Artigos Anteriores

PREPARANDO MAIS UM VOO RASANTE

ANO XIV - Nº 007/14 -

RECADO

Em Londres, a presidente Dilma deu, de viva voz, um recado à indústria automobilística: - Os incentivos fiscais só se justificam desde que os empregos sejam mantidos. Assim, a presidente não deixa por menos: se houver demissões, o governo volta a elevar a já absurda carga tributária. Que tal? Mesmo que esta decisão não signifique um acréscimo de arrecadação. Pode?

INTERVENCIONISMO

Como se vê, a declaração da presidente Dilma mostra o quanto este governo é, e adora ser, intervencionista. Mal sabe que quem tem o poder de garantir empregos e renda é, exclusivamente, o mercado consumidor. Este, como se sabe, mostra sinais claros de esgotamento de demanda.

MANTO IDEOLÓGICO

Bem, mas isto não é mais visto como uma novidade. Afinal, os petistas nunca esconderam a paixão pelo Estado como condutor, regulador e agente único da economia. Na mente dos socialistas, portanto, não há lugar para o raciocínio lógico. Fruto, aliás, do pesado manto ideológico que, por manter os cérebros cobertos, impede a visão e o discernimento.

CRÉDITO POR OBRIGAÇÃO

Pois, assim como o governo Dilma impõe e decide o quê e como as empresas devem agir, é de se supor que em breve os bancos também serão obrigados a dar crédito para quem quiser consumir. E ai daquele que se atrever a desrespeitar as ordens. Aliás, bem dentro do figurino já adotado pela nossa vizinha, Cristina Kirchner (amiga dileta de Dilma), na pobre Argentina.

GALINHA BRASIL

Como o receituário neocomunista não permite, em hipótese alguma, a realização das REFORMAS ESTRUTURAIS, o governo deve anunciar, ainda nesta semana, um novo pacote. Algo que permita a GALINHA BRASIL a dar mais um pulinho, ou mais um voo rasante, de curta distância.

PARCEIRAS

O contraditório é o que pretende o governo federal e o que faz o governo do RS. Dilma já está convencida de que sem parcerias com a iniciativa privada, a Copa de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 vão dar conta do maior fiasco da história. Principalmente sob o ponto de vista logístico.

CHEGA DE PRIVATISMO

Pois, enquanto Dilma pensa assim, o governador Tarso Genro (ambos do PT), está todo contente por ter colocado nos braços longos do Estado as rodovias do RS. Seu ímpeto, no entanto, não deve parar por aí: tudo que foi concedido à iniciativa privada precisa voltar, urgentemente, para o governo. -CHEGA DE PRIVATISMO-, como afirmou o governador do RS, na semana passada. Que tal?

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • IGP-M
    O Índice Geral de Preços ? Mercado (IGP-M) variou 1,34%, em julho, taxa superior à registrada em junho, de 0,66%. A variação acumulada em 2012, até julho, é de 4,57%. Em 12 meses, o IGP-M registra alta de 6,67%.
  • EM FESTA
    Hoje, Brasília está em festa. Recebe o ditador Hugo Chávez para resolver definitivamente a entrada da Venezuela no Mercosul. A data da consagração do MERCOMUNISMO LATINO.
  • EXPOAGAS 2012
    Tudo pronto para mais uma Expoagas, no RS. O tamanho do evento, que acontece no já acanhado Centro de Eventos da Fiergs, nos dias 21,22 e 23 de agosto, merece um espaço bem maior. A Feira contará com 340 expositores, e mesmo assim muita gente ficou de fora, por absoluta falta de espaço.
  • PROCESSO DE RENOVAÇÃO
    O Sinduscon-RS contratou a MaxiMarket Gestão do Reconhecimento para dar início a um processo de renovação do Sinduscon Premium. As novidades desse importante evento, que busca reconhecer e estimular a excelência empresarial e profissional de toda cadeia produtiva da construção civil no RS, serão brevemente divulgadas, devendo ser implementadas já na edição de 2012.

FRASE DO DIA

NÃO HÁ BONS VENTOS PARA UMA NAU SEM RUMO.

Andréa Calabi