Artigos

10 jun 2024

RECUPERANDO O TEMPO PERDIDO


META

Mais do que sabido todos aqueles que têm um pingo de DISCERNIMENTO, embora com algum atraso, já haviam percebido que a META -proposta, acertada e perseguida- pelo PT, que resultou interrompida temporariamente por conta do impeachment de Dilma Rousseff, sempre foi a de DESTRUIR OS PILARES QUE SUSTENTAM A NOSSA ECONOMIA, ou seja, os SETORES -PRIMÁRIO, que reúne as atividades AGROPECUÁRIAS e EXTRATIVAS que produzem matérias-primas e produtos in natura; SECUNDÁRIO, que abarca as indústrias de ramos produtivos diversos; e TERCIÁRIO, composto pelos serviços prestados e pelo comércio essencialmente. 


ALVARÁ DE DESTRUIÇÃO

O indefectível ALVARÁ DE DESTRUIÇÃO, expedido por DILMA PETISTA e conduzido por Guido Mantega, ficou tragicamente conhecido pela alcunha de -MATRIZ ECONÔMICA BOLIVARIANA-. Vale lembrar -sempre-, que em apenas DOIS ANOS - 2015 e 2016- o PIB BRASILEIRO registrou o pior desempenho desde o descobrimento, apresentando QUEDA -RECORDE- de 7,56%, que resultou numa DÉCADA PERDIDA.


DOIS GRANDES PROPÓSITOS

Pois, com a volta de LULA PETISTA ao comando do País, em 2023, tudo aquilo que foi interrompido em 2016 voltou com FORÇA MULTIPLICADA para recuperar o TEMPO PERDIDO. Para tanto, ao invés de usar a marca anterior - MATRIZ ECONÔMICA BOLIVARIANA, Lula e seu -poste- Haddad criaram o -ARCABOUÇO FISCAL-, projeto que só tem, escancaradamente, DOIS GRANDES PROPÓSITOS: 1- AUMENTAR DESESPERADAMENTE A DESPESA PÚBLICA; e, 2- ACELERAR O AUMENTO DE IMPOSTOS E/OU DA ARRECADAÇAO. 


MP DO QUEBRA-QUEBRA

Dentro da fantástica e insaciável perseguição por GASTAR E ARRECADAR, -E ACABAR DE VEZ COM O BRASIL-, o governo, não vai desistir enquanto não liquidar com as atividades do -AGRONEGÓCIO, da INDÚSTRIA, do COMÉRCIO e dos SERVIÇOS- e como tal, decidiu mexer mais uma vez nas regras do sistema tributário brasileiro, criando uma nova distorção que deve prejudicar milhares de empresas. 

Para compensar as perdas com a desoneração da folha de pagamento, o governo publicou uma MEDIDA PROVISÓRIA que altera a forma como os créditos do PIS/Cofins podem ser utilizados. A estúpida medida, sem sombra de dúvida, tem o poder de provocar um impacto brutal para empresas de diferentes setores, especialmente exportadores e setores do agronegócio, combustíveis e medicamentos. Detalhe: o governo espera arrecadar R$ 29,3 bilhões com a mudança na regra, ou seja, mais do que os R$ 26 bilhões de que vai abrir mão com a desoneração. Pode? 


ESPAÇO PENSAR+

Publicação extraída do facebook do pensador Winston Ling.

 

PREVISÃO DE SÓCRATES SOBRE A QUEDA  DA DEMOCRACIA

 

A democracia deve cair porque tentará se adaptar a todos.

Os pobres vão querer a riqueza dos ricos e a democracia a dará a eles.

Os jovens vão querer ser respeitados como idosos, e a democracia vai dar-lhes isso.

As mulheres vão querer ser como homens, e a democracia vai dar-lhes isso.

Os estrangeiros vão querer os direitos dos nativos, e a democracia irá dar-lhes isso

Os ladrões e fraudadores vão querer funções governamentais importantes, e a democracia irá dar-lhes isso.

E naquela época, quando ladrões e fraudadores finalmente e democraticamente assumirem a autoridade: porque os criminosos e malfeitores querem o poder, haverá uma ditadura pior do que na época de qualquer monarquia ou oligarquia.

