Artigos

27 dez 2022

QUESTIONÁRIO BÁSICO


UNIVERSO LIMITADO

Quem se propõe a escrever conteúdos, antes de tudo precisa ter em mente que uma boa parte dos leitores -habituais ou eventuais-, por mais que se esforce não será capaz de entender os textos e muito menos fazer inferências e análises sobre os temas propostos. Traduzindo em números, como informa o INAF-Indicador Nacional de Alfabetismo Funcional-, significa que 30% dos leitores, que até podem gostar das palavras empregadas, terão enorme (ou total) dificuldade para interpretar a mensagem proposta no conteúdo produzido.


PRESA FÁCIL

Para bom (e até razoável) entendedor -do tipo que é capaz de interpretar textos -escritos ou orais- quem sofre de ANALFABETISMO FUNCIONAL é PRESA FÁCIL de seus infames e astutos PREDADORES, muito conhecidos como -POPULISTAS-. Mais: nas redes dos sedutores POPULISTAS, além dos ANALFABETOS FUNCIONAIS um outro tanto se deixa influenciar pelas suas falsas e criminosas promessas.


QUESTIONÁRIO BÁSICO

Pois, com a pretensão de desafiar os pobres cérebros dos ANALFABETOS FUNCIONAIS e/ou das maiores vítimas das garras dos POPULISTAS, proponho que respondam ao seguinte e básico questionário: 

        1-      Você contrataria os indicados para ocupar os Ministérios do novo (?) governo depois de conhecer os currículos processuais de cada um deles? 
        2.      Você contrataria o ministro da Fazenda para cuidar das suas finanças pessoais?
        3.      Você contrataria o ministro da Educação para confiar a educação de seus filhos?
        4.      Você escolheria estas pessoas como seus guias espirituais?
        5.      Você apresentaria estas pessoas no seu círculo de amizades?
        6.      Você contrataria algum deles para ser seu advogado?
        7.      Você escolheria o ministro da Saúde para médico de sua família?
        8.      Você diria abertamente que escolheu esta opção?


RELAÇÃO ERÓTICA DA ESQUERDA

Aproveito, para tentar obter um melhor entendimento sobre o que escrevo, o texto do pensador Percival Puggina - A salvação pela mão grande do Estado?-, que diz o seguinte, de forma clara e muito fácil de interpretar: 

Sobre as muitas incertezas referentes ao último pleito presidencial, há um dado de aparência consistente, presente em todas as pesquisas de opinião: “quanto mais pobre o eleitor, maior sua tendência a votar no candidato de esquerda”.  No entanto, o dado pesquisado mostra outra coisa: sociedades esquerdistas empobrecem. O esquerdismo gera miséria e não por acaso os estados mais pobres do Brasil são governados pela esquerda.
 Não é difícil imaginar o motivo. Eu mesmo me encontrei com esse dado sempre que, em campanha eleitoral ou em debates, entrava em pauta a chaga social da pobreza. Sobre esse tema, como se verá a seguir, o esquerdismo tem um discurso redondinho, uma explicação simples que leva seu público-alvo diretamente ao cativeiro da pobreza e da dependência.
 Todo brasileiro que passou por uma sala de aula ouviu de alguns militantes travestidos de professores que os pobres são pobres por culpa dos ricos; ou na versão mais safada, que os ricos são ricos graças à pobreza dos pobres. Isso, porém, é falso, como mostra a experiência dos países de economias livres.
 As causas reais da pobreza são:
a) a carga tributária em que o Estado se apropria de mais de um terço de toda a renda nacional;
b) a turma da corrupção ativa e passiva e das empresas gigantes nacionais que se abasteceram durante década e meia diretamente do PIB;
c) os países satélites do nosso BNDES, usado para financiar essa parceria ideológica esquerdista a fundo perdido;
d) o fato de nossa Constituição, em vez de proteger os cidadãos do Estado faz o inverso e protege o Estado dos cidadãos;
e) o patrimonialismo, o populismo, os corporativismos e os supersalários, o culto ao estatismo e os múltiplos desestímulos ao emprego formal;
f) a má qualidade da educação oferecida aos nossos jovens em geral e aos segmentos de baixa renda em ainda pior padrão paulofreireano;
g) a publicidade enganosa segundo a qual a salvação possa vir da mão grande do Estado. 
De modo muito especial, a relação erótica da esquerda com o Estado induz a leituras erradas de nossos problemas sociais. Não, eles não se resolvem com mais Estado! Tal rumo afasta um elemento altamente humanizador, omite conhecimento precioso sobre a natureza e solução dessa chaga que é a pobreza persistente: naquilo que somos está nosso maior potencial e nossa maior alavanca para sair dela.  



