Artigos Anteriores

O RECADO DA CÚPULA

ANO XIV - Nº 007/14 -

REFORMA DO FMI

O governo brasileiro, na véspera da Reunião de Cúpula do G-20, que aconteceu neste final de semana no Canadá, antecipou que está disposto a propor uma grande reforma do FMI.

ENTIDADE FLEXÍVEL

A mudança que Lula prega para o Fundo, pela entonação de voz que deu no discurso que fez antes do embarque, diz pouco quanto a um aumento do poder de voto dos países emergentes, e muito em transformar o FMI em entidade mais flexível.

PREVIDÊNCIA

Ora, muito antes de exigir uma reforma do FMI, Lula deveria dar exemplo fazendo reformas no Brasil. Deveria, por exemplo, começar pela Previdência, que nada tem de técnica e, para desespero de todos é exclusivamente assistencialista.

PEDIDOS DE SOCORRO

Mesmo falando em flexibilidade, como sugere para o FMI, Lula já deveria saber que o descontrole dos gastos públicos é, indiscutivelmente, o grande e maior responsável pelos pedidos de socorro ao Fundo.

REUNIÃO POSITIVA

De qualquer forma, a Reunião do G-20 foi positiva. Os EUA apresentaram a sua importante reforma do sistema financeiro. E a maioria dos países integrantes do Clube se mostrou disposta a reduzir drasticamente os pesados déficits públicos.

RECESSÃO

Se isto é bom, indispensável e necessário, o custo da decisão vai desembocar num crescimento mundial reduzido e, muito provavelmente, um horizonte de prolongamento da recessão. Neste caso, os países que tem um mercado interno mais intenso sofrerão menos.

RECADO

Este provável encerramento do ciclo de grandes aventuras econômico-financeiras, como propõe o G-20, terá como foco principal o crédito. Daqui para frente, salvo maior engano, a concessão de empréstimos será, alem de menos abundante, bem mais criterioso.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • AGENDA 2020
    A Agenda 2020 será apresentada aos integrantes do Clube de Editores e Jornalistas de Opinião do RS nesta quarta-feira, 30, às 10 horas, no Hotel Sheraton, em Porto Alegre. Os formadores vão conhecer o caderno de sugestões que a Agenda 2020 irá apresentar aos candidatos ao Governo do Estado nas eleições deste ano.
  • PREJUÍZO
    Levando-se em conta as dez áreas analisadas pela Agenda 2020 ( educação, saúde, segurança, agronegócio, cidadania e responsabilidade social, gestão pública, infraestrutura, inovação e tecnologia, meio ambiente e desenvolvimento regional),os prejuízos anuais causados pela falta de investimentos ou reformas estruturais chegam a R$ 19,3 bilhões para a sociedade.
  • VESTIBULAR
    As Faculdades Senac de Porto Alegre seguem com inscrições abertas, até 2 de julho, para o Vestibular de Inverno 2010. A prova única de redação ocorre no dia 4 de julho (domingo), das 14h às 17h. Serão 710 vagas para oito opções de cursos superiores.
  • TÁ NA MESA
    O Tá na Mesa desta quarta-feira, 30, terá como palestrantes o diretor de Redação Ricardo Galuppo e o diretor Executivo Comercial Heitor Pontes, ambos do Jornal Brasil Econômico. Tema: A Novidade no Jornalismo Econômico. Na Federasul.

FRASE DO DIA

AS DECLAMAÇÕES PASSAM. AÇÕES PERMANECEM.

N. Bonaparte