Artigos

01 jun 2007

DEMOCRACIA É FAZER PASSEATAS?


SOCIEDADE BEM INFORMADA

Que o Brasil é um país estufado de escândalos, repleto de corrupção e tomado pela violência ninguém mais pode negar. A sociedade está, pois, muito bem informada. Nos últimos anos o que mais acontece são revelações e revelações de crimes e safadezas praticadas há muito tempo em quase todos os níveis da sociedade, notoriamente no ambiente político, em todos os níveis de governo.

SEM AÇÃO

Chama a atenção, no entanto, a força que estas corporações foram adquirindo ao longo do tempo. Tudo por lei, gente. A ponto de, simplesmente, não permitir qualquer punição. Eles (os criminosos todos) conseguiram uma blindagem incrível que está deixando a sociedade pasma, imóvel, estúpida e sem saber como agir.

PASSOU DA HORA

Este estado de estupefação e passividade, diante de tanta violência e tanto crime contra a vida e contra o patrimônio público, já passou da hora de exigir uma mudança radical de comportamento e atitude dos lesados.

PONTAPÉ

Precisa surgir alguém que dê um decidido pontapé inicial para uma reforma imediata e completa. Quem sabe começamos quebrando a cara de alguns safados? Não é possível que a enorme indignação se restrinja a fazer passeatas e declarações ridículas de pedido de paz e outras bobagens. Como o povo está educado para nunca reagir acabamos reféns dos políticos e outros bandidos. E eles sabem disto.

RESPOSTA

Depois de tudo que os políticos fizeram e estão fazendo de forma muito descarada, muita gente até pensou que teria chegado, finalmente, a hora de alguma punição e/ou uma mudança de comportamento. Ao contrário: a resposta foi pior ainda. Além de continuarem a roubar ainda resolveram aumentar seus salários. E ninguém se revoltou além da maneira habitual e idiota.

EM COMA PROFUNDO

Até quando nada vai acontecer aos criminosos? A conta está muito alta para a sociedade que parece estar mergulhada em coma profundo. Um estado de coma diferente, que nos faz inertes, idiotas e estritamente disciplinados ao pagamento das contas cada vez maiores. Até quando????

PAPAGAIO DOS AMERICANOS

A declaração de Hugo Chávez: - Que triste para o povo brasileiro! Minhas condolências para esse povo que não merece isso. Um Congresso que repete como papagaio o que dizem em Washington. Que dano faz esse Congresso à causa da integração latino-americana. Que tristeza que dá!", disse Chávez.Mais uma vez vamos comer tudo isto com farofa. Estamos cada vez mais perto do fim. Do fim do mundo latino. Oba!

LEILÃO ELETRÔNICO

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, anunciará na próxima na terça-feira, 5, - dia mundial do meio ambiente - o primeiro edital para venda de créditos de carbono do município na Bolsa de Mercadoria e Futuros (BM&F). Em uma experiência inédita no país, a prefeitura disponibilizará no leilão eletrônico 750 mil toneladas de CO² equivalente, provenientes do Aterro Bandeirantes.

MEIO AMBIENTE

Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho) a Toniolo, Busnello S.A. realizará a segunda edição da Semana do Meio Ambiente, com o objetivo de trabalhar a consciência ecológica de seus colaboradores e da comunidade em que está inserida. O evento acontece de 4 a 7 de junho.

RETIRADA DA VACINA

O presidente da Comissão de Bovinocultura de Corte da Farsul, Carlos Simm, está recomendando aos produtores que apliquem a segunda dose da vacina contra febre aftosa no rebanho bovino e bubalino com até 24 meses, seguindo a legislação estadual. Simm destaca ?que o reforço é tradicional e fundamental para dar início ao processo de retirada da vacina?. Segundo ele, na próxima reunião da Comissão, em 12/06, estará em pauta a possibilidade de retirar a vacina.

VAGAS

A Central de Estágios da Assespro (CEA) está com vagas abertas para estudantes de graduação e cursos técnicos na área da Informática. Os estudantes precisam estar cursando a partir do segundo semestre. As bolsas-auxílio variam de R$ 500,00 a R$1.100,00 para atuação em Porto Alegre, Bento Gonçalves, Novo Hamburgo e São Leopoldo. As oportunidades são para os cursos de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Sistema de informação, Ciências da computação, Técnico em informática e Técnico em Redes. A CEA recebe currículos através do endereço estagios@assespro-rs.org.br. ou cadastramento pelo site www.assespro-rs.org.br

Leia mais

31 mai 2007

ENTRE O DISCURSO E A PRÁTICA


APAGÃO

Se não há risco imediato de um novo apagão elétrico no Brasil é porque os reservatórios desta vez estão cheios. Caso contrário a coisa já estaria complicada. Mais: o que está ajudando a empurrar para frente esta oferta baixa de energia é o nosso baixo crescimento, menor do que a média mundial e da América Latina. A infra-estrutura atual não suportaria um crescimento acima de 5% do PIB.

