Artigos Anteriores

FALTA DE TRANSPARÊNCIA E LIBERDADE

ANO XIV - Nº 007/14 -

MARCAS REGISTRADAS

A falta de liberdade e de transparência, entre tantas coisas deploráveis, são as marcas registradas dos países comunistas. Daí a razão para que muita gente nunca leve a sério o que dizem as estatísticas e indicadores de governos centralizadores que só informam o que interessa.

MANIPULAÇÃO DE DADOS

Vários países da América Latina, infelizmente, já vivem esta nefasta realidade. Os índices de inflação, por exemplo, são os primeiros a sofrer manipulação, assim como acontece com o preço da moeda. Como é praticamente impossível impedir o funcionamento do câmbio paralelo, esta importante janela, junto com o risco-país, acaba dizendo qual o estado de saúde ou de doença das economias centralizadas.

LIBERDADE E TRANSPARÊNCIA

País sem transparência não atrai investimento. Sem investimento não há emprego, não há imposto e não há bem estar. País sem liberdade, e fortemente controlado através das milícias, impede a sociedade de se manifestar. E um povo silencioso, medroso de dizer o que pensa, faz com que muita gente equivocada pense que ali está um povo feliz e triunfante.

POR ENQUANTO

A bem da verdade é preciso dizer que ainda não chegamos a este estágio aqui no Brasil. Por enquanto. Mas é fato que o governo que aí está, e que está com tudo para seguir em frente, comunga da mesma idéia dos países que não gostam da liberdade.

MAIORES AMIGOS

Afinal, os maiores amigos de Lula são lideres de países comunistas. Começando por vários da América Latina até chegar ao Irã, por exemplo. Isto, como se sabe, é um passo e tanto para que a falta de transparência nas informações controladas pelo governo aconteça por aqui.

EXEMPLO ATUAL

Vejam, por exemplo, a falta de transparência que já está acontecendo com relação ao Programa MINHA CASA, MINHA VIDA, que é fortemente explorado na campanha da candidata Dilma Rousseff:O balanço de junho, segundo informa a Folha de São Paulo, traz dados negativos ao governo que, no entanto, são omitidos pela Caixa Econômica Federal. O documento mostra que, para o grupo de renda de até três salários mínimos, só 565 das 240,5 mil casas foram entregues. Inicialmente, a Caixa afirmou que os dados não existiam. Depois, sustentou que não havia informações consolidadas. Que tal?

CACOETE

Como se vê, o cacoete comunista, a marca registrada, já começa a se fazer presente. Aos poucos, sem que a sociedade perceba com clareza, a liberdade vai sendo suprimida da mesma forma com que as informações vão sendo sonegadas. É uma pena que poucos, pouquíssimos, estão se dando conta do que vem por aí.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • EUROPA
    O PIB da zona do euro e o da União Europeia aumentou 1% entre abril e junho de 2010, com relação ao trimestre anterior, segundo dados divulgados hoje pela Eurostat, que estão acima das previsões mais otimistas.A expansão representa uma aceleração da recuperação econômica em comparação com o trimestre anterior, quando o PIB aumentou 0,2% no trimestre em ambas as zonas; e constitui o quarto trimestre consecutivo no positivo, o que confirma a consolidação do crescimento no Velho Continente.
  • ALEMANHA
    Quem apresentou um bom comportamento foi a economia alemã, que registrou aumento do PIB de 2,2% nesse período, inédito desde a reunificação do país, em 1990.Estes números demonstram que a economia europeia se comportou melhor do que a dos Estados Unidos no segundo trimestre, um período no qual o PIB americano subiu 0,6% com relação ao trimestre anterior e 3,2% em termos anualizados.
  • FRANÇA
    Já a França cresceu 0,6% no segundo trimestre do ano, após o aumento de 0,2% registrado no primeiro trimestre, como anunciou nesta sexta-feira o Instituto Nacional de Estatística.
  • PALESTRA
    A seção gaúcha da Câmara Britânica de Indústria e Comércio no Brasil (Britcham/RS) está com inscrições abertas para a palestra Mercado de Capitais, com o economista Ivan M. Clark, um dos principais executivos da PricewaterhouseCoopers, encarregado do setor de Capital Markets Group no Brasil, América do Sul e Central. O evento acontece na próxima segunda feira, 16, às 9hs, no Auditório do Madison Center, Rua Mostardeiro, 800. Informações pelo telefone (51) 3022-1892.

FRASE DO DIA

Os dias são iguais para um relógio, mas não para um homem.

Marcel Proust