Artigos Anteriores

A VOLTA DO TERROR

ANO XIV - Nº 007/14 -

O MAL ESTÁ DE VOLTA

Nós vivemos num país onde as MPs, as falcatruas e a insensatez já fazem parte do nosso cotidiano. Tudo aquilo que consta numa MP, porventura o governo não obtenha aprovação no parlamento, pelo excesso de venenos contidos e coisas ruins para a sociedade, acaba ganhando uma roupa nova. Com isto volta, assim, a ser editada, com todos os malefícios possíveis, numa próxima oportunidade. E para que possa ganhar então a aprovação sem que o conteúdo perverso não seja tão percebido, nada melhor do que usar a tal MP do BEM. Aí tudo fica mais fácil.

O MAL DENTRO DA MP DO BEM!

A falecida MP 232, cujo texto horripilante ninguém esquece pela proposição de um aumento violento e estúpido da tributação das empresas prestadoras de serviço, está agora espertamente sendo reeditada dentro de outra MP, de número 255. Esta, para ficar mais palatável, está sendo apresentada à sociedade como algo muito simpático, denominada até de MP do BEM. Um engodo. Confirmo: ela já é mais ou tanto diabólica e destruidora como a primeira, que acabou recusada pelo Congresso, graças, principalmente, às inúmeras e ferrenhas manifestações do povo. É preciso, pois, ficar muito atento.

UMA LEGÍTIMA MP DO MAL

O problema todo, gente, está no rombo da Previdência Pública. Como não há mais ânimo para reformar para valer, tanto a área trabalhista para diminuir a informalidade, quanto a área previdenciária para equilibrar o sistema, o governo mostra que já desistiu, ou melhor, nunca se interessou. Resultado: resolveu agora editar uma MP com a criação de uma alíquota, em torno de 4%, a ser calculada sobre o faturamento das empresas. Pronto. Os formais, segundo o governo, são quem devem pagar a conta. Esquecem que medidas assim só engrossam a fileira da vasta e comprovada informalidade neste país. Viva a MP do Mal.

A MESMA COISA

O governador Rigotto está apavorado com o problema da aftosa. E com razão. Como o gado do Paraná foi atingido e Santa Catarina se não quer vacinar, decidiu fechar a fronteiras do RS para a entrada de animais e produtos de origem animal, vindos de SC. Foi o suficiente para receber críticas pesadas. Isto ajuda muito para a interpretação que precisa ser dada aos mais diversos países do mundo todo, em relação ao Brasil. Nós também achamos absurdo quando alguém fecha as fronteiras para entrada de nossos produtos. O RS está fazendo o mesmo com os produtos catarinenses.

ASILO

Cerca de metade dos membros do Coro Nacional de Cuba abandonou, domingo último, o hotel em que se encontrava no centro de Toronto, para procurar asilo político no Canadá. Não demora muito e já teremos também alguns venezuelanos e, quem sabe, até brasileiros, fazendo o mesmo quando viajarem para o exterior. A amizade forte, nutrida pelo trio - Fidel Castro, Hugo Chávez e Lula ?, cujos ideais são absolutamente os mesmos, deve promover este tipo de atitude. Na Ilha já é assim. Na Venezuela está quase assim. E no Brasil...

RODA VIVA

Assisti, ontem, o Roda Viva, programa de TV Cultura, onde o entrevistado foi o deputado José Dirceu. Firme, decidido e inteligente, deu mostras, mais uma vez, de ser um homem muito bem preparado. Os jornalistas, por óbvio, contribuíram muito para a performance do entrevistado. Perguntas carimbadas e fáceis de responder foram deixando Dirceu a cada momento mais à vontade. E acabou por dominar os entrevistadores. O deputado deixou bem claro, nas entrelinhas, que a sua cassação só acontecerá por vingança pela sua conhecida arrogância. Jamais por alguma prova de crimes que lhes estão imputando. Concordo.

PANVEL

Hoje, 25, a inauguração da nova loja Panvel do Iguatemi, denominada ? A Panvel do Futuro -. Às 19 hs no piso térreo do Shopping Iguatemi.

ESPAÇO MODA

Milka reinaugura, nesta 4ª feira, 26, o Espaço de Moda e vernissage das Telas 2005. Agora, exclusivamente na rua Giordano Bruno, 259, sede própria com estacionamento, a Maison Milka, com seus 2000 m², vem com tudo: estilo festa com todos acessórios, sapatos e bolsas necessários para complementar a roupa. Às 19 hs, na Giordano Bruno, 259, PA.

SICREDI

O SICREDI comemora os 25 anos da Retomada do Cooperativismo de Crédito no RS, em evento que será realizado dia 26 às 20hs, na Sogipa, PA.

LIVRO

A Reforma Trabalhista no Brasil - Princípios, meios e fins - é o título do livro que será lançado na Feira do Livro, dia 31/10, às 17h30min, no Pavilhão de Autógrafos. O autor, Dagoberto Lima Godoy, reuniu no livro seus estudos e experiências como presidente do Conselho de Relações do Trabalho da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e como membro titular do Conselho de Administração da Organização do Trabalho (OIT). Godoy é advogado, mestre em direito, engenheiro civil, empresário e presidente da CaixaRS.

CONCERTOS COMUNITÁRIOS

No próximo domingo, dia 30, a partir das 16h, a Série Concertos Comunitários Zaffari retorna para sua edição anual em Novo Hamburgo, na Fenac. O evento homenageia os 45 anos do Jornal NH, do Grupo Editorial Sinos, e os 85 anos da Associação Comercial Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha (ACI ? NH/CB/EV). Para a apresentação de clássicos da música popular e erudita nacional e internacional, o espetáculo terá as presenças do tenor uruguaio Ruben Boyadjian e da solista Adriana de Almeida

BANCO SIM

Lançado hoje, o Banco Sim é um produto do Banrisul.O banco Sim irá chegar a setores da sociedade, nos quais nenhumaoutra instituição bancária chega. O banco Sim Banrisul será destinado à população que não possui conta bancária e tem dificuldade de comprovar renda. Para abrir conta corrente ou poupança no banco, o cliente precisa ter renda máxima declarada de R$ 800. De acordo com o presidente do Banrisul, no RS cerca de 3 milhões de pessoas não têm conta bancária. A expectativa do Banrisul é de que, com um ano e meio de funcionamento, o Sim Banrisul tenhacaptado um milhão e meio de clientes. O piloto começa por Pelotas, amanhã.

PROMOÇÃO

A TAP Portugal lançou uma nova promoção para promover a capital do Rio Grande do Norte na Europa. A companhia lançou uma tarifa especial para Natal, a partir de ? 499, ida e volta, nas viagens com partida de Lisboa, Porto ou Faro.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

FRASE DO DIA

UM LIVRO CURIOSO SERIA AQUELE EM QUE NÃO HOUVESSE MENTIRAS.

N.Bonaparte