Artigos

31 jan 2006

SHOW DE INCONSEQÜÊNCIA


ÓDIO INCONCEBÍVEL

É impressionante o sentimento de ódio que muita gente do RS cultiva às concessionárias de rodovias no RS. Vejam agora o que está acontecendo em Viamão, município da Grande Porto Alegre: o prefeito do município, ao invés de ser parceiro e partícipe da solução que envolve o necessário pagamento de pedágio na rodovia RS-40, a qual dá acesso à cidade, preferiu ser agitador, inconseqüente e estúpido.

MAU PARCEIRO

Para melhorar a condição dos usuários, sem afetar os indispensáveis investimentos na rodovia, a proposta apresentada, e referendada pela AGERGS - Agência de Regulação -, como forma de compensação, seria o município deixar de cobrar o imposto de serviço (ISSQN) da concessionária, cuja alíquota é de 5%. Para confirmar a estupidez do chefe do executivo municipal, que vem liderando o confronto, o mesmo simplesmente negou. Pode?

IPTU BURRO

Outro prefeito, não menos inconseqüente, é o do município de Xangri-Lá, no litoral norte do RS. De forma estúpida e autoritária encaminhou um projeto à Câmara de Vereadores, propondo aumento de até 200% de IPTU 2006 para terrenos e residências localizadas dentro de condomínios fechados. A cabeça do prefeito é tão ruim, pequena e odiosa, que prefere não considerar o quanto têm sido importantes tais condomínios horizontais para os residentes do município.

GRANDES EMPREGADORES

Além de estarem movimentando, há vários anos, a construção dos imóveis, os condomínios tem sido também exemplares na forte contratação de mão de obra para manutenção dos jardins dos condomínios e das residências, coleta de lixo, segurança, pinturas, reformas, eletricidade, serviços domésticos, etc, etc. Hoje, de forma indiscutível, são estes condomínios os maiores empregadores de Xangri-Lá.

JUSTIÇA

E, mesmo assim, o prefeito resolveu dar uma paulada nos proprietários, mostrando o tamanho do ódio que nutre por quem não é morador e eleitor do município. A sugestão que fica é que os proprietários prejudicados depositem judicialmente o IPTU e discutam a legalidade da proposta. Afinal, pelo que foi colhido, a mesma foi aprovada por 5 votos a 3, coisa absolutamente insuficiente, como diz a Lei Orgânica do Município, a qual exige maioria qualificada.

FOCO NAS ELEIÇÕES

O governo Lula iniciou 2006 com muito foco nas eleições de outubro. O que não pode ser condenado em hipótese alguma. Afinal, qualquer governante-candidato faria o que Lula pretende fazer neste ano: tirar proveito do que o povo gosta e entende. Como a maioria dos eleitores prefere errar pelo encanto populista, o fato de Lula ter liquidado a dívida junto ao FMI já garantirá votos importantes. Some-se aí o reajuste do Salário Minimo, a TV Digital, a ser defina em breve e inaugurada em 7 de setembro, e a forte liberação de verbas orçamentárias e, pronto. Os demais candidatos vão ter muitas dificuldades apesar da munição fornecida pelas CPIs.

POSSE

A Assembléia Legislativa do RS realiza às 14h desta terça-feira (31) Sessão Solenede Eleição e Posse da nova Mesa Diretora para o período de 2006-2007, noplenário do Parlamento.

CAIXA-RS

O governador Germano Rigotto assinou hoje contratos de financiamentos de mais de R$ 3,2 milhões da CaixaRS para sete municípios, dentro do Programa Integrado de Melhoria Social (PimesCaixaRS). Serão contemplados Canguçu, Palmitinho, Pinheirinho do Vale, Rio Pardo, São João da Urtiga, Taquara e Vale Real. Os recursos permiteminvestimentos em obras de infra-estrutura e na aquisição de equipamentos,beneficiando mais de 27 mil pessoas.

LIQUIDA PORTO ALEGRE

A CDL de Porto Alegre promove amanhã, 01 de fevereiro, coletiva de imprensa para apresentação da 10ª edição do Liquida Porto Alegre. Na oportunidade serão apresentados os detalhes sobre a participação de varejistas na maior promoção brasileira do setor.

VAGÕES

A Santa Fé, nova fábrica instalada em Santa Maria, fruto da joint venture formada pela ALL e Millinium, pretende entregar 150 vagões até metade de 2006, criou 123 empregos diretos e deve gerar um incremento de 5% no PIB do município. Hoje está entregando os primeiros dez vagões do lote dos 150.

