Artigos Anteriores

VAMOS FAXINAR O CONGRESSO ?

ANO XIV - Nº 007/14 -

CLÍMAX

É visível o péssimo estado emocional vivido pelos brasileiros, com as atitudes safadas e inescrupulosas dos nossos deputados federais. Ao longo do ano passado ficamos reclamando a ausência deles em Brasília e, ao final do período, imaginávamos ter chegado ao clímax da insatisfação quando os espertos se decidiram por uma convocação extraordinária remunerada de forma inconcebível.

LOCUPLETAÇÃO

O ano de 2006, porém, está conseguindo ser o pior de todos. Nestes 100 dias, a locupletação dos safados já atingiu níveis jamais imaginados. Com toda a certeza, contrariando o que exigíamos em 2005, o que mais queremos agora é que os nossos parlamentares nunca mais ponham os pés em Brasília.

MAIS BARATO

Agindo desta maneira deixamos de correr o risco (ou a certeza) de existirem votações em plenário que só nos desagradam. Apesar de ser tudo é preferível que eles recebam os salários sem exercer a função. Pelo que têm feito, além de mais barato é menos ofensivo às nossas expectativas.

RECOMPOR O EMOCIONAL

Sem perder o permanente estado de indignação, coisa que precisa ser preservada, precisamos, entretanto, recompor o emocional para errarmos menos na próxima eleição. Atenção: a minha sugestão é a de não votar, em hipótese alguma, nos atuais deputados e senadores que por ventura ainda tentarem a reeleição.

SUSPEITOS

Deputado ou senador que admite votação secreta, e a exerce, principalmente nas questões que envolvem cassações de mandatos é muito suspeito. Evidencia sua preferência pela preservação do corporativismo safado em detrimento dos interesses da sociedade. Para mim, suspeito é conivente.

TUDO NO SEU LUGAR

Também não tem essa de dizer depois que votou pela cassação se não pode provar. Gente assim não merece respeito e confiança. É certo que faremos até algumas injustiças. Mas, não podemos abrir precedentes para confiar em quem diz sem prova do que faz. Nós somos os mandantes. Eles são os mandatários. Precisam fazer o que queremos e não se locupletar do cargo para se beneficiarem sempre. Fora todos.

AGERGS

O governador Rigotto, encaminhou à Assembléia Legislativa a indicação do nome de Pedro Bisch Neto para ocupar cargo de Conselheiro da Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (Agergs). O procedimento visa o preenchimento de vaga naquele órgão regulador. Pergunto: é para respeitar as decisões da Agência?

PGQP

Nessa segunda-feira, 10, as lideranças do Conselho Diretor do Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP) realizam o lançamento da 11ª edição do Prêmio Qualidade RS e do 7º Congresso Internacional da Qualidade para Competitividade que, este ano, serão realizados nos dias 2, 3, 4 e 5 de julho. O lançamento para a imprensa acontece às 10h, na sala Compete do Centro de Eventos da Fiergs, em Porto Alegre/RS.

CÂNCER INFANTIL

Neste sábado, 08, o Instituto do Câncer Infantil do Rio Grande do Sul - ICI/RS estará lembrando a população gaúcha sobre a importância do Dia Mundial de Combate ao Câncer com toda a força de seu voluntariado presente ao Parque da Redenção, em Porto Alegre, junto ao Monumento do Expedicionário.As atividades iniciam às 9h com um brechó especial com as melhores mercadorias e produtos doadas à instituição este ano.

E AS PRIVATIZAÇÕES?

A Previdência possui, só em Porto Alegre, 56 imóveis sem função, muitos dos quais em situação de abandono. Quando eu insisto nas privatizações sou sempre apedrejado. Então tá.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

FRASE DO DIA

NADA MAIS DIFÍCIL DO QUE DECIDIR-SE.

N. Bonaparte