NO LONGO PRAZO

No longo prazo, no entanto, mesmo mantendo uma taxa baixa de crescimento, o apagão parece inevitável. A Vale do Rio Doce já concluiu desta forma e por isto adia investimentos. Outros que ainda não expuseram suas estratégias de investimentos devem estar pensando da mesma forma. Enquanto isto a sociedade está sendo engambelada com o tal PAC. Discurso puro.

A CHINA E A IMPRENSA

Certas notícias vindas da China têm causado espanto nas economias do mundo. E as repercussões das medidas que o governo chinês toma a cada momento, está carecendo de mais entendimento por parte da nossa imprensa, que mais prefere assustar do que esclarecer.

OPERAÇÕES NA BOLSA

A tal exuberância da Bolsa daquele país é notória pela fantástica valorização dos papéis negociados. E a tributação definida pelo governo chinês, de 0,1% para 0,3% sobre os negócios realizados nos pregões, pretende ser um freio na percepção comunista. Crêem os governantes que sem a tributação as compras aumentarão e podem se tornar uma frustração total para os investidores que estão se lambuzando com o capitalismo, há muito tempo inexistente na China.

CONCEITO DE RISCO

Os preços das ações, em princípio, se regulam pela expectativa que os investidores têm para retornar o capital investido. Quanto maior o prazo de retorno, assim definido pela relação entre o preço da ação e lucro admitido para a empresa nos anos seguintes, maior o risco de oscilação das ações no mercado.

TRIBUTAÇÃO

Comparando a situação da Bolsa chinesa com a Bovespa, uma coisa é certa: a tributação lá, depois de aumentar de 0,1% para 0,3% ainda é infinitamente menor do que a nossa. Portanto, não é por aí que se mede o risco chinês. Embora o risco de oscilação de preços seja uma constante, na comparação dos preços entre os setores e empresas nós ainda somos mais baratos.

DECISÃO DO SÓCIO

Continuo preferindo a definição de que investimento em ações é de prazo incerto. Pode, portanto, ser de curto, médio ou longo prazo. A satisfação do preço atingido é uma questão de foro do investidor. Ele é quem deve decidir o que fazer quando uma ação se valoriza ou quando se desvaloriza. E isto pode acontecer a qualquer tempo. Nada impede que ele volte novamente para o mesmo papel depois de uma venda. Afinal, na Bolsa, o investidor decide quando quer ser sócio. Tudo depende da liquidez do papel para que ele possa entrar ou sair da sociedade.

FALANDO DE ÉTICA

Em tempos de descaso com o patrimônio público, alunos da rede de ensino de Porto Alegre dão um exemplo de cidadania ao discutir em sala de aula o quanto o Brasil perde com a falta de ética. O programa - Vamos Falar de Ética -, da Junior Achievement Brasil, visa discutir esse tema por meio de jogos interativos, que colocam os jovens diante de situações e dilemas do dia-a-dia. O programa será aplicado nesta terça-feira, 5 de junho, das 7h30min às 12h, na Escola da Associação Cristã dos Moços (ACM) e no Colégio Protásio Alves.

EMPREENDER É CONQUISTAR

O Sistema FIERGS, através do Sesi-RS, em parceria com a Junior Achievement, lança nesta quinta-feira (31), às 17h, na sede da FIERGS, o Programa Empreender é Conquistar que tem como objetivo desenvolver, de maneira dinâmica e vivencial, ações educativas que oportunizem aos estudantes a descoberta de seus potenciais empreendedores e as opções de carreira profissional.

JORNADAS DA BORRACHA

Acontecem de 11 a 15 de junho próximo na Fiergs, em Porto Alegre, as IX Jornadas Latino-americanas de Tecnologia da Borracha, juntamente com as VII Jornadas Ibero-americanas de Tecnologia da Borracha e o XII Seminário de Atualidades Tecnológicas. Os eventos estão a cargo do Sindicato das Indústrias de Artefatos de Borracha do RS (Sinborsul). Inscrições: Office Marketing ? fone (51) 2108.3111 ou e-mail: jornadas@officemarketing.com.br

FESTIVAL DE CINEMA

O maior evento de cinema do país e um dos principais da América Latina, o Festival de Cinema de Gramado, abre inscrições para o credenciamento de imprensa da 35ª edição do evento no próximo dia 1º de junho. Jornalistas brasileiros e internacionais podem se credenciar até o dia 15 de julho no site: www.festivaldegramado.net. Este ano o Festival acontece de 12 a 18 de agosto, tendo mais um dia de duração.