( 470-399 a.C)



Leia mais

07 jun 2024

A ESPERANÇA DEU LUGAR A CERTEZA


FALÊNCIA

A primeira semana de junho está findando e com ela o desencantado povo brasileiro, sem cessar, manteve a clara infelicidade de CONFIRMAR que, na medida em que o tempo passa, ao invés de ver aumentada a ESPERANÇA DE DIAS MELHORES, a única coisa que consegue perceber, e/ou sentir, é a nítida CERTEZA de que o governo Lula só vai descansar depois de DECRETADA A FALÊNCIA DO NOSSO EMPOBRECIDO BRASIL.  


FESTEJAR OS INSUCESSOS

A cada decisão tomada, não resta a menor dúvida de que as INTENÇÕES, assim como praticamente todas as AÇÕES que são tomadas - dia após dia- , têm absoluto compromisso com o ERRO. E como tal a META perseguida pelo governo, em todos os níveis, contando sempre com ajuda máxima do STF, é FESTEJAR OS INSUCESSOS OBTIDOS. 


AS PRAGAS e O CURANDEIRO

Com o claro propósito de garantir o quanto antes o perseguido INSUCESSO TOTAL, Lula não adormece sem antes ROGAR AS PIORES PRAGAS CONTRA O PRESIDENTE DO BANCO CENTRAL, ROBERTO CAMPOS NETO. E na manhã seguinte, ao acordar, entona a voz e replica tudo que disse na noite anterior. Com isso, fica impossível não admitir que Lula não tem o menor apreço pela RESPONSABILDADE FISCAL, assim como seu -POSTE- Fernando Haddad, que tal qual um pretenso CURANDEIRO DA TRIBO PETISTA, corre, da manhã à noite, de um lado para outro, na procura de maneiras que levem ao AUMENTO DA ARREACADAÇÃO. 


MÁXIMA

Com isso, o ORÇAMENTO DA UNIÃO, que por muitos anos foi rotulado, acertadamente, como mera OBRA DE FICÇÃO, sob o comando de Lula simplesmente passou a ser reconhecido como ALGO FLAGRANTEMENTE DECORATIVO e, portanto, DISPENSADO DE SER OBEDECIDO. Dentro desse ambiente TRÁGICO, o que mais impressiona é que muita gente APLAUDIU A APROVAÇÃO DO -ARCABOUÇO FISCAL-. Ou seja, nada mais lógico do que a velha máxima - SÓ EXISTEM OS ESPERTOS PORQUE EXISTEM OS TROUXAS. Que tal? 


UM LEILÃO MUITO LOUCO

A propósito de tudo e mais um pouco, este editorial não pode fechar sem antes registrar o MAU ESTAR e o CHEIRO DE FALCATRUA que permeou o SAFADO LEILÃO DE ARROZ PROMOVIDO ONTEM PELA CONAB, que não por acaso se trata de uma  empresa pública federal. Leiam aqui o que foi apurado pelo site -THE AGRIBIZ- sobre o -ARROZÃO- (https://www.theagribiz.com/agronegocio/um-leilao-muito-louco-wisley-souza-o-desconhecido-rei-do-arroz-da-conab/). 



Leia mais

06 jun 2024

A PIOR LAMA NÃO É A DA ENCHENTE


LAMA

O lento e gradual recuo das águas, notadamente do -lago- Guaíba, e dos rios Taquari, Caí, dos Sinos e Gravataí, que só iniciou no final de maio, escancarou, de forma dramática, um enorme volume de distintas camadas de LAMA que além de soterrar prédios, tanto residenciais como industriais e comerciais, também deixou municípios e seus acessos inteiros totalmente destruídos. 


CUSTO ESTIMADO

Pois, enquanto a estimativa do CUSTO para RECONSTRUIR A INFRAESTRUTURA DO RS já está por volta de R$180 BILHÕES, segundo o estudo da consultoria Bateleur, apresentado nesta semana à diretoria da FEDERASUL, também é mais do que sabido que o PRAZO para que a maioria dos atingidos volte ao normal, coisa que depende das condições de cada família ou indivíduo, será LONGO E DURO. 


