Artigos Anteriores

PESQUISA SENSUS/CNT E O EDITORIAL DE 17/02

ANO XIV - Nº 007/14 -

COPA DO MUNDO

Nesta semana escrevi a respeito do desembolso que o governo Dilma está fazendo para que a Copa do Mundo seja realizada com algum sucesso, fazendo uma comparação com o rombo da Previdência Social, que, anualmente se repete.

EXTORQUIDOS

Para quem não leu o editorial informo, novamente, que os pagadores de impostos (os mesmos que estão pagando para que a Copa do Mundo seja realizada), são extorquidos em mais de R$ 115 bilhões a cada ano ( a Copa acontece a cada 50 anos) para cobrir o rombo das duas Previdências (INSS e dos Servidores Públicos da União).

PESQUISA CNT

Pois, na pesquisa Sensus, divulgada ontem pela Confederação Nacional de Transporte (CNT), consta que 75,8% da população acredita que os investimentos feitos no país para a realização do evento foram desnecessários.Quanto aos gastos com os estádios, o número de descontentes é bem maior: 80,2% afirmaram que o dinheiro poderia ter sido utilizado para melhorar outras áreas mais importantes. Mais: 85,4% dos entrevistados acreditam que haverá manifestações populares durante o evento.

RESUMO

Resumo: como se vê, a grande preocupação dos brasileiros em geral é com gastos governamentais menores, que bem ou mal ainda deixam algum legado para as cidades-sedes do evento futebolístico. Quanto aos rombos absurdos e extraordinários, como é o caso da Previdência Social, que representam mil vezes mais em termos de gastos sem retorno algum, o povo não se manifesta.

OUTRO ROMBO

Mudando de assunto: não bastasse o montante espetacular de recursos que o governo Dilma vem colocando (em segredo e, portanto, às escondidas) na Ilha do Dr. Castro, os pobres brasileiros ainda deverão suportar a vontade da pseudo-médica cubana, Ramona Matos Rodriguez, que insiste em ser indenizada em mais de 140 mil reais, através de ação trabalhista que deu entrada no Tribunal do Trabalho.

SILÊNCIO ENSURDECEDOR DAS OPOSIÇÕES

Diante de tantos absurdos que estamos assistindo classifico como algo simplesmente fantástico o silêncio das nossas oposições (se é que elas existem). As notícias dão conta, com toda a transparência, que Cuba recebe favores incríveis do Brasil. Tudo às custas do dinheiro dos brasileiros pagadores de impostos, para a realização de obras que o governo Dilma nem cogita para o nosso pobre país.

BANCO DO FORO DE SÃO PAULO

Pior: quem financia todos os absurdos é o BNDES, já conhecido, e reconhecido, como o BANCO DO FORO DE SÃO PAULO. Com um detalhe importante: os créditos concedidos não passam pelo crivo da qualidade. Até porque se assim fosse nenhum centavo seria aprovado. É calote puro e indiscutível. Pode?

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • INADMISSÍVEL
    Muitos porto alegrenses reclamam, com razão, do andamento das obras de mobilidade urbana da Capital do RS. Entretanto, não sabem o que se passa por trás do problema. Ontem, o prefeito José Fortunati resolveu botar a boca no trombone: classificou como -inadmissível- a demora na liberação de recursos, pelo governo federal, para as obras de mobilidade urbana de Porto Alegre. Segundo escreveu em sua conta pessoal no Twitter, a Secretaria do Tesouro Nacional tranca o processo que disponibilizaria os R$ 424 milhões financiados via Caixa Econômica Federal para dar continuidade aos trabalhos.O texto diz: - É inadmissível a demora na liberação dos recursos de R$ 424 milhões (financiamento via CEF) por parte da Secretaria do Tesouro Nacional. Estes são os recursos para que possamos concluir as obras de mobilidade urbana na cidade. Assinamos o contrato definitivo dia 14/janeiro com a esperança de darmos agilidade nas obras. As empresas iriam reforçar os canteiros de obras, disse.
  • BRASIL PÚBLICO
    Em 2012, o -Brasil Público-, gastou R$ 1,426,1 trilhão (32,39% do PIB) apenas com as seguintes rubricas: Servidores Públicos (Ativos, Aposentados e Pensionistas, Civis e Militares) R$ 602,3 bilhões (13,68% do PIB); Juros e Encargos R$ 160,3 bilhões (3,64% do PIB); Amortizações R$ 344,7 bilhões (7,83% do PIB) e Previdência Social do INSS de R$ 318,8 bilhões (7,24% do PIB), gerando um déficit fiscal nominal consolidado de R$ 158,1 bilhões (3,58% do PIB) (Ricardo Bergamini) Que tal?
  • FORÇAS ARMADAS
    Hoje, pela manhã, a presidente Dilma disse que as Forças Armadas poderão intervir para coibir a violência durante a Copa do Mundo. Será que Dilma incluiu aí também a violência que o seu governo está praticando contra a economia do país?
  • INSPIRAÇÃO
    Rezo diariamente para que os brasileiros se encham de coragem e façam o mesmo que milhares de venezuelanos estão fazendo: protestem para valer por uma boa causa.

FRASE DO DIA

Cometi o único pecado que a política não perdoa: dizer a verdade antes do tempo.

Roberto Campos