Artigos Anteriores

PONTO CRÍTICO - 14 ANOS-

ANO XIV - Nº 007/14 -

EDIÇÃO DE ANIVERSÁRIO

Neste domingo, 11 de outubro, o Ponto Critico completa 14 ANOS DE EXISTÊNCIA. Como já contei em várias oportunidades, para homenagear, ainda que de forma muito humilde e despretensiosa,  o economista -liberal- Roberto Campos, que faleceu em 09/10/2001 (dois dias antes) resolvi que o melhor seria através de editoriais (já são mais de 3200 ao longo desses 14 anos) que tivessem os mesmos propósitos. 

 

TEXTO DO ROBERTO CAMPOS

Para brindar os leitores fui atrás de um editorial que pudesse retratar a situação que estamos vivendo e presenciando. Encontrei este aí, que foi publicado na Edição de Aniversário de 2004, quando o Ponto Crítico completava QUATRO ANOS de existência. No primeiro Bloco publiquei um trecho de tantos artigos escritos pelo saudoso Roberto Campos. Eis:

 

Quando já parecia claro e evidente que o SOLICIALISMO não representa o caminho do sucesso e da vitória, comparado com as vantagens inequívocas do CAPITALISMO, estamos percebendo que a América Latina como um todo está voltando (já voltou) rapidamente ao passado. Está ficando bem longe da trilha, das rotas corretas e bem identificadas com a riqueza e a liberdade.
 

CRÍTICAS FUNDAMENTADAS

É exatamente por isso que o PONTO CRITICO tem se posicionado sempre, e diariamente, com críticas fundamentadas evidenciando a lógica do raciocínio. Numa busca incessante de explicar da melhor forma que as nossas mazelas são debitadas, em muito, por ideologia equivocada, excesso de intervenção governamental, altos impostos e muito gasto público.

ÓDIO AOS POBRES

Segundo Campos, as esquerdas brasileiras, apaixonadas pelo dirigismo, certamente não amam os pobres. Ao contrário. Pelas atitudes tomadas e pelas leis que tem conseguido aprovar ao longo dos anos mostram que pobres e miseráveis precisam de esmolas. Assim, eles se mantém sempre fiéis às suas vontades.

PRINCÍPIOS EQUIVOCADOS

Defendem, portanto, os privilegiados com vantagens especiais da Previdência Pública; apoiam privilégios de algumas empresas públicas que nunca servem bem ao público e ainda oneram o Tesouro; reclamam muito da falta de empregos, mas hostilizam os investidores estrangeiros capazes de criá-los; querem sempre mais e mais impostos sobre os ricos, esquecidos que a técnica socialista de empobrecer os ricos para enriquecer os pobres nunca foi bem-sucedida, em nenhum país.

CRETINICE IDEOLÓGICA

Em suma, o esquerdismo brasileiro é um teimoso gladiador em perene luta contra a lógica econômica e a experiência da história. O slogan: "O capitalismo é bom para produzir e o socialismo é bom para distribuir" é apenas uma mistura de cretinice acadêmica e falsidade ideológica, afirmava sempre o saudoso Roberto Campos.

Amém.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • IGP-M E IPC-FIPE

    A primeira prévia do IGP-M de outubro apresentou inflação de 1,64%, acima do teto das projeções de mercado (de 0,82% a 1,45%, com mediana em 1,00%).

    O IPC-Fipe registrou alta de 0,79% na primeira quadrissemana de outubro, também acima do teto das estimativas de mercado (de 0,66% a 0,73%, com mediana em 0,70%). 

  • REBANHO BOVINO

    Após a retração de 0,7% em 2012, o rebanho bovino tem crescimento modesto pelo segundo ano consecutivo (0,3%) em 2014. O efetivo chegou a 212,3 milhões de cabeças, um acréscimo de 569 mil animais em relação a 2013, quando o crescimento havia sido de 0,2%.

    Com isso, o Brasil manteve-se como segundo colocado no ranking mundial, atrás apenas da Índia. A região Centro-Oeste é a principal produtora, responsável por 33,5% do gado bovino nacional. Mato Grosso, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul e Pará respondem, juntos, por mais da metade do efetivo nacional (54,0%). É o que mostra a pesquisa Produção da Pecuária Municipal (PPM) 2014.
     

  • UBER

     O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro concedeu hoje (felizmente) uma liminar que suspende a proibição da Uber no Rio de Janeiro. A decisão é assinada pela juíza Mônica Teixeira, da 6ª Vara de Fazenda Pública da Capital.

    O decreto impede a aplicação de multas, a apreensão dos veículos e a retenção de carteira de habilitação dos condutores dos carros pretos que estiverem prestando serviço através do aplicativo. Fica fixada multa de 50 mil reais por ato praticado pela prefeitura em caso de desrespeito à ordem judicial. Maravilha. (Exame)

  • PETROBRAS: 20 BILHÕES DE PREJUIZO

    O prejuízo sofrido pela Petrobras por conta da corrupção investigada pela operação Lava Jato deve superar os 20 bilhões de reais, disse hoje o procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa criada para investigar o bilionário esquema de corrupção em estatais.

    Dallagnol disse ainda que o Ministério Público Federal (MPF) assinou o 32º acordo de delação premiada no âmbito da Lava Jato e que a força-tarefa que cuida do caso tem material para, pelo menos, mais um ano de investigações. (EXAME)
     

FRASE DO DIA

O que os governos latino-americanos desejam é um capitalismo sem lucros, um socialismo sem disciplina e investimento sem investidores estrangeiros.

Roberto Campos