Artigos Anteriores

UMA SEMANA E TANTO

ANO XIV - Nº 007/14 -

PRIMEIRO PREJUÍZO

No início da semana passada, como é mais do que sabido, os brasileiros se depararam com um grande e primeiro prejuízo de uma série, que poderá ser longa ou interminável: o presidente da Bolívia, Evo Morales acabara de decretar, alto e bom som, a nacionalização dos hidrocarbonetos e a expropriação dos bens e investimentos da Petrobrás em seu território.

SEGUNDO PREJUÍZO

No dia seguinte, tal qual uma nova onda, o segundo prejuízo. Para desespero dos usuários do gás boliviano, fomos informados de que, além da perda dos investimentos feitos pela Petrobrás, o derivado do petróleo que importamos da Bolívia deverá sofrer aumento significativo. Era a segunda péssima notícia.

TERCEIRO PREJUÍZO

Quando já se imaginava não poder haver tantas más noticias ao mesmo tempo, sobre o mesmo assunto, veio o terceiro e mais aterrador dos prejuízos: o presidente Lula, para fechar a semana querendo aparecer através de enorme capacidade intervencionista, e com intenção de ser o Chávez brasileiro, resolveu imitar o pior de Morales, ou seja, expropriar a Petrobrás de seus acionistas.

SURTO DE RACIOCÍNIO

A noticia caiu como uma bomba. Até a Rede Globo, sempre muito afável, complacente e endossadora para com as decisões tomadas pelo PT e por Lula, perdeu a paciência. Parece incrível, mas quase todos os apresentadores dos jornais da Globo foram tomados por um raro surto de raciocínio lógico e passaram a condenar a estúpida e perigosa atitude presidencial.

O EXPROPRIADOR NACIONAL

Gente, por favor me entendam: a Petrobrás não é de Lula. A empresa não pode e não deve arcar com o aumento do gás que a Bolívia irá impor. Além de afetar fortemente os investimentos e o lucro da empresa, vai penalizar os acionistas de forma irresponsável. Mesmo que fosse deixado de lado tudo o que Lula fez ou deixou de fazer com relação aos corruptos do PT, só esta última, lamentável e terrível atitude, seria mais do que suficiente para o seu impeachment. Já.

ENTRADA TRIUNFAL

Muitos brasileiros, inclusive os mais adeptos do novo regime jamais imaginaram, mesmo antes das eleições dos presidentes comunistas-populistas, que esta triste realidade acontecesse em boa parte da América Latina. Pois agora já sabem e com sobra. As atitudes tomadas pelos vitoriosos nas urnas estão correspondendo - ipsis literis - às promessas que fizeram durante suas campanhas eleitorais. Gente, o que estamos assistindo não é mais uma possibilidade. É a efetiva entrada triunfal do comunismo na América Latina. Com todas as pompas. Viva.

FALANDO SOZINHO

Este colunista, desde sempre, e os analistas de investimentos, como afirmaram mais recentemente, em São Paulo, por ocasião da realização do Fórum Econômico Mundial, já temiam uma expansão do modelo venezuelano na América Latina. Agora, pelo visto, são muitos que lidam com esta certeza. O curioso é que neste tempo todo fiquei falando e escrevendo praticamente sozinho. Ao menos já está esclarecido que o Brasil está se incluindo no mau modelo por pura opção. Portanto, não cabe mais a indagação do porquê deste nosso atraso e desta falta de desenvolvimento. Tudo está bem explicado na vocação e na vontade expressa de continuarmos no caminho do subdesenvolvimento.

PROJETO

Os parceiros do Projeto Cooperativa MPS.BR no RS, SOFTSUL, PUCRS e Software Process estão buscando empresas para formar um novo grupo no segundo semestre deste ano. A iniciativa acontece devido aos excelentes resultados alcançados com o grupo atual, formado pelas empresas Advanced IT, e-Factory Integradora de Software (Grupo Meta), Kenta Informática, Qualitá Informática e Connectivity Integração (Grupo Processor), que terminam o projeto no final deste ano. O objetivo do projeto Cooperativa MPS.BR ? SOFTSUL é de organizar um novo grupo de até 8 empresas para implantar práticas aderentes aos níveis G e F do modelo MPS.BR no prazo máximo de 15 meses. Considerando os resultados obtidos no projeto em andamento, os parceiros estão confiantes na meta estabelecida. Informações pelo Fone/Fax: (51) 3346-4422 ? site: www.softsul.org.br e e-mail: comunicacao@softsul.org.br

PALESTRA

Dia 22 de maio, às 19h, na sede da ABC - Assoc. dos Profissionais da Contabilidade de Santa Maria/RS, acontecerá a Palestra sobre Recuperação de Empresas, tendo como palestrante o Dr. Marcelo Zampieri, Mestre em Direito Público, professor de Direito Empresarial e Tributário na UFSM-Univ.Federal de Santa Maria. Inscrições: R$ 5,00 e 1 kg de alimento não perecível.

BANRISUL

Os funcionários públicos, clientes do Banrisul, passam a ter taxas de juros reduzidas no Crédito Direto ao Consumidor para a compra de veículos. O CDC Veículos, consignado em folha de pagamento, passa a operar taxas que vão de 1,65% a 1,85% ao mês, com prazos de até 48 meses, com redução que chega a até 9,38% ao ano. Os interessados só precisam procurar a agência em que têm conta e solicitar o crédito.

FISO/2006

O FISO/2006 - FÓRUM INTERNACIONAL DE SAÚDE OCULAR será realizado de 12 a 14 de maio de 2006, no Sheraton Hotel Porto Alegre/RS promovido pelo ISO/RS INSTITUTO DE SAÚDE OCULAR DO RS.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

FRASE DO DIA

NÃO HÁ NADA MAIS BARATO DO QUE CONFIAR NAS PESSOAS.

Hélio Beltrão