Artigos Anteriores

A ELBA E O TRIPLEX

ANO XIV - Nº 007/14 -

SEMELHANÇA

Por ironia do destino, o povo brasileiro, que anos atrás viu um presidente ser –atropelado- por uma -ELBA-, já vê, neste momento, a possibilidade de um ex-presidente vir a ser preso dentro de um suspeito -TRIPLEX-. Pode?

A ELBA E A CASA DA DINDA

Recordando: em maio de 1992, a Veja noticiou que um cheque vindo de uma conta fantasma de PC Farias, que além de tesoureiro da campanha de Collor era também o organizador dos esquemas do ex-presidente, foi usado para compra de um Fiat Elba e para reformar a Casa da Dinda, considerada a residência oficial do então presidente. 

EMBLEMA COLLOR

Ainda que outros motivos, bem mais impactantes, se mostraram responsáveis pelo afastamento de Fernando Collor da presidência, o fato é que o episódio -ELBA-, por ter sido bem explorado pela mídia, acabou fazendo da camioneta Fiat o grande emblema do impeachment.  

EMBLEMA LULA

Agora, ainda que sejam muitas as suspeitas (e certezas) quanto ao envolvimento de Lula nos mais diversos casos de CORRUPÇÃO, que levou à destruição da Petrobras (por enquanto), ninguém descarta que o episódio -TRIPLEX do Guarujá- venha a se constituir no emblema que pode levar o ex-presidente ao banco dos réus. 

SEMELHANÇAS

As semelhanças entre os dois casos emblemáticos chamam a atenção:

1- no caso Elba-Collor, foi um cheque fantasma da conta de PC Farias.

2- no caso Triplex-Lula, quem está por trás é a OAS, cujo dono e grande amigo do ex-presidente Lula, Leo Pinheiro, já foi condenado na Lava Jato a 16 anos de prisão. 

RELATO DE SÓCIO DA TALENTO

Aliás, segundo relato que fez Armando Dagre, sócio da Talento Construtora, ao Ministério Público de São Paulo, consta que o mesmo 'tomou um susto' ao ver Marisa Letícia ingressando no apartamento (Triplex) acompanhada do filho Fábio e de Leo Pinheiro, dono da OAS. 

DECLARAÇÃO DO ADVOGADO DE LULA

Vejam agora o que disse o advogado do ex-presidente Lula: o Triplex não é do ex-presidente ou de qualquer pessoa da família dele e disse desconhecer a reforma. Mais: o advogado explicou que Lula comprou cotas de um empreendimento da Bancoop, declarou isso à Receita Federal, mas que, no fim do ano passado, fez a opção por receber de volta o dinheiro das cotas. Que tal? 

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • IGP-M DE JANEIRO

    Divulgado nesta manhã, o IGP-M acelerou de 0,49% em dezembro para 1,14% em janeiro, em resultado dentro do esperado. No acumulado dos últimos 12 meses até janeiro, a taxa chegou a 10,95%.

  • ATA DO COMPOM

    Segundo informa a ATA DO COPOM, divulgada hoje, houve aumento nas incertezas domésticas e externas, especialmente em relação ao desempenho da economia chinesa e à queda nos preços do petróleo, o que levou a maior parte dos membros do Comitê de Política Monetária a optar pela manutenção da taxa dos juros. Agora, o Copom vai monitorar e avaliar os impactos desse cenário sobre a inflação para definir os próximos rumos.

  • FERIADO DE 02 FEVEREIRO EM PORTO ALEGRE

    Conforme os termos firmados na Convenção Coletiva de Trabalho do setor, os lojistas somente poderão abrir suas lojas com empregados no feriado de Nossa Senhora dos Navegantes, em 02 de fevereiro, após a assinatura da declaração de opção pelo trabalho em feriados, e desde que possuam a certidão de regularidade sindical emitida pelo Sindilojas Porto Alegre e Sindec. O formulário está disponível no site www.sindilojaspoa.com.br .

    Lojas que não possuírem a documentação não poderão funcionar com a utilização de empregados. Mais informações no telefone 51 3025-8300.

  • ASSINÔMETRO

    Com o final de semana chegando bom seria se um maior número de voluntários se dedicassem a colher assinaturas que visam o COMBATE A CORRUPÇÃO. Volto a insistir: faltam pouco menos de 230 mil assinaturas, gente, para chegarmos aos necessários 1,5 milhão. Vamos nessa?

FRASE DO DIA

“Quando eu deixar a Presidência vou continuar morando no mesmo apartamento, na mesma distância do sindicato que me projetou na política [chorando] o que vai mais me dar orgulho é que vou poder acordar de manhã e olhar para qualquer trabalhador e dizer para ele 'bom dia, companheiro.”

Luiz Inácio Lula da Silva