Artigos Anteriores

SÓ BISBILHOTICE

ANO XIV - Nº 007/14 -

PALOCCI

Muitos brasileiros, liderados pela mídia, depois que tomaram conhecimento de que o ministro Antonio Palocci adquiriu um imóvel de alto valor, querem saber, tim tim por tim tim como ele conseguiu tanto dinheiro em tão pouco tempo.

FALCATRUAS

Na realidade, esta atitude não passa de um ato de pura bisbilhotice. Nada mais. Até porque, durante o longo mandato do ex-presidente Lula, período em que foram escancaradas as maiores falcatruas até então nunca vistas neste país, todas as inconformidades resultaram em coisa alguma.

PRAZER PELA INDIGNAÇÃO

Sem medo de errar, o que o povo brasileiro adora é ficar indignado. Como não sabe o que fazer com o sentimento de revolta adquirido, tudo fica por isso mesmo. Já os facínoras, que há muito tempo sabem que esta atitude covarde domina o ambiente, por mandarem nas instituições, fazem a festa sem qualquer receio.

LEGAL

Tudo indica que Palocci ganhou dinheiro da forma mais legal possível. Legal, antes de tudo, significa que impostos foram pagos de acordo como manda a lei. Se de fato isto aconteceu não há o que reclamar. Afinal, o ex-presidente Lula não está ganhando muito dinheiro proferindo palestras? De forma absolutamente legal. Não é aí, portanto, que está o problema.

PRIVACIDADE

De novo: a única coisa que está sujeita a uma apuração neste momento é se Palocci, assim como qualquer cidadão brasileiro, prestou contas dos rendimento obtidos junto à Receita. Nada mais. Saber quem pagou as faturas que a sua empresa de consultoria emitiu é mais do que bisbilhotice: é invasão de privacidade. E isto não tem abrigo na lei.

INSTITUIÇÕES MINADAS

Portanto, enquanto inexistir um plano concreto para transformar estas e outras indignações em coisa realmente efetiva, com resultado prático, não vamos a lugar nenhum. Afinal, não há dúvidas de que todas as instituições públicas já estão minadas, onde as corporações mandam no Brasil.

BOQUINHA

Depois que as corporações simplesmente se adonaram de tudo aquilo que deveria ser público, o que mais querem é impedir que as privatizações avancem nas áreas em que o governo não sabe administrar e/ou não tem recursos. Tudo para não perderem a boquinha.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • CENÁRIO
    Um estudo da Fecomércio-RS, a ser divulgado no dia 24 de maio, vai revelar o cenário de consumo das famílias do RS ao longo da próxima década. As projeções foram feitas com base no comportamento do consumidor gaúcho nos últimos anos e complementado com as perspectivas de crescimento da renda e da mudança na estrutura etária da população.O trabalho intitulado -O novo cenário socioeconômico e seus impactos sobre os negócios- terá apresentação prévia para a imprensa no próximo dia 24 (terça-feira), durante café da manhã.
  • TI
    O Banrisul já recebeu mais de 1.000 inscrições para o 4º Fórum Internacional de TI, que acontecerá nos dias 31 de maio e 01 de junho de 2011, no Teatro Bourbon Country, em Porto Alegre. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site: www.forumtibanrisul.com.br. Neste ano, o tema será sobre -Redes Sociais e Mobilidade - Negócios com Segurança.
  • ICMS
    A secretaria da Fazenda do RS, certamente envergonhada, resolveu reduzir a base de cálculo do ICMS para o etanol em R$ 0,11, passando de R$ 2,79 para R$ 2,68. A medida deve pressionar os preços do combustível para baixo a partir da próxima semana. Tanto do álcool hidratado, que vai direto no tanque, quanto do álcool anidro, que compõe em 25% o litro da gasolina.
  • BANCO DE OLHOS
    O Projeto Saúde do Olhar do Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre ? HBO ? vai atender mais de 550 crianças e adolescentes durante este mês de maio, entre dez ações em instituições localizadas em Porto Alegre e Região Metropolitana. Somente nas unidades da Fundação de Atendimento Sócio-Educativo do Rio Grande do Sul (Fase/RS) serão atendidas oito unidades, sendo seis de internação e duas de semiliberdade. A última etapa da triagem na Fundação acontece nesta sexta-feira (20/05).

FRASE DO DIA

A MELHOR MANEIRA DE REALIZAR SEUS SONHOS É ACORDAR.

P. Valéry