INVESTIMENTO

O governador Rigotto e a direção da Lifemed Industrial de Equipamentos e Artigos Médicos e Hospitalares anunciaram o investimento de R$ 36milhões na expansão da empresa, em Pelotas, para produção de componentes plásticos para fabricação de equipo (dispositivos que controlam a condução desoro do frasco ao corpo dos pacientes).

Leia mais

30 jan 2006

FOCADO NO SUBDESENVOLVIMENTO


SEM COMENTÁRIOS

Ao ser encerrado, ontem, mais uma edição do Fórum Econômico Mundial, uma coisa ficou bastante evidente: o Brasil foi pouco comentado e mesmo assim, as poucas observações foram sobre coisas insignificantes. E o curioso: o silêncio sobre o nosso país não foi obra de boicote ou algo parecido. Simplesmente não havia o que comentar ou salientar, até porque o nosso pífio crescimento já fala por si. Convenhamos, não há muito a comentar sobre um país que insiste em ficar abaixo da média mundial e, pior ainda, muito abaixo dos resultados apontados pelos países emergentes. Foi lamentável, com certeza.

OS SUBMERGENTES

Muito se tem falado, no mundo todo, sobre o BRIC, sigla que identifica os países: Brasil, Rússia, Índia e China. Os investidores de maneira geral encontraram nestes países as melhores oportunidades do momento para fazer investimento, promover desenvolvimento e obter melhores resultados. Confesso que inicialmente fiquei bastante contente em ver o Brasil incluído entre os pretendidos. E, ingenuamente, por algum tempo, imaginei que os nossos governantes até iriam se esforçar para atrair o máximo de investimentos. Burrice minha. O governo brasileiro não quer saber de BRIC assim como não quer saber de ALCA. O que está sendo planejado aqui é a formação do BBV. Que significa a sigla dos submergentes: Brasil, Bolívia e Venezuela. Estes são os amigos e as oportunidades. Vamos investir aí?

SEM NOVIDADES

Aliás não há jeito mesmo de cair a ficha por aqui. Ninguém quer saber ou enfrentar aquilo que impede, há muitos e muitos anos, o nosso crescimento vigoroso. Apesar das observações feitas pelo presidente do BC, Henrique Meirelles, em Davos, de que sem reformas corretas não há como esperar muito do Brasil, mais uma vez tal observação não foi e nem será ouvida. E, como sempre, as taxas de juros continuam sendo como culpadas de coisas que nada têm a ver.

O LACAIO

Por outro lado, no atrasado e jurássico Fórum Social Mundial, que na sua próxima edição vai assombrar Nairóbi, no Quênia, quando o Brasil foi citado, Lula recebeu a denominação de - Lacaio de Washington - . Maravilha. E o coro dos idiotas, que também se espalham aos borbotões por aqui, afirmaram por diversas vezes que Lula mais governa para os banqueiros. Ridículo. Lula e os anteriores continuam governando para uma Constituição selvagem que impede o nosso desenvolvimento. E os deputados federais e senadores ainda fazem questão de puxar o bloco dos estúpidos, quando deveriam votar, agora já de forma radical, as reformas que poderiam permitir a qualquer governante um crescimento que deixaria a China e a Índia cheias de preocupação.

OS DEMAGOGOS

A novela do Salário Mínimo não chegou ao fim. Agora, a oposição, mesmo sabendo que o valor acertado pelo governo vai promover um estrago monumental nas contas da previdência, quer desestabilizar mais ainda o governo. E, para tanto, pretende incendiar as cortinas do orçamento com uma proposta inconcebível. Como nada das suas reivindicações sai de seus bolsos, mas, exclusivamente, das contas dos contribuintes, mostram o que sabem e aprenderam na vida: demagogia e safadeza.

A HORA DOS HÍBRIDOS

Enquanto nós brasileiros estamos desenvolvendo motores bi-combustível, que funcionam a álcool e a gasolina, os japoneses e americanos estão bem mais a frente. Estão fabricando, e vendendo, veículos equipados com motores híbridos que funcionam a gasolina e eletricidade. A troca do sistema é automática, isto é, sem necessidade de qualquer acionamento por parte do motorista. E enquanto está funcionando o sistema a gasolina, as baterias vão sendo carregadas. Tudo, repito, de forma automática. Aqui, infelizmente, fazemos de tudo para ficarmos dependente do álcool, cujos produtores só nos esfolam. Viva.

