Artigos

08 dez 2022

LICENÇA PARA GASTAR E PARA EMPLACAR A DITADURA


LICENÇAS

Da mesma forma como -James Bond- o mais conhecido Agente secreto 007, do SIS (Secret Intelligence Service), foi criado pelo escritor e jornalista inglês -Ian Fleming- e como tal lhe foi concedida uma -LICENÇA PARA MATAR-, ontem, a maioria dos senadores do nosso empobrecido Brasil, ao aprovarem DUAS CATASTRÓFICAS PECS (Projetos de Emenda Constitucional), resolveram conceder, de mão beijada, ao próximo governante, 1- LICENÇA PARA GASTAR; e, 2- LICENÇA PARA EMPLACAR, de forma legal, a DITADURA BRASILEIRA. 


CAMINHO LIVRE

Sei, perfeitamente, que os meus alertas têm alcance muito reduzido. Ainda assim, não foram poucas as vezes que escrevi informando que enquanto o povo achou por bem se reunir, e lá permanecer, em frente aos mais diversos quartéis espalhados pelo nosso imenso Brasil, a Câmara e o Senado ganharam CAMINHO LIVRE para detonar, com enorme prazer, com o pobre povo brasileiro, como se viu ontem através da postura da maioria dos senadores. Como bem refere o pensador Paulo Uebel, - o PT deve estar adorando. Enquanto muita gente está na porta dos quartéis, o Senado passa um rombo no teto de mais de R$ 145 bilhões, por 2 anos. Quando se derem conta, vai ser tarde. A pressão popular só faz diferença para quem depende de voto.


LICENÇA PARA GASTAR

No que diz respeito à LICENÇA PARA GASTAR,  os senadores rejeitaram os 3 destaques que poderiam alterar o texto da PEC que FURA O TETO DOS GASTOS, com impacto fiscal de mais de R$ 200 bilhões. Com isso, os LULISTAS (que mais do que ninguém adoram DESPESAS), tiveram 55 dos 81 votos possíveis. O destaque do senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) propunha diminuir a folga de R$ 145 bilhões no teto de gastos por 2 anos para R$ 100 bilhões em 2023. A mudança precisava de 49 votos favoráveis para ser aprovada pelo plenário. Foram 27 a favor e 50 contrários. Que tal?


REJEIÇÕES

Ao todo, a PEC recebeu 12 emendas de plenário que não alcançaram o número de assinaturas necessárias para deliberação dos senadores. O destaque do Podemos, para REDUZIR O FURO no teto para R$ 100 bilhões, a vigência para 1 ano e o prazo para o envio do novo regime fiscal para junho de 2023 foi rejeitado por 50 a 27;  e o destaque do PP para REDUZIR A 1 ANO A VIGÊNCIA DO FURO NO TETO DE R$ 145 BILHÕES , também foi rejeitado por 55 a 23.


UM VIVA À DITADURA

Quanto a LICENÇA PARA EMPLACAR A DITADURA NO BRASIL,  o senador Renan Calheiros conseguiu a adesão de colegas para a PEC que amplia o PODER DO STF em infrações contra o Estado Democrático (?) de Direito, destinando à Suprema Corte a atribuição exclusiva de julgar atos contra a DEMOCRACIA. A proposta obteve a assinatura de 31 senadores, quatro a mais que o mínimo necessário. O pacote também contém um projeto que veda a indicação de militares, da ativa ou da reserva, para chefiar o Ministério da Defesa. E outra proposta acrescenta “a participação de agente público em manifestações de caráter político-partidário, ostentando a condição de seu cargo” ao CRIME DE ABUSO DE AUTORIDADE. Trata-se de um sonoro VIVA À DITADURA!


ESPAÇO PENSAR +

Leia no ESPAÇO PENSAR+: "ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA"...QUE A VAIDADE CAUSA, por Percival Puggina. Confira aqui: https://www.pontocritico.com/espaco-pensar



Leia mais

07 dez 2022

CARTA RESPOSTA?


SENTIMENTO DE ABANDONO

No editorial de 25 de novembro, que pode ser conferido neste link (https://www.pontocritico.com/artigo/carta-ao-presidente-jair-bolsonaro), achei por bem escrever uma -CARTA -PESSOAL- ao PRESIDENTE JAIR BOLSONARO. O motivo que me levou a escrever a tal CARTA, como referi naquele editorial, foi o inevitável crescimento do -SENTIMENTO DE ABANDONO- que tomou conta de uma enorme parcela de brasileiros que esperavam uma atitude firme, enérgica e pronta contra a escancarada -DITADURA DA TOGA- da qual o ATAQUE FRONTAL ÀS LIBERDADES tem sido o alvo preferido dos TIRANOS.


