Artigos Anteriores

FÓRUM DA LIBERDADE

ANO XIV - Nº 007/14 -

ÀS VÉSPERAS

Estamos às vésperas da realização do XX Fórum da Liberdade, que acontece nos dias 16 e 17 de abril. O evento nasceu e permanece em Porto Alegre, embora a cidade nunca tenha mostrado grande interesse pelo notório encontro. Porto Alegre, infelizmente, gosta mesmo é de aglomeração. Por isto, sempre demonstrou mais simpatia pela realização do Fórum Social(ista) Mundial.

OUTRO LUGAR

Gente: Sem qualquer constrangimento, pelos temas escolhidos, e pela qualidade dos palestrantes, melhor seria que o Fórum fosse realizado em São Paulo ou em qualquer outro lugar. A repercussão seria maior e as propostas extraídas do encontro seriam melhor perseguidas. Isto sem levar em consideração que os convidados ilustres ainda sairão da capital gaúcha com a terrível imagem das imundas carroças nas ruas.

TGV

É oportuno comentar que, enquanto a França reuniu, ontem, a imprensa e convidados do mundo todo para conhecer o rápido trem que consegue atingir a velocidade de quase 600 km por hora, a capital gaúcha está apresentando mais de 8 mil carroças nas ruas, cuja velocidade destes veículos rudimentares atinge 7 km/hora.

SERES VIVOS

E a sociedade gaúcha, que adora participar de passeatas e movimentos pedindo menos violência, não dá a mínima importância para a violência covarde praticada contra os animais. Como se cavalos e éguas não fossem seres vivos. Isto só acontece com povo muito atrasado e sem discernimento.

PERSISTÊNCIA

Mas, embora tudo conspire para uma mudança do encontro para um lugar melhor e mais adequado, o fato é que, devido à grande persistência, à coragem e denodo dos jovens guerreiros do IEE- Instituto de Estudos Empresariais, o importante evento mais uma vez está de volta, agora na sua vigésima edição, em Porto Alegre.

TEMA

E desta vez com um tema instigante e muitíssimo oportuno: Propriedade de Desenvolvimento. Observando o nível dos palestrantes convidados já dá para entender o quanto a liberdade e o respeito à propriedade é importante e necessária para contribuir com o nosso clamado desenvolvimento.

JUÍZO

O governo Lula, pelo visto, percebeu a estupidez cometida ao querer passar por cima da disciplina militar, que em hipótese alguma admite baderna e motim. A pressão foi grande e oportuna. Creio que precisamos adotar pressões idênticas para impedir outros tipos de intromissões que os governos adoram cometer.

ARACRUZ

A Aracruz Celulose acaba de lançar o concurso \"A Fantástica Fábrica de Celulose\", destinado a alunos das quintas séries das escolas estaduais e municipais da zona sul de Porto Alegre. As inscrições já estão ocorrendo e podem ser feitas até o dia 5 de abril. O objetivo do concurso é buscar a conscientização das crianças sobre questões ambientais, além de promover maior conhecimento sobre o assunto. Os temas escolhidos para a elaboração dos projetos são a destinação do lixo e a redução do consumo de água na própria escola.

ARACRUZ 2

O concurso é dividido em duas etapas. Na primeira, os estudantes criam cartazes sobre os dois temas, tendo como matéria-prima uma placa de celulose. Ali criam uma peça (desenho, pintura, fotografia, colagem, etc) e escrevem uma redação explicando o trabalho de criação e as melhorias que podem ser implantadas na escola para contribuir com o meio ambiente.

ARACRUZ 3

Na segunda etapa do concurso, os melhores trabalhos de cada escola serão publicados no site da Aracruz para votação aberta. O vencedor ganha um computador e as três escolas finalistas ganham, cada uma, uma biblioteca com 200 títulos da L&PM Editores. O resultado final será divulgado no site da Aracruz (www.aracruz.com.br) no dia 10 de junho.

TOP OF MIND

A revista AMANHÃ e a Segmento Pesquisas promovem café-da-manhã de lançamento da pesquisa Top of Mind 2007. O evento será no dia 12 de abril, a partir das 8h15, no Hotel Plaza São Rafael, em Porto Alegre. Neste ano, o Top of Mind da revista AMANHÃ completa 17 edições ininterruptas.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

FRASE DO DIA

Nunca conseguirás convencer um rato de que um gato traz boa sorte.

Abraham Lincoln