Artigos Anteriores

PARA SALVAR A DEMOCRACIA

ANO XIV - Nº 007/14 -

EXISTE SAÍDA?

Tenho recebido mensagens de vários leitores do Ponto Critico, perguntando se existe alguma saída para nós, pobres cidadãos (eleitores), ficarmos livres de tantos equívocos que tornam o Brasil um país excessivamente caro, tanto para quem produz quanto para quem consome. Isto sem falar no preço da corrupção, que cada dia se mostra mais alto.

ALGO NOVO

Pois, é gente. Como a decantada democracia brasileira não vai além do insignificante voto eleitoral, que, infelizmente, não garante coisa alguma ao eleitor enganado, é preciso buscar uma nova saída. Quem sabe através da responsabilização dos partidos pelas atitudes de seus candidatos? Vamos tentar?Se nada é tão simples, pelo menos já temos algo novo que precisa ser analisado e avaliado. A ideia é a seguinte:

CONHECIMENTO POLÍTICO

Partindo do pressuposto, de que qualquer cidadão que trabalha no setor privado, empresarial ou autônomo (profissional liberal), sabe o quanto é importante o CONHECIMENTO TÉCNICO (para poder elaborar um bom produto ou serviço); e o CONHECIMENTO HUMANO (para poder se relacionar melhor com o mercado, cujos consumidores estão cada vez mais exigentes); chegamos a conclusão de que falta CONHECIMENTO POLÍTICO.

PARTIDO POLÍTICO

Como, historicamente, quem faz o produto não se preocupa (diz que não tem tempo) com o conhecimento político, para fazer valer seus anseios de obter, junto aos governantes, um menor custo fiscal e uma maior produtividade, precisa de alguém que o represente. É aí que entra o papel do partido político, que até hoje não foi exigido pela sociedade.

DIALOGAR COM OS PARTIDOS

A sociedade organizada, na forma de associações de todos os tipos, para não ficar refém dos interesses e da vontade do candidato eleito precisa dialogar com os partidos. Cabe exigir dos mesmos a escolha correta de pessoas com capacidade notória em cada setor, para, se eleitos virem a lutar pelos reais interesses da sociedade.

TERMO DE GARANTIA

A pressão dos eleitores precisa ser iniciada, portanto, bem antes do pleito, junto aos partidos políticos. Eles precisam se responsabilizar pelas atitudes de seus filiados, da mesma forma como fazem, por exemplo, as concessionárias de veículos ao colocarem seus veículos à venda. É o chamado termo de garantia.

MANUAL DOS PARTIDOS

Para que a democracia do voto seja útil e autêntica, considerando que o voto é secreto, é preciso que todos os cidadãos recebam o MANUAL DOS PARTIDOS E SEUS CANDIDATOS, com a devida forma de acesso ao SAC. Só assim os cidadãos poderão reclamar, junto ao PROTEL, órgão de Proteção ao Eleitor, caso os eleitos não entreguem e/ou cumpram o que ficou acertado com os eleitores.Esta é uma ideia. Como tal precisa ser avaliada e melhorada, para que produza bons resultados. O que se sabe, por enquanto, é que do jeito que está não há salvação. Que tal?

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • BOURBON SHOPPING
    Ontem, na abertura do novo Shopping Bourbon Wallig, a visitação foi estupenda. A curiosidade foi tanta que os lojistas estão festejando muito. Parabéns.
  • DESEMPREGO
    Em março, o desemprego no Brasil subiu para 6,2%. Em fevereiro foi 5,7%.
  • JUROS
    O relatório sobre a reunião do COPOM, que reduziu a taxa básica de juros a 9% ao ano, informa que o BC não descarta novos cortes. Justifica dizendo que a recuperação da atividade econômica tem ocorrido mais lentamente do que se esperava, mas prevê que o impacto da atual crise internacional sobre o Brasil será menor do que o provocado pela crise de 2008.
  • EUA
    Na próxima semana faço algumas observações sobre o que vejo nos EUA, onde passo alguns dias.

FRASE DO DIA

Se quiser por à prova o caráter de um homem, dê-lhe poder.

Abraham H. Maslow