo? e ?Freud e o Modernismo Brasileiro?. A exposição, localizada no 2º piso do shopping, permanece no Bourbon até o dia 30 de julho, com horário de visitação das 10h às 22h.

45 ANOS

A ABAV/RS, fundada em Porto Alegre, em 17 de julho de 1961, completou 45 anos. A entidade civil e associativa, além das funções inerentes à classe, visa contribuir para o desenvolvimento e intensificação das correntes turísticas dentro e fora do país, bem como unificar os esforços dos agentes de viagens em operação no Brasil, defendendo seus legítimos direitos e os interesses presentes nos estatutos da entidade. O aniversário da ABAV-RS foi ontem, 17, mas vai ser comemorado amanhã, 19, com um jantar no Plaza São Rafael.

ADVENTURA SPORTS FAIR

A cidade de Canela marcará presença na 8ª edição da Adventure Sports Fair, que acontece em São Paulo, de 23 a 27 de agosto. A Secretaria de Turismo, em parceria com o Fundo de Turismo de Canela, farão uma ação para divulgar o destino em uma das mais importantes feiras do segmento no país.

TÁ NA MESA

O Tá na Mesa da Federasul desta quarta-feira, 19, será um painel com candidatos ao governo do Estado. Participam Alceu Collares, Francisco Turra, Olívio Dutra e Yeda Crusius, com mediação do jornalista Nikão Duarte.

Leia mais