Artigos Anteriores

SÓ MAIS TRÊS DIAS...

ANO XIV - Nº 007/14 -

PONTO DE BALA

Gente, agora apenas três dias nos separam do surgimento de um NOVO BRASIL. Considerando que temos pela frente um final de semana e, na segunda-feira próxima, último dia de 2018, as atenções estarão totalmente voltadas para a grandiosa festa da passagem de ano, o que nos resta é fazer muito gargarejo com limão e vinagre para deixar a voz em ponto de bala.

DECENTE E MAIS JUSTO

Enquanto espero este breve espaço de tempo passar, ao invés de ficar ligado no caso do ex-motorista Fabrício Queiroz, que boa parte dos meios de comunicação vê como mais importante, aproveito para ler e ouvir o que o próximo governo pretende fazer, já no alvorecer de 2019, para fazer do nosso BRASIL um PAÍS NOVO, DECENTE E MAIS JUSTO. 

DESMANCHE DO ESTADO

E neste particular já adianto que fiquei muito satisfeito com a entrevista concedida por Hamilton Mourão ao jornal Valor, na qual o vice-presidente afirma, claramente, que O GOVERNO FARÁ -DESMANCHE- DO ESTADO. Simplesmente fantástico!

DESREGULAMENTAR E DESBUROCRATIZAR

Na entrevista Mourão afirmou que governo não começará "na base de impactos e pacotes", mas que no dia 14 de janeiro, data marcada para acontecer a primeira reunião ministerial, todos os ministros deverão apresentar METAS E OBJETIVOS para "desregulamentar" e "desburocratizar "suas áreas nos primeiros 100 dias de governo.

 Ufa!

DESVINCULAR O ORÇAMENTO

De tudo que revelou na entrevista, também gostei muito quando Mourão disse que o governo de Jair Bolsonaro deverá enviar ao Congresso uma PEC (proposta de emenda constitucional) com o propósito de desvincular o Orçamento da União. "A CONSTITUIÇÃO ENGESSA O PAÍS", arrematou Mourão.

Se eles tivessem todo o Orçamento para realmente dizer o que vai para cada um, eles teriam uma responsabilidade maior e o Executivo ficaria com a função de executar o Orçamento, onde o  Executivo tem apenas 8% a 9% para mexer.

30% NÃO SABE NEM ONDE É A CURVA DO A

Sei, perfeitamente, que nem tudo que está sendo dito e proposto será aprovado. Afinal, o que mais o Brasil tem mostrado é que grande parte dos nossos parlamentares tem VEIA POPULISTA.

Ao final da entrevista Mourão disse , com total acerto, que no Congresso Nacional tem muito parlamentar que não entende o que está sendo apreciado.  Como em qualquer grupo social , ali tem 30% que são realmente esclarecidos, tem 40% que é a 'meiuca' que vai pra onde sopra o vento, e mais 30% que não sabe nem onde é a "curva do A".

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • PNAD CONTÍNUA

    De acordo com a Pnad Contínua, a taxa de desemprego trimestral recuou de 11,7% em outubro para 11,6% em novembro, em linha com a nossa projeção, mas ligeiramente acima do esperado pelo mercado (11,5%). A abertura desses dados seguiu mostrando uma moderação no crescimento da população ocupada, com alta de 0,1% em novembro (variação idêntica à observada em outubro), após significativo avanço entre julho e setembro. 

    Em linhas gerais, os dados da Pnad seguiram mostrando uma melhora gradual do mercado de trabalho, em linha com o esperado.

  • IGP-M E IPC

    O IGP-M recuou para -1,08% em dezembro, resultado que ficou próximo à expectativa do mercado. O destaque da queda ficou por conta dos preços ao produtor (IPA), que intensificou a queda de -0,81% no mês anterior para -1,67% em dezembro, impulsionado pelo recuo dos preços industriais (de -0,24% para -1,77%), enquanto os preços de produtos agropecuários registraram variação menos negativa (de -2,51% para -1,35%).

    O IPC, índice de preços ao consumidor, por sua vez, variou de +0,09% para +0,04% em dezembro, com destaque para o grupo Transportes (de -0,10% para -0,90%). Por fim, o INCC, que mede os preços da construção civil, registrou variação de +0,13% no mês, ante alta de +0,26% em novembro. Com isso, o IGP-M acumulou alta de +7,54% no ano de 2018.

  • DOAÇÃO

    Os sonhos natalinos dos frequentadores do shopping Bourbon Novo Hamburgo se reverteram em benefício para os residentes do Lar São Vicente de Paula, instituição de amparo e assistência ao Idoso localizada em Novo Hamburgo. Tudo porque R$ 1.913,00 em moedas, depositadas pelos clientes em uma fonte dos desejos presente na decoração de Natal do empreendimento, foram doadas pelo shopping à entidade.

    A administração do Bourbon decidiu realizar a ação quando notou o grande volume de moedas com pedidos que eram jogadas na fonte todos os dias, desde o dia 12 de novembro, quando a decoração foi montada. Os valores foram entregues à gestão da instituição no último dia 24 de dezembro.

FRASE DO DIA

O poder concentrado sempre foi o inimigo da liberdade.

Ronald Reagan