Leia mais

26 dez 2022

DIGITAL INFLUENCER FRUSTADO


RETROSPECTIVA

A cada final de ano, o que mais se vê, ouve e lê nos maiores meios de comunicação é a apresentação da RETROSPECTIVA dos acontecimentos que mais se destacaram mundo afora. Pois, levando em conta que as CRÍTICAS, OPINIÕES E COMENTÁRIOS que faço, notadamente pelo fato de serem sempre construídas com base no LIBERALISMO, aí, com toda a certeza, vejo como impossível suprimir qualquer editorial de todos que publico ao longo de cada exercício.


DIGITAL INFLUENCER

Entretanto, considerando que faço parte da categoria conhecida como -DIGITAL INFLUENCER-, que reúne aqueles que se propõe a -FORMAR OPINIÃO- de outras pessoas (seus seguidores) por meio da produção de CONTEÚDOS, devo confessar que tudo aquilo que postei, ao longo de 2022, com a pretensão de esclarecer e/ou influenciar informando que a POLÍTICA ECONÔMICA LIBERALIZANTE proposta e conduzida pelo excelente ministro Paulo Guedes foi extremamente importante e decisiva para a atração de investimentos para o país, resultou em algo pífio e/ou frustrante, a considerar o que mostrou a opção dos eleitores que preferiram a volta de Lula à presidência do Brasil. 


REPROVADO

Portanto, antes de tudo, fazendo uma RETROSPECTIVA DE RESULTADOS OBTIDOS AO LONGO DE 2022, devo admitir que como -DIGITAL INFLUENCER LIBERAL- do tipo que se propõe a -VENDER- e expor as vantagens inequívocas do LIBERALISMO, devo me considerar -REPROVADO-. Mais: com notas extremante baixas, o que prova o quanto fui incapaz de convencer os meus seguidores de que o REGIME COMUNISTA, que está escrito e proposto no PROGRAMA DE GOVERNO DO PT E SEUS ALIADOS, será catastrófico para o Brasil. 


CAUSA E EFEITO

Em meio a tamanha e sofrida frustração, ainda assim não vou desistir da minha tentativa de INFLUENCIAR PESSOAS, com o propósito de mostrar que sem LIBERDADE não há salvação. É necessário ter sempre em mente, como bem já disse Ralph Emerson, que HOMENS E MULHERES QUE ACREDITAM NA SORTE E NAS CIRCUSTÂNCIAS SÃO SUPERFICIAIS; E HOMES E MULHERES FORTES ACREDITAM EM CAUSA E EFEITO. Simples assim. 


CONDENADOS À DESGRAÇA?

A propósito, eis o texto -CONDENADOS À DESGRAÇA?- produzido pelo pensador Roberto Rachewsky, um fervoroso INFLUENCIADOR DIGITAL LIBERAL:

A humanidade precisou de ideias poderosas para prosperar e homens com coragem para implementá-las. A mais importante das ideias é a que defende que precisamos ser livres para pensar e agir de acordo com nosso próprio julgamento. O exercício da liberdade é individual, implica em cada um fazer suas escolhas, assumindo a responsabilidade sobre suas próprias decisões.

Sócrates, o grande filósofo grego, submetia todo tipo de ideia a questionamentos. Por isso, foi acusado de subversão e condenado à morte por decisão majoritária de um tribunal popular. Instado a fugir para o exílio, se recusou por acreditar na validade desse método decisório, conhecido por democracia.

