Artigos Anteriores

RESULTADO NADA SURPREENDENTE

ANO XIV - Nº 007/14 -

NOTA DE ACORDO

As minhas constantes críticas ao governo do RS, as quais aumentaram muito a partir da lamentável decisão do pobre Rigotto em aumentar impostos, acabam por mostrar que não houve exageros nos meus comentários. A nota 5,7 conferida pela sociedade gaúcha, segundo pesquisa do Cepa/Ufrgs, identifica que não há surpresas e que muita gente está muito decepcionada com o Estado.

COMPARAÇÕES

Qual a razão para não sermos um Estado como o Tocantins, o Ceará, a Bahia, ou, quem sabe até São Paulo? A resposta, rápida e certa: os gaúchos detestam reformas para valer e adoram estatais. Acreditam que em algum momento as coisas vão se resolver por obra divina. Falta, como já é notório, aos nossos governantes, uma comprovada capacidade de administração, coisa que só se viu no governo de Antônio Britto. Por ter sido ousado o povo gaúcho acabou com suas pretensões.

SEM REMÉDIOS

O pobre governador Rigotto, segundo suas próprias declarações ao jornal ZH de domingo último, disse que não teve os remédios que outros tiveram, como as privatizações. Bobagem, pois poderia ter continuado o processo que aliviaria bastante a situação do RS. Vejam, por exemplo, o caso da CEEE: é a única empresa de energia elétrica que não cumpre com as metas de levar luz às moradias.

MAIS EXEMPLOS

Outro exemplo? Peguem o caso das concessionárias de rodovias. Além do Estado não ter dinheiro para investir, impõe dificuldades para que as concessionárias de rodovias o façam. Prefere não cumprir os contratos e ainda educa o povo a ficar com ódio das concessionárias. É duro, gente.

DÉFICIT ESTRUTURAL

Reclamando sempre do déficit estrutural do Estado, ainda não se convenceu de que precisamos de reformas capazes de resolver o problema. Ao invés de propor mudanças radicais que coloquem o RS no mesmo nível de outros estados prefere reclamar do déficit, do câmbio, dos juros e da dívida junto a União.

PERGUNTA LAMENTÁVEL

Como se isto não bastasse, o fato de ter perguntado onde foram parar os R$ 5,5 bilhões da venda de ativos (CRT e CEEE) mostra que sabe muito pouco sobre o RS. Uma coisa é certa: se estas vendas não foram suficientes para resolver os graves problemas ao menos não ficaram piores do que estão.

MAIOR GRANELEIRO

Em comemoração aos 75 anos de atividades da Trevisa Investimentos, a Navegação Aliança lançará dia 17 de janeiro,o maior navio a motor de navegação interior do país: é o N/M Germano Becker, o primeiro da Série Fundadores, que homenageará os empreendedores que fundaram a Trevisa há 75 anos. A inauguração do N/M Germano Becker será às 18 horas no Armazém A-1 do Cais do Porto. Em seguida, acontecerá a solenidade de batismo.

MANIFESTAÇÕES

O site da Campanha Fazendo Acontecer 2006 (www.fazendoacontecer2006.com.br) lançado pela agência gaúcha Duplo M, está fazendo o maior sucesso entre os internautas. O espaço já possui milhares de manifestos de pessoas de diversas regiões do Brasil, em forma de textos e vídeos. Também é possível comentar e votar no melhor depoimento publicado.

WI FI ? Wireless Fidelity

Hóspedes do Hotel Continental Porto Alegre já têm à disposição a rede de Internet sem fio WI FI ? Wireless Fidelity nas áreas sociais (Recepção, Lobby Bar e Restaurante). O Sistema permite o acesso à rede mundial de computadores a partir de notebooks e PSAs.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

FRASE DO DIA

VISÃO É A ARTE DE ENXERGAR COISAS INVISÍVEIS.

Desconhecido