Artigos Anteriores

PASSANDO A RÉGUA

ANO XIV - Nº 007/14 -

FOLGA

Este é o último editorial que escrevo e publico neste péssimo ano de 2015. Esta pequena folga, que se encerra na próxima segunda-feira, dia 04/01/2016, se dá, notadamente, para que os leitores esqueçam, momentaneamente, que a colheita de maus resultados, plantados ao longo dos governos Lula e Dilma Bolivarianos, vai prosseguir. Mais: deve alcançar o seu auge no próximo ano.
 

DEPRESSÃO

Pois, enquanto me preparo para a virada do ano, ao som de PANELAÇOS E MUITAS VAIAS, como sugeri no editorial de ontem, aproveito para lembrar aos leitores que da mesma forma como antecipei, de forma puramente técnica e responsável, que em 2015 o nosso pobre país entraria em estado de RECESSÃO ECONÔMICA, cheio de infelicidade afirmo, com a mesma certeza e/ou alta probabilidade de acerto, que em 2016, o Brasil vai experimentar uma dura DEPRESSÃO ECONÔMICA.
 

MINISTRA DA DESPESA

Vejam que até no apagar das luzes, ou da escuridão, de 2015, a presidente Dilma, confirmando que está mais para MINISTRA DA DESPESA NACIONAL, não para de mostrar o quanto é capaz de PRODUZIR DÉFICITS NAS CONTAS PÚBLICAS. A mulher, como se vê, tem VEIAS DE GASTANÇA pelo corpo todo, todas muito bem oxigenadas e prontas para produzir novos desastres a cada dia. Um horror!  

PEDALADAS

Contando com uma fantástica dose de ignorância do povo brasileiro, principalmente da mídia que forma a opinião de milhões de incautos, Dilma garante que vai liquidar as CRIMINOSAS CONTAS DAS PEDALADAS. Ora, isto só é possível através de mais endividamento, pois as contas públicas deverão fechar 2015 com DÉFICIT DE 120 BILHÕES DE REAIS, no mínimo. 

MAU ADMINISTRADOR

Na verdade, para tristeza do nosso povo que prefere acreditar na fé, deixando de lado os corretos instrumentos de gestão, este governo se mostrou, ao longo de 2015, que além de MAU ADMINISTRADOR (mau porque é movido por pura maldade), também é muito TRAMBIQUEIRO, excessivamente CORRUPTO e costumeiramente MENTIROSO. 

BRASILEIROS DE BEM

Bem, ainda que não falte assunto para explicar o que leva os seres pensantes a ser vítimas de tanta coisa ruim, me proponho a desejar aos brasileiros DE BEM, em geral, e, especialmente aos leitores do Ponto Critico, que consigam reunir -muita saúde, força e demasiada persistência- para que possam enfrentar o vendaval que se anuncia. 

MEDIDAS ANTI-CORRUPÇÃO

Ah, antes que o ano termine sugiro que assinem as MEDIDAS ANTI-CORRUPÇÃO, propostas pelo Ministério Público Federal. Aliás, é muito desanimador ver que muita gente se declare contrária a CORRUPÇÃO, mas não se dispõe a mudar as leis que protegem, de forma absurda, os milhares de CORRUPTOS que abundam no nosso pobre país.   

Desejo, ao menos, uma -Feliz Virada!

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • BOLSA FAMÍLIA

    Apesar do desgaste político com a barganha para aprovar a redução da meta fiscal e mascarar o descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal, o Bolsa Família permaneceu intocado e já consumiu R$ 25,3 bilhões até novembro. Ao ritmo de gastos de R$ 2,3 bilhões por mês, o ano de 2015 será de recorde histórico em gastos do governo com o programa e deve ultrapassar os R$ 28 bilhões até janeiro de 2016.

    O governo cortou investimentos, mas manteve a distribuição do Bolsa Família e contribui diretamente para inflação galopante de mais de 10%.

    A gastança do governo será comprovada com dois recordes em 2015: Bolsa Família – R$ 28 bilhões e Orçamento – déficit de R$ 120 bilhões.

     

  • SINDILOJAS PORTO ALEGRE

    Segundo levantamento realizado pelo Sindilojas Porto Alegre, 26% das lojas da Capital já começaram as liquidações logo após o Natal. Dentre estas, a média de desconto praticado é de até 40%. De acordo com o presidente da Entidade, Paulo Kruse, as pontas de estoque devem oferecer descontos ainda maiores para os consumidores. "Tivemos um ano muito difícil para o varejo e as tradicionais liquidações de verão são esperadas tanto pelo consumidor, como pelo lojista, que busca iniciar o ano com resultado positivo", aponta.

    Outros 35% dos estabelecimentos devem iniciar as ações promocionais em janeiro, com a virada do ano, e 39% dos consultados não pretendem praticar descontos especiais no verão. Dentre os produtos em destaque estão os itens da coleção primavera/verão, moda praia e artigos para viagem.

    Diante da previsão de baixo movimento nas lojas, 56% das lojas ajustaram as compras para o Natal e ficaram com o saldo do estoque igual ao de 2014. E 17% conseguiram ter um saldo ainda menor que no Natal passado, pois reduziram a quantidade de produtos em estoque para a temporada. Por outro lado, 28% dos estabelecimentos estão com um saldo, em média, 17% maior que no mesmo período de 2014, já que não atingiram os resultados esperados com as vendas deste Natal.
     

  • IRRESPONSÁVEIS

    É mais do que óbvio que uma LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL deve estar acima de qualquer pensamento ideológico. Trata-se, como o próprio nome informa, tão somente de RESPONSABILIDADE. Pois, para conhecimento dos leitores, a LRF do RS, aprovada na madrugada de ontem na Assembleia Legislativa, teve 22 votos contrários, dos seguintes deputados(as):

    PT - Adão Villaverde, Altemir Tortelli, Edegar Pretto, Jeferson Fernandes, Luiz Mainardi, Miriam Marroni, Nelsinho Metalúrgico, Stela Farias, Tarcisio Zimmermann, Valdeci Oliveira e Zé Nunes.
    PDT - Enio Bacci e Juliana Brizola.
    PTB - Aloísio Classmann, Luís Augusto Lara, Maurício Dziedricki, Ronaldo Santini
    PCdoB - Juliano Roso, Manuela d'Ávila.
    PSOL - Pedro Ruas
    PPL - Bombeiro Biachini
    Rede - Regina Becker Fortunati

     

FRASE DO DIA

Não adianta desejar feliz ano novo se cometermos os mesmos erros do ano velho, que sejamos mais sábios, mais autocríticos e fazer as coisas por merecer, pelo menos é o que eu desejo pra mim.

Bruno Repezza