Artigos Anteriores

QUANDO A FICHA VAI CAIR?

ANO XIV - Nº 007/14 -

136 DIRETORES

O número de diretores do Senado da República dá uma pista do quanto somos mal informados sobre a condução da administração pública no Brasil. Só com séria denúncias é que o povo brasileiros tomou conhecimento de que o Senado conta com 136 os diretores. Um verdadeiro absurdo independente das safadezas por eles praticadas.

SENADO? PRA QUÊ?

Nenhuma empresa privada, em qualquer lugar do mundo, se sustentaria com tantos diretores. Todas, sem exceção, já teriam falido. Ora, se for levado em consideração que além do excesso de diretores, o Senado não produz o que é bom e necesário, uma coisa é certa: a Casa não justifica a sua existência. Resultado: a economia seria imensa e os desvios não existiriam.

IMAGINEM...

Imaginem quanto o Brasil ganharia caso o Senado não existisse. Imaginem mais: quanto o país ganharia caso o projeto do deputado Clodovil, falecido ontem, que pedia a redução de 50% do número de deputados federais, tivesse obtido aprovação. Aí seria a glória. Mas, devaneios a parte, nem uma coisa nem outra acontecerá por aqui. Assim como as reformas.

APELOS

Os leitores/assinantes do Ponto Crítico já se habituaram aos apelos que tenho feito, sistemática e exaustivamente, sobre as tais reformas que o Brasil muito necessita para enfrentar, tanto a nossa realidade interna quanto a desse mundo afora. Todos os apelos, repito, sempre fundamentados.

MISSÃO DIFÍCIL

É óbvio que o sucesso desta minha missão é quase impossível. Ainda assim conto sempre com fatos, como é o caso das recentes denúncias que levaram ao afastamento dos diretores do Senado. Quem sabe, a partir delas um dia a ficha cai e mexe definitivamente com a consciência da sociedade que só vem pagando a conta.

EFORMA ADMINSTRATIVA

A reforma administrativa pretendida pelo presidente do Senado, Jose Sarney, por óbvio não propõe o fechamento da Casa. Por enquanto fala em diminuição de cargos, não de funcionários. A gastança certamente continuará e os desvios, idem. Até que novas denuncias provoquem uma nova reforma tímida.

PINTAR PAREDES

Nós não precisamos de reforma administratia no Senado, gente. Precisamos de reforma no país. Que promovam corte de custos da máquna pública onde estão o Executivo, o Legislativo e Judiciário. Reformar o Senado, como se sabe, conssite em pintar as paredes e comprar moveis novos. E dar empregos para parasitas que recebem horas extras.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • ARACRUZ
    A Aracruz Celulose informou que suspendeu os investimentos de R$ 75 milhões previstos para este ano com o objetivo de expandir a produção da Veracel, na Bahia. Foram cancelados os investimentos para compra de terras, formação de florestas e estudo de viabilidade. Para o diretor de Relações com os Investidores, Marcos Grodetzky, é uma ação prudente, à luz do atual cenário de mercado.
  • JUSTIFICATIVA
    A filha do senador Tião Viana (PT-AC) usou um celular do Senado durante uma viagem de duas semanas ao México, em janeiro. De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, o senador disse que ficou preocupado com a possibilidade de não conseguir falar com a filha e entregou o aparelho. Ele disse ainda que recomendou que ela só recebesse ligações. Ah, bom.
  • MAIS UM
    O ex-deputado estadual Flavio Koutzii (PT), 65 anos, teve a anistia política reconhecida pela União e receberá uma pensão mensal de R$ 2 mil. Que tal?
  • PALESTRA
    Para discutir as características essenciais de um líder, a presidente da ONG Parceiros Voluntários, Maria Elena Pereira Johannpeter, realiza na AMCHAM Brasil a palestra: Os Líderes de Hoje. O encontro acontece amanhã, 19, na AMCHAM Business Center (Av. Mostardeiro, 322, 11º andar) a partir das 18h30

FRASE DO DIA

VOCE DEVE SER A PRÓPRIA MUDANÇA QUE DESEJA VER NO MUNDO.

M.. Gandhi