Artigos Anteriores

AMIGOS DO PEITO

ANO XIV - Nº 007/14 -

SUJEITO TRISTE

O ex-presidente Lula, decididamente, (ou ironicamente) tem tudo para ser um sujeito muito triste e indignado. Até porque não deve estar sendo nada fácil para ele constatar  que muitos daqueles em que confiou, se aproximou e aponta como sendo seus AMIGOS DO PEITO, foram e estão sendo flagrados em inúmeros e comprovados ATOS DE CORRUPÇÃO. 

 

 

DEPRESSIVO

Só o fato de ter sido traído pelos seus mais diletos e confiáveis amigos e colaboradores, todos escolhidos a dedo, que de forma -individual e coletiva- trataram sempre de esconder TODAS AS SAFADEZAS QUE COMETERAM, já é suficiente para levar o ex-presidente a um severo ESTADO DEPRESSIVO.

DILMA TRAÍRA

Vejam que até a presidente Dilma, que Lula admitiu ser um POSTE quando apontou como sua sucessora, resolveu dar uma de -traíra- ao escolher e defender a permanência do ministro Levy na pobre Pasta da Fazenda do país. 

MINISTROS TRAIDORES

Isto sem falar na -traição- que foi manifestada hoje pela maioria dos ministros do STF, que o ex-presidente também escolheu a dedo, ao aprovar a prisão do senador Delcídio Amaral, que nada mais é, ou era, do que o Líder do PT no Senado. 

MUTO AZARADO

Ainda que outras provas de TRAIÇÃO estejam aí prontas para serem exploradas e comprovadas, bastam estas para afirmar que Lula é um sujeito MUITO AZARADO e/ou mal sucedido na escolha de seus amigos e pessoas de confiança. 

SERÁ?

Pois, do jeito que as coisas estão sendo postas e sabidas, tudo leva a crer que Lula vai ficar só e abandonado. Entretanto, como se declara um sujeito extremamente solidário, para não ficar longe de seus amigos, e acabar de vez com a DEPRESSÃO, Lula vai INVENTAR que SABIA DE TUDO. Será? 

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • ASSINO EMBAIXO

    Sobre INTERVENÇÕES GOVERNAMENTAIS, assino embaixo o que diz o pensador (Pensar+) Roberto Rachewski, com absoluta razão, sobre o UBER:

    Os ideólogos intervencionistas sempre recorrem à falácia da imperfeição do mercado para justificar a ação do governo, seja para fornecer serviços que os particulares não estariam interessados em fazê-lo, ou para equiparar o poder entre quem compra e quem vende. O caso do Uber é icônico porque expõe duas falácias de uma só vez: a primeira é a que diz que o mercado é imperfeito. A segunda é a que diz que os governantes querem ajudar o mercado a funcionar melhor. O Uber tem sido tão combatido pelos políticos e corporativistas porque ele destrói a mais batida e falaciosa de suas argumentações para usar a coerção contra a livre iniciativa.

  • PREÇOS DA INDÚSTRIA

    Em outubro de 2015, os preços da indústria variaram 1,77% em relação ao mês anterior, resultado inferior ao de setembro (2,99%). O acumulado no ano foi de 9,67%, contra 7,75% em setembro. O acumulado em 12 meses foi de 10,90%, contra 9,40% em setembro. Entre as 24 atividades das indústrias extrativas e de transformação, 17 tiveram variações positivas de preços, contra 22 no mês anterior. O Índice de Preços ao Produtor (IPP) mede a evolução dos preços de produtos 'na porta de fábrica', sem impostos e fretes.
     

  • LULA, O REPUBLICANO

    No 30º Congresso Nacional da Juventude do PT, o ex-presidente Lula revelou qual é seu sonho: “O ideal de um partido é que ele pudesse ganhar a Presidência da República, 27 governadores, 81 senadores e 513 deputados sem se aliar a ninguém”.

    Eis aí, sem meias-palavras, aquele que diz ter sido o “mais republicano” de todos os presidentes e que reiteradas vezes declara que “ninguém fez mais pela democracia do que nós (os petistas) na história deste país”. Não se tratou de um ato falho. A esta altura, já está claro para todos, a começar pelos próprios aliados do PT no governo, que o desejo de Lula foi, é e sempre será governar sozinho, sem ter de dar satisfação a quem quer que seja, numa negação do próprio espírito da democracia. (Estadão)

FRASE DO DIA

Sem a consciência limpa, a liberdade é uma utopia.

Jufras Menhal