Artigos Anteriores

REFORMA POSSÍVEL

ANO XIV - Nº 007/14 -

INSUFICIENTE

Mesmo admitindo que o projeto de reforma da Previdência venha a ser aprovado assim como foi apresentado ontem, pelo governo (o que é pouco provável diante da constumeira resistência das corporações, que realmente mandam no nosso país), é importante deixar claro que o mesmo é absolutamente INSUFICIENTE para resolver a tragica situação das Contas Públicas. 

DIREITOS ADQUIRIDOS

Como os DIREITOS ADQUIRIDOS, da forma como estão postos e -blindados- na Constituição, só podem ser alterados por uma nova Constituinte, os ROMBOS NAS CONTAS PÚBLICAS ainda vão permanecer por muitos anos a frente. Isto significa que o povo brasileiro que pertence a -SEGUNDA CLASSE- continuará pagando os privilégios concedidos para a turma da PRIMEIRA CLASSE.

 

CLÁSULAS PÉTREAS

Como se vê, a reforma da Previdência, mesmo que venha a ser ousada, produz resultados financeiros limitados aos cofres públicos. Até porque nenhum governante, por mais interessado que seja (coisa que não é comum no nosso injusto país) pode ultrapassar o sinal imposto pelas CLÁUSULAS PÉTREAS. Isto, infelizmente, ainda é pouco percebido pela população, que grita de dor sem saber onde a mesma se localiza.

MEIA-SOLAS

Como não está no horizonte do Brasil uma minima possibilidade de ser convocada uma Constituinte, e muito menos com vontade expressa de mexer com os INJUSTOS DIREITOS E/OU PRIVILÉGIOS ADQUIRIDOS, precisamos nos contentar com REFORMAS MEIA-SOLAS. Do tipo que amenizam, mas não resolvem os graves problemas do país.

NOTÁVEIS

Mais: se houvesse espaço para uma nova Constituinte, o que é pouco provavel, a mesma só poderia resultar em bom resultado se composta por NOTÁVEIS. Até porque, entregar mais uma vez a tarefa de escrever uma nova Constituição àqueles que não só criam e protegem seus interesses, como blindam os privilégios com CLÁUSULAS PÉTREAS, é como pintar o inferno com outras cores sem mexer no fogo. 

OUSADIA MAXIMA

Portanto, o que nos resta, notadamente aos brasileiros de SEGUNDA CLASSE, que tratem de apoiar o projeto de Reforma da Previdência assim como está. Quanto mais o mesmo for mexido, pior fica para quem paga a conta. A peça é o resultado da OUSADIA MÁXIMA possível. 

E OS MILITARES ???

Quanto aos militares, que lamentavelmente ficaram fora da reforma apresentada pelo governo, eis o que diz o pensador Ricardo Bergamini, com total razão:

- Por medo de intervenção militar o governo Temer deixou os militares fora da atual reforma. Justamente a instituição que mais gera déficit (rombo) em função das pensões das filhas de militares. Observem que se gasta 39,50% com ativos e 60,50% com inativos.

- Outro dado importante é que em dezembro de 2015 existiam 363.914 militares ativos, considerando 208.000 recrutas, efetivo transitório, não contribuintes, restam apenas 155.914 militares ativos para bancar 299.044 inativos (reserva, reforma e pensão).

 

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • BOURBON SHOPPING WALLIG

    O Bourbon Shopping Wallig acaba de ganhar quatro novas operações: o restaurante Casa DiPaolo e as lojas Basic Store Kids e Adidas. Todas as novidades estão operando no 1º andar do shopping. Até o fim do ano, o empreendimento ainda recebe uma unidade da joalheria Casa das Alianças, no 2º andar.

    Com capacidade para 150 pessoas, o restaurante Casa DiPaolo está localizado no espaço até então ocupado pelo Belgaleto, outra bandeira do Grupo DiPaolo. Tendo como tradição o rodízio, o cardápio conta com o típico galeto al primo canto, que há 11 anos consecutivos é eleito como o melhor galeto do Brasil segundo o Guia Quatro Rodas. A Basic Store Kids comercializa roupas das marcas Marisol, PUC, Milon e Kylly, voltadas para crianças de até 16 anos. A Adidas é especializada em artigos esportivos nas linhas training, running e football, além da linha casual.

  • BOULEVARD ASSIS BRASIL

    Acaba de chegar à Praça de Alimentação do Boulevard Assis Brasil mais uma opção gastronômica do shopping: Los Panchitos. Especializada em lanches uruguaios, a operação pertence à Parrilla Villa Crespo, restaurante que possui duas unidades em Porto Alegre. Essa é a primeira loja da marca, que serve panchos, chivitos, choripan e outros petiscos típicos do Uruguai.

FRASE DO DIA