Artigos Anteriores

PREFERÊNCIA POR IDEIAS EQUIVOCADAS

ANO XIV - Nº 007/14 -

ESGOTAMENTO

Finalmente, a mídia brasileira resolveu admitir que a economia brasileira está com o motor ligado, ainda que o veículo esteja parado, em ponto morto. Tudo porque o endividamento das famílias simplesmente deu sinais claros e evidentes de esgotamento.

FAZ DE CONTA

Não bastasse a falta de apetite por mais crédito, o crescimento da inadimplência é real e preocupante. E mesmo assim, o governo social-comunista brasileiro faz de conta que nada disso existe. Ao contrário: continua firme e confiante que a economia vai crescer graças às suas idéias equivocadas, onde a história já mostrou que, inevitavelmente, chegaremos a um péssimo resultado. Pode?

AUSTERIDADE ZERO

Pois, ao mesmo tempo com que abomina a realização de reformas corretas, que podem resultar na necessária competitividade, o governo propõe injeção de fortes doses de crédito (podre) para tentar animar o consumo. Dá para entender?

DÁ PARA ENTENDER...

Na realidade dá mesmo para entender usando o seguinte raciocínio: considerando que metade do valor das mercadorias adquiridas no mercado é IMPOSTO, quanto mais crédito concedido mais o governo consegue arrecadar.

METADE É DO GOVERNO

Do total de crédito concedido ao consumidor, metade vai para os cofres do governo. Inclusive os juros, já que o governo não admite que sejam descontados do Imposto de Renda. Ao contrário, aliás, do que acontece com os bancos que pagam imposto pelos juros cobrados. Pode?

EXEMPLOS PARA ESCLARECER

Como os exemplos ajudam para esclarecer melhor as explicações, observem o seguinte: adquirindo um bem durável qualquer, em 12 vezes sem entrada, a grosso modo as primeiras 6 prestações vão para o erário público; as 3 seguintes servem para pagar os juros; e as 3 últimas cobrem o custo da mercadoria. Ficou claro?

ALERTA DO FMI

Chamo a atenção, igualmente, que até o Fundo Monetário Internacional já está alertando a respeito do risco do rápido crescimento do crédito imobiliário e dos preços dos imóveis na América Latina e, em particular, no Brasil. Uma das principais preocupações do organismo é a falta de estatísticas mais sólidas e abrangentes para fazer um diagnóstico preciso de potenciais fragilidades nesse setor.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • PARTIDO FEDERALISTA
    Será neste sábado, 19, em São Paulo, às 16h, no auditório do CIESP DISTRITO OESTE ? Lapa ? Rua Pio XI, nº 500, o Encontro Federalista. A pauta inclui uma breve apresentação do Projeto Federalista e troca de ideias sobre os procedimentos para o registro do Partido Federalista (coleta de assinaturas e lideranças locais). Mais informações através do e-mail: adm@federalista.org.br. São 60 vagas.
  • TÁ NA MESA
    O Tá na Mesa desta quarta-feira, 16, vai receber o presidente da OAB/RS, Cláudio Lamachia, que falará sobre: A OAB e a sociedade civil. O evento inicia-se às 12h, no Palácio do Comércio, no Centro de Porto Alegre.
  • DIA DO DESAFIO
    O Sistema Fecomércio-RS/ Sesc promove encontro com a imprensa amanhã, 15, para divulgar o Dia do Desafio 2012. O projeto, que tem como objetivo incentivar a prática de atividades físicas, é realizado anualmente na última quarta-feira do mês de maio. Neste ano, as atividades acontecem no dia 30 com a adesão de 97% das cidades gaúchas ? 481 municípios. Na Cafeteria do Sesc Centro, às 9h30, voltado a jornalistas e parceiros.
  • DIA DAS MÃES
    O Dia das Mães para o comércio de Porto Alegre, segundo o CDL, foi ótimo. Os segmentos de confecções, calçados e perfumaria registraram o maior movimento do ano até agora. As compras realizadas entre sexta e domingo representaram 70% do total de vendas. Já o ticket médio ficou em R$140.

FRASE DO DIA

Os miseráveis não têm outro remédio a não ser a esperança.

William Shakespeare