Artigos Anteriores

OLHANDO PARA O FUTURO

ANO XIV - Nº 007/14 -

PESQUISA ELEITORAL

Quando uma pesquisa de intenção de voto é divulgada, praticamente todos os brasileiros fazem uma leitura rápida dos números procurando saber, basicamente, 1- quem está à frente; e, 2- se o desempenho do segundo colocado oferece ou não a possibilidade de haver segundo turno.

GRAU DE PREFERÊNCIA

No caso das pesquisas para presidente, por exemplo, embora nada esteja decidido muita gente já percebeu que é importante observar se o grau de preferência (tendência) pelo candidato que está à frente está sendo mantido. Da mesma forma, se um ou outro candidato que vem atrás tem alguma chance de vir a ser o vencedor.

ÚLTIMA ELEIÇÃO

Pois, olhando a última eleição para presidente vê-se que a diferença de votos obtidos, no segundo turno, por Dilma Rousseff (55.752.529) em relação a José Serra (43.711.388), embora tenha sido grande (12 MILHÕES) foi absurdamente menor do que o número de abstenções (29.197.152).

ABSTENÇÕES AJUDARAM DILMA

Considerando o número pequeno (comparativamente) de votos em branco (2.452.597), não se equivoca quem admite que os desinteressados no pleito acabaram ajudando a então candidata Dilma a vencer a última eleição. Acompanhem o meu raciocínio e tirem suas conclusões:

FIDEDLIDADE

Admitindo a dificuldade que os institutos de pesquisas têm para identificar os motivos para que tanta gente não tenha comparecido às urnas, uma coisa me parece certa: os eleitores que votam em petistas sempre foram muito mais fiéis e comprometidos. O que me leva a crer, portanto, que a maioria daqueles que se abstiveram não eram eleitores de Dilma.

COMPROMETIMENTO PERMANCE

Como tenho conversado com muita gente que hoje se mostra confessadamente arrependida por ter votado em Lula/Dilma, e explicam este sentimento porque foram brutalmente traídos por ambos face às promessas de que fariam do Brasil um país mais ético, imagino que aquele comprometimento de comparecer às urnas ainda permanece: desta vez, no entanto, para votar contra o PT. Que tal?

FUTURO DO BRASIL

Posso estar enganado, mas diante do crescimento de Aécio Neves nas pesquisas, seguido de Eduardo Campos, e, principalmente, pela queda sistemática de Dilma, a possibilidade de um segundo turno é considerável. Mais: pelo comportamento do povo com relação à Copa do Mundo, mesmo que a Seleção brasileira ganhe o torneio, os eleitores continuarão insatisfeitos com os gastos absurdos e superfaturados. Tomara que esteja certo.Em tempo: não sei se o Brasil melhora com Aécio ou com Campos. Sei, entretanto, que com Dilma o futuro do Brasil é simplesmente desesperador.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • IPC-C1
    O Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1) do mês de abril apresentou variação de 1,05%. Com este resultado, o indicador acumula alta de 3,10%, no ano e, 5,57%, nos últimos 12 meses.
  • BITS
    A BITS - BUSINESS IT SOUTH AMERICA, feira montada em padrões internacionais e desenvolvida em conjunto com a plataforma da CeBIT, a maior feira de TIC do mundo, acontece de 13 a 15 de maio, das 10h às 19h, no Centro de Exposições da FIERGS, em Porto Alegre (RS). A BITS é uma das feiras do portfólio internacional da alemã Deutsche Messe AG, maior promotora de feiras do mundo, por meio de sua representante no Brasil, a Hannover Fairs Sulamérica.
  • LOJAS ABERTAS
    A CDL Porto Alegre e entidades representantes do comércio da Capital, como Sindilojas Porto Alegre e Federasul, estão se posicionando sobre o funcionamento das lojas durante a Copa. Os lojistas querem abrir as portas normalmente nos dias dos jogos em Porto Alegre e desejam liberdade de decisão quanto ao funcionamento de seus negócios nos dias de partidas da Seleção Brasileira. Temos boas expectativas em relação ao mundial de futebol e queremos prestar o melhor atendimento aos milhares de turistas que nos visitarão, explicou o vice-presidente da CDL POA, Sergio Galbinski.
  • IEE
    Hoje, 12 de maio, Diego Casagrande, jornalista e apresentador do Grupo Bandeirantes, participará do jantar-debate promovido pelo Instituto de Estudos Empresariais (IEE). Na ocasião, abordará o tema -Risco à Liberdade-. O evento, fechado para associados do IEE, ocorre às 19h30min, no Novotel Três Figueiras.

FRASE DO DIA

Enquanto houver vontade de lutar, haverá esperança de vencer.

Santo Agostinho