Leia mais

30 mai 2007

O TOTALITARISMO CONFIRMADO


SOBERANO

Continua bombando em todo o mundo a louca, porém, perseguida decisão de Hugo Chávez de não renovar a concessão da emissora de televisão RCTV. Não há a menor dúvida de que Hugo Chávez é soberano e tem todo o direito de fazer o que bem entende na Venezuela. E quem deve julgar se o que ele faz é bom ou ruim é o povo venezuelano. Principalmente, o eleitor dele.

TRISTE REALIDADE

O que chama a atenção, porém, é que a ditadura, o totalitarismo já é uma triste realidade por lá. E está se espalhando muito rápido pela América Latina. A pá de cal que define e acaba definitivamente com qualquer possível dúvida de que ainda pudesse haver sobre o regime comunista da Venezuela, foi a não renovação da concessão da RCTV. Este foi o ponto que sepultou de vez com a idéia de quem ainda acreditava que aquilo era uma democracia.

É QUESTÃO DE TEMPO

Tudo o que Chávez está fazendo por lá está escrito -ipsis literis - nos Cadernos do Cárcere, de Antonio Gramsci. Ele está muito disciplinado à Cartilha. Aliás, todos os demais sócios do Foro de São Paulo também se comprometeram com os mesmos princípios. Tudo dependeria das circunstâncias e das oportunidades. Na Venezuela e na Bolívia o momento já chegou. No Equador e na Nicarágua está em curso adiantado. Já o nosso momento, embora ainda esteja sendo preparado, o certo é que com este governo o objetivo é chegar lá também.

UMA QUESTÃO DE LADO

Observem que governo petista sempre se manifesta contrário a qualquer atitude tomada pelos EUA. Para isto sempre há espaço, vontade e interesse. Já quando o assunto é a Venezuela, nada acontece. Não houve qualquer manifestação contrária à atitude ditatorial do amigo de Lula, Hugo Chávez no caso da não renovação da concessão da RCTV. A nossa diplomacia está muda. Nada de curioso. É uma questão de lado. Lado do totalitarismo.

JOGOS DO PAN

No ano passado escrevi um artigo dizendo que a escolha do RJ para a realização dos Jogos do PAN acabariam saindo muito caro para todos os brasileiros. Na mosca: as obras acabaram sendo custeadas em grande parte pelo Governo Federal, representando assim um custo exagerado para os cidadãos brasileiros que arcariam com o ônus, enquanto que os cariocas receberiam o bônus pelas obras recebidas e pelos ingressos com o turismo.

SUPERFATURAMENTO

Pois bastou dizer isto e alguns cariocas se revoltaram e se sentiram ofendidos. Têm todo o direito de reagirem como quiserem, o que, no entanto, não muda em nada o meu lógico raciocínio. Se a despesa já seria elevada dentro da justiça e da honestidade imaginem quando for exposto o superfaturamento de várias obras, que muito em breve será detonado pela imprensa. Segundo matéria já divulgada na revista Times há casos de superfaturamento de até sete vezes o valor de algumas obras. Nós, brasileiros, pagamos a festa do PAN.

O GURU

O americano Malcon Forbes, redator-chefe da Editora Forbes, deve estar lendo atentamente o Ponto Crítico. Repetiu, ontem, aos empresários paulistas. Ao afirmar aquilo que venho escrevendo praticamente todos os dias, a impressão é esta. Vejam o que Forbes disse: o Brasil poderia crescer à taxa de 8% ao ano se eliminasse a política tributária asfixiante, a burocracia excessiva e tornasse as leis trabalhistas mais flexíveis. Que tal?

FLORENSE

As linhas arrojadas e insinuantes da Florense Loft 24/7, assinado pelo arquiteto Ruy Otake, podem ser vistos na Casa Cor SP 2007.

TEATRO BOURBON

Será no dia 05 de junho, terça-feira, a abertura da nova casa de eventos e espetáculos de Porto Alegre. Trata-se do Teatro Bourbon Country, uma parceria da Opus e Cia Zaffari.

ARACRUZ TOCA O SINO

A Aracruz Celulose está completando 15 anos de negociação de suas ações no mercado acionário norte-americano, o maior do mundo. A companhia foi a primeira do Brasil a lançar American Depositary Receipts (ADRs) de Nível 3 na Bolsa de Nova York (NYSE) e participará da tradicional cerimônia de fechamento de fechamento do pregão (The Closing BellSM) na NYSE, no dia de hoje, 30. Na celebração, o diretor Financeiro da companhia, Isac Zagury, tocará o sino do pregão da bolsa.

