Artigos Anteriores

SUJARAM A LEI

ANO XIV - Nº 007/14 -

NEW YORK

Como fico esta semana em Nova Iorque, amanhã escrevo alguma coisa sobre o que vejo e recomendo nesta magnífica, porém gélida cidade.

FICHA ENLAMBUZADA

Hoje, diante da enorme repercussão que a lei da Ficha Limpa está provocando, principalmente depois que o STF enlambuzou, tanto a vontade expressa do povo quanto a aprovação da lei no Legislativo, não posso deixar de fazer alguns comentários. Afinal, aquilo que um dia já foi um projeto que milhões de brasileiros apoiaram, e acabou em lei depois de aprovado no Legislativo, simplesmente foi para o espaço.

PARA O ESPAÇO

Tudo porque, tão logo o sinistro ministro Luiz Fux assumiu, o STF, por maioria de votos, deixou a lei da Ficha Limpa sem condições de ser cumprida e sem data para entrar em vigor (?) A confusão criada pelo ministro, recentemente empossado, o qual desempatou em favor dos facínoras, é tamanha que ninguém sabe qual será o próximo capítulo do monstrengo.

LEI DO FUTURO

O sinistro Fux, para tentar esconder a sua preferência por corruptos na política, chegou a dizer que a lei da Ficha Limpa é a Lei do Futuro. Com detalhe: não fixou a tal data futura, que pelo andamento dos acontecimentos e dos comentários pode ser em 2012, 3012 ou 10012. Que tal?

NUNCA ANTES....

O que mais dói nesta questão é que, NUNCA ANTES NA HISTÓRIA DESTE PAÍS, o povo brasileiro havia ido tão longe para exigir de seus representantes a aprovação de uma lei que, de uma vez por todas, impedisse candidaturas de políticos desonestos. Observem que o desespero da sociedade chegou a tal ponto que até uma lei foi exigida para tanto. Pode? NÃO! - Pois, por incrível que possa parecer, bastou o povo querer, pressionar e exigir que ao menos desta vez fosse feita a sua vontade para que metade mais um dos ministros do STF dissesse um sonoro NÃO! ao povo. Incrível, não? Como a maioria (seis) resolveu ficar ao lado da safadeza (esta é a única justificativa encontrada pela sociedade boquiaberta) a impressão que esta turma deixou é de que não querem que a lei entre em vigor. Dá para acreditar?

DEFENSORES DA SAFADEZA

Se o Legislativo já é uma instituição pra lá de desacreditada, a considerar o comportamento de grande parte dos deputados e senadores, pelo menos na Justiça todos os brasileiros ainda estavam dispostos a acreditar. Depois dessa só acreditam que a maioria dos seus membros defende a safadeza, certamente.Como os ministros do STF, os do contra, precisavam encontrar pêlo em ovo, parece que encontraram no texto da lei. Como a decisão da Justiça é para ser cumprida, o povo quer saber o que deve ser cumprido. A única coisa que sabe é que a sua vontade foi negada. De fato, ninguém sabe se a lei existe. E, se existe, ninguém sabe quando entrará em vigor e quem se enquadra nela.

PIOR DO QUE ESTAVA

Resumo: tudo ficou bem pior do que estava antes da lei existir. Há, inclusive, quem esteja imaginando que só pode ser político quem tem a ficha suja. E, aquele que tinha ficha limpa está num dilema danado: ou cai fora, por falta da necessária mancha no currículo; ou suja de vez praticando, urgentemente, uma falcatrua.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • SENAC
    Amanhã, 29, às 9h, acontece a coletiva de imprensa do Projeto Senac na Copa, um programa que vai capacitar mais um milhão de brasileiros até 2014 para trabalharem no grande evento. O projeto nacional \"Copa 2014: oportunidades e desafios\", será apresentado na ocasião.
  • COLETIVA
    O Diretor Executivo do Grupo Simpala, Flávio Augusto Vianna, convida a imprensa para brunch no dia 29.03, às 10h30min, na nova unidade da concessionária, localizada na zona sul de Porto Alegre - Avenida Padre Cacique, 782. Pauta:Nova gestão do Grupo para os próximos anos; Novos negócios para o ano de 2011; Volume de vendas das lojas, crescimento do Grupo e expectativas para o ano; Novidades e expectativas com a nova unidade da zona sul; Novidades da GM para 2011 e 2012.
  • PEIF-RS
    A Fecomércio-RS divulga nesta terça-feira (29/03) os resultados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência das Famílias gaúchas (PEIF_RS) do mês de março/11. As informações poderão orientar os empresários do comércio de bens, serviços e turismo que utilizam o crédito como ferramenta estratégica, pois auxiliam no acompanhamento do perfil de endividamento do consumidor.
  • SIMPLES
    Micro e pequenas empresas ganharam mais alguns dias para entregar a declaração anual do Simples Nacional. A Receita Federal decidiu prorrogar o prazo de entrega do documento, que passa a ser dia 15 de abril. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (28), depois de detectados problemas no sistema de envio das declarações. O envio pode ser feito pelo endereço eletrônico www.receita.fazenda.org.br/SimplesNacional.

FRASE DO DIA

Até que o sol não brilhe, acendamos uma vela na escuridão.

Confúcio