Artigos Anteriores

A VERSÃO CORRETA

ANO XIV - Nº 007/14 -

ASSUNTO ENCERRADO

Embora continue recebendo inúmeras manifestações dos leitores, a respeito da mini-série que mostra só um lado da vida de JK, estou dando o assunto como encerrado. Percebo, no entanto, a confusão que muitos fazem entre a fantástica vontade que JK tinha em ver o Brasil chegar ao primeiro mundo, e as reais condições econômicas que o país dispunha para rapidamente chegar lá.

INCONFORMADO

O ex-presidente, como qualquer pessoa inconformada com o marasmo do país, resolveu fazer alguma coisa. A irresponsabilidade que tenho me referido é que ele não mediu o prazo nem os riscos, quando usou da sua forte ousadia para tentar industrializar o Brasil. Enquanto conseguiu seduzir investidores a virem para cá, capitaneados, principalmente, pela indústria automobilística, a impressão que tinha é que tudo se resolveria. Mas, a sua pressa impediu que as coisas acontecessem pela abertura.

CATÁSTROFE ANUNCIADA

O problema todo, para que fique bem claro, repito: JK não soube dominar o seu ímpeto de querer demais em pouco tempo (50 anos em 5). E sem dinheiro algum. Foi, portanto, uma catástrofe anunciada, mesmo que, a partir da sua gestão, o país ainda assim tenha deixado de ser essencialmente agrícola. Os seus sonhos, porém, foram altos demais e para tentar realizá-los usou a estratégia de quem vai a um cassino, imaginando que se trata de um lugar onde quem joga sempre ganha.

CASSINO

Coisa de irresponsável, de quem acredita que nestes ambientes os ganhos são indiscutivelmente certos. Comprou, portanto, as fichas, com cheque sem fundo e o país se deu mal. Isto é o que faz um sonhador a se transformar num ser altamente perigoso. Principalmente quando este alguém é o síndico do prédio. Enfim, o condomínio, apesar de ter recebido uma melhora no seu jardim, os condôminos ainda pagam até hoje pela conta deixada pelo enlouquecido sonhador. Fruto do enorme desperdício e excesso de irresponsabilidade.

SALDO DEPRIMENTE

Em linguagem econômica, isto significou um aumento fantástico do déficit público em 1957 e uma explosão da dívida externa em 1958, além de ter promovido a disparada da inflação para 30% no mesmo ano. Este o saldo melancólico deixado pelo governo JK, em que o Plano de Metas o deixava entusiasmado, embora o mais importante, ou seja, o plano de estabilização monetária e a reforma cambial (COM CAMBIO LIVRE) ele sequer quis ouvir falar. Deu no que deu. A partir daí a história é conhecida com folga, passando por Jânio, Jango, os militares e Sarney.

MELHORES LANCES

Isto tudo, infelizmente, a mini-serie que está indo ao ar diariamente não vai contar. Nas cláusulas dos direitos negociados pela família de JK, para que a TV Globo viesse a produzir a novela, só constam os melhores lances. Aqueles que fazem do ex-presidente um herói nacional. A sociedade, como sempre, pouco interessada na historia verdadeira, prefere a ilusão e a mentira. Que cada um seja feliz e entenda como quiser. Eu prefiro a historia verdadeira..

BIODIVERSIDADE

A partir da próxima quinta-feira, 12, líderes comunitários, organizaçõesnão-governamentais (ONGs), prefeituras e representantes das universidades de 5regiões gaúchas irão se reunir com técnicos da Secretaria Estadual daCoordenação e Planejamento (SCP) para conhecer e debater o RS Biodiversidade. Oprojeto já recebeu US$ 350 mil do Global Environmant Facility (GEF) para a fasede preparação técnica e a elaboração de um estudo de prioridades. O GEF é umfundo criado pelos países mais ricos durante a Rio92 para a conservação da faunae da flora de países em desenvolvimento.

DIA DA QUALIDADE

O Escritório de Engenharia Joal Teitelbaum promove no dia 13, às 8h30min, a 5ª edição do Dia da Qualidade, evento anual que reúne todos aqueles que participam do processo construtivo da empresa, para palestras de qualificação e transmissão de conhecimento. O evento ocorre no canteiro de obras Parc de Princes (Rua Mostardeiro, 590), em Porto Alegre.

PROMOÇÃO DE VERÃO

A Claro acaba de lançar a promoção Foto Verão, que permite o envio de MMS (mensagens multimídia) gratuitamente para celulares de clientes Claro e de outras operadoras com as quais a Claro tem acordo, além do envio para e-mails. Normalmente, o envio deste tipo de mensagem sai por R$ 0,60. As fotos poderão ser enviadas até mesmo para clientes da operadora que não têm celulares compatíveis com o serviço MMS. Nesse caso, a pessoa recebe um Torpedo com o aviso de que recebeu um Claro Foto. Nesta mensagem, virá também uma senha para que o usuário acesse a foto no site Claro Idéias (www.claroideias.com.br

LITERATURA

Passo Fundo é a Capital Nacional da Literatura. A Lei nº 11.264, que confere ao município o título foi sancionada pelo presidente da República, nesta segunda-feira, 2 de janeiro de 2006, com aprovação anterior do ministro da Cultura, Gilberto Gil. Para comemorar o título, no dia 18 de abril será realizada uma cerimônia com a presença de escritores que fazem parte da história das Jornadas Literárias.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

FRASE DO DIA

DIAS PRÓSPEROS NÃO VEM POR ACASO; NASCEM DE MUITA FADIGA, RESPONSABILIDADE E PERSISTÊNCIA.

Henry Ford