FEIRÃO

O 5º Feirão BIG Eletroeletrônicos iniciou batendo dois recordes: de público e vendas. Quando as portas foram abertas às 8h30min de sábado último, uma multidão de mais de 500 clientes já estavam na espera, alguns desde a 01h da madrugada. Em menos de quatro horas, os produtos da oferta do dia se esgotaram.

OFICINA DE TALENTOS

A Oficina de Talentos, projeto de inclusão social da ALL ? América Latina Logística ? que capacita jovens da comunidade para o mercado de trabalho, é destaque na quinta edição do Guia Exame de Boa Cidadania Corporativa. A publicação retrata a evolução das empresas brasileiras no que se refere à responsabilidade social e à sustentabilidade dos negócios. Lançado em 2005, o programa formou 28 jovens estudantes de escolas públicas de Curitiba nos cursos de mecânica e elétrica. Os destaques da turma serão contratados pela ALL. Para este ano, a novidade é expansão do programa para as unidades de Mafra/Rio Negro e Porto Alegre.

INCORPORAÇÃO

A Cultura Inglesa de Porto Alegre acaba de ser incorporada pela Sociedade Brasileira de Cultura Inglesa (SBCI), holding do grupo que atua nos estados Rio de Janeiro (onde é líder absoluta de mercado), Distrito Federal, Espírito Santo e Goiás. A escola, que operava há 16 anos como unidade individual, terá agora mais investimentos em infra-estrutura e tecnologia educacional.

POSSE

A Unidade Operacional do Rio Grande do Sul da Bolsa Brasileira de Mercadorias ? BBM/RS empossou sua nova diretoria para o período de 2006/2008. Assumiu a vice-presidência da entidade o diretor-presidente da Banrisul Corretora de Valores, José Alfredo Duarte Filho, sucedendo, no cargo, a Ronaldo Carvalho, da Ronaldo Carvalho & Cia., e sendo empossado como suplente o diretor da Risoy Corretora de Mercadorias, de Pelotas, Alexandre Augusto Silk. A Unidade gaúcha da BBM, com três anos de atividades, congrega cerca de 50 corretores de mercadorias. Além de produtos agropecuários, a Bolsa está ampliando sua presença na realização de leilões eletrônicos para a aquisição de bens e serviços destinados a órgãos públicos e instituições privadas.

Leia mais

26 jan 2006

A GRANDE VEDETE DO FÓRUM ECONÔMICO


CHINA

Quem roubou a cena na abertura do World Economic Forum, em Davos, Suíça, foi, indiscutivelmente a China. Esbanjando forte crescimento, com um PIB hoje de U$ 2,26 trilhões, a China já é a 4ª economia do mundo. E promoveu muitos cochichos preocupantes, onde os países que antes bradavam pela abertura para seus produtos, agora já estão querendo mais protecionismo contra produtos chineses.

ÍNDIA

Logo atrás da China, a Índia também está ocupando grande espaço e interesse dos investidores internacionais nas discussões que acontecem no início do Fórum Econômico. Se a China já mete medo pela sua forte inserção no mercado mundial, imaginem quando a Índia vier a participar com o mesmo ímpeto. Os demais países emergentes já estão suando frio e só tem um caminho: tratar de se adaptarem, com urgência, para a competição nos negócios.

BRASIL

O que sobrou para um Brasil de poucas presenças no evento foram os comentários sobre o nosso crescimento muito baixo. Embora todos admitam que temos grande potencial para crescer muito mais do que conseguimos em 2005, uma coisa foi deixada clara: nós devemos saber as reais razões para crescer tão pouco. E se não estamos sendo muito falados em Davos, o fato é que se isto acontecesse nós ocuparíamos muito tempo para explicar as nossas crises.

COISA DE CHINELÃO

Mostrando a forte vocação para encontros com a pobreza, com o subdesenvolvimento e com os mais fracassados, o governo brasileiro não esconde a sua euforia em participar do Fórum Social Mundial. Coisa típica de país chinelão. Enquanto não abandonarmos esta mania estúpida de perseguição dos países mais desenvolvidos vamos ficar gritando e fazendo manifestações que mais dificultam as nossas vidas. Coisa de chinelão, repito.

