Artigos Anteriores

BRASIL, MÉXICO, PERU E CHILE

ANO XIV - Nº 007/14 -

ESBANJANDO CRESCIMENTO

Enquanto o PIB brasileiro mostra, semana após semana, um claro sinal de encolhimento quanto às projeções feitas pelo governo no início deste ano, alguns países da América latina, principalmente aqueles que preferem ficar bem distante do fatídico programa proposto pelos integrantes do Foro de São Paulo, esbanjam farto crescimento.

O BRASIL DESANIMA

Hoje, por exemplo, o Boletim Focus, do BC, divulgou a mais nova previsão para o crescimento do PIB brasileiro, para 2012: 1,75% (na semana passada o índice apontava 1,81%). Com um detalhe PREOCUPANTE: enquanto a taxa de crescimento do PIB murcha, semanalmente, a inflação segue no caminho oposto, o que é ainda mais desanimador.

LONGE DOS FATOS

Na segunda prévia de agosto do IGP-M, divulgada hoje pela FGV, a inflação de preços mostra uma alta de 1,38% (ante 1,1% em julho). O governo, que jamais admite a realidade dos números e fatos continua afirmando que a alta dos preços não preocupa. Considera que o fenômeno é pontual e passageiro. Então tá...

CHILE

Pois, enquanto isso, México, Peru e Chile, para ficar só com países latino-americanos, não param de crescer. O Chile acaba de divulgar um crescimento do PIB na ordem de 5,5% no segundo trimestre de 2012. Durante o primeiro semestre do ano, a economia chilena avançou 5,4%, segundo os números oficiais. Que tal?

MÉXICO

O México, na semana passada, divulgou alta de 4,1% do PIB no segundo trimestre, em relação ao mesmo período de 2011. Graças, principalmente, ao crescimento da demanda doméstica que subiu 7,1% no período. Vale observar que no México já são DEZ TRIMESTRES CONSECUTIVOS de crescimento em bases anualizadas, após a recessão de 2009.

PERU

Também na semana passada o Peru divulgou os números referente ao primeiro semestre de 2012: o crescimento do PIB foi de 6,11%. Segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística e Informática (órgão oficial peruano) a economia daquele país cresce sem parar ao longo de 34 meses consecutivos. Só em junho, o setor de construção cresceu 20,56%; a pesca expandiu 17,91%, o setor financeiro 9,1% e o agrícola 8,1. Tá bom assim?

O LADO IDEOLÓGICO EXPLICA

É sempre bom lembrar que a tendência de expansão econômica do México, Chile e Peru acontece na medida em que as maiores economias do mundo e outros países importantes da América Latina, como Brasil e Argentina, demonstram claros sinais de desaceleração. Creio que ninguém precisa perder muito tempo com estudos, para saber os motivos que levam alguns países latinos para o topo e outros para o vale. Basta observar o lado ideológico de cada um. As respostas vem rápido...

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • EXPOAGAS
    Quase 20 mil empresários e profissionais da cadeia do abastecimento já garantiram inscrição para a Expoagas 2012 - 31ª Convenção Gaúcha de Supermercados, que começa amanhã, 21, em Porto Alegre. Em clima de otimismo e expectativa, 340 expositores finalizam a montagem dos estandes nos pavilhões do Centro de Eventos da Fiergs.
  • IPI
    Decreto publicado hoje no Diário Oficial da União zera a incidência do IPI sobre alguns tipos de chapas de madeira, aglomerados de resina e assemelhados. A medida, segundo informa o governo, vale até 30 de setembro.
  • FEIRAS
    Porto Alegre está com a demanda aquecida para a reserva de hospedagem. Depois da Expoagas, que começa amanhã, é a vez da Expointer 2012, uma das maiores feiras da América Latina no setor do agronegócio, que acontece de 25 de agosto a 02 de setembro no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio/RS.
  • TÁ NA MESA
    O Tá na Mesa desta quarta-feira, 22, vai receber o diretor corporativo e de relações com investidores das Empresas Randon, Astor Milton Schmitt. Tema: Desenvolvimento ? desafios e oportunidades. Às 12h, no Palácio do Comércio, no Centro de Porto Alegre.

FRASE DO DIA

NÃO HÁ JUIZ MAIS JUSTO E SEVERO DO QUE O TEMPO.