DESAFIO

O Secretário de Estado do Desenvolvimento e Assuntos Internacionais do RS, Nelson Proença, lançou um desafio aos industriais e executivos do setor petroquímico-plástico: passar a transformar 25% das resinas petroquímicas dentro do Estado antes de 2010. A proposta foi anunciada em palestra realizada ontem, 29, durante a 2ª Reunião-Almoço 2007 do Sinplast, na FIERGS. O aumento do índice de transformação, que hoje soma apenas 11% no RS, está entre as metas do Programa Geraplast, proposto por toda a cadeia.

TERRA VILLE

A Casa Terra Ville realiza neste domingo (dia 3), a partir das 14h, o evento de lançamento da nova edição da Revista Viver Terra Ville, para aproximadamente 500 convidados vip´s. A festa terá um conceito inovador: será um premium brunch. liderado pelo chef Jean Rodrigues. A revista vem com um editorial especial da Casa Terra Ville, apresentando depoimentos de alguns dos hóspedes que experimentaram a sofisticada residência. Resultado de um projeto inédito no mercado imobiliário, a Casa foi lançada com o objetivo de ser um test-drive para prospects do empreendimento. Desde agosto do ano passado, mais de 60 famílias já passaram uma temporada na Casa, que está com o calendário completo para os próximos três meses.

Leia mais

29 mai 2007

É PRECISO RESTAURAR O REGIME - (2)


RACIONALISMO

No período da Restauração Européia, que teve início em 1800 e findou em 1850, o liberalismo, como doutrina política, derivava do racionalismo do século XVIII. Foi o grande grito contra o crivo arbitrário do poder absoluto, ao respeito cego ao passado, ao predomínio do instinto sobre a razão.

BUSCA DA VERDADE

O liberalismo (racionalismo) preconizava a busca da verdade por parte do individuo sem nenhum tipo de freios. Tudo mediante amplo diálogo e a confrontação de pareceres, dentro de um clima de tolerância, de liberdade e fé no progresso.

PODER DA RAZÃO HUMANA

Esta doutrina se assentava na confiança no poder da razão humana e era tudo que se esperava das constituições e das leis escritas. Seu rasgo distintivo consistia no desejo de querer resolver tudo mediante a aplicação de princípios abstratos e mediante a aplicação dos direitos dos cidadãos e do povo. A Revolução deu força verdadeira a estas idéias.

IDÉIAS DE LIBERDADE

Frente aos privilégios históricos e às prerrogativas tradicionais do príncipe ou das classes governantes, o liberalismo opôs-se aos direitos naturais e dos governados. Frente à idéia de hierarquia e de autoridade, o liberalismo apresentava as idéias de liberdade e de igualdade. E estas idéias precisariam ser aplicadas em todos os setores: ao governo, à religião, ao trabalho e às relações internacionais.

DOIS ASPECTOS

Mas o liberalismo se refere, fundamentalmente a dois aspectos: ao político e ao econômico. O liberalismo como sistema político foi construído a partir das doutrinas dos velhos mestres Montesquieu, Voltaire, Rousseau e Condorcet, que se consagraram depois da queda de Napoleão e se estendeu desde a França e Inglaterra pelo sul e pelo este da Europa.

LIBERALISMO POLÍTICO

O liberalismo político propunha uma limitação do poder mediante a aplicação do principio da separação entre o Legislativo, o Executivo e o Judiciário, de tal maneira que o Legislativo caía em mãos de uma Assembléia eleita por sufrágio censitário. Esta divisão devia se estabelecer mediante a criação de órgãos que tivessem a mesma força, pois no equilíbrio dos poderes residia a melhor garantia de seu controle mútuo e ao mesmo tempo da liberdade do individuo frente ao absolutismo.

DISTINÇÃO

O Liberalismo se distinguia da democracia o do radicalismo 1- porque defendia a idéia da soberania das assembléias parlamentares frente à soberania do povo; 2- porque dava primazia à liberdade sobre a igualdade; e, 3- porque preconizava o sufrágio limitado frente ao sufrágio universal.

CÔRTES DE CADIZ

O Liberalismo começou a transformar a Europa a partir da segunda década do século XIX, e foi precisamente na Espanha onde teve uma de suas primeiras manifestações com a reunião das Côrtes de Cádiz e a elaboração da Constituição de 1812, a qual se converteu num importante símbolo para muitos liberais europeus. De fato, o termo liberal foi utilizado por primeira vez pelos deputados espanhóis naquelas Côrtes no sentido de abertos, magnânimos e condescendentes com as idéias dos demais, na sua luta para acabar com o absolutismo tradicional de sua Monarquia.