ARROZÃO

Como se não bastasse a GROSSA LAMA espalhada por todos os cantos do RS, por conta da pior TRAGÉDIA que atingiu o Estado gaúcho, respingando problemas sérios por boa parte do país, o governo Lula, não raro é identificado por atos de CORRUPÇÃO, alguns até consagrados por enormes ROMBOS, caso do -MENSALÃO, e do PETROLÃO-, aproveitou a deixa para emplacar o seu mais novo ESCÂNDALO, já batizado pelo indignado povo brasileiro como -ARROZÃO-.


CARTEL

Pelo que se sabe até agora, depois de ter sido caçada, ontem à noite, a liminar que impedia a realização do LEILÃO DE ARROZ pela CONAB, hoje cedo o TRF4 resolveu manter o LEILÃO e, de imediato, o governo comprou 263 mil toneladas de arroz importado, numa operação que dá a entender uma possível existência de CARTEL. De novo: DÁ A ENTENDER, mas se for levado em conta os escândalos anteriores, a probabilidade de ocorrência de CARTEL é enorme. 


COMENTÁRIO DEPUTADO MARCEL van HATTEN

Não deixe de assistir o comentário do Dep. Marcel van Hatten sobre o leilão de arroz. Segue o link: 

https://www.instagram.com/stories/marcelvanhattem/3384503386923840237?igsh=NXdwMnNna3A0bG5n



Leia mais

05 jun 2024

AFINAL, ONDE ESTÁ A SURPRESA???


INGENUIDADE

Entra dia e sai dia e um número incontável de analistas, como se vivessem em outro mundo, vem a público para manifestar o quanto estão decepcionados e/ou extremamente preocupados com a forma com que Lula e seus aliados esquerdistas estão dirigindo o nosso empobrecido Brasil. Ontem, por exemplo, li, na Gazzeta do Povo, que o  CEO do Banco BR Partners, Ricardo Lacerda, fez uma revelação típica de quem é dotado de INGENUIDADE ao dizer que -SE LULA NÃO LEVAR A SÉRIO O EQUILÍBRIO FISCAL, O BRASIL VAI LADEIRA ABAIXO-.


OBJETIVO PRINCIPAL

Ora, até os recém-nascidos e muito provavelmente também aqueles que estão prestes a nascer, sabem perfeitamente, que a ESQUERDA, em qualquer lugar do mundo, tem como OBJETIVO PRINCIPAL a DESTRUIÇÃO DA ECONOMIA e, por consequência, o EMPOBRECIMENTO DA POPULAÇÃO. Na América Latina, por exemplo, CUBA, VENEZUELA e LOGO LOGO O BRASIL atestam esta indisfarçável VERDADE. 


ESTADO FALIMENTAR

É muito difícil entender, ou aceitar, que depois de TANTOS ATAQUES -FRONTAIS- que Lula e seus aliados fazem, SISTEMATICAMENTE, ao presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, que mostra enorme preocupação em SEGURAR A INFLAÇÃO, ainda há quem fique SURPRESO com os recorrentes e PERSEGUIDOS ROMBOS E/OU DÉFICITS FISCAIS, que estão colocando, de forma lenta e gradual, o BRASIL em ESTADO FALIMENTAR.


LACERDA CONFESSA QUE APLAUDIU O ARCABOUÇO FISCAL. PODE?

Ao ser perguntado, pelo Brasil Journal -, como enxerga o cenário econômico na segunda metade deste Lula 3, o CEO do Banco Partner, Ricardo Lacerda respondeu: - Vejo com muita preocupação. A economia está desacelerando e o apoio do governo no Congresso se esvaindo. Já quanto à avaliação quanto à POLÍTICA FISCAL DO GOVERNO, Lacerda não escondeu a sua INGENUIDADE ao dizer que APLAUDIU a aprovação do ARCABOUÇO FISCAL. Apesar de notórias deficiências, achei que eliminava o risco de cauda de um descontrole fiscal. Mas o arcabouço tinha que ganhar vida própria. E isso não aconteceu. E completou: - O arcabouço fracassou em parte por suas falhas, mas sobretudo pelo desprezo do Presidente. Lula não acredita em equilíbrio fiscal e isso destrói a credibilidade da equipe econômica. Que tal? 