A aceitação da ideia fatalista e determinista de que a vontade majoritária deveria se sobrepor às inquietudes individuais, fez com que Sócrates renunciasse à própria vida.

Poucas décadas depois, Aristóteles teorizou sobre o fato de os seres humanos serem indivíduos, dotados de consciência e livre arbítrio para escolher pensar e agir por conta própria.

Dois milênios mais tarde, John Locke tratou dos direitos individuais inalienáveis e da necessidade de um governo para protegê-los, se uma sociedade quisesse prosperar. 

Anos depois, Thomas Jefferson, James Madison, entre outros, criaram os Estados Unidos da América, a primeira sociedade a reconhecer a soberania do indivíduo sobre a vontade da maioria, ao lançar as bases institucionais para que a livre iniciativa e a propriedade privada fossem protegidas da violência.

Era o império da lei imposto por um governo destinado a defender o direito à vida, à liberdade, à propriedade e à busca da felicidade. Nascia o capitalismo, cujos resultados positivos são auto evidentes.

Por que, então, nos submetemos ainda ao socialismo, cujas ideias só produzem miséria e genocídios, como nos prova a história? Onde estão os brasileiros corajosos para colocar o capitalismo em prática?

Quantos Marcel van Hattem precisaremos para fazermos a nossa Revolução Gloriosa, como fez o holandês William de Orange?  

Quem será o general capaz de liderar a nossa Revolução Americana, como fez George Washington?

As ideias capitalistas não prestam para o Brasil? Ou há os que as rejeitam para poderem saquear quem cria e produz?

O capitalismo, para ser concebido e posto em prática, exigiu o que parece nos fazer falta, boa dose de subversão cultural e homens corajosos.



Leia mais

23 dez 2022

OPERAÇÃO DESMONTE 2023


TRÉGUA NATALINA

Não raro, até mesmo nas guerras mais sangrentas a TRÉGUA NATALINA é respeitada. Tem curta duração -inicia, segundo relatos, no entardecer da véspera do Natal e vai, geralmente, até a manhã do dia 25, quando o silêncio e os ataques são rompidos. Aliás, aí de forma legal e costumeira no nosso imenso Brasil, a SAIDINHA DE NATAL, que está mais para -SAIDÃO DE NATAL-, a considerar que só em SP 38 mil presos serão postos em liberdade -temporária- (de hoje, 23, até o primeiro dia útil de janeiro, 2), deixa o ambiente dos presídios em estado de graça. Ah, sem contar com a SAÍDA DEFINITIVA do ultra bandido Sérgio Cabral, concedida pelo STF. 


ALERTAS NECESSÁRIOS

Embalado pelo -ESPÍRITO NATALINO- a minha intenção era de cabular o editorial de hoje, 6ª feira, 23, antevéspera do Natal. Entretanto, como o GOVERNO -DECLARADAMENTE COMUNISTA-, que já está mostrando as garras que vão ferir com muita crueldade o povo brasileiro dentro de poucos dias, não quer saber de -TRÉGUA NATALINA-, achei por bem que deveria seguir emitindo alertas sobre a OPERAÇÃO DESMONTE 2023 que, sem dó nem piedade, deve iniciar em caráter de urgência.


TRANSIÇÃO PARA O ABISMO

Entre tantas frentes que serão atacadas pelo GOVERNO COMUNISTA PETISTA, chamadas de -REVOGAÇO-, chama muito a atenção a REVISÃO das PRIVATIZAÇÕES. O relatório da TRANSIÇÃO PARA O ABISMO, segundo apurou a Gazeta do Povo, sugere 14 revisões de instrumentos e dispositivos sobre processos de desestatização que se encontram em "etapas preparatórias e ainda não concluídas". Entre as empresas citadas no relatório estão a Petrobras, os Correios, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC), a Nuclebrás Equipamentos Pesados (Nuclep), a Empresa Brasileira de Administração de Petróleo e Gás Natural (PPSA) e a Companhia Nacional de Abastecimento. Que tal? Ah, a PRIVATIZAÇÃO DO PORTO DE SANTOS, que estava prevista para este final de ano, já foi, literalmente, para o beleléu.


