Artigos Anteriores

A DIFERENÇA ESTÁ NA CABEÇA

ANO XIV - Nº 007/14 -

POVO INTELIGENTE

Os EUA não chegaram ao patamar de grande potência só porque a sorte lhes sorriu. Isto foi possível graças à decisiva preocupação que os governos sempre tiveram para com a educação de seus cidadãos. E quanto maior a educação, maior o discernimento e a competência, não?

CHICAGO

Vejam, por exemplo, que são muitos os americanos que estão reagindo, negativamente, quanto à possível escolha de Chicago como sede das Olimpíadas de 2016, cuja decisão ocorre nesta sexta-feira, em Copenhague.

RIO

Cientes do enorme custo que representa para o país o abrigo de uma Olimpíada, esses americanos estão propondo que o Rio seja a cidade escolhida para sediar os Jogos de 2016. Principalmente, depois que a crise financeira abateu a economia dos EUA.

POR QUÊ ?

Os brasileiros, demonstrando uma mistura de euforia, péssima educação e falta de discernimento, estão adorando a idéia de ver o Rio como sede das próximas Olimpíadas, em 2016. Por quê, afinal? Ora, porque a Rede Globo e outras emissoras querem, e o governo Lula idem. Povo que não pensa faz coro e aplaude idéias malucas onde os custos não são comentados.

COPA DO MUNDO DE ROUBALHEIRA

Os Jogos Pan-Americanos, realizados no Rio em 2007, já deram uma forte demonstração do quanto custou para o país. Some-se aí o custo das obras e o custo dos fantásticos desvios de dinheiro que foram parar nos bolsos de inúmeros corruptos, que ainda estão sendo levantados. A Copa do Mundo de 2014, pelo que o TCU informou ontem, já dá uma idéia do tamanho das safadezas que estão em curso nas chamadas obras públicas do PAC. Um escândalo e tanto.

ÔNUS E BÔNUS

Ora, vamos deixar bem claro que, descontando os absurdos e a roubalheira, os únicos que têm a ganhar com o evento são aqueles que vivem no Rio. Eles ficarão com o bônus. E o restante dos brasileiros ficará somente com o ônus, pois precisará integralizar o dinheiro para pagar a conta da festa e dos desvios.

A VERDADE

Toda receita que as Olimpíadas podem gerar irão para os cofres do Rio. E todas as despesas, que podem fazer do Rio uma sede à altura do evento, serão pagas por todos os brasileiros. Vejam que no assunto pré-sal, o governado do RJ entende que os royalties são exclusivamente do seu Estado. E nas Olimpíadas, idem. Que tal?Já sei, por antecipação, que serei muito criticado por dizer uma simples verdade. Quem mora no Rio certamente vai detestar o que não pode deixar de admitir. A conferir.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • UPGRADE
    O Brasil precisa manter os gastos do governo sob controle caso queira conquistar outro upgrade da agência Fitch Ratings. É desta forma que Shelly Shetty, diretora sênior de risco soberano da instituição, explicitou a perspectiva para a nota do País. Shelly não descartou a possibilidade de elevação da classificação, porém foi bem clara quanto às suas preocupações em relação ao Brasil: - O governo tem aumentando demais os gastos com salários e muito pouco com investimentos de capital. Alguém discorda?
  • CACB
    O novo presidente da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) é José Paulo Dornelles Cairoli, atual presidente da Federasul. Depois de 20 anos um gaúcho volta a liderar a entidade que representa 2 milhões de empresários em todo o País, pessoas físicas e jurídicas, de todos os setores da economia.
  • RANKING
    A força da Gerdau no RS, e em toda a região, é cada vez mais inabalável. A empresa não só é a primeira colocada do ranking Grandes & Líderes, e também das 500 maiores, como também supera em quase seis vezes a segunda colocada no Estado, a Refap, e representa praticamente o triplo da vice-líder regional, a Vivo. Os dados integram a edição Grandes&Líderes da Revista AMANHÃ.
  • PRÊMIO
    Nesta quinta-feira, 01.10, será a entrega do 12º Prêmio Walter Fredrich, concedido pela Apimec-Sul.Os representantes do Bradesco, da Marcopolo e da Randon estarão à disposição para entrevistas a partir das 11h no Hotel Plaza São Rafael. A solenidade de entrega começa às 12h.

FRASE DO DIA

NÃO PREVER É JÁ LAMENTAR.

L. da Vinci