Artigos Anteriores

OS VENCEDORES E OS DERROTADOS

ANO XIV - Nº 007/14 -

GUERRA DO VIETNÃ

Embora muita gente ainda entenda que os americanos foram derrotados na Guerra do Vietnã, a realidade se mostra bem diferente. O número de baixas americanas foi de aproximadamente 65 mil homens. Os vietnamitas tiveram perdas de mais de 3 milhões de pessoas. Nesta simples comparação já se tem idéia de quem teria ganho a batalha. A segunda questão é saber qual o regime que saiu vencedor. Com a retirada das tropas americanas, os grandes perdedores mesmo foram os vietnamitas do sul, que foram dominados pelo comunismo vietcong. E como o Vietnã passou a ser um só país, e comunista, na realidade perderam todos os vietnamitas. Todos.

VISITA

Agora, muitos anos depois, o primeiro ministro Phan Van Khai, visitou nesta semana os EUA, e foi recebido por George W. Bush, apesar das normais e democráticas manifestações de americanos contrariados. O encontro, promovido pelo US -Asean Business Councill, em Washington, DC, nesta terça-feira, foi mais uma prova do que a guerra foi mesmo vencida pelo capitalismo.

RECUPERANDO O ATRASO

Esta é a pura verdade, pois os atuais dirigentes do Vietnã perceberam o atraso a que submeteram o país e querem ganhar tempo. Tudo poderia ter sido evitado se houvesse alguma inteligência por parte e Pol Poth: as preciosas vidas não teriam sido perdidas e a economia teria avançado. Enfim, como agora é tocar para frente, é isto que Phan Khaii está querendo e fazendo. No seu discurso consciente ele foi aplaudido de pé pelos participantes do encontro.

A LIÇÃO

Nós, ocupantes da América Latina ainda não entendemos esta lição. Ao invés de fazermos imediatamente o que fazem os arrependidos e convertidos, como é o caso do Vietnã, preferimos o contrário. Por isto estamos nos aproximando da Venezuela, de Chávez, e de Cuba, de Fidel Castro. Que tal a nossa escolha?

VISITAS IMPORTANTES

De malas prontas estou finalizando estas observações feitas aqui nos EUA. Com tantas voltas dadas, não posso deixar de me referir quais os lugares mais visitados hoje por turistas de todo o mundo que vem a NY. E até pelos seus próprios moradores. Os musicais da Broadway, o Central Park, o local do destruído World Trade Center, e, naturalmente, a loja da Nike. Existem muitos outros lugares, mas os mais freqüentados atualmente são estes. Espero que a loja Florense também passe a ser muito freqüentada pelos nova-iorquinos, pois nós já fazemos isto aí no Brasil.

NIKE

Como se sabe, a Nike é uma marca. A empresa não produz, só autoriza certos fabricantes a produzirem aquilo que seus designers criam e aprovam. Os tênis, preferidos por dez em cada dez pesquisados, são todos, indistintamente, produzidos no oriente, assim como as camisetas, bolas, relógios, óculos, etc. Esta é uma prova de que a qualidade da mão de obra oriental, aliada à tecnologia aplicada, é extremamente relevante.

MADE IN CHINA

Uma coisa que me chamou a atenção foi o número de brasileiros que circulam e compram na Nike. Até pude notar alguns que se dizem identificados como nacionalistas, mas que nesta hora não deixam de aproveitar os preços melhores oferecidos aqui. Quando o bolso fala mais alto, as concessões são de fato enormes. Até para produtos - made in China -. Fantástico, não?

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • CAMPANHA DO DIA NACIONAL DO AVC
    Amanhã, sexta-feira, 24, o Hospital Mãe de Deus promove atividade de conscientização sobre acidente vascular cerebral (AVC), no 3º piso do Moinhos Shopping. Uma equipe do hospital prestará informações, das 10h às 22h, sobre as causas, os sintomas, a prevenção, os tratamentos e a reabilitação de pacientes de AVC. A ação integra a Campanha do Dia Nacional do AVC, promovida em 11 estados do País pela Academia Brasileira de Neurologia (ABN).
  • SONAE
    A Sonae Distribuição Brasil, entrega hoje, 23, 1 tonelada de alimentos para ajudar os desabrigados atingidos pela enchente em São Borja. O evento acontece na sede da Prefeitura Municipal de São Borja.
  • CAMPANHA DO AGASALHO
    Está a venda, por R$5,50, na rede Zaffari e Bourbon o boneco-chaveiro, H.Zálio, da Campanha do Agasalho 2005. O valor arrecadado será revertido em alimentos para famílias necessitadas.
  • NUTRELLA
    A Nutrella está investindo na diversificação de seu mix de produtos com o lançamento de uma nova linha de pães, direcionados à boa alimentação. A linha Vitta passa a oferecer os pães Ômega ? já existente no mercado ? Equilibrium Light e o 7 Grãos.

FRASE DO DIA

A vida só pode ser entendida olhando-se para trás. Mas só pode ser vivida olhando-se para frente.

S. Kierkegaard