Artigos Anteriores

O IMPORTANTE É CHEGAR LÁ

ANO XIV - Nº 007/14 -

FRASE

Há uma frase de Deng Xiaoping que diz: Não importa se o gato é branco ou preto, o que importa é que cace os ratos. Metaforicamente, na América Latina, significa: Não importa haver uma data para que todos os países do Bloco se tornem neo-comunistas, o que importa é que cheguem lá.

OBJETIVO

Segundo o plano, discutido à exaustão nas diversas reuniões do Foro de São Paulo, cada governante afinado precisa ser cauteloso para não perder a oportunidade que tem em mãos. Para atingir o objetivo, o ideal é adotar métodos que melhor combinem com o ambiente de cada país.

BOTE ESTATIZANTE

Repito o que já escrevi em artigos anteriores: o Foro de São Paulo existe. Não é uma fantasia nem está no meu imaginário ; o MST não é uma organização com foco na produção; e o governo petista não gosta de empresas privadas. Se há alguma tolerância é porque ainda não apareceu a oportunidade para o bote estatizante.

VALE

O presidente Lula, por exemplo, sem dar margens para qualquer interpretação equivocada, está fazendo de tudo para re-estatizar a Vale do Rio Doce. A estratégia que Lula está usando é simples: está minando em doses pequenas, mas de forma constante, a mente do povo dizendo que o presidente da Vale se acovardou com a crise e desempregou trabalhadores.

APLAUSOS

A atitude tomada pelo presidente da Vale, Roger Agneli, que só interessa aos acionistas da empresa, acabou sendo usado como mote da campanha pela re-estatização. E os aplausos que Lula está colhendo já estão sendo ouvidos de forma crescente e perturbadora.

ESTRATÉGICO

É bom lembrar que no caso do pré-sal Lula usou o seguinte argumento: - Naquilo que é estratégico para o país, o governo deve mandar. Perfeito, presidente. Nada a reparar. Só que não existe nada mais estratégico no Brasil do que a educação. E aí? Aí, nada, não é mesmo?

PRÓXIMOS PASSOS

Como o Brasil está surfando numa onda de otimismo, e gozando de boa reputação no mercado financeiro internacional, a nossa sociedade pensante está quieta. Como os integrantes desse grupo estão aproveitando as benesses que o mercado oferece, a ordem é deixar tudo como está. Enquanto isso Lula vai à ONU, mas inclui no retorno um pit-stop na Isla Marguerita. Vai se reunir, pela enésima vez, com seu dileto amigo e consultor Hugo Chávez. Vão acertar os ponteiros para decidir quais os próximos passos.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • QUE TAL?
    O indicado de Lula para o STF, José Antonio Dias Toffoli e seus sócios no escritório de advocacia Firma Toffoli & Telesca Advogados Associados SC foram condenados, na semana passada, pelo juiz da 2ª Vara Cível do Amapá a devolver R$ 420 mil aos cofres públicos do Estado. O escritório de Toffoli é acusado de -conluio- com o então governador do Amapá, João Capiberibe, para firmar o contrato ilegal e receber, mensalmente, R$ 35 mil para representar o Estado nos tribunais superiores em Brasília. De acordo com o juiz da 2ª Vara Cível da Justiça do Estado Mario Cezar Kaskelis, houve afronta à Lei de Licitações e ao princípio da moralidade administrativa. Que tal?
  • SICEPOT
    Acontece amanhã, 22, na Associação Leopoldina Juvenil, às 20h, a posse da nova diretoria do Sindicato da Indústria da Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplenagem em geral do RS - SICEPOT-, gestão 2009/2010. Assume o presidente Eng. Athos Roberto A. Cordeiro.
  • CONGRESSO
    A ADVB-RS convida para o 19º Congresso de Marketing e Vendas que será realizado no dia 22 de setembro, das 14h às 18h30, no Teatro CIEE. Em foco, a inovação nas empresas e os desafios que os gestores encontram em um mercado cada vez mais fragmentado e exigente.
  • CRIAS
    O presidente do Comitê das Rotas de Integração da América do Sul (CRIAS), Joal Teitelbaum, reúne a imprensa para apresentar o VII Congresso Internacional das Rotas de Integração da América do Sul. Amanhã, 22, às 9h, no Hotel Plaza São Rafael. O Congresso será realizado nos dias 21 e 22 de outubro de 2009, na FIERGS, em Porto Alegre.

FRASE DO DIA

QUEM É INFORMADO NÃO FICA TRANQUILO.

N. Stoffel