Artigos Anteriores

PUBLICIDADE COM CREDIBILIDADE

ANO XIV - Nº 007/14 -

GRAÇAS AOS ANUNCIANTES

Todos os meios de comunicação que se lançam no mercado com um firme propósito de dedicação e comprometidos com conteúdos sérios nas suas edições diárias, como é o caso do PONTOCRITICO.COM, só conseguem algum sucesso graças aos seus anunciantes.

MERCADO CONSUMIDOR

Estes, por sua vez, para dar publicidade aos seus produtos e serviços, e com isso tentar obter um grau de certeza de que as mensagens sejam percebidas e valorizadas pelo mercado consumidor, precisam conhecer o perfil das mídias escolhidas.

PERFIL

Esta decisão passa, em princípio, pelo exame dos seguintes itens básicos:1- A linha editorial, que em tese precisa estar afinada com a filosofia do anunciante;2- O perfil dos leitores/assinantes, como idade, renda, escolaridade e grau de discernimento, que identifica o público que é exigido pelo anunciante; e,3- O universo de leitores que recebem, diariamente, as edições. E, se possível, saber se têm o hábito de leitura das mesmas.

PARCERIA

A partir daí, desta parceria em que o anunciante se identifica (assina embaixo) com a linha editorial do meio de comunicação (que nada mais é do que a carteira de identidade do jornal), é que entra em cena a discussão do cálculo do retorno (tanto o institucional quanto o comercial) do anúncio.

SILÊNCIO EDITORIAL

Partindo desta premissa, e considerando que 98%, aproximadamente, dos meios de comunicação não conseguem viver sem as polpudas verbas de publicidade pública, a conclusão é uma só: o preço que muitas vezes o cliente-governo está pagando pela sua mensagem publicitária é igual ao silêncio exigido pelo anunciante.

ATITUDES

Entenda-se esse tal silêncio pelas seguintes atitudes, por exemplo: 1-omissão na divulgação de fatos e situações; 2- impedimento de opiniões de colaboradores que exponham a realidade; 3-mudança na linha editorial, que, repito, nada mais é do a carteira de identidade do jornal.

CREDIBILIDADE

O PONTO CRITICO.COM, por princípio e por compromisso, mesmo sabendo que as verbas públicas são muito tentadoras, nunca abriu mão da credibilidade. Ainda que alguns leitores entendam como exagerada e pouco comercial, nada conseguiu mudar esta atitude de compromisso.

LINHA EDITORIAL

Este compromisso se mantém intacto desde a primeira edição do Ponto Crítico, independente de concordância ou não com os comentários feitos, diariamente. Os leitores são testemunhas de que a linha editorial nunca esteve à venda. Nunca se interessou pela obtenção de vantagens financeiras em troca de agrados.

SEM BAJULAÇÃO

Como não faço bajulações, e muito menos faria em troca de alguma vantagem econômica, entendo claramente que os veículos de comunicação que não adotam uma linha editorial afinada com os interesses dos governantes jamais serão premiados com verbas públicas.

LAMENTÁVEL

No entanto, o que mais me entristece é ver que esta pobre postura adotada pela maioria dos governantes, também acontece em algumas entidades empresariais. A Fiergs e a Fecomércio, por exemplo, nas suas atuais gestões, mostram que é bom andar alinhado com políticas de governo de esquerda. E, por estarem de mãos dadas com o socialismo, visando exclusivamente algum interesse individual, estão adotando a mesma discriminação odiosa. É uma pena, mesmo que tenham o sagrado direito de fazer publicidade nos veículos que bem entendem.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • RS ISOLADO
    A infra-estrutura do RS, além de inexistente em muitos aspectos está falida em outros. Como não há possibilidade de construção de uma nova ponte que ligue a Capital ao sul do Estado, nos próximos 30 anos, a situação é crítica. A Copa do Mundo até pode sair no Brasil, mas a mobilidade urbana na região metropolitana de Porto Alegre corre sérios riscos.
  • DITADURA
    Ontem, a Guarda Nacional da Venezuela (Hugo Chávez) ocupou a residência de Nelson Mezerhane, acionista da TV Globovisión e presidente do Banco Federal. Lula&Cia devem estar eufóricos, não?
  • CLUBE DE OPINIÃO
    Hoje, 02, foi eleita a nova diretoria do Clube de Opinião. Assume como presidenta, a jornalista Ana Cássia Hennrich, tendo como vices Fernando Albrecht e José Luiz Prévidi; Na Secretaria, Karim Miskulin e Luiz Reni. Parabéns aos novos diretores e votos de ótima gestão.
  • CICLO DE DECISÕES
    A Câmara Americana de Comércio ? AMCHAM Brasil - Porto Alegre, dentro do seu III Ciclo de Decisões, promove, no próximo dia 5 de agosto, o Fórum de Marketing e Vendas 2010. O painel de discussões será realizado no Teatro do CIEE (Rua Dom Pedro II, 861), começando às 8h e encerrando às 12h30.

FRASE DO DIA

É PRECISO SALVAR OS POVOS MESMO CONTRA A SUA VONTADE.

N. Bonaparte