PARQUE DOS DINOSSAUROS

Desta vez não é no cinema. É em Caracas, na vida real. É lá que está acontecendo a maior exposição das inúmeras espécies de dinossauros vivos. Alguns andam vestidos e outros nem tanto. O fato é que o Jurassic Park, agora itinerante, saiu de Porto Alegre, Brasil, andou por Bombaim, na Índia, e ancorou, finalmente, em Caracas, na Venezuela. Aliás, depois da capital gaúcha este é lugar mais propício para o cultivo e desenvolvimento de todas as espécies. O encontro com o dinossauro-mor da América Latina, Hugo Chávez, deve encerrar a hipótese de possível extinção dos bichos pré-históricos.

CONFISCO

Baseado em análise que encomendou à sua assessoria econômica, o presidente da Fiergs, Paulo Tigre, informa que ao não atualizar por longos períodos a tabela do Imposto de Renda na fonte, o Governo Federal está praticando um verdadeiro confisco no poder aquisitivo do mercado interno brasileiro. Pelos números levantados, mesmo com a correção de 8% agora determinada, há um confisco de renda de 51,5% considerado o período 1996-2005. Segundo os dados da assessoria econômica da FIERGS, a inflação medida pelo INPC no período mencionado chegou a 95,9%, tendo havido apenas duas correções da tabela, uma de 17,55% em 2002 e outra de 10% em 2005, num total acumulado de 29,3%.

LIQUIDAÇÃO

Só 4 dias, só preços baixos, só pra você. A campanha de liquidação do Moínhos Shopping inicia hoje e encerra no domingo, 29. Com a promoção, o shopping prevê um crescimento de 11% nas vendas. Os descontos oferecidos nas 120 lojas podem chegar a 60%, incluindo roupas, presentes, utilidades domésticas, entre outros artigos.

FUNDOPEM

O governador Rigotto e os diretores-superintendentes do Grupo Isdra, assinaram contrato do Fundopem para a ampliação da fábrica Fibraplac Chapas de MDF, em Glorinha, que passa a ser a maior do Brasil.

CURSO

A Unisinos e Alfamídia uniram esforços para trazer ao mercado uma formação voltada a habilitar profissionais em atendimento e vendas em Call Center, objetivando suprir a demanda de grandes empresas. A formação, com 80 horas de duração, inicia na próxima segunda, dia 30 e tem como meta a capacitação dos participantes em atendimento e vendas de produtos de alto valor agregado. O curso, com carga de 80 horas possui em seu conteúdo "Atendimento e vendas" , "Comunicação e oratória ", Técnicas de negociação" e "Atendimento em call center". Além da qualificação, os melhores alunos serão encaminhados a participar do processo seletivo da Dell. Mais informações : (51) 3346-7300

WORKSHOP

O Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e a Universidade de Brasília (UnB) promoverão o "Workshop Internacional sobre Centros e Museus de Ciência", entre os dias 14 a 16 de fevereiro, em Brasília (DF).

Leia mais

25 jan 2006

SALÁRIO MÍNIMO ELEITORAL


RÁPIDO E ESPERTO

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi esperto e não perdeu tempo. Anunciou, ontem, que o salário-mínimo será reajustado para R$ 350,00 a partir de 1º de abril e que a tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física será corrigida em 8%. Em ano eleitoral, nada melhor do que uma decisão rápida e de acordo com os anseios da sociedade e além de fechar a boca dos sindicalistas aliados. Providências como estas vão dificultar bastante as campanhas eleitorais de seus opositores.

INTERVENCIONISMO

O ranço intervencionista que paira neste país e, principalmente, no RS é de amargar. O Sindicato Médico do RS, por exemplo, está declarando todos os dias, de forma insistente, que não se deve aumentar o número de faculdades de medicina. O curioso é que alguns comunicadores, como sempre muito mal informados ou cooptados, também endossam esta besteira. Ora, quem deve decidir sobre a quantidade de faculdades ou cursos é o mercado. Ao governo, através de seus órgãos de fiscalização, compete zelar pela qualidade, nunca pela quantidade dos cursos. Chega de cartórios, gente. Os pretendentes a cursar qualquer faculdade precisam de informação, não de intervenção.

CAVALO ENCILHADO

A euforia instalada em Caracas, com a realização do Fórum Social Mundial, já chegou aos olhos e ouvidos dos investidores. E vai pesar muito na decisão do ambiente para seus novos negócios. Vários países da América Latina, que durante o FSM passarão a compor a recém criada Aliança Bolivariana, como consta na programação do evento, já estão sendo melhor analisados. Tais países, cujos povos têm no sangue doses elevadas de comunismo e muita raiva de nações ricas e desenvolvidas, acabarão por serem retirados das pretensões de novos investimentos. Com isto, os asiáticos agradecem e vão ser depositários de mais investimentos. Mais uma vez vamos perder o bonde da história ou o cavalo encilhado.Viva.