POPULISMO A MIL

A transição também defende recriar o Programa dos Catadores mediante a revogação parcial do decreto 10.473/20, que acabou com o Programa Pró-Catador, que reunia ações de apoio a trabalhadores de baixa renda que se dedicam a coletar materiais reutilizáveis e recicláveis e promovia a "inclusão social e econômica dessas pessoas e contribuindo para a sustentabilidade". Outro ponto -DEFENDIDO- é proteger (??) as famílias brasileiras contra o "superendividamento". Para isso, o relatório sugere a revisão do decreto 11.150/22 para "apontar caminhos de reversão do processo de superendividamento vivido pelas famílias brasileiras de baixa renda". A transição defende que a medida aumentará a segurança jurídica no tema, uma vez que sua constitucionalidade é discutida no STF.


FELIZ NATAL

Bem, uma vez feitos os devidos alertas (para que ninguém diga que não foi avisado), o que mais desejo é que todos os leitores/assinantes aproveitem ao máximo este Natal, que tinha tudo para ser um dos melhores dos últimos 40 anos. Feliz Natal! 



Leia mais

22 dez 2022

UMA HORRIPILANTE IDEIA HIPER INFLACIONÁRIA


PEC DA GASTANÇA APROVADA

Ontem, para desgraça geral dos pagadores de impostos, a PEC DA GASTANÇA, que contou com um extraordinário aumento dos salários dos parlamentares e demais servidores públicos (gente que nada produz, mas se apropria dos bens e serviços prestados por quem produz), foi aprovada de forma rápida e definitiva, por ampla margem de votos, pelo nosso lamentável Poder Legislativo.


CÉLERE EMPOBRECIMENTO DO POVO

Como não há mais nada a fazer para evitar os horripilantes aumentos dos GASTOS PÚBLICOS, e considerando que o próximo governo é COMUNISTA CONFESSO, e como é apaixonado por DESPERDÍCIO DE DINHEIRO DO PÚBLICO, uma coisa é absolutamente certa: a busca por recursos para bancar a GRANDE FESTA será intensa e como tal vai implicar num célere empobrecimento do povo brasileiro.


MMT- MODERN MONETARY THEORY

Pois, para que os leitores saibam, e se preocupem, o próximo governo -COMUNISTA- deixou escapar que tem sobre a mesa de trabalho um estudo bem avançado sobre : 1- AUMENTO E/OU CRIAÇÃO DE IMPOSTOS; e 2:  EMISSÃO DE MOEDA. Até aí nada demais. A novidade, no entanto, está no fato de que o governo PETISTA COMUNISTA cogita adotar a IDEIA da chamada -TEORIA MONETÁRIA MODERNA -, ou -MMT - Modern Monetary Theory-, que embasa o pensamento gastador dos economistas do PT. 


PARECER A FAVOR DA PEC

Em conteúdo recentemente publicado na Gazeta do Povo, o jornalista Tiago Cordeiro deu luz ao PARECER do senador Alexandre Silveira (PSD-MG) a favor da PEC fura-teto, que sugeriu a pronta utilização da teoria econômica conhecida pela sigla MMT. Posteriormente, como refere Cordeiro, o acrônimo foi retirado, mas o estrago já estava feito. Ficou claro que a nova gestão federal pretende ampliar os gastos públicos a pretexto de estimular o crescimento da economia através da PURA EMISSÃO DE MOEDA, dispensando, assim, a EMISSÃO DE TÍTULOS DE DÍVIDA PÚBLICA. Que tal?


GERAR RIQUEZAS (???)

