Artigos

15 abr 2020

O BRASIL SOFRE DE PRIVILEGIATURA


NOVEMBRO DE 2019

Em novembro de 2019, vale lembrar, quando o Coronavírus ainda era uma doença praticamente desconhecida,  o Brasil, ao mesmo tempo que comemorava a aprovação da REFORMA DA PREVIDÊNCIA, alimentava a grande esperança de que a partir daí as REFORMAS -TRIBUTÁRIA E ADMINISTRATIVA- teriam tramitação rápida, com ampla possibilidade de aprovação ainda que, certamente, repletas de mutilações.


A ALEGRIA DUROU POUCO

Pois, como se vê, essa -alegria- manifestada por milhões de brasileiros que, teimosamente, se dedicam a FAZER OS PRODUTOS E PRESTAR OS SERVIÇOS, durou até o início de março deste ano, quando o COVID-19 entrou em cena mostrando a sua faceta mórbida e extremamente preocupante. 


SALTO

A partir daí, infelizmente, tudo aquilo que oferecia nítida condição para transformar o nosso empobrecido Brasil num país com uma real capacidade de dar o SALTO DEFINITIVO na direção correta, mas sempre adiada, do CRESCIMENTO e do DESENVOLVIMENTO, foi empurrada sabe-se lá para quando.


ECONOMIA EM FRANGALHOS

Pois, na medida em que os brasileiros que  -PRODUZEM E PRESTAM SERVIÇOS- foram sendo IMPEDIDOS, por decisões -DITATORIAIS- de governadores e prefeitos que até então escondiam tais preferências, a ECONOMIA, por óbvio entrou em frangalhos, com sinais claros, imediatos e garantidos de forte RECESSÃO, com indisfarçável aparência de DEPRESSÃO.

 


DEIXADAS DE LADO

Como se não bastasse a real e DRAMÁTICA situação ECONÔMICA que já estamos vivenciando,  as REFORMAS - TRIBUTÁRIA E ADMINISTRATIVA-, que poderiam amenizar a crueldade da crise e/ou melhor preparar o Brasil para o PÓS-PANDEMIA, por incrível que possa parecer, foram deixadas de lado pelos nada valorosos políticos.


TSUNAMI SÓ PARA O SETOR PRIVADO

Enquanto o terror assola claramente o SETOR PRIVADO, através das ondas do tsunami do ISOLAMENTO, que no seu tenebroso curso vai destruindo empregos e empresas de forma indiscriminada, o SETOR PÚBLICO segue com a IMUNIDADE que garante não apenas a empregabilidade total como os altos salários e privilégios da casta de SERVIDORES PÚBLICOS que perfazem a injusta PRIMEIRA CLASSE DE BRASILEIROS.


PRIVILEGIATURA

A propósito, tudo isto coloca o Brasil como país empobrecido deriva da PRIVILEGIATURA, como bem discorre o jornalista Fernão Lara Mesquita, editor do blog -VESPEIRO-, no conteúdo publicado ontem - A GUERRA DOS TROUXAS -: 

Desigualdade de renda: teu nome é PRIVILEGIATURA

Favela: teu nome é PRIVILEGIATURA

Colapso do sistema de saúde: teu nome é PRIVILEGIATURA…

A lista poderia ir longe. Todo mundo sabe onde sobra o dinheiro que falta em todos os outros lugares do Brasil.



Leia mais

14 abr 2020

VACINA FISCAL-CRIMINOSA


VACINA

Mesmo diante da inegável impossibilidade daqueles que trabalham (?) no SETOR PRIVADO de poder se sustentar em função do ISOLAMENTO IMPOSTO por vários governadores e prefeitos do Brasil empobrecido afora, ontem à noite, em sessão escancaradamente -CORPORATIVISTA-, 431 deputados federais aprovaram a -VACINA- que IMUNIZA os SERVIDORES PÚBLICOS do risco de deixarem de receber, mensalmente, seus polpudos e privilegiados salários e benefícios.  


CAUSA

Antes de tudo, para que não paire qualquer dúvida a respeito, é preciso que todos entendam que a CAUSA do desastre econômico que estamos vivenciando é o ISOLAMENTO IMPOSTO por govenadores e prefeitos DITADORES, e não o CORONAVÍRUS, como prefere a imprensa em geral. 


CONSEQUÊNCIA

O que decorre deste ISOLAMENTO INDISCRIMINADO, OU CRIMINOSO, como o fantástico DESEMPREGO; o fechamento de inúmeras ATIVIDADES PRODUTIVAS; e a queda brutal na arrecadação de todos os impostos (federais, estaduais e municipais), é a CONSEQUÊNCIA EM CADEIA desta -pensada- atitude DITATORIAL INDISCRIMINADA. 


