Artigos Anteriores

TUDO POR VONTADE PRÓPRIA

ANO XIV - Nº 007/14 -

ESTADO QUEBRADO

Nesta semana, o RS vai poder ouvir a voz rouca da sociedade gaúcha menos omissa, assim como dos políticos que concorrem às próximas eleições. É que nos dias 8 e 9, na FIERGS, deverão ser apresentados e debatidos programas que, dependendo da vontade desta incrível maioria silenciosa, podem mudar o rumo do Estado que está completamente à deriva e sem força Constitucional para se reerguer.

DIAGNÓSTICO ANTIGO

O diagnóstico da situação, que já foi levantado há muitos e muitos anos, identifica que foi o próprio povo riograndense que preferiu trilhar este lamentável caminho da burrice e da insolvência em que está metido. Só um povo desprovido de raciocínio, muito mal educado, e com políticos igualmente despreparados, é que pode levar um Estado a esta posição terrível em que o RS se encontra.

CORRIGIR OU RATIFICAR

Agora, mais uma vez, o povo gaúcho está sendo conclamado a corrigir os erros ou, quem sabe, ratificar o velho desejo que tem apresentado de permanecer na miséria e no subdesenvolvimento. Vamos conferir mais uma vez as propostas, os anseios, as possibilidades e a coragem dos candidatos para mudar o RS. A ordem, porém, para sair da horrível encrenca, é conhecida: ser muito pragmático e pouco político. Quem se dispuser a fazer o que é preciso, provavelmente não será eleito rapidamente. Já se sabe que as decisões não agradarão os beneficiados pelo aumento da crise.

AOS GREVISTAS

A propósito: sugiro que convidem o maior número possível de professores do ensino público para o encontro. Principalmente os grevistas. É uma oportunidade fantástica para que eles aprendam uma velha lição, a qual deveria ser repassada com urgência aos seus alunos: os aposentados do setor público, onde se incluem, precisam ser custeados exclusivamente por suas contribuições individuais, e não pelo caixa do Tesouro. Só as contribuições a algum Instituto de Previdência é que podem e devem bancar aquilo que tem levado todo o dinheiro do contribuinte gaúcho. Assim sobrariam os recursos reclamados que poderiam melhorar os salários.

INVESTMENT GRADE: REGRA UM

O Brasil está, dia após dia, se aproximando da nota que pode conferir o muito cobiçado -

Investment Grade

-. No entanto, a Regra UM para chegar lá ainda não foi tocada por aqui. Está intacta. Não foi atacada. Entendam o raciocínio: admitamos que o país pague toda a sua dívida pública externa (o que deve acontecer rapidamente) . Mesmo assim não obterá a tal graduação que liberaria os fundos de pensão internacionais a investir, sem contestações, no Brasil.

SUPERÁVIT NOMINAL

Enquanto as nossas despesas de governo forem maiores do que as receitas seremos muito vulneráveis. Portanto, só o superávit primário não resolve coisa alguma. É preciso que haja continuado superávit nominal, o que as contas da previdência não admitem em hipótese alguma. Com a palavra e a decisão, nós, os brasileiros.

PROJETO PESCAR

A Dimed Panvel é a primeira empresa do setor farmacêutico brasileiro a aderir ao Projeto Pescar. Consciente da importância de desenvolver trabalhos na área social, a Unidade Pescar Dimed Panvel irá ministrar curso na área de atendimento ao varejo, no bairro Santana, Porto Alegre. A previsão é que as aulas iniciem no primeiro semestre de 2006.

ORKUT

Uma comunidade de pais, no orkut, visa obter um número expressivo de adesões para fazer pressão frente aos órgãos de Governo Estadual, bem como junto ao ministério público, com o desejo de ingressar com uma representação para que eles assumam a representatividade na defesa das crianças do RGS, com o fim de encerrar imediatamente esta greve dos professores. Por tratar-se de greve eleitoreira, estes pais não aceitam que seus filhos sejam prejudicados mais uma vez por esta camarilha de grevistas. A comunidade no orkut é: Não a greve dos professores no RS - link: www.orkut.com/Community.aspx?cmm=9259097

LIVRO

O autor do livro \"A CPI que abalou o Brasil\", o jornalista Leonardo Attuch, virá nesta sexta-feira a Porto Alegre para falar sobre o que viu em Brasília. Ele é editor de economia da revista IstoÉ Dinheiro. Além da palestra, Attuch também autografará seu livro, editado pela Siciliano. Os dois eventos foram marcados para as 18h30m, no Terraço Brasília, 4º andar do Sheraton.

HAPPY HOUR

Devido a excepcional procura por convites, a AGAS ? Associação Gaúcha de Supermercados transferiu o local de seu primeiro Happy Hour de 2006 nesta terça-feira, 07 de março, às 19h, com o vice-presidente de operações da Wal-Mart para as bandeiras BIG, Nacional, Mercadorama e Maxxi, Marcos Baruki Samaha. O Happy Hour AGAS será realizado no Centro de Convenções da FIERGS, Av. Assis Brasil nº 8787 e não mais no Hotel Deville.

BALANÇO

Em 2005 as ações da CaixaRS Fomento Econômico e Social atenderam às necessidades de setores industriais, agrícolas, de grandes e de micro e pequenos empreendimentos. Nessa terça-feira (07/03), às 15h, o presidente da Instituição, Dagoberto Lima Godoy, apresentará o total de financiamentos, as ações e as estratégias que serão desenvolvidas em 2006 no Rio Grande do Sul. Godoy ainda detalhará os programas através dos quais foram distribuídos os recursos da CaixaRS.

VOLUNTÁRIO GERDAU

O Grupo Gerdau está contribuindo para disseminar a cultura do voluntariado no país. E a lição começa dentro de casa. Em comemoração ao primeiro ano de atividade do Instituto Gerdau, a empresa lança na próxima quarta-feira, 8, o Programa Voluntário Gerdau. A iniciativa busca sensibilizar os colaboradores do Grupo no Brasil, reconhecendo o trabalho voluntário em prol do desenvolvimento sustentado das comunidades. A metodologia de capacitação do programa é da ONG Parceiros Voluntários, parceira do projeto.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

FRASE DO DIA

A LÁGRIMA É A IRMÃ TRISTE DO SORRISO.

Alfred De Musset