OS IGUAIS

Por ingenuidade, confesso que até cheguei a pensar que Germano Rigotto fosse muito diferente de Olívio Dutra. Errei. Ambos são bem iguais quando se trata da escolha dos meios de comunicação para distribuição de verbas de publicidade de governo. Tanto Olívio quanto Rigotto não suportam críticas. Vingativos, os dois, cada qual no seu tempo, deram ordens para que não fossem veiculados comerciais de governo e de empresas estatais nas mídias isentas, que não usam o expediente do puxa-saquismo.

MAIS IGUAL

Foi o que aconteceu ontem, quando, por ordem expressa do Palácio Piratini (entenda-se governador Rigotto), a mídia do Banrisul foi retirada dos veículos do

CASO DE POLÍCIA

O problema sério aqui divulgado nesta semana, da venda e entrega de um veículo da marca Nissan, equipado com pneus podres, cujo prazo de validade certamente estava vencido há muito tempo, continua. Os donos e administradores da revenda Nissan de Porto Alegre, ainda não entenderam o risco de vida que os proprietários correram ao trafegarem com pneus que simplesmente de deterioraram enquanto rodavam. Cortes com mais de 10 cm identificaram o péssimo estado da estrutura da borracha, que poderiam ter causado acidente de graves proporções. Ao invés de resolverem o problema estão deixando um rastro complicado para o futuro dos negócios da revenda.

HOLOCAUSTO

A Assembléia-Geral das Nações Unidas aprovou recentemente a resolução - co-patrocinada pelo Brasil - que marca o reconhecimento histórico do Holocausto, reafirma o compromisso dos países membros de lutar contra todas as formas de intolerância e estabelece o dia 27/01 como o ?Dia Internacional em Memória as vítimas do Holocausto?. Segundo o presidente da Federação Israelita do Rio Grande do Sul, esse dia serve para lembrar que a cada atentado que se comete contra uma pessoa inocente fere-se, na verdade, um direito à vida que é de todos nós.

INTERNET NA CHINA

O número de internautas chineses cresceu 18% em 2005 e chegou aos 111 milhões de pessoas, segundo uma reportagem publicada no jornal "Economic Daily". Isso significa que 8,5% da população de 1,3 bilhão de pessoas navegam pela internet. O país só perde na quantidade de usuários para os Estados Unidos. O crescimento, no entanto, está abaixo das expectativas. As agências oficiais do país haviam feito previsões de que 120 milhões de chineses estariam conectados até o final de 2005, com a popularização da tecnologia. Cerca de 71 milhões de internautas chineses têm acesso à banda larga, este valor representa aumento de 50% em relação àqueles que navegavam via conexão rápida em 2004. Apesar da popularização da internet no país, esta ferramenta ainda sofre censura por parte do Governo, que bloqueia o acesso a alguns tipos de conteúdo, entre eles, informações contra o Governo publicadas em blogs. Além disso, o Google chinês "não encontra" páginas que falam do Dalai-lama ou sobre as relações entre China e Taiwan, por exemplo. Jornal do Commércio - RJ Da agência folhapress

VIVA VOZ

Começará em março o treinamento dos consultores do Viva Voz, um serviço que presta informações e orientações ao público com o objetivo de evitar o uso indevido de drogas. O treinamento será ministrado pelo SESI do RS que também vai direcionar a disponibilidade do serviço às empresas que participam do Programa de Prevenção ao Uso de Drogas no Trabalho e na Família. Além disso, o serviço de informação sobre drogas também serádivulgado na rede de lojas SESI Farmácia.

CURSO

O Centro de Desenvolvimento de Recursos Humanos ? CDRH SOFTSUL em parceria com a Mylius & Marodin ? Gestão de Projetos, promove o Mini Curso: Como Implantar com Sucesso uma Sistemática de Gestão de Projetos na sua Organização, no dia 15 de fevereiro (quarta-feira), das 13h30 às 17h30, na sede da SOFTSUL.

