Artigos Anteriores

COMO AUMENTAR A INEFICIÊNCIA

ANO XIV - Nº 007/14 -

INSTITUIÇÃO CARA

Se existe alguma instituição problemática neste país, que contribui vigorosamente para o elevado custo-Brasil, esta instituição se chama Judiciário. Não se trata aqui de uma opinião individual, mas de uma constatação repetida muitas vezes, nacional e internacionalmente. O próprio risco-país leva em conta tudo aquilo que representam os esqueletos existentes, as demoras para que saiam as sentenças, o tamanho do contencioso e o custo que isto tudo representa para a nossa economia. Um verdadeiro inferno.

VISÃO ESTRATÉGICA

Pois bem. Mesmo nos deparando com uma urgente e necessária reforma do Judiciário, a qual vem sendo contestada mais por aqueles que deveriam julgar mais rápido tudo que está diante de seus olhos, o presidente Lula mostra que está com alguma coisa na cabeça. Estaria sofrendo grande defeito de visão ou compreensão, ou está agindo com enorme visão estratégica? Uma das duas. Vejam: depois de tudo que o partido do presidente, e dele mesmo, fez para a existência de um movimento cujo objetivo foi e continua sendo aterrorizar os produtores rurais, quer agora um tribunal agrário. Como?

AMNÉSIA?

Será que Lula, tão logo sentou na cadeira de presidente, passou a apresentar graves problemas de amnésia? Estaria esquecendo com grande rapidez suas próprias obras? Duvido. No meu entender, espertamente, chegou a ponto de dizer agora que está preocupadíssimo com as invasões de terra. Mas, por outro lado quer a ineficiência comprovada: quer um tribunal para aumentar os processos, os custos e aumentar prazos para sentenças. Quer ajudar a quem? Advinha?

INSTITUIÇÕES DISFARÇADAS

Ora, diante disso tudo, quem precisa ficar mais preocupado somos nós. E mais preocupado estou eu com o crescimento fantástico das estúpidas ONGs que só pregam a paz. Estas organizações são braços do governo petista, alguns disfarçados, outros não. Servem para promover e educar o povo a não reagir e acreditar nas instituições. Como elas comprovadamente não agem, e quando agem a justiça já está prejudicada, os bandoleiros se aproveitam e fazem o que bem querem. E quem ousa reagir é taxado por ser a favor da violência, devendo ser banido ou contestado imediatamente. Esta tem sido a nossa vida. O exemplo atual da invasão da Fazenda Coqueiros, no município de Coqueiros do Sul, RS, é incontestável: só neste ano a fazenda já foi invadida três vezes pelo MST. Todos sabem quando acontecerá, inclusive e principalmente a polícia. E nada é feito.

AGÊNCIAS DE RATING

Com toda esta violência, que já está deixando de ser manchetes dos noticiário por representar uma coisa banal e repetitiva, as agências de risco não ficam paradas. Fazem e calculam, à luz dos acontecimentos, a classificação do Brasil. E Lula, ao invés de corrigir os defeitos do país e colocá-lo nos eixos, preferiu disparar um monte de impropérios contra as agências de rating. O hábito de acabar com a conseqüência continua vivo. São as agências as responsáveis pelo tamanho do nosso risco. Pode?

SOCIEDADE CONFUSA

O trauma da violência está tão grande que a população está confusa e sem discernimento. O que é muito grave, pois quando se perde o discernimento a coisa fica preta. Observem só: todos os dias somos massacrados por informações e constatações de que a carga tributária está insuportável. E diariamente a sociedade exige mais segurança que é entendido imediatamente como necessidade de contratação de mais servidores públicos. Com isso a máquina pública aumenta e os custos vão às alturas. Quem paga? Os impostos. Com um quadro assim, há como diminuir a carga?

FORJAS TAURUS

A Forjas Taurus, muito atingida no Brasil pela lei do desarmamento, está procurando novos nichos. Para tanto arrendou, através de uma controlada, o parque industrial da empresa Wotan Máquinas Ltda., localizada no Distrito Industrial do Município de Gravataí,RS. Com esta operação, a Taurus passará a desenvolver, industrializar e comercializar, nos mercados interno e externo, máquinas operatrizes, de grande e médio porte, e seus componentes, bem como prestar serviços técnicos na área de sua atuação industrial e de tratamento térmico de metais. Sucesso.

EXPOINTER

As inúmeras atividades oferecidas pelos mais diversos expositores, no Parque de Exposições de Esteio, tem sido de difícil acompanhamento. Muitas delas acabam acontecendo ao mesmo tempo impossibilitando a participação em todas, o que lamento. Mas naquelas que tenho presenciado só tenho observado contentamento e alegria. A Expointer deste ano não tem qualquer resquício ideológico, o que favorece para um ambiente saudável de negócios e resultados. Nunca se viu algo assim, é o que mais se ouve por lá. Um verdadeiro sucesso. Vendas, financiamentos, aprendizagem, shows e confraternizações não param de acontecer diariamente. E o governador Rigotto, quase que onipresente, tem sido muito festejado em todas as oportunidades. Parabéns.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

FRASE DO DIA

SUA VIDA NÃO É UMA COINCIDÊNCIA, É CONSEQUÊNCIA DE VOCÊ.