Artigos Anteriores

SALÁRIO MÍNIMO

ANO XIV - Nº 007/14 -

DIFICULDADES PARA EXPLICAR

O governo está enfrentando enormes dificuldades para explicar aos sindicatos e à sociedade em geral, que o valor máximo para o Salário Mínimo do país não pode exceder em R$ 545,00. Vejam, por exemplo, três problemas:

REAJUSTE

A primeira dificuldade é quanto ao percentual de reajuste, considerado insignificante, zero, se comparado com o aumento suculento, inescrupuloso e desproporcional, de mais de 70%, que os deputados e senadores se concederam.

ROMBO DA PREVIDÊNCIA

A segunda encrenca reside no aumento brutal do magnífico rombo da Previdência Social (entenda-se aí o RGPS ou, simplesmente, INSS) que o reajuste do Salário Mínimo proporciona. Como o governo não admite falar em reforma da Previdência, a cada reajuste mais cresce o buraco. O fato é que, ao se aposentar, o indivíduo entra na Folha de Pagamento do governo. Este, por sua vez, paga os proventos com o dinheiro dos contribuintes de impostos e não dos contribuintes dos planos de previdência. Pode?

MUNICÍPIOS

Já a terceira diz respeito aos municípios. Segundo estudo feito pela Confederação Nacional dos Municípios, caso o valor do mínimo fique em R$ 545,00, o impacto na folha de pagamento do conjunto de municípios brasileiros será de R$ 1,3 bilhão. Alguém vai pagar esta conta, não?

LÓGICA DE RACIOCÍNIO

Observem o seguinte: enquanto uma minoria de trabalhadores ganha o mínimo, a maioria dos aposentados, ao contrário, recebe o Salário Mínimo.A lógica do raciocínio, que não é o forte dos políticos, e muito menos dos governantes e sindicalistas, é que Salário Mínimo é coisa de país atrasado, de subdesenvolvido.

PISO SALARIAL

Já em ambientes frequentados por pessoas inteligentes o que existe é Piso Salarial, cujos valores são discutidos e negociados entre empregados e empregadores via seus sindicatos.

RELAÇÃO DIRETA

Concluindo: em país decente, desenvolvido, a Previdência nada tem a ver com Salário Mínimo. Os proventos das aposentadorias são frutos dos planos escolhidos e adquiridos por quem está na ativa. Trata-se portanto, de uma relação direta entre o custo da contribuição com o valor do provento a ser recebido no futuro. Sem essa, portanto, de mínimo.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • BALANÇO BANRISUL
    O lucro líquido do Banrisul, em 2010, foi de R$ 741,2 milhões. Em relação a 2009 ficou 37% acima. O patrimônio líquido registrou R$ 3,9 bilhões, com crescimento de 13,1% em relação a 2009. Já os ativos totais do Banrisul alcançaram R$ 32,1 bilhões, ao final de dezembro de 2010, com incremento de 10,5% sobre dezembro de 2009. E o volume de operações de crédito totalizou R$ 17 bilhões ao final de dezembro de 2010.
  • MUITO BONITO...
    Jeter Ribeiro de Souza, envolvido na quebra do sigilo bancário do caseiro Francenildo Costa, foi escolhido para assessorar a presidente Dilma Rousseff. Que tal? Foi este Jeter quem acessou e imprimiu uma cópia do extrato do caseiro a pedido do então presidente do banco, Jorge Mattoso, que responde a ação penal pelo caso. Bonito, não?
  • ALEMANHA
    A economia da Alemanha teve crescimento de 0,4% no quarto trimestre de 2010. Em 2010 todo, o PIB alemão apresentou expansão de 3,6%.
  • ESSO
    A marca Esso vai desaparecer nos próximos três anos. Os postos vão usar a bandeira Shell que, no ano passado, se uniu à Cosan, dona da Esso.

FRASE DO DIA

Nada custa tão caro como ser pobre.

Paul Brulat