Artigos Anteriores

UMA REFORMA BEM FEITA

ANO XIV - Nº 007/14 -

EFEITO DA CRISE

A atual crise mundial, que atacou o mundo todo, está mostrando um efeito menor no Brasil, principalmente porque o nosso setor financeiro está sólido e pouco comprometido com créditos de difícil recuperação.

EFEITO DA REFORMA

É sabido que foi o setor financeiro mundial falho que levou o mundo todo a esse desespero econômico. E é sabido também que este não é o nosso caso, felizmente. Essa lição de casa nós já fizemos. E as regras impostas na ocasião estão mostrando agora, mais do que nunca, os seus importantes efeitos.

REPUTAÇÃO

Se o fato não nos faz ficar fora da crise, ao menos é graças a ele, ao nosso sistema financeiro, que estamos gozando de boa reputação no mundo todo. Aqui em Hannover, por exemplo, em todas as oportunidades em que o Brasil aparece ou é citado não há quem não faça esta observação.

FALANDO DO DESCONHECIDO

Aí no Brasil não foram poucas vezes em que ouvi e li o pessoal da mídia dizer e repetir, sem conhecer minimamente o assunto, quase que diariamente, que o melhor negócio do mundo é ter um banco comercial. Ser banqueiro.

ARRISCADO

Banco, como qualquer outra atividade, antes de tudo precisa ser bem administrado e dentro de regras rígidas. Caso contrário pode quebrar. E o que não falta neste momento é banco quebrado nos EUA e em muitos outros países.

MERCADO INTERNACIONAL

Se a crise está muito longe do fim, como afirma o FMI, e o Brasil pode ter crescimento negativo neste ano, como prognosticou ontem o seu presidente, uma das razões é que o mercado internacional está mais fechado e reduzido. E, por conseqüência, os preços das commodities internacionais caíram muito.

DEDUÇÃO LÓGICA

Ora, se a correta reforma no sistema financeiro mostra o quanto estamos melhores, imaginem o quanto de melhor estaria o país caso fizesse as reformas da Previdência, Trabalhista, Tributária e Fiscal. Aí, o provável é que a crise não chegaria aqui nem pelos jornais. Nem em forma de notícias.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • FGV
    Ontem, uma das atrações da feira na Hannover foi a palestra proferida no Fórum Clean Moves, por Cleber Lima Guarany, coordenador de projetos em biocombustíveis da Fundação Getúlio Vargas. No fórum, dedicado à discussão de energias alternativas para transporte, a FGV apresentou, a cerca de 30 representantes do empresariado internacional, a preocupação ambiental e social na produção brasileira de biocombustível. ?Viemos mostrar ao empresário europeu que a tecnologia que desenvolvemos é comprometida com o meio ambiente, com a produção de alimentos e de energia limpa?, observou Guarany.
  • CANA DE AÇÚCAR
    Ele falou também sobre a viabilidade do uso da cana de açúcar na produção de energia limpa não só no Brasil, como em outros países emergentes. Apresentou um estudo de viabilidade para a produção de biocombustíveis em países da América Latina. No Haiti, por exemplo, a construção de usinas de etanol e biodiesel pode melhorar a qualidade de vida da população em regiões onde só há luz elétrica durante quatro horas no dia. ?Esperamos também conseguir parcerias com empresas europeias para projetos futuros?, acrescentou Guarany.
  • QUALIFICADOS
    Várias empresas brasileiras já fizeram negócios e contatos promissores durante o evento que termina hoje, 24. A Frenzel, por exemplo, especializada em peças de borracha automotivas e para o setor de energia, informa que os compradores estão buscando alternativas para redução de custos e querem fornecedores qualificados, que tenham certificação internacional. Por isso está recebendo 30% a mais de visitantes que no ano passado.
  • ALMOÇO DO VAREJO
    A CDL Porto Alegre realiza na próxima terça-feira, dia 28 de abril, mais uma edição do Almoço do Varejo. Neste mês, o tema será ?Inovação é dinheiro novo: como inovar em tempos de crise??, com Clemente Nóbrega, especialista em estratégia empresarial e colunista de inovação da Revista Época Negócios. O evento ocorre no Salão de Eventos do Hotel Plaza São Rafael, na Capital, a partir das 12h. Mais informações pelo telefone (51) 3017 8089.
  • THE BEST JUMP
    A 41° edição do The Best Jump, acontece entre os dias 29 de abril e 3 de maio na Sociedade Hípica Porto-Alegrense (SHPA) e contará com a presença de cavaleiros e amazonas do Brasil, do Uruguai, da Argentina e outros países da América Latina. Entre os destaques do evento, está o Grande Prêmio Cidade de Porto Alegre, tradicional competição que encerra o The Best Jump.
  • VACINAÇÃO
    Começa neste sábado, 25, a 11ª Campanha Nacional de Vacinação do Idoso. A meta do Ministério da Saúde é imunizar 80% da população com mais de 60 anos de idade, cerca de 15,5 milhões de pessoas, contra o vírus ?influenza? da gripe. Só no RS, a meta é vacinar 1,133 milhão de pessoas.

FRASE DO DIA

PODEMOS ESCOLHER O QUE SEMEAR, MAS SOMOS OBRIGADOS A COLHER AQUILO QUE PLANTAMOS.

Provérbio Chinês