Artigos Anteriores

SE O POVO QUER....

ANO XIV - Nº 007/14 -

O QUE O POVO QUER?

Pelo que revelam as pesquisas de opinião pública, ainda que muitos consideram muito difícil o que  o povo está querendo, o fato é que mais de 70% dos brasileiros querem não só o afastamento da presidente Dilma como também exigem, com a mesma intensidade, a saída do PT do governo.

 

SEM FRAUDE

Pois, além de me colocar de corpo inteiro no rol daqueles que querem a saída imediata do PT do governo, que deve levar junto o seu estúpido projeto bolivariano, não posso deixar de lembrar que tanto as ruas quanto as redes sociais confirmam, ipisis litteris, o que dizem as pesquisas.

Ou seja, essa explícita vontade popular anula por completo qualquer especulação de que possamos estar diante de uma fraude. Diferente, portanto, do que se fala a respeito do resultado das urnas nas última eleição. 

 

 

SAIR DO ARMÁRIO

Independente dos números levantados pelas pesquisas, o que está cada dia mais evidente é que, através de declarações prestadas a todo momento, muitos eleitores petistas, que até pouco tempo estavam mudos, mas diante da incontestável corrupção que tomou conta do país, resolveram SAIR DO ARMÁRIO se dizendo frustrados e brutalmente enganados pelo PT.

MORALIDADE

Todos esses afirmam que, anos atrás, ao se decidirem por eleger candidatos do PT para governar seus municípios, Estados e o país, suas escolhas tinham como base a certeza de que seus eleitos fariam administrações sérias e decentes, sob o ponto de vista da MORALIDADE. 

MARCAS PETISTAS

Pois, ao longo do tempo, antes mesmo de virem à tona os escabrosos casos de corrupção que não param de ser descobertos em todos os lugares onde o PT governa e/ou desgoverna, além da safadeza, que passou a ser uma forte característica do PT, uma outra marca, a da INCOMPETÊNCIA, também está estampada com todas as tintas. 

PREJUÍZO INCOMENSURÁVEL

Hoje, além de confessadamente estarem se declarando muito tristes, frustrados e cheios de revolta por terem acreditado no discurso da MORALIDADE, esses eleitores do PT já estão percebendo que o PREJUÍZO que seus eleitos petistas deixaram e/ou estão deixando por todos os cantos do país, é INCOMENSURÁVEL.  

EXPONENCIAL

Se a roubalheira, só pelo números de casos até agora descobertos, está muito difícil de ser conhecida na sua totalidade, a INCOMPETÊNCIA, imprimida nas mais diversas decisões administrativas que foram e continuam sendo tomadas pelos petistas, em todos os níveis em que operam, produz PREJUÍZO EXPONENCIAL nas contas públicas. 

O POVO QUER

Não se trata, portanto, de um PREJUÍZO DUPLO, representado apenas pela simples soma de muito ROUBO com excessiva INCOMPETÊNCIA. O furo é bem mais embaixo, como já está sendo percebido pelos convencidos tardios.

Atitudes, tomadas a toda hora, com elevado grau de soberba e arrogância, combinadas com excessiva intervenção econômica, escolhas de ministros simpáticos à causa bolivariana para o STF, fartas doses de populismo e assistencialismo, etc., servem para justificar a péssima situação econômica que estamos vivendo, com viés de piora a cada dia.

Isto por si só explica a onda de revolta do povo contra os enganadores. Pouco importa se alguns constitucionalistas digam que não cabe o -Fora Dilma!- e o -Fora PT!-. O fato é que - O POVO QUER-. 

 

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • COMÉRCIO NO FERIADO

    O Sindilojas Porto Alegre informa que o comércio da Capital pode funcionar com empregados no feriado da próxima terça-feira, dia 21. Entretanto, como condição para o funcionamento, os estabelecimentos devem possuir a declaração de opção pelo trabalho em feriados, bem como possuir a certidão de regularidade sindical emitida em conjunto pelo Sindilojas Porto Alegre e o Sindicato dos Empregados no Comércio de Porto Alegre - Sindec.
     

  • BAIXA PERFORMANCE

    O Brasil, comandado pelo PT, caiu 15 posições - de 69º para 84º - no último ranking de prontidão tecnológica do Fórum Econômico Mundial, um dos maiores declínios entre todos os 143 países analisados.
    Desde 2012, a queda é de 19 posições. Entre o BRICS, só a Índia está pior, no 89º lugar. A China ficou em 62º e a Rússia em 42º.


     

  • FORA DO TOP 50

    O Brasil não entrou no top 50 em nenhum dos 10 pilares divididos entre ambiente (regulatório/político e de negócios/inovação), prontidão tecnológica (infraestrutura, preços e competências), uso (por governos, indivíduos e empresas) e impactos (econômicos e sociais).
    A performance é especialmente fraca nos primeiros pilares, apesar do país ter subido 14 posições no quesito "ambiente para inovação".

  • NÍVEL DE TAXAÇÃO

    "O nível de taxação no país (137º no ranking) e a extensão da burocracia e atrasos no seu sistema judicial estão entre as várias fraquezas institucionais que explicam essa situação", diz o relatório.
    O uso das tecnologias está aumentando, mas em um ritmo menor do que em outros países, o que faz o país perder posições relativamente. Outro problema é que o baixo nível educacional médio diminui a capacidade da população de desfrutar melhor das tecnologias.
     

FRASE DO DIA

Enquanto houver vontade de lutar haverá esperança de vencer.

Santo Agostinho