Leia mais

24 jan 2006

DÍVIDA MELHOR ADMINISTRADA


NOVO PERFIL DA DÍVIDA

A dívida pública brasileira, pelo seu tamanho, não pode ter o mesmo tratamento que é dado ao FMI. Ou seja, não há como ser paga antecipadamente. Aliás, no curto, no médio ou mesmo no longo prazo. Partindo desta realidade, o governo brasileiro preferiu, de forma responsável, promover uma melhor administração dos débitos existentes. E, pelo que foi dado a entender, já mudou bastante o perfil da dívida mudando o prazo médio de vencimentos das emissões para 33 meses, ou seja, quase três anos.

SEM IDEOLOGIA

Além disso, sem qualquer objetivo ideológico, zerou a dívida dos títulos emitidos com cláusula cambial, em dólar. Falta ainda, para dar um melhor tratamento à questão, diminuir mais a dependência de papéis vinculados à taxa Selic, o que influenciará bastante para um menor crescimento da dívida quando houver alguma necessidade de elevar a taxa prime de juros.

R$ 1 TRILHÃO

Mesmo que a mídia esteja esperando a hora para divulgar, em manchete, que a dívida mobiliária em poder do mercado, tenha chegado a 1 trilhão, o risco não será alterado. É óbvio que chegaremos ao número de R$ 1 trilhão em pouco tempo, mas isto não significará má administração das contas ou a elevação do índice que mede o risco-Brasil, que deve ficar abaixo de 250 pontos-base ainda neste semestre.

MAIORES DEVEDORES

Resta informar, por oportuno, que de toda a dívida mobiliária que precisa ser rolada no mercado, quase 50% foi feita pelos Estados e Municípios e que foram negociadas em melhores condições com a União. Ao absorver tais débitos, o BC está recebendo o que financiou, em doses homeopáticas. Coisa que se prolongará por um período como 25 a 30 anos. Felizmente, com a Lei de Responsabilidade Fiscal, estas loucuras e/ou aventuras estão proibidas, embora a dívida seja muito alta.

ELEIÇÕES NA FARSUL

Por tudo o que viu e ouviu, a impressão era de que a eleição para a presidência da Farsul ? Federação da Agricultura do RS ? seria acirrada. Nada disso. As pesquisas feitas foram totalmente furadas, contribuindo para uma desmoralização de certos institutos que não tem compromisso com a ciência, mas com quem os contrata. Carlos Sperotto, eleito para seu quarto mandato, por enorme diferença de votos, deu um banho de tal monta que não oferece a mínima possibilidade de contrariedade de seu oponente.

CAMPANHA ELEITORAL

Não dá mais para disfarçar. A campanha eleitoral para presidente já está rolando e os candidatos bem conhecidos só precisam confirmar e serem confirmados como interessados. Nenhum nome novo, ou desconhecido, poderá surpreender, caso ainda venha a surgir. Isto é algo muito pouco provável e já não terá tempo para encantar efetivamente o eleitor. Falta, no entanto, a mesma lógica para os Estados que estão ainda muito atrasados no processo.

O ANO DA TRANSPARÊNCIA

O Presidente da AL-RS, Iradir Pietroski,encerra a sua gestão resgatando princípios fundamentais de austeridade administrativa da entidade, além da transparência dos seus atos e participação ativa com a sociedade. No que tange as despesas com pessoal, ficou abaixo do limite fixado pela lei de responsabilidade fiscal. Parabéns !

CRIANÇAS CARENTES

O projeto WimBELEMdon, iniciativa da construtora Ediba S/A e da Vonpar, agora tem como parceiro o Centro Universitário Ritter dos Reis (UniRitter) . No espaço ?EDIBA-VONPAR DA CRIANÇA?, serão oferecidas oficinas de leitura e horas de conto a 80 crianças do projeto, moradoras do bairro Belém Novo, na capital gaúcha. Estudantes de Letras da UniRitter farão as atividades.

FUND. IBERÊ CAMARGO

O site da Fundação Iberê Camargo classificou-se, pelo terceiro ano consecutivo, para o Top 10 do Prêmio iBest, oscar da internet brasileira. As páginas contém informações gerais e detalhadas sobre as atividades da fundação e também aborda o mundo das artes em uma revista digital. Também é possível acompanhar todas as fases da construção do Museu Iberê Camargo e fazer um passeio virtual pela obra. Para votar, o internauta encontra o selo do concurso no endereço www.iberecamargo.org.br.

REMATE DE VERÃO

Será realizada nesta, quarta-feira dia 25 às 20 horas, a 6º edição do tradicional Remate de Verão da Raça Crioula, junto ao Restaurante Vitrine Gaúcha no DC Shopping. Ao todo participam quinze cabanhas consagradas e serão apresentados 37 animais, alguns premiados na Expointer e em exposições locais.