FORMAS

O Liberalismo se impôs de várias formas: uma delas foi mediante um movimento revolucionário, como foi o caso da França em 1830, e em outras recorreu à reformas mediante uma evolução progressiva do sistema político sem violências, como ocorreu nos Países Baixos ou nos países escandinavos. Quem sabe, com alguma inspiração e muito raciocínio, chegamos aonde eles já chegaram...

ACORDO

A Gerdau Ameristeel anunciou que chegou a um acordo para um novo contrato de trabalho com o sindicato dos metalúrgicos (United Steelworkers - USW) em sua unidade de Manitoba, no Canadá. O novo contrato, efetivo a partir de 24 de maio de 2007, tem vigência até 23 de maio de 2012.

TI NA CONSTRUÇÃO CIVIL

A utilização da Tecnologia da Informação no setor de Construção Civil ainda é pequena no Brasil, se comparada aos mercados internacionais. ?De uma forma geral, as empresas de construção civil fazem um uso muito limitado das TIC atualmente disponíveis?, afirma o Eduardo Luiz Issato, Professor da UFRGS e Coordenador Geral do III Encontro Tecnologia da Informação e Comunicação na Construção Civil - TIC2007, dias 11 e 12 de julho de 2007, no Centro de Convenções do Hotel Deville.

PLANEJAMENTO FAMILIAR

A Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Câmara Municipal de Porto Alegre, convida para participar do Seminário do Fórum do Planejamento Familiar sobre "Ferramentas para implementação de Programas de Planejamento Familiar", a realizar-se às 19 horas, amanhã, 30, no Plenário Ana Terra da Câmara Municipal, na Avenida Loureiro da Silva, 255, em Porto Alegre.

MOTORYAMA

A Yamaha Motor do Brasil realizou sua habitual campanha de incentivo aos concessionários no período de abril de 2006 a março de 2007. A Motoryama, de Porto Alegre, RS, foi uma das mais bem classificadas a nível nacional. Parabéns.

TÁ NA MESA

O ex-ministro da Justiça e ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Nelson Jobim, participa nesta quarta-feira, 30, da reunião-almoço Tá na Mesa da Federasul. Ele falará sobre: "Reforma Política". Às 12h na Federasul.

Leia mais

28 mai 2007

É PRECISO RESTAURAR O REGIME - (1)


DEMOCRACIA ABALADA

A sempre tão decantada democracia brasileira, hoje mais identificado como regime falso em que a sociedade imaginava ser regido por princípios de justiça e igualdade, está cada vez mais parecida, em vários aspectos, com o Antigo Regime, definido como Absolutismo. Sim, aquele mesmo que vigorou do século XV até o final do século XVIII, quando foi derrubado pela Revolução Francesa.

MAIS ORGANIZADOS

Hoje, embora muito mais organizados como sociedade (são inúmeras as instituições, confederações (indústria, comércio e agricultura) e outras tantas Ordens e Conselhos dos mais diversos), não estamos usando tais ferramentas, eficientes, para pressionar em defesa de uma grande Reforma ou Restauração do nosso Regime, que está ficando cada dia mais parecido com o do período Feudal.

PRIVILÉGIOS

A nossa estrutura democrática deveria estar alicerçada no Estado de Direito. Infelizmente não é o que acontece. Diante de fantásticos privilégios mantidos e/ou concedidos a muita gente, desde o Brasil Colônia, mais atestam que estas castas, grupos ou classes sociais mais se parecem com a antiga Nobreza no período do Antigo Regime. Relembrando e comparando:

O ANTIGO E O NOVO REGIME

Sob o ponto de vista cultural e histórico, no âmbito da Europa Ocidental, é possível distinguir o que representaram o Antigo e o Novo Regime durante o curso do século XVIII. O Antigo Regime, baseado no âmbito da organização política, que representava a monarquia absoluta, foi destruído em 1769 com a Revolução Burguesa que teve lugar na França, embora o primeiro ato dirigido contra o Antigo Regime se produziu na Inglaterra durante a metade do século XVII.

GRUPOS SOCIAIS

Como é sabido, a estrutura social do Antigo Regime era fortemente hierarquizada e dividida em estamentos (divisão da sociedade que responde a critérios próprios do Feudalismo e do Antigo Regime. Tais estamentos eram agrupamentos fechados, pois se entrava neles normalmente por circunstâncias de nascimento, diferente das classes sociais que assim se definiam por interesses econômicos, e havia a possibilidade da promoção social por méritos extraordinários, como: 1- o enobrecimento que estava a cargo do Rei por serviços militares ou de outro tipo; 2- a compra com dinheiro; e, 3- por matrimônio, ainda que as relações desiguais eram sempre mal vistas socialmente. Os grupos sociais se distinguiam uns dos outros em função de sua riqueza e dos privilégios e leis próprias que cada um possuía.

