Artigos Anteriores

POVO PREOCUPADO?

ANO XIV - Nº 007/14 -

A MAIOR PREOCUPAÇÃO

Nas pesquisas que o Instituto Datafolha realiza desde a década de 1990, que visa conhecer quais as principais preocupações do brasileiro, aquela que aparece em PRIMEIRO LUGAR, nos últimos quatro anos, é a CORRUPÇÃO.

 

SERVIÇOS PÚBLICOS PRECÁRIOS

O que chama muito a atenção é que vivemos num país em que os SERVIÇOS PÚBLICOS são extremamente precários. A SEGURANÇA PÚBLICA, como se vê, simplesmente inexiste; a SAÚDE PÚBLICA idem; e a EDUCAÇÃO PÚBLICA, notadamente a do RS, é um verdadeiro descalabro. 

ANO LETIVO INEXISTIU

Vejam, por exemplo, que no Estado do RS, o ANO LETIVO DE 2015, NAS ESCOLAS PÚBLICAS, simplesmente não existiu. Pior: mesmo sem aulas (motivadas por longas greves -remuneradas- dos professores além de incontáveis convocações para que fossem às ruas para protestar, etc.,) os alunos da rede pública de ensino (???) passaram de ano. Pode? 

SIMPLES PREOCUPAÇÃO

Pois, o que me deixa pasmo e extremamente preocupado é que a CORRUPÇÃO, ainda que ocupe a primeira posição entre as coisas sérias que mais preocupam os brasileiros, não passa de simples PREOCUPAÇÃO. Ou seja, os brasileiros, em geral, não mostram o mínimo interesse em acabar com ela. Acompanhem a minha análise e vejam o quanto estou certo quanto a minha afirmação.

160 MILHÕES SEM AÇÃO

Tomando por base que 80% do povo brasileiro, como informam as mais diversas pesquisas, estão PREOCUPADOS e INDIGNADOS com a CORRUPÇÃO no nosso pobre país, este percentual identifica um universo de 160 milhões de brasileiros. 

DEZ MEDIDAS DE COMBATE À CORRUPÇÃO

Ora, quando integrantes do Ministério Público Federal, em julho de 2015, resolveram propor um PACOTE COM DEZ MEDIDAS DE COMBATE À CORRUPÇÃO, era de se esperar que o número mínimo de assinaturas necessárias (1,5 milhão) para transformar o tal pacote em LEI DE INCIATIVA POPULAR, pelo grau de preocupação dos brasileiros, seria obtido em apenas 24 horas.

 

 

APENAS 1,2 MILHÃO ASSINARAM

Pois, para desespero geral, até a noite de ontem, 11/01, depois de decorridos seis meses da importante iniciativa do MPF, apenas 1,2 milhão de brasileiros se interessaram em assinar o PACOTE COM AS DEZ MEDIDAS DE COMBATE À CORRUPÇÃO. 

Comparando 160 milhões que se dizem PREOCUPADOS, com 1,2 milhão que assinaram o pacote, o resultado é PRATICAMENTE ZERO. Das duas uma: as pesquisas estão erradas; ou, o povo brasileiro adora ter PREOCUPAÇÕES. Que tal? 

Peço, encarecidamente, a quem realmente está cansado de tanta CORRUPÇÃO, que entrem no site do MPF (http://www.combateacorrupcao.mpf.mp.br/10-medidas) e tratem de assinar o importante documento. Valeu!

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • DESEMPREGO

    O destaque desta terça-feira é o avanço do Indicador Coincidente de Desemprego (ICD). Segundo a Fundação Getúlio Vargas, o ICD cresceu 1,0% em dezembro na comparação com o mês anterior, chegando ao patamar de 100 pontos. Para a FGV, a alta do indicador reforça a continuidade de tendência do aumento do desemprego.

  • MATERIAL ESCOLAR

    De acordo com levantamento realizado pelo Sindilojas Porto Alegre com lojas do setor de material escolar, o aumento de preços deve ser de 13%. Os itens que sofrerão os maiores reajustes são as mochilas, estojos, papel branco e cadernos. Produtos licenciados e de personagens infantis também devem aparecer nas lojas com valores maiores na comparação com 2015. Mesmo assim, os lojistas estão otimistas e esperam crescimento de cerca de 13% no faturamento em relação ao alcançado no ano passado. O crescimento real deve ser baixo, considerando que as expectativas dos comerciantes são compatíveis com o aumento do preço dos produtos. "Quem se preveniu e conseguiu boas negociações com fornecedores terá resultados melhores, pois foi menos impactado pela alta do dólar", afirma Paulo Kruse, presidente do Sindilojas Porto Alegre. Ainda de acordo com os lojistas consultados, quem deixar para fazer as compras de material escolar após o Carnaval encontrará as lojas mais cheias. É nesse período que eles esperam que a maior parte da venda ocorra.
     

  • CORREÇÃO

    No editorial de ontem atribui  ao leitor Alexandre  Versignassi a autoria da mensagem sobre a INFLAÇÃO. Corrijo: quem enviou a mensagem foi outro leitor, sempre muito atento, Idacil Amarilho. Eis novamente a mensagem: - Não sou economista, mas sempre ouvi dizer que o lastro da moeda de um país estava diretamente ligado as suas reservas em ouro, no caso do Brasil sob a administração do BACEN. Se você ou os copiados (alguns são economistas) puderem me elucidar esta questão, agradeço.

    Na minha visão de Administrador (tendo tido algumas cadeiras de Economia durante o curso), entendo que, quando um governo resolve seus problemas de déficits simplesmente emitindo moeda, irá fatalmente ocorrer uma desvalorização da moeda local e uma consequente inflação decorrente deste aumento de papel moeda.
    Por favor me corrijam se estiver errado.
    "

  • CONVENÇÃO DE TRABALHO

    Conforme os termos firmados na Convenção Coletiva de Trabalho 2015/2016, o comércio de Porto Alegre poderá abrir nos feriados de 2016 mediante o preenchimento da declaração de opção pelo trabalho em feriados no site do Sindilojas Porto Alegre. O documento permitirá a abertura das lojas com funcionários em todos os feriados de 2016, exceto os feriados de 1º de maio (Dia do Trabalho) e 25 de dezembro (Natal).

    A opção poderá ser solicitada até o dia 31 de março, mas para abrir com empregados no feriado de 2 de fevereiro, Nossa Senhora dos Navegantes, os lojistas devem solicitar a declaração até o dia 28 de janeiro e estar com as suas obrigações financeiras de 2015 quitadas junto ao Sindilojas Porto Alegre e ao Sindec. Além disso, as redes de lojas interessadas deverão possuir uma declaração para cada CNPJ, visto que é necessário ter o documento impresso tanto na matriz quanto nas filiais.

    Mais informações quanto ao prazo para regularizar e emitir as declarações pelo telefone 51 3025.8300.

FRASE DO DIA

De uma coisa eu sei: Nada é para sempre!