O CHORO DO PRESIDENTE

Pois, nesta semana, tão logo vi as imagens que mostram o presidente Jair Bolsonaro chorando copiosamente durante a solenidade de cumprimentos a generais, o que me passou imediatamente pela cabeça, com alta dose de probabilidade, é que aquele gesto carregava a intenção de servir como RESPOSTA À MINHA CARTA. 


ISOLADO

Me perdoem os leitores que pensam de maneira diversa, sempre com desmedida e imortal ESPERANÇA, mas o fato é que não posso trair o meu sentimento. Confesso que no momento que vi o presidente chorando fiquei com a clara impressão (tomara que esteja enganado) de que ele já não conta com o APOIO -necessário- daqueles que, assim como nós todos imaginávamos, deveriam GARANTIR A LEI E A ORDEM, como manda a Constituição. Bolsonaro, através do choro, mostrou o quanto está isolado e impotente para corresponder a tudo, ou mesmo em parte, daquilo que o povo nas ruas está exigindo de forma essencialmente DEMOCRÁTICA.  


CERIMÔNIA FÚNEBRE

O mais preocupante é que até a cerimônia FÚNEBRE, que serviria para homenagear todos aqueles que ao cantar o Hino da Independência declaram, com a mão direita no peito, que estão dispostos a MORRER PELO BRASIL, tem tudo para ser transferida para -sine die- por conta de uma LIDERANÇA AUSENTE. De novo: espero que este meu sentimento não passe de um pesadelo provocado por uma noite agitada e muito mal dormida. 


ESPAÇO PENSAR +

No ESPAÇO PENSAR+ de hoje: NOVO AI-5, por Alexandre Garcia. Confira: https://www.pontocritico.com/espaco-pensar



Leia mais

06 dez 2022

QUALQUER SEMELHANÇA...


COINCIDÊNCIA

A velha e surrada expressão - QUALQUER SEMELHANÇA É MERA COINCIDÊNCIA - comumente utilizada em casos em que as semelhanças (de algo ou alguém) não é fruto de um pensamento lógico, mas do acaso, é tudo que não cabe, em hipótese alguma, às propostas apresentadas por pessoas e partidos de esquerda. Aí, a expressão que cabe para todas as ocasiões, indistintamente, é - QUALQUER SEMELHANÇA -NÃO- É MERA COINCIDÊNCIA -.  


1984

Vejam, por exemplo, que a SEMELHANÇA que há entre as Pastas do -eventual- governo LulaLadrão, NADA TÊM de MERA COINCIDÊNCIA com os QUATRO MINISTÉRIOS existentes no clássico romance -1984-, de George Orwell:

1- MINISTÉRIO DA VERDADE, responsável por tudo o que é escrito, seguindo a lógica de que o partido é infalível e nunca erra; 

2- MINISTÉRIO DA PAZ, responsável pela guerra; 

3- MINISTÉRIO DA FARTURA, responsável pela economia; e

4- MINISTÉRIO DO AMOR, responsável pela espionagem e controle da população.


MINISTÉRIO DA GASTANÇA

Some-se aos anteriores o MINISTÉRIO DA GASTANÇA, que está sendo cuidadosamente montado com o propósito de satisfazer vontades políticas e/ou financiar as mais diversas propostas POPULISTAS. Como tal caberá ao MINISTÉRIO DA GASTANÇA a IRRESPONSABILIDADE FISCAL assim como a busca incessante de polpudos recursos, quer pela forma do endividamento, com emissão de moeda a vista e/ou a prazo, quer pelo aumento de impostos. Alguma COINCIDÊNCIA???


FUNCIONAMENTO ANTECIPADO

Pois, enquanto o povo brasileiro aguarda a entrada triunfal do -ANO DE 1984-, ou 2023 melhor dizendo, o que já se vê, sem respeitar o calendário, é o funcionamento -antecipado- do MINISTÉRIO DA VERDADE.  Na real, apoiado com firmeza, desde janeiro de 2019, o MINISTÉRIO DA VERDADE reúne desde então não apenas a MÍDIA ABUTRE como, principalmente, a maioria dos ministros do STF e do TSE, com sua força avassaladora. Conta também, desde sempre, com a explícita má vontade do presidente do Senado Federal e dos 16 partidos de esquerda, que lutam, incessantemente, pelo estabelecimento do REGIME COMUNISTA NO BRASIL.