HIERARQUIA

-

O REI

-Na cúpula da pirâmide social se situava o Rei, soberano absoluto e ilimitado, cuja vontade se convertia em normas jurídicas sem nenhum tipo de controle efetivo. O Rei podia tudo.

A NOBREZA

Em torno do monarca se encontrava a Nobreza, grupo social privilegiado que acabava isento de impostos, ou, ao menos, dos impostos mais importantes. Este grupo social monopolizava os cargos políticos, militares e administrativos vivendo das rendas das terras e dos privilégios concedidos pelo Rei. O trabalho físico e o comércio não figuravam entre suas atividades.

O CLERO

Outro grupo social privilegiado, considerado segundo estado, era o Clero, também isento do pagamento de impostos. Este grupo social mantinha uma decisiva influencia político e cultural tendo na propriedade, assim como a nobreza, grandes extensões de terras.

O POVO

Por último, o terceiro estado, ou terceiro setor, que incluía o restante da sociedade, o povo, indo do jornaleiro ao artesão e à rica e incipiente Burguesia Comercial. A todos estes se exigia o pagamento de impostos. E não lhes era permitido qualquer privilégio.

A BURGUESIA

Dentro deste terceiro Estado foi-se consolidando e se organizando o grupo mais homogêneo, organizado e poderoso, chamado de Burguesia. Este setor nasceu como conseqüência do desenvolvimento do comércio, convertendo-se paulatinamente em uma verdadeira potência econômica. Em muitos casos, muito mais rica e poderosa do que a própria aristocracia.

A RESTAURAÇÃO

Esta então nascente Burguesia, do Antigo Regime, estava totalmente separada do poder político e de todos os centros de decisão do poder público. Pois foi exatamente esta classe social organizada ? a Burguesia ? que praticamente destruiu as bases do Antigo Regime e construiu os fundamentos do mundo contemporâneo.

REVOLUÇÃO FRANCESA

A Revolução Francesa configurou os elementos que constituíram o fundo ideológico de uma nova concepção política e jurídica. A primeira destas idéias, o princípio da legalidade, se constituiu no instrumento jurídico dirigido diretamente contra a estrutura política do Estado absoluto. Frente ao poder pessoal e arbitrário do rei, se contrapõe o ideal de governo por e em virtude das normas jurídicas.Continua amanhã...

DIA DA INDÚSTRIA

O Dia da Indústria, comemorado dia 25, trouxe muitas reflexões sobre o futuro do setor produtivo gaúcho. O RS possui enormes desafios econômicos, sociais e ambientais a superar. Para tanto, a FIERGS acredita ser necessário promover mudanças para garantir os direitos de todos os seus cidadãos, de modo sustentável. Responsáveis por 637 mil empregos e 37,6% do PIB gaúcho, neste contexto as 41 mil indústrias no estado têm um papel fundamental. No curto prazo, o presidente da Fiergs, Paulo Tigre, disse: ?Não podemos deixar que o dólar mais valorizado resolva todos os problemas. Temos o juro, a falta de capital (crédito) e a pouca poupança interna para serem resolvidas. Precisamos das reformas tributária, trabalhista e política. Há a guerra fiscal no País que é um atraso. Não podemos acreditar que se pode crescer por decreto e esperar que o Governo o faça?, defende o industrial. Novas cadeias produtivas fazem também parte dos próximos passos para o crescimento industrial no RS.

PRÊMIO EXPORTAÇÃO

A ADVB/RS reúne a comunidade exportadora gaúcha para a entrega dos troféus às 17 empresas que se destacaram nas exportações no último ano. A solenidade será realizada na quinta-feira, 31 de maio, às 19h30min, na Associação Leopoldina Juvenil, em Porto Alegre.

ALIANÇA

O Grupo Gerdau firmou uma aliança estratégica com a empresa dominicana Industrias Nacionales, C. por A. (Inca), fabricante de produtos siderúrgicos, por US$ 42 milhões. Com isso, terá 30,45% de participação societária na holding Multisteel Business Holdings Corp, a qual possui 98,57% da Inca. Essa operação assegura o ingresso do Grupo Gerdau em um novo mercado consumidor de aço, em franca expansão, e faz parte da nossa estratégia de crescer nas Américas, afirmou o diretor-presidente (CEO), André Gerdau Johannpeter.