Leia mais

23 jan 2006

OS QUATRO CAVALEIROS DO APOCALIPSE


AMÉRICA LATINA SINISTRA

Os presidentes: Lula, Kirchner e Chávez, todos canhotos ideologicamente, não são só amigos como a mídia vem sugerindo e vibrando. Os três, e mais Evo Morales, que foi empossado ontem, já são mais do que amigos, são irmãos de sangue. Sangue comunista que corre nas suas veias revolucionárias e perigosas. Compõem, contemporaneamente, os quatro Cavaleiros do Apocalipse. Não estou aqui querendo ser um Julio Verne ao antecipar os acontecimentos que se seguirão muito brevemente na América Latina. Mesmo sem ter feito qualquer curso de quiromancia estou bastante convencido de que o estado de coisas já está em estágio adiantado.

OS FÓRUNS

Para confirmar as minhas convicções, basta observar que nenhum líder da América Latina estará presente no Fórum Econômico Mundial, em Davos, embora todos tenham sido convidados. Combinaram que não deveriam ir para serem notados pela ausência. Uma forma de protesto que não produz coisa alguma de bom para o Brasil. A China e a Índia devem estar muito contentes com isto, pois vão tirar o máximo proveito dos assuntos que serão tratados lá. Ou seja, preferimos nos queixar da China ao invés de fazermos o que os chineses fazem.

O JORNAL DOS ADEPTOS

Enquanto isto, as atenções dos países latinos estarão voltadas totalmente para o Fórum Comunista-Social Mundial, em Caracas. Aliás, não poderia haver lugar mais adequado para o evento, onde o grito contra o imperialismo vai ser ouvido até na lua. Tudo sob o comando do comunista da hora, Hugo Chávez. O jornal Zero Hora de ontem, numa demonstração típica de amor, paixão e apoio ao FSM, dedicou três páginas ao encontro comunista e uma mera nota de canto de página ao Fórum Econômico. Assim é que se conhece a identidade de um jornal. Além de provinciano, ZH vem se mostrando bastante adepta do populismo-comunismo. O curioso é que a RBS quer abrir capital. Como, se apóia e adora a estatização? Creio que será a primeira empresa a ser confiscada pelos totalitários, apesar do enorme puxa-saquismo.

CARGA x ARRECADAÇAO TRIBUTÁRIA

Com os números divulgados pelo governo federal, na semana passada, mostrando a fantástica arrecadação de tributos ocorrida em 2005, conclui-se que a carga tributária no Brasil é bem superior aos 37% do PIB, como vem sendo divulgado. Basta que se entenda o fato de que, em 2005, não houve aumento de impostos mas houve aumento de arrecadação. Prova de que a Receita Federal só ficou mais eficiente, gente. A dedução lógica é, portanto: caso não houvesse sonegação de tributos, a arrecadação total seria igual à carga imposta. E neste caso já teríamos ultrapassado os 50% do PIB em tributos no país.

PESQUISAS ELEITORAIS

Uma coisa que me chamou muito a atenção na última pesquisa para presidente, divulgada na semana passada, foi de que há duas claras preferências por candidatos entre os eleitores brasileiros. Quem ganha 01 salário mínimo vota em Lula. Já os que ganham 10 SM preferem Serra ou Alckmin. Isto enseja uma lógica de raciocínio: quem é menos informado, tem menos educação e conhecimento, coisa que o tamanho do salário revela, prefere o populismo. Já quem tem cabeça mais arejada e pensa mais quer se ver livre do diabo. A Venezuela conta esta história muito claramente, pois mais de 70% do povo é pobre e sem educação. Daí a forte paixão do povo por Chávez. Pelo visto vamos perpetuar a pobreza e a ignorância por aqui.

ABRINDO O VOTO

Na semana anterior declarei que sou mais Alckmin para presidente. Não que veja no governador paulista tudo aquilo que o Brasil precisa. Longe disto. Como aqui tudo se mede por comparação entre os prepostos, por isto fiquei com o menos ruim. Porém, como ainda não está formado o tabuleiro definitivo para as eleições de outubro, faz-se necessárias certas considerações e opções, caso aconteça o seguinte: 1- Imaginando que Lula chegue ao segundo turno e o candidato de oposição seja um camelo, um jacaré, uma mula ou um gafanhoto, de antemão declaro que serei qualquer um desses bichos, com muita convicção. No entanto, caso Lula venha a se defrontar com Garotinho ou Heloisa Helena, o meu voto vai para Lula sem pestanejar.