Leia mais

04 jun 2024

A BUSCA DA FELICIDADE


BUSCA DA FELICIDADE

Antes de tudo, a DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS, proclamada pela Assembleia Geral das NAÇÕES UNIDAS em 10 de dezembro de 1948, determina que TODOS OS INDIVÍDUOS TÊM DIREITO À VIDA, À LIBERDADE, À PROPRIEDADE. E sob a correta ótica do liberalismo, TODOS OS INDIVÍDUOS, CADA UM AO SEU MODO, TAMBÉM TEM DIREITO À -BUSCA- DA FELICIDADE. 


ALÉM FRONTEIRAS

Pois, quem olha com boa atenção as sucessivas TRAGÉDIAS que vem atingindo o RS, de forma implacável, em doses bem mais elevadas do que em qualquer outro lugar do país (-PANDEMIA, SECAS, ENCHENTES, PÉSSIMOS GOVERNOS E ENDIVIDAMENTO ABSURDO-) a BUSCA DE FELICIDADE é algo que muitos gaúchos, por mais que gostem do Estado, só vêem possibilidade além das fronteiras do RS. Como bem aponta o IBGE, ao revelar que entre 2000 e 2022 o RS teve o MENOR CRESCIMENTO POPULACIONAL DO PAÍS (0,3%) com um SALDO MIGRATÓRIO NEGATIVO DE 700 MIL PESSOAS.


GRANDE -CASE-

A propósito, o economista -gaúcho- Aod Cunha, em artigo recente, mencionando - A FUGA DE EMPRESAS E PESSOAS- mostra a sua preocupação com este GRANDE -CASE-principalmente depois da TRAGÉDIA CLIMÁTICA que, em maio, DESTRUIU BARBARAMENTE GRANDE PARTE DO TERRITÓRIO GAÚCHO. Esse MOVIMENTO DEMOGRÁFICO, dada produtividade total dos fatores relativamente semelhante à média brasileira, foi a principal explicação para um CRESCIMENTO (pífio) acumulado do PIB gaúcho no período, de 1,6% a.a. entre 2002 e 2021, o segundo pior do Brasil, só abaixo do RJ.


FLUXO MIGRATÓRIO

No SALDO MIGRATÓRIO DO RS chama a atenção de que mais do que o FLUXO EMIGRATÓRIO, o FLUXO IMIGRATÓRIO foi ainda MAIS NEGATIVO. O Estado mostrou ainda mais dificuldade para atrair pessoas do que para retê-las. Pois, frente a essa dura realidade, cujas explicações vão das secas recorrentes ao enorme ENDIVIDAMENTO DO SETOR PÚBLICO ESTADUAL, as saídas passavam naturalmente por enfrentar o tema das secas, ajustar as contas públicas e aumentar a produtividade do Estado.

Reter e atrair mais pessoas já era um desafio chave,  dado o perfil demográfico do RS. Isso certamente passaria por fazer do Estado um lugar mais atraente para as pessoas morarem. Veio a tragédia climática.


MEDIDAS EMERGENCIAIS

O nível de destruição da tragédia, em escala maior do que o Katrina (moradias, estradas, escolas, hospitais, desabrigados, etc), além dos dramas emergenciais, coloca um enorme desafio de futuro: como manter e atrair empresas e pessoas com esse novo risco para a vida no Estado? Como comparação, Katrina exigiu $160 bilhões na sua reconstrução em 20 anos. E ainda assim a população de New Orleans reduziu em 20%

Tudo isso posto, cabe a urgência não só das medidas emergenciais, mas de se avançar numa solução de longo prazo (mas começando já), que mitigue de fato o risco de que novos eventos extremos gerem o mesmo tipo de destruição. Não adiantará reconstruir casas, estradas, pontes, rodovias, hospitais, escolas, se o Estado continuar submetido a similar risco de destruição. Isso afetará HOJE as decisões de investimento e localização das empresas e famílias (aquelas que podem se deslocar)

Um exemplo para isso foi a solução que a Holanda adotou após as grandes enchentes da década de 90, o “Room for the River”. São um conjunto de várias intervenções que deram espaço para a água escoar em eventos extremos, com uma governança sólida de longo prazo.