A Modern Monetary Theory, ou Teoria Monetária Moderna, segundo Ricardo Hammoud, professor de Macroeconomia e Contas Nacionais no Ibmec-SP, -não é precisamente uma teoria, nem moderna-. Ela é resultado da soma de uma série de conceitos esparsos, defendidos desde pelo menos a primeira metade do século 20, por economistas como o alemão Georg Friedrich Knapp. Já em 1905 ele dizia que o governo poderia usar a EMISSÃO DE MOEDA PRÓPRIA PARA GERAR RIQUEZAS (???) - uma ideia também aceita, por exemplo, pelo neomarxista polonês Michal Kalecki.


INFLAÇÃO EM VELOCIDADE MÁXIMA

“A ideia básica da chamada -TEORIA MONETÁRIA MODERNA- é que o Estado, por EMITR SUA PROPRIA MOEDA, é capaz de se AUTOFINANCIAR quase indefinidamente”, detalha, por sua vez, Igor Lucena, economista e doutor em relações internacionais. “Seguindo este conceito, o Estado pode emitir dinheiro QUANTO QUISER porque sua dívida está atrelada ao próprio dinheiro que ele imprime para maximizar o desenvolvimento econômico. Assim, seria possível gerar pleno emprego – e a inflação resultante poderia ser controlada aumentando impostos.” ASSIM, NÃO SERIA PRECISO UTILIZAR A TAXA DE JUROS COMO FERRAMENTE DE AJUSTE, como o Banco Central (BC) brasileiro faz toda vez que revê a Selic, a cada 45 dias. Pode? 

O ex-presidente do BC, Armínio Fraga, comentou a MMT da seguinte forma: - “A qualidade da moeda em última instância depende da qualidade do governo, não o contrário”.


ESPAÇO PENSAR +

Por Roberto Rachewsky

O Brasil vai se desgovernar de tal maneira que até os opositores mais ferrenhos de Paulo Guedes e Bolsonaro sentirão saudades deles. Daqui um ano, estarão chorando as perdas, se ainda tiverem lágrimas. Estarão suando para manterem o que construíram, se ainda tiverem suor, e não tiverem perdido a vergonha. Estarão prometendo dar o seu sangue por um país melhor, se vai ser ruim? Não. Vai ser muito pior que ruim. Você vai viver na República Democrática Socialista Bolivariana do Brasil, território onde a lei é o que o xerife de plantão determina e ai de quem não obedecer e reclamar. O que dizer para vocês?  Tenham um Feliz Natal enquanto podem. Quanto ao Ano Novo, que 2027 chegue logo, porque desejar um feliz 2023, 2024, 2025 e 2026 vai soar como ironia.



Leia mais

21 dez 2022

ESCÁRNIO PARLAMENTAR


EFEMÉRIDES

A título de esclarecimento, o significado da expressão -EFEMÉRIDES-, cunhada do latim, é “MEMORIAL DIÁRIO", “CALENDÁRIO". Com a mesma etimologia vem a palavra “efêmero/a, que significa algo temporário, passageiro


DATA DO GRANDE ESCÁRNIO PARLAMENTAR

Pois, assim como temos o Natal, Ano Novo, Páscoa, Carnaval e outras tantas EFEMÉRIDES ao longo de cada ano, ontem, ao tomar conhecimento que em meio às articulações quanto à MALDITA PEC DA TRANSIÇÃO PARA O INFERNO, deputados e senadores aprovaram um projeto que aumenta seus próprios salários, o que nos resta, além de pagar a pesada conta, é consagrar o dia 20 de DEZEMBRO como a DATA DO GRANDE ESCÁRNIO PARLAMENTAR.


LONGA DURAÇÃO

Entretanto, ao contrário do EFÊMERO, que é temporário e/ou passageiro, o ESCÁNIO PARLAMENTAR tem longa duração. Vejam que os parlamentares, que recebem R$ 33,7 mil, vão passar a ter aumentos da seguinte forma: 

  • R$ 39.293,32 a partir de 1º de janeiro de 2023;
  • R$ 41.650,92 a partir de 1° de abril de 2023;
  • R$ 44.008,52 a partir de 1° de fevereiro de 2024;
  • R$ 46.366,19, a partir de 1º de fevereiro de 2025.

