Artigos Anteriores

PREDILEÇÃO POR TRAGÉDIAS

ANO XIV - Nº 007/14 -

AFEIÇÃO

Num dos editoriais do Ponto Crítico de janeiro manifestei que o brasileiro, em geral (EM GERAL, gente) adora tragédias e fracassos. E, sem qualquer comparação, o povo gaúcho é aquele que demonstra maior disposição e afeição por fatos e situações lamentáveis e suas cruéis consequências.

AO MESMO TEMPO

Mesmo pra lá de convencido de que não exagerei nem um pouco na minha manifestação, faço aqui uma confissão: jamais imaginei que um povo pudesse, ao mesmo tempo, produzir e conviver com diversos tipos de tragédias e fracassos. Pois, sem qualquer insinuação ou -modo de dizer-, eis o que se passa neste exato momento no nosso pobre país:

TRAGÉDIA POLÍTICA

Começo com a velha e surrada TRAGÉDIA POLÍTICA, que se alimenta, basicamente, da TOLERÂNCIA, FALTA DE DISCERNIMENTO e COVARDIA do povo brasileiro em geral. Como 69% dos senadores (eleitos pelo povo), elegeram o suspeitíssimo Renan Calheiros como seu presidente, quem é capaz de raciocinar não pode nem deve se surpreender. Até porque, diante do grande número de votos a favor de Renan Calheiros (56) é mais do que evidente que não houve qualquer descuido. Esta TRAGÉDIA foi integralmente construída pelo povo brasileiro (eleitores e seus representantes). Para confirmar a TRAGÉDIA POLÍTICA, tudo que aconteceu no Senado vai se repetir no ambiente da Câmara dos Deputados.

TRAGÉDIA ECONÔMICA

O mundo todo concluiu que dos países que compõem o BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) só a China não perdeu o brilho. O Brasil é, infelizmente, aquele que mais desapontou. Principalmente pelo crescimento quase nulo do PIB em 2012. Ou seja, menos da metade do desempenho da África do Sul (2,3%), o segundo pior resultado do grupo.Cabe destacar o péssimo desempenho da produção industrial brasileira, que fechou 2012 com queda de 2,7%. Em 2011, a indústria havia tido um aumento de 0,3% na produção. O resultado do ano passado representa a maior retração desde 2009, quando recuou 7,9%.

TRAGÉDIA FISCAL E TRIBUTÁRIA

Diante do comportamento pacífico demonstrado ao longo desses anos fica claro que os brasileiros ainda não perceberam que são os maiores pagadores de impostos do mundo todo. Assolados por uma legítima TRAGÉDIA FISCAL E TRIBUTÁRIA, a maioria se deixa levar pela idéia, plantada por este governo populista, de que os produtos estrangeiros são nocivos ao desenvolvimento da indústria brasileira que não consegue competir. Para esse elevado contingente, cujos cérebros se encontram destroçados pela ideologia do atraso, a solução dos problemas econômicos está na ESTATIZAÇÃO. Quanto mais empresas públicas melhor para o país. Neste particular, como se sabe, o povo do RS se destaca de todas as formas.

TRAGÉDIA DO ENDIVIDAMENTO

Apesar do desemprego estar na mínima histórica, e a renda familiar crescendo ligeiramente acima da inflação, a INADIMPLÊNCIA continua em patamares elevados. Principalmente nos ramos de veículos e de imóveis. O que mais apavora é que quanto menor a taxa de desemprego, como informam os indicadores do governo, mais a inadimplência está aumentando no país. Dedução lógica: depois de obter emprego, o brasileiro simplesmente deixa de pagar suas contas. Imaginem o que vai acontecer quando a taxa de desemprego aumentar. Coisa que, por sinal, parece iminente,

TRAGÉDIA EDUCACIONAL

Há quem aposte todas as fichas que esta notável afeição por TRAGÉDIAS se deve à enorme falta de educação do povo. Principalmente, depois de revelada a recente pesquisa informando que 80% da nossa população (150 milhões de pessoas), não consegue interpretar qualquer texto lido.Mesmo admitindo que aí reside uma razão indiscutível para tantos absurdos vou mais além: a ÍNDOLE do povo brasileiro (caldo de cultura) colabora brutalmente para esta triste realidade. Entenda-se, também, por ÍNDOLE, o convencimento de que coisas boas e ruins acontecem, exclusivamente, por vontade divina. Aí não tem jeito.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • ELEIÇÕES EM CUBA
    Ontem, 8,5 milhões de cubanos foram às urnas para eleger, por voto direto e secreto, 612 membros do Parlamento (entre eles Fidel e Raúl Castro). Agora, o mais incrível: só haviam 612 candidatos. Pode? Pois, mesmo assim, há quem diga que em Cuba há democracia. Que tal?
  • YOANI SANCHES
    A edição deste ano do Fórum da Liberdade, tradicional evento de debates sobre a sociedade atual, contará com uma atração especial: a cubana Yoani Sánchez, autora do blog Generación Y, confirmou que virá a Porto Alegre para participar do evento. O 26° Fórum da Liberdade ocorre nos dias 8 e 9 de abril, no Centro de Eventos da PUCRS, em Porto Alegre.
  • DESACELERAÇÃO
    -Apesar de ter motivos para comemorar a criação de 1,3 milhão de postos de trabalho em 2012 e a queda da taxa de desemprego para o nível recorde de 4,6% da população economicamente ativa (PEA) em dezembro, o governo precisa moderar o entusiasmo porque o que mais temia pode estar começando a acontecer: a desaceleração da economia já parece afetar o mercado de trabalho.A influência da economia mais fraca ficou evidente no recente Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que apura a movimentação dos trabalhadores com carteira assinada. Dezembro é um mês em que as demissões costumam superar as contratações, em consequência da entressafra agrícola, término do ciclo escolar e dispensa de temporários contratados nos meses anteriores.
  • LIQUIDA PORTO ALEGRE
    A 17ª edição do Liquida Porto Alegre começa hoje, 04 de fevereiro, e promete movimentar mais de R$ 1 bilhão no comércio da Capital, 8% de crescimento em relação a 2012. A promoção, que vai até o dia 24 de fevereiro, contará com descontos e condições de pagamento especiais em mais de nove mil pontos de venda. Além de todas as vantagens que o Liquida Porto Alegre oferece para consumidores e lojistas, neste ano o evento traz um cunho ainda mais social, que visa incentivar a prática de esportes entre crianças e adolescentes. Uma sacola gigante ficará dentro do Mercado Público para receber doações de artigos esportivos, como bolas, tênis, redes, raquetes, fardamentos, entre outros. A ação se estende até o dia 17 do mesmo mês, das 9h às 19h. As primeiras 500 pessoas que participarem da campanha efetuando sua doação, receberão um ingresso para assistir ao espetáculo -Inimigas Íntimas-. A peça está na programação do Porto Verão Alegre.

FRASE DO DIA

A grande questão no que diz respeito ao homem é que quando você aceita algo tão importante quanto a criação do universo com base na fé, você está destruindo a confiança e a validez de sua mente.

Ayn Rand