TRISTE VERDADE

Considerando que nos meses que antecederam a chegada do COVID-19 grande parte dos Estados e Municípios já vinha gastando, em média, mais de 70% dos impostos arrecadados com o pagamento (inclusive parcelado) das FOLHAS DOS SERVIDORES, depois de iniciado o ISOLAMENTO este percentual pulou para 150% do total arrecadado. Mais: com viés de piora nos próximos meses. 


COMO UMA LUVA

Pois, para provar que no nosso empobrecido Brasil nada acontece por acaso, mas por vontade pensada e calculada dos políticos, e da complacente sociedade muito bem educada e orientada para tanto, depois do que fizeram, ontem à noite, os criminosos 431 deputados - corporativistas-, ao aprovar a BRUTAL IRRESPONSABILIDADE FISCAL, mostraram que a velha frase - DE ONDE NADA DE BOM SE ESPERA, É DE LÁ QUE NADA DE BOM ACONTECE - cai como uma luva. 


DESIGUAIS

Ora, como as arrecadações -União, Estados e Municípios - já vinham se mantendo insuficientes para cobrir os GASTOS PÚBLICOS, notadamente as FOLHAS DOS SERVIDORES - ATIVOS E INATIVOS-, a queda das atividades IMPOSTAS PELOS DITADORES deveria servir como GRANDE MOTIVO para, enfim, fazer valer o art. 5º da Constituição -CIDADÃ-: “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza garantindo, legalmente, que todos os cidadãos brasileiros recebam um tratamento igualitário por todo o território nacional.


MAIS IGUAIS DO QUE OS OUTROS

Mero engano: os 431 deputados, ao invés de colocar todos os brasileiros numa ÚNICA CLASSE, preferiram seguir e manter a lógica imposta pelo PORCO DITADOR SEM ESCRÚPULOS -NAPOLEÃO-, da obra Revolução dos Bichos, que faz dos SERVIDORES PÚBLICOS mais IGUAIS do que os OUTROS.  Em suma: quem está na INICIATIVA PRIVADA é SEGUNDA CLASSE. Como tal tem a obrigação de pagar pelos PRIVILÉGIOS DA PRIMEIRA CLASSE, onde só os SERVIDORES PÚBLICOS têm o DIREITO de FREQUENTAR. Pode? 



Leia mais

13 abr 2020

COLHENDO OS FRUTOS DA -ESCOLA SOCIALISTA-


QUARENTENA INTERMINÁVEL

Passados os PRIMEIROS 30 dias desta interminável QUARENTENA (em vários lugares deste nosso cada dia mais empobrecido Brasil a ordem, por imposição ditatorial de vários governadores e prefeitos, é seguir mantendo o ISOLAMENTO TOTAL), DUAS coisas já estão muito claras e/ou confirmadas:


PRIMEIRA - ESPECULAÇÃO

A PRIMEIRA é que até o presente momento NINGUÉM conseguiu provar que o ISOLAMENTO TOTAL, ou ATO DITATORIAL, foi ou está sendo responsável pela redução do número de contaminados pelo COVID-19. Na real, queiram ou não, quem faz este tipo de afirmação está apenas surfando nas ondas da ESPECULAÇÃO.


SEGUNDA - REALIDADE

A SEGUNDA é que nestes 30 dias de ISOLAMENTO TOTAL, TODOS OS BRASILEIROS resultaram plenamente convencidos, por letras e números, que a paralisação das atividades já ASSASSINOU milhares de empresas e milhões de empregos, cuja ressureição de grande parte delas é considerada praticamente IMPOSSÍVEL, a considerar os chamados NOVOS HÁBITOS, ou NOVO COMPORTAMENTO!


DISCERNIMENTO

O que me parece COMUM, na análise das duas situações, é que ambas têm a mesma origem histórica: a -EDUCAÇÃO-. Tanto do povo quanto dos governadores e prefeitos formados pela competente ESCOLA SOCIALISTA/NEOCOMUNISTA que simplesmente ZEROU os cérebros que ainda eram dotados de algum DISCERNIMENTO.


EDUCAÇÃO

Pela perversidade ditatorial que vem sendo ADOTADA, com pitadas de ódio, por alguns governadores e inúmeros prefeitos, somada à preocupante mansidão do povo, que resulta de décadas de ENSINO IDEOLÓGICO/SOCIALISTA, nada disso que estamos assistindo é capaz de causar surpresa ou espanto. Esta, infelizmente, é a verdade NUA E CRUA, que, gostem ou não, ainda vai perdurar por muito tempo no nosso pobre Brasil.