QUALQUER SEMELHANÇA...

Resumindo: o MINISTÉRIO DA VERDADE é uma versão contemporânea da propaganda e uma das faces mais presentes das DITATURAS, onde os FATOS são desprezados; a NARRATIVA é enaltecida; e a LIBERDADE é inexistente. Ou seja, QUALQUER SEMELHANÇA...



Leia mais

05 dez 2022

VEM AÍ, MAIS UMA VEZ, O BRASIL QUE NÃO DEU CERTO


CASH IS KING

Como tudo passa, inevitavelmente, pelo CAIXA, isto explica as razões pelas quais todas as atividades dependem da ECONOMIA. Esta lógica conhecida como -CASH IS KING- expõe, com todas as letras, que todos os empreendimentos, que iniciam com a -IDEIA-, se obrigam a reunir RECURSOS -HUMANOS, FINANCEIRO, INSUMOS E TECNOLOGIA- para que possam produzir e/ou fazer circular os bens e serviços que pretendem ofertar no mercado.


EQUIPE DE TRANSIÇÃO

Pois, com base neste simples raciocínio, por tudo que já li e ouvi, tanto do presidente eleito quanto do que é fornecido pela enlouquecida equipe de TRANSIÇÃO, não tenho a menor dúvida de que VEM AÍ, MAIS UMA VEZ, O BRASIL QUE NÃO DEU CERTO. Aliás, como bem aponta o economista Pedro Jobim, as pessoas envolvidas - as mesmas que patrocinaram a maior recessão jamais registrada na economia brasileira - estão falando que vão repetir todo o receituário que a provocou. Sendo assim, por que deveríamos esperar resultados distintos? 


ECONOMIA PETISTA

Jobim, corretamente, vai mais além: - A direção da ECONOMIA sob o jugo do PT é clara, e vai no sentido oposto daquele apontado pela PSICOGRAFIA E PELO CINISMO de alguns economistas ditos liberais. Com MAIS GASTOS serão necessários MAIS IMPOSTOS. Esta combinação, por si, gerará mais INFLAÇÃO e estará associada a um nível de JUROS MAIS ELEVADO, o que induzirá MENOS CRESCIMENTO. O voluntarismo com os bancos públicos e a DESCAPITALIZAÇÃO DAS DEMAIS ESTATAIS têm o potencial adicional de DESORGANIZAR A ECONOMIA e induzir uma crise de confiança, o que pode levar a uma RECESSÃO. Além disso, dentro de alguns trimestres, quando a substituição do atual comando do Banco Central, prevista para janeiro de 2025, entrar no horizonte, também a MOEDA pode vir a perder sua sustentação


CENÁRIO ADVERSO

Os condicionantes locais para a economia apontam, desta forma, para um cenário muito adverso, que pode eventualmente ser suavizado caso os preços de commodities permaneçam elevados em 2023. A situação do Brasil, no entanto, é extremamente preocupante, por motivos que vão muito além da economia. O processo eleitoral que vivemos esteve repleto de vícios, que alimentam questionamentos quanto à legitimidade do governo eleito. As ilegalidades cometidas pelas cortes superiores nos últimos meses incluem , mas não se limitam a censura prévia e prisão de deputados (atuais e eleitos) ligados ao atual presidente; perseguição de empresários apoiadores do atual presidente; proibição de divulgação de fatos verdadeiros a respeito do presidente eleito, e a censura a veículos de mídia, entre outras arbitrariedades.


RECESSÃO

Esta violência produziu enormes feridas no TECIDO SOCIAL que seguem abertas, e tendem não apenas a não cicatrizarem, mas, sim, a se aprofundarem, na medida em que o ESTADO DE DIREITO e o devido PROCESSO LEGAL sigma sem perspectiva para seu reestabelecimento. A CHEGADA DA RECESSÃO é um fator potencialmente capaz de disparar um tensionamento ainda maior da sociedade, e a amplificação das manifestações, que seguem muito intensas desde o fim do segundo turno. 

Estes elementos de anomalia política acrescentam uma dose adicional de incerteza ao cenário econômico, numa dimensão que não foi comum nas últimas décadas. O BRASIL, ENVELHECIDO E ENDIVIDADO, parece ingressar num CURSO POTENCIALMENTE CATASTRÓFICO. Os contornos do país que pode emergir do outro lado desse longo e sinistro túnel tendem a ser bem piores do que as simples planilhas de evolução de dívida são capazes de capturar, mesmo nos cenários mais pessimistas. 