Leia mais

25 mai 2007

ESCLARECENDO O FORO DE SÃO PAULO


ATENDENDO SOLICITAÇÕES

Diante de inúmeras solicitações de leitores/assinantes que pedem esclarecimentos sobre o que é ou representa o perigoso Foro e São Paulo, do qual tenho feito referências em vários artigos, repasso o e-mail que recebi de Graça Salgueiro, com a entrevista concedida à imprensa internacional, por Raúl Reyes, líder guerrilheiro colombiano, que admitiu em visita à Venezuela, que as FARC formam parte do chamado Foro de São Paulo. Vejam a que ele disse e tirem e deduzam como quiserem:

O INÍCIO

Depois da queda do Muro de Berlim, em 1989, e da derrubada do comunismo na ex-União Soviética, Fidel Castro decidiu substituir o apoio que recebia do Bloco Oriental pelo de uma transnacional latino-americana.Aproveitando o poder parlamentar que tinha o Partido dos Trabalhadores (PT) no Brasil, Fidel Castro convocou em 1990, junto com Luis Inácio ?Lula? da Silva, todos os grupos guerrilheiros da América Latina a uma reunião na cidade de São Paulo.

A DENOMINAÇÃO

Além do próprio PT e do Partido Comunista de Cuba, acudiram ao chamado o Exército de Libertação Nacional (ELN) e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC); a Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN) da Nicarágua; a União Revolucionária Nacional da Guatemala (URNG); a Frente Farabundo Martí de Libertação Nacional (FMLN) de El Salvador; o Partido da Revolução Democrática (PRD) do México; e várias dezenas mais de grupos guerrilheiros e partidos de esquerda da região que iam se juntando ao longo dos anos, como o Exército Zapatista de Libertação Nacional (EZLN) do México. Ali decidiram formar uma organização que se autodenominou Foro de São Paulo.

OS DIRIGENTES

Para dirigi-lo centralizadamente criaram um Estado Maior Civil, dirigido por Fidel Castro, Lula, Tomás Borge e Frei Betto, entre outros. E um Estado Maior Militar, comandado também pelo próprio Fidel Castro, o líder sandinista Daniel Ortega, e no qual tem um papel importante, o argentino Enrique Gorriarán Merlo.

MERLO

Gorriarán Merlo foi fundador do Exército Revolucionário do Povo (ERP) e, posteriormente, do Movimento Todos pela Pátria (MTP). Gorriarán Merlo é o autor do ataque terrorista de janeiro de 1989 ao regimento de infantaria La Tablada, em Buenos Aires, no qual morreram 39 pessoas, e foi quem encabeçou a esquadra que assassinou Anastasio Somoza em Assunção, Paraguai, em setembro de 1980. Gorriarán Merlo também organizou a maquinaria militar do Movimento Revolucionário Tupac Amaru (MRTA), o mesmo que há três anos e meio tomou a residência do embaixador japonês em Lima.

REVISTA TRIMESTRAL PRÓPRIA

O Foro de São Paulo tem um sistema de comunicação permanente, e até produz uma revista trimestral própria, denominada América Livre. Estabeleceu uma forma sólida e permanente de financiamento, baseada em sequestro, roubo de gado, cobrança de impostos, assaltos a bancos, pirataria, narcotráfico e demais atividades ilegais que rotineiramente praticam os grupos guerrilheiros na América Latina.

DISFARCES

Tendo em vista que o marxismo dos anos sessenta já estava caduco e desprestigiado, os diretores do Foro de São Paulo decidiram adotar formalmente diversos disfarces:

INDIGENISMO

-Um deles foi o do indigenismo, ou a suposta luta pelos direitos dos indígenas, para encobrir a formação de grupos guerrilheiros (Exército Zapatista de Libertação Nacional), e também a promoção do separatismo, argumentando que os territórios ocupados pelas tribos indígenas são próprios e não do Estado nacional.

ECOLOGISMO

Outro disfarce foi o do ecologismo radical que, alegando a proteção do meio ambiente, justificou a ação de terroristas que obstaculizaram o avanço do Estado em obras públicas de infra-estrutura como rodovias e tensão elétrica.

TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO

E, finalmente, o de uma versão extremista da chamada Teologia da Libertação (Frei Betto, Leonardo Boff, Paulo Evaristo Arns), com o objetivo de dividir a Igreja Católica e justificar a violência com argumentos supostamente cristãos.

A ENTRADA DE HUGO CHÁVEZ

Segundo um informe da AP, datado em Montevidéu, Hugo Chávez se inscreveu no Foro de São Paulo em 30 de maio de 1995. Isto foi confirmado por Pablo Beltrán, líder do ELN, em uma entrevista realizada pela Globovisión em 17 de novembro de 1999.

FINANÇAS

Há quatro anos o investigador colombiano Jesús E. La Rotta publicou um livro intitulado As Finanças da Subversão Colombiana, no qual revela os resultados de suas investigações sobre as fontes de financiamento das FARC, do ELN e do EPL.