ETERNO ATRASO

Resumindo: o ISOLAMENTO IMPOSTO pelos maus governantes e inúmeros políticos transformou todas as diversas CADEIAS PRODUTIVAS que estavam operando no nosso país, em uma legítima CADEIA IMPRODUTIVA. Tal absurdo já GARANTIU E ATESTOU, não apenas pelo Banco Mundial, que o Brasil vai colher, neste péssimo ano de 2020, uma fantástica  SAFRA repleta de forte RECESSÃO ECONÔMICA.

Um VIVA, portanto, à ESCOLA SOCIALISTA , cujo propósito é manter o nosso Brasil no ETERNO ATRASO!



Leia mais

09 abr 2020

MUITOS PARLAMENTARES VOTAM A FAVOR DA CRISE


DOIS TIPOS DE ESPECIALISTAS

Se, por um lado, alguns -especialistas- em saúde pública dedicam boa parte do tempo para manifestar suas preferências político-ideológicas quanto à melhor forma de enfrentamento do CORONAVÍRUS, por outro, felizmente, grupos de bons e competentes biólogos e virologistas seguem na incessante busca das -DUAS SOLUÇÕES- para que o mundo todo possa lidar, cada uma ao seu tempo, com esta nova e complicada doença.


UMA, IMEDIATA

A primeira, de ordem -IMEDIATA-, trata da busca incessante de uma ou mais DROGAS que, comprovadamente, se mostrem capazes de promover a CURA dos infectados pela doença. E neste particular, felizmente, já se tem conhecimento dos benefícios que a HIDROXICLOROQUINA produz.


OUTRA, MEDIATA

A segunda, de ordem -MEDIATA-, porque depende de muitos testes, trata do desenvolvimento de uma VACINA que consiga, de fato, produzir ANTICORPOS dotados de força suficiente e capaz de impedir o desenvolvimento do COVID-19.


MAUS POLÍTICOS

Pois, no nosso empobrecido Brasil, enquanto alguns BONS profissionais da área da SAÚDE PÚBLICA têm preocupação exclusiva com o enfrentamento do CORONAVÍRUS, uma quantidade enorme de MAUS políticos segue, de maneira incansável, interessados apenas em AFUNDAR O BRASIL, para todo o sempre. 


CONCENTRAÇÃO DE ESFORÇOS

Normalmente, nos momentos em que as CRISES vão se tornando mais agudas e preocupantes, o que acontece em todos os lugares é uma concentração de esforços  com o propósito criar as melhores e adequadas formas de enfrentamento dos graves problemas que atingem a população como um todo.


SEM ESSA DE SAIR DA CRISE

Pois, no nosso empobrecido Brasil, lamentavelmente, não raro grande parte dos nossos deputados e senadores, sempre fortemente apoiados pela maioria dos ministros do STF, entra em cena com olhos muito voltados para a construção, aumento e/ou aperfeiçoamento do CAOS. Mais: fazem questão de mostrar ao mundo todo que este negócio de tentar SAIR DA CRISE não tem o menor sentido.

Vejam por exemplo, que nem mesmo a CRISE promovida pelo CORONAVÍRUS foi capaz de tirar da cabeça da maioria dos nossos políticos que os recursos destinados ao FUNDO ELEITORAL deveriam ser usados para o enfrentamento da doença. Ou seja, quanto mais INJUSTIÇA SOCIAL, melhor para o país. Pode?



Leia mais

08 abr 2020

A MÍDIA JÁ ESCOLHEU O JUDAS 2020!


SEMANA SANTA

A partir de amanhã, 5ª feira, a maioria dos católicos do mundo todo dá início à Semana Santa, período este reservado, tradicionalmente, para celebrar a Paixão, a Morte e a Ressurreição de Cristo. Da mesma forma, obedecendo um velho costume que os portugueses trouxeram para o Brasil, o Sábado de Aleluia é destinado para a MALHAÇÃO A DE JUDAS (ou QUEIMA DE JUDAS).


JUDAS DO ANO

Neste ano, a considerar o sentimento -odioso- manifestado insistentemente por grande parte da mídia, com apoio incondicional dos corruptos, populistas e socialistas em geral, não há a menor dúvida de que esta grande patota já elegeu, por unanimidade, o presidente Jair Bolsonaro o JUDAS DO ANO.


MALHADO E QUEIMADO

Como tal, a exemplo do que acontece diariamente, desde o momento em que foi eleito presidente, Bolsonaro será severamente MALHADO E QUEIMADO neste Sábado de Aleluia. Mais: tudo com o devido cuidado para que, ao final, o estado péssimo do boneco mostre, com total clareza, o tamanho do desprezo que a turma nutre pelo presidente.


POVO VICIADO

Pois, mesmo que o universo de pessoas que usam as Redes Sociais continue crescendo, há que se levar em conta que a chamada GRANDE MÍDIA é muito poderosa. Como tal exerce um papel importante e muitas vezes decisivo na FORMAÇÃO DE OPINIÃO da enorme parcela do VICIADO povo brasileiro, que se tornou DEPENDENTE de doses cavalares de POPULISMO.