Enfim, por mais que governos das diferentes esferas, setor privado e organizações sociais respondam ativamente para mitigar as consequências desse último fenômeno extremo, precisamos construir logo uma solução duradoura de longo prazo.

Se uma solução crível de longo prazo não for trabalhada desde já , creio que logo veremos  um forte processo migratório de empresas e pessoas. E isso trará consequências muito ruins para a geração de riqueza e empregos no RS, afetando fortemente quem permaneça no Estado.


DESEMPENHO DO PIB BRASILEIRO

COMPARAÇÃO ENTRE O PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2024 ANTE O ÚLTIMO TRIMESTRE DE 2023

 

PIB             AGRO     INDUS      SERV     FBCF    CONS. FAM     CONS. GOV

 0,8%         11,3%      -0,1%        1,4%       4,1%        1,5%                  0%                                                                      

 

No primeiro trimestre de 2024, o PIB cresceu 0,8% frente ao quarto trimestre de 2023

O PIB de serviços subiu 1,4% no primeiro trimestre de 2024 ante o quarto trimestre de 2023. Na comparação com o primeiro trimestre de 2023, o PIB de serviços mostrou alta de 3%.

Já o PIB da indústria caiu 0,1% no primeiro trimestre de 2024 ante o quarto trimestre de 2023. Na comparação com o primeiro trimestre de 2023, o PIB da indústria mostrou alta de 2,8%.

A Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) subiu 4,1% no primeiro trimestre de 2024 ante o quarto trimestre de 2023. Na comparação com o primeiro trimestre de 2023, a FBCF mostrou alta de 2,7%. Segundo o instituto, a taxa de investimento (FBCF/PIB) do primeiro trimestre de 2024 ficou em 16,9%.



Leia mais

03 jun 2024

CRISE E OPORTUNIDADE


DUAS CRISES TRÁGICAS

Antes de tudo, mais do que sabido, o Estado do Rio Grande do Sul, num espaço de CINCO ANOS, foi -PREMIADO- por DUAS IMENSAS CRISES, cujos efeitos SOCIAIS E ECONÔMICOS ultrapassam a fronteira daquilo que pode ser entendido e/ou classificado como TRÁGICO.


PRIMEIRA CRISE

A PRIMEIRA CRISE, iniciada em 2019, foi marcada por uma nova cepa do CORONAVÍRUS, cujo alastramento rápido mundo afora fez com que a OMS a classificasse como -PANDEMIA-. No Brasil, ainda que a COVID-19 tenha provocado estragos muito dolorosos em todos os estados, no RS, por conta de DECISÕES ABSURDAS, tomadas pelo péssimo governador do RS, Eduardo Leite, o estado foi PREMIADO por EFEITOS EXTREMAMENTE TRÁGICOS, onde muitas atividades foram definitivamente encerradas e outras vinham mostrando enorme dificuldade de recuperação. 


VÁRIAS CRISES CLIMÁTICAS

Pois, como se não bastasse a CRISE DA COVID-19, onde o governador gaúcho ganhou apoio irrestrito da esquerda, assim como do CONSÓRCIO FORMADO PELA MÍDIDA ABUTRE, o RS ainda foi PREMIADO- por várias e insistentes -CRISES CLIMÁTICAS-, onde a última, que iniciou nos primeiros dias do mês de maio e ganhou proporções avassaladoras ao longo de todo o período, foi ainda mais TRÁGICA E DESTRUIDORA tanto pelo lado SOCIAL quanto ECONÔMICO. 


BÚSSOLA INDICA QUE AS OPORTUNIDADES ESTÃO FORA DO RS

Ora, para quem está convencido que CRISE significa PERIGO E OPORTUNIDADE, isto sugere que o indiscutível e CONSIDERÁVEL AUMENTO DA PROBABILIDADE DE OCORRÊNCIA DE NOVAS CRISES e/ou TRAGÉDIAS, deve estar levando em boa conta que, neste momento crítico, as REAIS E EFETIVAS OPORTUNIDADES ESTÃO ALÉM DAS FRONTEIRAS DO ESTADO DO RS. 



Leia mais