Artigos Anteriores

50 ANOS DO CONTRA-GOLPE

ANO XIV - Nº 007/14 -

CONTRA-GOLPE

Ontem, 31 de março, mais da metade dos noticiários que praticamente todos os meios de comunicação do país colocaram no ar foi reservado para destacar a passagem dos 50 anos da Revolução de 1964. Que, gostem ou não, nada mais foi do que um legítimo CONTRA-GOLPE decidido nas ruas pelo povo brasileiro.

50 ANOS

Como se viu, a data de ontem serviu, basicamente, para lembrar os sempre lamentáveis atos de tortura que foram praticados ao longo do período de intervenção militar. Atos esses, diga-se de passagem, que colaboraram decisivamente para fazer com que o povo passasse a acreditar, equivocadamente, que, no Brasil, a DIREITA é sinônimo de Forças Armadas.

SEM TIRAR NEM POR

Pois, sem tirar nem por o sagrado direito que as vítimas das torturas e seus familiares têm, de lembrar e lamentar aquilo que passaram, também preciso lembrar que se não fosse o Contra-Golpe o país estaria, indiscutivelmente, vivendo uma DITADURA DE ESQUERDA, a exemplo do que se passa em Cuba e Coreia do Norte, por exemplo.

OPINIÃO PÚBLICA

Sei, perfeitamente, que este editorial não ganhará muitos adeptos e muito menos grande alcance. Principalmente, porque a opinião pública já foi total e absolutamente convencida de que, em 1964, o que aconteceu no país foi um Golpe. Infelizmente, muitos poucos sabem que, na realidade, a única coisa que aconteceu mesmo foi um Contra-Golpe.

VITAMINADOS

Pois, passados esses 50 anos, chego à uma clara conclusão: a Revolução de 1964 foi um verdadeiro fiasco. Do jeito que foi feita serviu, lamentavelmente, para proporcionar a volta dos GOLPISTAS com muito mais força e organização. Além de vitaminados pelo sentimento de vingança trataram de se fortalecer através da formação de um poderoso clube denominado -Foro de São Paulo-, cujo papel tem sido o de promover, com grande êxito, o desenvolvimento do comunismo na América Latina.

NEUTRALIZADOS

Sei, também, o quanto é inútil ficar explicando para os mais jovens o que levou as Forças Armadas, em 1964, a atender a vontade da maioria do povo brasileiro, que NÃO QUERIA O COMUNISMO NO BRASIL, como defendia, com unhas e dentes, o então presidente João Goulart. Tais anseios, que se repetem hoje mais ainda do que nunca, são constantemente neutralizados, de forma extremamente estratégica, pelos lamentáveis atos de tortura que jamais deixarão de ser lembrados.

TIRO NO PÉ

Diante da clara associação que os militares têm para com a ditadura e torturas praticadas, não vejo como prudente pedir a volta das Forças Armadas para conter o vigoroso movimento NEO-COMUNISTA que aí está, batendo às portas do nosso pobre país. Vejo tais manifestações como um verdadeiro tiro no pé, uma vez que chamar quem mostrou pouca competência é atitude de incompetência ainda maior.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • INFLAÇÃO
    A inflação medida pelo IPC-S subiu para 0,85% em março, ante 0,66% em fevereiro, de acordo com dados da FGV. O IPP, índice de preços ao produtor, medido pelo IBGE, registrou alta de 0,51% em fevereiro, ante elevação de 1,43% em janeiro.
  • BAIXA PERFORMANCE
    Os estudantes brasileiros ficaram em 38° lugar entre jovens de 44 países em um teste de solução de problemas matemáticos feito pela OCDE (Organização para a Cooperação de Desenvolvimento Econômico) e divulgado hoje.Enquanto os alunos de países da OCDE tiveram média de 500 pontos na avaliação, os jovens brasileiros atingiram em média apenas 428 pontos. O relatório mostra ainda que 47,3% dos brasileiros tiveram baixa performance e só 1,8% conseguiu solucionar problemas de matemática complexos.
  • FÓRUM DA LIBERDADE
    Na próxima segunda-feira, dia 7 de abril, inicia o 27º Fórum da Liberdade. O Fórum de 2014 tem como tema -Construindo Soluções-. Competitividade, Educação, Saúde, Democracia e Direito de Estado, Finanças Públicas e Livre Mercado serão algumas das abordagens das apresentações.Os painéis serão transmitidos ao vivo no site do evento ( www.forumdaliberdade.com.br), permitindo que pessoas do mundo inteiro participem do Fórum.
  • SINDILOJAS
    O Sindilojas Porto Alegre empossou, ontem, a nova diretoria. Paulo Kruse, empresário do segmento de vestuário e proprietário da loja Patchwork, assumiu a presidência. Já na vice-presidência assumiu Arcione Piva, sócio-diretor do grupo Elevato.

FRASE DO DIA

A cada passagem do 31 de março celebrarei aqueles que se levantaram contra o mal iminente. Celebrarei os que serviram à Pátria com honra e abnegação.. Celebrarei os que honraram suas estrelas e divisas e não deixaram nosso país cair nas mãos da escória moral que, anos depois, o povo brasileiro resolveu por bem colocar no Poder.

Alexandre Garcia