Que tal? Esses bravos brasileiros bem que merecem, além dos polpudos salários, uma DATA FESTIVA, não? 


BOAS FESTAS PARA PARLAMENTAR?

Ora, diante de tudo que já vimos desde que iniciou a MALDITA TRANSIÇÃO, mais do que nunca neste período de Natal, e do Ano Novo que se aproxima, quem tiver um parlamentar no seu grupo de relacionamento sugiro que na hora de abraçá-lo não perca tempo desejando a ele votos de Boas Festas. Afinal, eles já têm muito a comemorar, pois garantiram, ou contrataram, para si próprios, com boa antecedência, um mandato de quatro anos de muita felicidade. Tudo às nossas custas. Maravilha, não? 



Leia mais

20 dez 2022

DINHEIRO DO FAT PARA CALOTEIROS


FAT - O FINANCIADOR DO BNDES

Para quem não sabe, ou não mostrou interesse em saber, a principal fonte de abastecimento do caixa do BNDES advém do FAT - Fundo de Amparo ao Trabalhador -. Como tal, os recursos dos trabalhadores brasileiros deveriam ser utilizados para -financiar programas específicos de aplicações devidamente aprovados pelo CODEFAT - Conselho Deliberativo do FAT-, a partir de propostas elaboradas pelo BNDES, em consonância com critérios gerais estabelecidos pelo referido Conselho.


PAÍSES COMUNISTAS

No entanto, o que praticamente todos os brasileiros sabem, e sabem bem, é que durante os governos Lula e Dilma boa parte dos recursos do BNDES foram utilizados para financiar DITADURAS COMUNISTAS, tipo Angola, Zimbábue, Cuba, Venezuela, Congo, Guiné Equatorial, Gabão, etc...O que mais chama a atenção, ainda que não seja algo surpreendente, é que até agora, por tudo que já foi investigado e divulgado, nenhum país CAPITALISTA aparece na festiva lista dos beneficiados.   


O TESOURO NACIONAL É O AVALISTA

Também é mais do que sabido que praticamente todos os países financiados pelo BNDES, ou pelos TRABALHADORES BRASILEIROS, deram um sonoro CALOTE, e quem foi obrigado a pagar a conta foi o Tesouro Nacional (povo brasileiro) que, por força contratual é o avalista das operações. Vale registrar que no empréstimo concedido a Cuba, os governantes Lula e Dilma, aceitaram -CHARUTOS- como garantia. Detalhe: até hoje nenhum -puro- foi enviado ao Brasil. Que tal?  


VENEZUELA

Pois, nesta semana, tão logo fui informado que LulaLadrão está pronto e disposto a reabrir financiamentos destinados, exclusivamente, para países-membros da ORGANIZAÇÃO COMUNISTA -FORO DE SÃO PAULO-, achei por bem repassar aos meus leitores/assinantes que - o atraso (calote) da DÍVIDA DA VENEZUELA COM O BRASIL-, como aponta a jornalista Isabella Mayer de Moura, da Gazeta do Povo, já atingiu a soma de US$ 1,225 bilhão, o equivalente a R$ 6,3 bilhões – já contabilizados os juros moratórios.

 

 


HERANÇA MALDITA DEIXADA PELO PT SERÁ RETOMADA

A dívida da Venezuela é herança de acordos fechados entre a ditadura venezuelana e empresas brasileiras, durante os governos do PT, para a contratação de serviços de engenharia do Brasil, além de empréstimos para a compra de aeronaves, carnes e lácteos. As parcelas de pagamento se encerrariam em 2024, se estivessem sendo pagas. E, se a Venezuela continuar descumprindo suas obrigações, o montante da dívida subirá em US$ 214,5 milhões até lá.


ESPAÇO PENSAR +

Leia no ESPAÇO PENSAR+ de hoje: ISTO AQUI É UM TEATRO!, por Percival Puggina. Confira aqui: https://www.pontocritico.com/espaco-pensar.



Leia mais