AS SEIS FORMAS DE FINANCIAMENTO

Fazendo uso de numerosos gráficos e tabelas, La Rotta identifica seis formas ou modos gerais por meio dos quais os guerrilheiros colombianos obtêm entrada de dinheiro, a saber:

1

a EXTORSÃO EM MENOR ESCALA, como os impostos, o bilhete e a cobrança de pedágios, de onde obtêm um total de 1.030 milhões de dólares ao ano;

2

- a EXTORSÃO EM GRANDE ESCALA a empresas nacionais e multinacionais nos diversos setores como o petroleiro, agrícola, pecuário, industrial, comercial e financeiro, de onde arrecadam 5.270 milhões de dólares anuais;

3

- o ABIGEATO ou roubo de gado, de onde recolhem 270 milhões de dólares anualmente;

4

os ASSALTOS, por meio dos quais conseguem 400 milhões de dólares ao ano;

5

a PIRATARIA, seja terrestre, fluvial, marítima ou aérea, que lhes rende 150 milhões de dólares em depósitos anuais; e, finalmente

6

o NARCOTRÁFICO, de onde obtêm 1.130 milhões de dólares ao ano. Tudo isso soma U$ 8,250 BILHÕES ao ano, cifra muito superior aos orçamentos de todas as Forças Armadas Nacionais de todos os países andinos.

FECHANDO O CÍRCULO

Todavia, La Rotta admite que se tratam de cifras de 1994, e explica que ?os grupos subversivos, em particular as FARC e o ELN, entraram em franco processo de substituição dos cartéis da droga desmantelados e que, cumprido tal processo, se fechará o círculo do enriquecimento quando incorporarem em plenitude o produto global do narcotráfico, que pode representar-lhes depósitos de dinheiro superiores?.

O CARTEL DAS FARC

Poucos meses depois de haver-se publicado o livro de La Rotta, saiu o livro - O Cartel das FARC - , elaborado pelo major colombiano Luis Alberto Villamarín Pulido, o qual alega que as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia constituem o terceiro e mais poderoso cartel das drogas.

CAPOS

Embora já existissem provas da vinculação do ELN e das FARC com o narcotráfico, os documentos retidos em 31 de janeiro de 1996 das quadrilhas 14 e 15 das FARC, por tropas da Brigada 12 em Paujil (Caquetá), comprometem ainda mais os guerrilheiros com o tráfico de drogas: aparecem as frequências de VHF e inúmeros telefonemas dos capos do Cartel de Cali, assim como atas de reuniões entre as FARC e os narcotraficantes.

ALÉM FRONTEIRAS

O livro está cheio de afirmações impressionantes, como esta: ?A infra-estrutura do cartel das FARC tem todos os elementos de organização e controle próprios dos bandos de mafiosos que inundam o mundo civilizado com o tráfico ilícito de cocaína, com o agravante de que ameaçam camponeses, envolvendo-os com as milícias bolivarianas e o partido comunista clandestino. A ação dos delinqüentes do cartel das FARC ultrapassa as fronteiras nacionais?.Que tal?

NA MÃO CERTA

Uma operadora de rodovias vai além de obras e atendimento nas rodovias. É fundamental que se pense também no bem estar dos usuários fora da estrada. Foi com esse sentimento de responsabilidade social que a Associação Gaúcha das Concessionárias de Rodovias aderiu ao Programa Na Mão Certa, criado pela World Childhood Foundation ? Brasil que visa combater a exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias. O ?Na Mão Certa? será adotado pelas sete concessionárias do programa estadual que juntas, gerenciam quase dois mil quilômetros de rodovias. Além de oferecer treinamento para que seus colaboradores atuem também como monitores nas rodovias e auxiliem na fiscalização, as concessionárias ainda vão distribuir material educativo em suas cabines e disponibilizar suas centrais 0800 para denúncias. O objetivo da AGCR é criar uma rede de monitoramento que coíba essa prática cruel que rouba a infância de milhares de crianças.

SINDUSCON/RS

O secretário estadual da Habitação, Saneamento e Desenvolvimento Urbano, Marco Alba, será o palestrante da reunião-almoço do Sinduscon/RS, às 12h30min desta segunda, 28, na sede da entidade, em Porto Alegre.

CAMPANHA DO AGASALHO

-A prefeitura iniciou ontem a campanha do agasalho de 2007, em adesão à do Governo do Estado. Todos os prédios municipais e ônibus da Carris em circulação na cidade receberão uma caixa coletora para as doações de roupas, calçados e alimentos. Serão 465 postos de arrecadação.

INAUGURAÇÃO

A Maxim Peugeot expande suas operações com uma nova unidade em Canoas. Com 2.800 m², e localizada na Av. Getulio Vargas, próxima ao Hipermercado Bourbon, a concessionária inaugura no próximo dia 29 de maio. A nova Maxim abre as portas já no padrão internacional de estrutura e layout da Peugeot, o Blue Box.

Leia mais