CORREÇÃO

Sobre o déficit das contas da Previdência Social, que publiquei na última 5a feira, 19, recebi um e-mail do Prof. Bergamini com correções importantes sobre o assunto. Como a indignação do Prof. Bergamini foi séria e o rombo que ele mostra é mais significativo, transcrevo o e-mail com os dados que ele disponibilizou: Com base nos números conhecidos até novembro de 2005, o déficit previsto do setor privado (INSS) será de R$ 19,8 bilhões (1,04% do PIB) e o déficit previsto do setor público federal será R$ 41,2 bilhões (2,17% do PIB), totalizando no ano 2005 déficit previsto de R$ 60,9 bilhões (3,21% do PIB). Com base nos números conhecidos até novembro de 2005, podemos projetar arrecadação do sistema de previdência geral (INSS) no montante de R$ 121,3 bilhões (sendo R$ 7,6 bilhões via CPMF), em contribuições de patrões, empregados e autônomos ativos da iniciativa privada, contingente em torno de 36,8 milhões, pagando benefícios da ordem de R$ 141,1 bilhões para um contingente em torno de 23,5 milhões de aposentados e pensionistas, com salário médio mensal de R$ 506,50, gerando déficit previsto de R$ 19,8 bilhões (1,04% do PIB) para o ano de 2005. Com base nos números conhecidos até novembro de 2005, podemos projetar arrecadação do governo federal junto aos servidores no montante de R$ 5,5 bilhões (Militares - R$ 1,4 bilhões; Parte Patronal da União dos funcionários civis Ativos - R$ 1,4 bilhões e Parte dos Funcionários Civis Ativos e Inativos - R$ 2,7 bilhões) de um contingente de pessoal ativo da ordem de 1.093.471 servidores (758.143 civis e 325.328 militares), pagando benefícios de R$ 46,7 bilhões para um contingente de 1.052.075 servidores aposentados e pensionistas (733.763 civis e 318.312 militares), com salário médio mensal de R$ 3.905,93, gerando um déficit previsto de R$ 41,1 bilhões (2,17% do PIB) para o ano de 2005.

PARCEIROS VOLUNTÁRIOS

A ONG Parceiros Voluntários encerrou 2005 com um crescimento de 48,8% no total de voluntários engajados, em relação ao ano anterior, chegando a mais de 145 mil pessoas dedicadas à causa do voluntariado organizado em creches, asilos e outras organizações sociais, nos 63 municípios em que a ONG está presente. A participação vem, efetivamente, de vários setores da sociedade, através dos quatro Programas desenvolvidos pela ONG: Voluntário Pessoa Física, Pessoa Jurídica, Parceiros Jovens Voluntários e Organizações da Sociedade Civil. A expressiva mobilização juvenil, através da ação Tribos nas Trilhas da Cidadania, evoluiu 58,7% em relação a 2004, contando com o engajamento de 52 mil jovens em todo o Estado, que desenvolveram cerca de 650 ações solidárias, nas suas comunidades. O envolvimento da comunidade escolar nas ações voluntárias também cresceu 36,4%, contabilizando a participação de 857 escolas públicas e privadas no voluntariado.

DESCONTOS

A Claro realiza super promoção para esquentar a temporada de verão. Na habilitação de uma nova linha Claro Cartão, Claro Conta e Claro SuperControle GSM ou os clientes Claro que realizarem upgrade de aparelho, receberão 50% de desconto nas ligações locais de Claro para Claro, durante 6 meses. Para o Claro Conta, o desconto será sobre as chamadas que excederem a franquia de minutos dos planos Estilo. O cliente também ganha outra vantagem: poderá enviar MMS gratuito nos meses de janeiro e fevereiro

IRRESPONSABILIDADE

Creio que a revenda de veículos da Nissan, de Porto Alegre, precise ser melhor observada pela matriz japonesa. Atos irresponsáveis, como entregar veículos com pneus com prazo de validade vencidos, que simplesmente se destroem com cortes de mais de dez centímetros pelo mau estado da borracha, estão colocando em risco os compradores dos veículos Nissan. O pior é que os revendedores, ao invés de assumirem e resolverem imediatamente o grave problema, tratando de trocar os pneus defeituosos, ainda tentam responsabilizar os usuários. Caso de polícia.

Leia mais