COMBUSTÍVEL

Se o fogo do ódio já vinha sendo alimentado, com muita precisão, pelos líderes dos PODERES LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO, contando para tanto com um comprometedor DESVIO DE ATENÇÃO de boa parte da mídia, com a chegada da PANDEMIA a PATOTA DO HORROR não perdeu tempo: usou o COVID-19 como poderoso combustível para ser usado na QUEIMAÇÃO do JUDAS DO ANO.


FORMA E CONTEÚDO

Diante desta triste realidade, comprovada a cada noticiário que vai ao ar nos mais diversos meios de comunicação, o que resta a todos aqueles que querem um NOVO BRASIL é lutar pelos MOTIVOS que levaram a maioria dos brasileiros a eleger Jair Bolsonaro presidente.

Se há quem não aceite minimamente a FORMA que muitas vezes o presidente usa para se comunicar, para estes descontentes sugiro que apenas olhem, com total atenção, ao CONTEÚDO de suas propostas.  Quem fizer isto, mesmo contaminado pela mídia, dificilmente deixará de apoiar o que Bolsonaro pretende para o nosso empobrecido Brasil.



Leia mais

07 abr 2020

EFEITOS DO ISOLAMENTO INDISCRIMINADO


ESTADO PRECOCE

Vejo, com muito entusiasmo e esperança, que as pessoas que  apresentam os primeiros sintomas de contaminação com o COVID-19, quando tratadas -PRECOCEMENTE- com a HIDROXICLOROQUINA, além de não precisarem de hospitalização têm mostrado boa e rápida recuperação. 


ESTADO AVANÇADO

Como informa o competente virologista da USP, Paolo Zanotto, pessoas infectadas até o 4º dia de aparecimento dos sintomas (FASE DE EXPANSÃO VIRAL) o pulmão vai acumulando lesões. Os primeiros sintomas são febre, coriza, um estado gripal muito leve. Pois, no período que vai 2º ao 4º dia, o tratamento com HIDROXICLOROQUINA funciona.

Se você não der o remédio, no 7º dia, o paciente certamente já estará com o pulmão comprometido, o que identifica ESTADO AVANÇADO da doença. Nestes casos, o tratamento com a HIDROXICLOROQUINA tem se mostrado inócuo e obriga os contaminados a um tratamento hospitalar, com cuidados especiais intensivos. 


VACINA

Ora, como a doença é nova e por consequência não existe o recurso de uma VACINA capaz de PREVENIR os efeitos do COVID-19, o que nos resta é seguir testando remédios e/ou tratamentos com o propósito de amenizar os terríveis danos que atingem, com intensidade bem diferente, pessoas físicas e jurídicas.  


ISOLAMENTO INDISCRIMINADO

Se a HIDROXICLOROQUINA tem se mostrado eficiente nos casos PRECOCES dos seres humanos contaminados com o COVID-19, bom seria se a ECONOMIA BRASILEIRA pudesse ser tratada com uma droga do mesmo tipo, pois o  ISOLAMENTO SOCIAL INDISCRIMINADO está levando empresas e empregos ao ESTADO -FÚNEBRE-. 


DEVASTAÇÃO ECONÔMICO-FINANCEIRA

A cada dia que passa, infelizmente, o que se vê, a rigor, é que até agora o tratamento imposto pelo -ISOLAMENTO não conseguiu produzir um efeito benéfico para todos. O que realmente proporcionou foi uma terrível e indisfarçável devastação ECONÔMICO-FINANCEIRA que atingiu de forma -INDISCRIMINADA e CRIMINOSA- tanto empregos quanto atividades produtivas de todos os tipos e tamanhos.  


ESTADO DE COMA

Ora, se o propósito do ISOLAMENTO era o de salvar vidas, o efeito SOCIAL da inconcebível INDISCRIMINAÇÃO resultou numa situação trágica e dramática, com viés de piora. Afinal, não são poucas as empresas que já estão em -ESTADO DE COMA-, sendo que muitas delas não conseguirão sair dele com saúde suficiente para seguir com seus negócios.


NOVOS HÁBITOS

E os sobreviventes do colapso perceberão que enquanto esperam a VACINA (único remédio capaz de restaurar por completo a debilitada confiança da população), estarão colocando em prática um novo comportamento, com novos hábitos de consumo adquiridos tanto pelo medo quanto, principalmente, pela brutal redução do PODER DE COMPRA, que resultarão numa REDUÇÃO DE CONSUMO e, por consequência, na PRODUÇÃO de inúmeros bens e serviços.



Leia mais