Artigos Anteriores

O RISCO BRASIL DA COPA

ANO XIV - Nº 007/14 -

ALERTAS

Não há nada mais correto e responsável do que, constantemente, emitir alertas para os riscos que representam, por exemplo, o uso de drogas e a prática de esportes mais radicais.

PRUDÊNCIA

Da mesma forma, quando alguém manifesta interesse em viajar para países, cujos índices de violência e insegurança se mostram crescentes e/ou elevados, nada mais justo e prudente do que informar ao turista sobre os riscos que vai enfrentar.

SEGURANÇA PÚBLICA

Ora, o Brasil, sabidamente, de uns anos para cá (mormente depois que o PT chegou ao Poder) os índices de violência ascenderam de forma impressionante. Segundo dados publicados no 7º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o Brasil voltou a superar a marca dos 50 mil homicídios (50.108, contra 46.177 em 2011). Mais: a taxa de mortes violentas subiu de 24 por 100 mil habitantes para 25,8.

RISCOS

Tais informações, como também é sabido, não circulam somente nos meios de comunicação do nosso pobre país. Com isso, devem ser vistos como normais, corretos e responsáveis os alertas que estão sendo emitidos pelas autoridades e/ou a própria imprensa internacional sobre os riscos que correm os turistas que pretendem visitar o Brasil durante a Copa do Mundo.

DER SPIEGEL

Portanto, a reportagem publicada na revista alemã Der Spiegel sobre o Brasil da Copa precisa ser vista como absolutamente responsável. Ou será que, como diz a revista, não há ameaças de greves nem demonstrações e distúrbios no nosso país?

MENTIROSO?

O repórter Jens Güsling deve ser considerado como irresponsável, ou mentiroso, ao dizer que o atual noticiário da imprensa brasileira é dominado pela violência? No Rio, como informa corretamente a Der Spiegel, populares revoltados destruíram 400 ônibus (hoje já são mais de 700). Em São Paulo, os sem-teto bloquearam ruas e avenidas, além de haver demonstrações em Belém, Fortaleza, Florianópolis e Belo Horizonte. Dizer isto é ser contra o Brasil ou ser responsável?

MAIS DESTRUIDORA

Como se isto tudo não bastasse, o ministro Mantega, que só pratica violência contra a economia brasileira, proferiu, ontem, a sua mais recente mentira ao dizer que o governo Dilma não segura preços de energia e combustíveis. Comparando a violência praticada por Mantega na economia do Brasil, com a que vemos nas ruas, a primeira é, indiscutivelmente, mais destruidora.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • PETROBRÁS
    O novelo de safadezas e atos de corrupção que atingem a Petrobrás parece não ter fim. A cada dia aparece mais um roubo e/ou rombo. A última diz respeito à compra da usina de Marialva, situada no PR e RS. Pode?
  • COMÉRCIO EM QUEDA
    Segundo o IBGE, as vendas no comércio varejista brasileiro recuaram 0,5 por cento em março na comparação com o mês anterior, primeira queda no ano, indicando perda na força do consumo no final do primeiro trimestre do ano em meio à inflação elevada.
  • JAPÃO E A COPA NO BRASIL
    Com a aproximação do início da Copa do Mundo, cada vez mais nações emitem avisos com orientações para os turistas que virão ao Brasil. Agora foi a vez do Japão, que tem uma das menores taxas de homicídio do mundo, avisar a seus moradores que o país é conhecido pelo índice de criminalidade \\\\\\\\\\\\\\\"extremamente alto\\\\\\\\\\\\\\\".
  • FLORENSE EM N.YORK
    Neste mês de maio, Nova York respira design. A capital do mundo vive intensamente o NYCxDesign 2014, que celebra o design em toda a cidade, contemplando todos os segmentos: arquitetura, decoração, móveis, paisagismo, moda, tecnologia, urbanismo, gráfico e muito mais. Com um programa completo e variado, que iniciou no dia 9 e se estenderá até o dia 20, mais de 350 eventos serão promovidos, incluindo exposições, instalações, palestras, lançamentos e estúdios abertos.Para qualquer empresa do mundo, simplesmente participar do NYCxDesign já seria o máximo. Mas a Florense foi muito mais longe: desembarcou de forma definitiva no mercado mais importante e concorrido do planeta com uma glamourosa concept store no badalado A&D Building (150 East 58th street). E elegeu o vibrante cenário do NYCxDesign para marcar sua presença entre os cânones mundiais do design em pleno coração da Big Apple − com ótima vizinhança: as melhores grifes internacionais, Empire State, Chrysler Building, 5ª Avenida, Madison, Upper East, Central Park e incontáveis locais interessantíssimos que são a própria cara de Nova York.Desta forma, a Florense torna-se a primeira grife de móveis brasileira a consolidar sua presença entre os ícones universais. E, para apresentar sua concept store no elegante endereço nova-iorquino em grande estilo, no dia 19 de maio − paralelamente ao megaevento do A&D para o ICFF −, promoverá um preview com uma instalação da conceituada marca de luminárias Foscarini. Um programa de luxo para quem tiver o privilégio de estar por lá. E um endereço definitivo para todos os brasileiros que quiserem conferir a força da marca no cenário internacional.

FRASE DO DIA

O problema em acreditar nas pessoas erradas, é que um dia você acaba não acreditando em mais ninguém.