ESPAÇO PENSAR +

No ESPAÇO PENSAR+ de hoje: DÉFICIT ESTRUTURAL DO BRASIL, por Darcy Francisco Carvalho dos Santos. Confira aqui: https://www.pontocritico.com/espaco-pensar



Leia mais

02 dez 2022

O PLANO


EMBALADA PELA VONTADE

Há quem diga, e até jure, que o PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, tem um PLANO cujo objetivo é impedir e/ou tentar segurar o -evidente- avanço do COMUNISMO no Brasil. Esta convicção, imagino, é embalada MUITO pela VONTADE de que isto realmente aconteça; e POUCO, ou quase nada, pelo que é dito ou informado. Aliás, para manter acesa a chama da ESPERANÇA, os mais convencidos veem o SILÊNCIO como ESTRATÉGIA e que logo, logo a cobra vai, enfim, fumar. Rezo para que estejam certos.


CHAMADA DE CAPA

Entretanto, a bem da verdade -nua e crua-, enquanto -DE UM LADO- os líderes da imensa turma formada pelos CONSERVADORES, que exigem LIBERDADE e respeito à DEMOCRACIA, mantém em SEGREDO o MISTERIOSO PLANO (se é que ele realmente existe); -DE OUTRO- os líderes dos 16 partidos que formam a organizada ALA COMUNISTA, com apoio irrestrito da MÍDIA ABUTRE e da maioria dos ministros do STF e do TSE, jamais esconderam que cumprem -passo a passo- o estudado -PLANO DE GOVERNO- cuja chamada de capa inicia com a frase: - ELEIÇÃO A GENTE TOMA. O RESTO A GENTE VÊ DEPOIS.  


CERTEZA DA VITÓRIA

O meu sentimento, diante deste SILÊNCIO ENSURDECEDOR do -lado de cá- tem como fundamento o seguinte: caso realmente exista o sempre escondido -PLANO DE GOVERNO DA DIREITA CONSERVADORA- ele se restringe, apenas e tão somente, na certeza da vitória de Jair Bolsonaro na eleição para presidente. Ou seja, nem mesmo a frase - ELEIÇÃO A GENTE TOMA- foi capaz de tirar da cabeça do partido de Bolsonaro e de inúmeros eleitores, a CERTEZA DA VITÓRIA. Só pode. 


O PREÇO DA INGENUIDADE

De novo: enquanto o PT dizia e repetia, alto e bom tom com muita insistência, que não apenas tinha um PLANO, mas que ele contemplava propostas voltadas para atingir o objetivo COMUNISTA PRETENDIDO, o PL levou os eleitores de Bolsonaro a ficar apenas na expectativa de o PLANO DO PT fosse uma peça de -mentirinha- ou um FAKE. Este é o preço da ingenuidade, infelizmente. 


O FINGIMENTO DE 2003

Vale lembrar que lá atrás, em 2003, quando assumiu a presidência do Brasil pela primeira vez, -LULULADRÃO- usou do fingimento para enganar e/ou iludir o povo brasileiro, que tinha como certa a imediata guinada rumo ao comunismo. Desta vez, como que querendo tirar o atraso das ações, que foram interrompidas com o impeachment de Dilma Petista, -LULULADRAO- já deixou claro que a ordem é não perder tempo. 


ESPAÇO PENSAR +

No ESPAÇO PENSAR+ de hoje: ÀS PORTAS DOS QUARTÉIS, por Percival Puggina. Confira: https://www.pontocritico.com/espaco-pensar



Leia mais

01 dez 2022

DEPOIMENTO EMOCIONANTE


DEPOIMENTO DA -CENSURADA- BÁRBARA

Ouvi, ontem, o depoimento que a -CENSURADA- Bárbara, do canal -TE ATUALIZEI-, prestou na sessão da CTFC - Comissão de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor, do Senado Federal. Bárbara, do início ao fim do seu FIRME, FOCADO, VERDADEIRO E CONVINCENTE DEPOIMENTO, deixou ainda mais claro o tamanho e a crueldade da TIRANIA imposta pela maioria dos ministros do STF.


ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO

A rigor, o emocionante depoimento da -CENSURADA- Bárbara foi, em voz alta e bem clara, um ecoante e desesperado GRITO DE SOCORRO. Mais ainda quando pediu, com base no que leu nos jornais, o acesso ao ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO e ao devido PROCESSO LEGAL da mesma forma como foi concedido a um TRAFICANTE: - "Eu estou falando aqui de um bandido corrupto que lesou uma nação inteira, e que teve o seu processo anulado porque teoricamente não se cumpriu o devido processo legal. Eu estou aqui falando para vossas excelências que eu não estou tendo o devido processo legal. Há anos. E não só eu; muitos de nós. Então o que eu estou pedindo aqui, de forma absurda, é o mesmo direito que a Justiça deu para um traficante e para um corrupto condenado. Eu estou pedindo aqui o mínimo".


SOCORRO! SOCORRO!

Disse mais a CENSURADA BÁRBARA:  "Eu sei que soa ridículo falar em voz alta, mas eu só estou pedindo o mínimo. Então, por favor, Senado, por favor Congresso, parlamentares, SOCORRO, SOCORRO! Por todas as pessoas que estão nas ruas, elas não sabem mais a quem pedir ou o que pedir. Elas estão desesperadas porque não confiam mais nos representantes que elegeram. Por favor, não decepcionem o povo de vocês, seus pares reais, porque vocês não são políticos, vocês estão políticos, vocês são o povo".


GRANDE OBSTÁCULO

Resumindo: a CENSURADA BÁRBARA deu um verdadeiro show e como tal é merecedora de enorme admiração. Principalmente, porque deixou bem claro que se nada foi feito até agora para conter a FÚRIA DOS TIRANOS é porque os nossos CONGRESSISTAS são COVARDES, OMISSOS ou CÚMPLICES. Mais: o grande obstáculo, que precisa ser removido antes de tudo, é o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, que simplesmente nega a tramitação das dezenas (ou centenas) de pedidos de impeachment dos maus e cruéis ministros do STF.


ESPAÇO PENSAR +

Leia no ESPAÇO PENSAR+: O BAILE NÃO TERMINA À MEIA NOITE, por Alex Pipkin. Confira: https://www.pontocritico.com/espaco-pensar


ESTADÃO E STF, PARECEM FEITOS UM PARA O OUTRO


Por Percival Puggina
 
         Em editorial de 28/11, com o título “Ofensiva política contra o Judiciário, o Estadão atacou CPI do abuso de autoridade. Abriu o texto com as seguintes palavras: “Um sintoma da atual crise brasileira é a irresponsabilidade. Gente com cargo público, que se comprometeu a respeitar a Constituição, tem atuado como se o único critério a pautar sua atuação fosse agradar a seu eleitorado. Para essa turma, não há separação de Poderes, não há limite constitucional. Para insuflar os apoiadores, vale até achacar o Judiciário.”
 
         Se você, leitor, prestar atenção ao vocabulário utilizado pelo editorialista, certamente há de identificar nele o modo alexandrino de menosprezar a divergência: “ofensiva política”, “irresponsabilidade”, “gente”, “turma”, “insuflar”, “achacar”. Para usar um lugar comum de origem freudiano, são vocábulos que falam muito mais de quem ataca do que daqueles a quem se dirige o ataque.
 
         O editorialista cumpriu sua tarefa. Defendeu aqueles que, nessa configuração do STF. violam a Constituição, restringem liberdades essenciais dos cidadãos, alarmam uma população habituada ao democrático convívio com a liberdade de expressão, reintroduzem a censura e a ameaça nas relações entre o estado e a sociedade. Sua crítica voltou-se ao autor do pedido da CPI, deputado Marcel van Hattem e aos 190 deputados federais que já subscrevem a iniciativa. Quanto a passividade do Congresso tem sido conveniente a quem defende um projeto autoritário!  Nele, a liberdade de expressão há de ser distribuída pelo grande irmão orwelliano como prêmio por boa conduta.
 
         A cegueira ideológica que acometeu os veículos do consórcio não lhes permite perceber que, ao acalentar a tirania e seus malfeitos, mantêm nas ruas em todo o país quem não quer viver na servidão. São pessoas que percebem e não aceitam a inversão que vem impondo a primazia do Estado sobre a sociedade. Elas sabem que o Estado e seus aparelhos existem para servi-las e não para a elas se sobreporem restringindo-lhes liberdades fundamentais.
 
         O obsessivo ativismo e a militância político-ideológica do STF já foram denunciados reiteradas vezes por inúmeros juristas. Um poder de estado exercido com ira repressiva encontrará resistência em povos livres. Como recorrer de sanções se os recursos serão julgados pelos que sancionaram? Triste papel o do jornalismo que convalida a tirania e o abuso.
 
         Foi nessa arapuca que o Brasil travou.



Leia mais