Artigos Anteriores

O POVO APROVA O GOVERNO

ANO XIV - Nº 007/14 -

ESCANCARADO

Dizer que no Brasil os absurdos não têm limite, já é coisa pra lá de sabida. Um desses, por exemplo, sobre o qual mais escrevi ao longo desses 11 anos de existência do Ponto Crítico, está escancarado na excessiva carga tributária, que subtrai uma fatia enorme da renda dos contribuintes, sem que o Estado preste serviços decentes aos cidadãos.

VISTAS GROSSAS

Pois, para desespero daqueles que têm discernimento (a maioria sequer sabe o que é isto), o governo faz vistas grossas e/ou dá as costas para as necessárias reformas que ao menos poderiam melhorar a renda de todos os brasileiros.

OS RESPONSÁVEIS

Considerando o que a presidente Dilma Rousseff disse na abertura da Conferência anual da ONU, aí o espaço para o desânimo fica ainda maior. Sim, porque a presidente, ao invés de fazer a lição de casa resolveu declarar ao planeta todo que os países do primeiro mundo são responsáveis pelos problemas do Brasil e de Cuba. Pode?

FALTA DE EDUCAÇÃO

Por ironia do destino, no mesmo dia em que a garbosa presidente se apresentava na ONU para defender o atraso, aqui saiu o resultado de uma pesquisa informando que o governo Dilma atingiu 62% de aprovação. O índice, obviamente, só comprova a total inexistência de educação no país.

SENADO

Tem mais: também no mesmo dia, os brasileiros foram acordados com a notícia de que o Senado resolveu que o imposto de renda devido e não pago pelos senadores, referente ao período de 2007 até 2011, deve ser pago, imediatamente, pelos contribuintes.

O DELES PRIMEIRO

Ou seja: se a carga tributária já é mais do que insuportável, os senadores, sem dó, sem piedade e muito menos sem escrúpulos, foram além do que podia imaginar: decidiram que o pagamento dessa conta (pessoal) cabe exclusivamente ao povo.A partir de agora, antes mesmo de pagarmos os nossos impostos somos obrigados a pagar o deles. Melhor: se ainda sobrar algum dinheiro, aí pagamos os nossos. Pode?

O MAL É INFINITO

Depois disso creio que todos os leitores ficaram convencidos de que não existe mal impossível no Brasil. Quanto menos educação o povo receber, melhor para os milhares de safados que decidem o nosso futuro.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • IGP-M
    O Índice Geral de Preços ? Mercado variou 0,97%, em setembro, taxa inferior à registrada em agosto, de 1,43%. A variação acumulada em 2012, até setembro, é de 7,09%. Em 12 meses, o IGP-M registra alta de 8,07%.
  • ECONOMIA DO BRASIL -1
    O Banco Central reduziu a previsão para o crescimento da economia brasileira neste ano de 2,5% para 1,6%, ao mesmo tempo em que piorou suas perspectivas para inflação em 2012. Em junho, a projeção para o PIB em 2012 já tinha sido revisada de 3,5% para 2,5%.(uol)
  • ECONOMIA DO BRASIL -2
    Já a agência de classificação de risco Fitch Ratings cortou sua estimativa para o crescimento da economia brasileira neste e no próximo ano. A projeção atual é que o Brasil cresça 1,5% em 2012, menos que a perspectiva anterior de 2,5%. Para o ano que vem, o prognóstico da Fitch é 4,2%, pouco inferior à expectativa anterior de 4,5%. (Valor)
  • EFEITOS INDESEJADOS
    Os remédios contra a crise adotados pelos bancos centrais nos EUA e Europa, seja através da compra de bônus ou reduzindo as taxas de juros a um nível próximo de zero, podem ter -efeitos indesejados- enquanto não for implementada a reforma do sistema financeiro, disse o FMI nesta quarta-feira em um relatório sobre a estabilidade financeira mundial.

FRASE DO DIA

NAS CARRUAGENS DO PASSADO VOCÊ NÃO VAI A PARTE ALGUMA.

M. Gorki