Artigos Anteriores

PARA JAMAIS ESQUECER

ANO XIV - Nº 007/14 -

HOLOCAUSTO

Recentemente, mais precisamente no dia 29/01, em São Paulo, quando participou de um ato solene em memória às vítimas do Holocausto, o presidente Temer disse que a morte de 6 milhões de judeus na Segunda Guerra Mundial precisa ser relembrada permanentemente. Passem dias, meses, anos, séculos, completou.

 

MÃOS ASSASSINAS

Pois, da mesma forma, o extermínio de mais de 12 milhões de empregos e milhares de empresas brasileiras, que foi praticado, sem dó nem piedade, pelas mãos assassinas dos governos Lula/Dilma Petistas, com a ajuda da máquina, ou -Matriz Econômica Bolivariana-, também deve ser relembrada permanentemente. Passem dias, meses, anos, séculos!

SOB MEDIDA

Como se percebe, claramente, a tal Matriz Econômica, que foi montada, calibrada e ajustada com todo o carinho pelos governos Lula/Dilma Petistas, atendeu perfeitamente aos desejos e propostas da organização comunista -Foro de São Paulo-.  

 

MÁQUINA DE MOER ESPERANÇA

A pura verdade, inquestionável, atestada pelo resultado apresentado, é que a Matriz Econômica Bolivariana mostrou desempenho idêntico em todos os países que a adotaram. Em todos, aliás, funcionou tal qual uma grande máquina de moer e destruir empresas, empregos e, principalmente, esperança. 

EFEITO RETARDADO

Como a devastação foi enorme e intencional, mesmo que o presidente Temer, tão logo assumiu a governança do país, tenha tratado de sepultar a Matriz do Atraso, o fato é que por algum tempo o Brasil ainda será vítima de efeitos/consequências retardadas das várias medidas tomadas ao longo dos governos petistas/neocomunistas/populistas/assistencialistas. 

RECUPERAÇÃO LENTA

Portanto, ainda que a esperança e a confiança já estejam se manifestando, o que é ótimo, pois faz bem para a nossa autoestima, é importante que todos tenham em mente que a reconstrução do país será muito lenta porque a destruição foi enorme. Mais: vai exigir sérias e profundas cirurgias. 

GANHAR A ESTRADA

Para aqueles que apostam muito em 2017, antes de tudo é bom que todos saibam, que será um ano de CONSERTO DAS RODAS E PNEUS e NÃO DE GANHAR A ESTRADA. E desde já um lembrete: como muitas rodas estão fora do prumo é preciso fazer um correto alinhamento.

Ah, para não cair na mesma armadilha JAMAIS DEVEMOS ESQUECER DOS MALES PETISTAS. Passem dias, meses, anos, séculos!

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • MODELO A TODA TERRA

    Ontem, o primeiro-ministro romeno, Sorin Grindeanu, após protestos em massa no país - os maiores desde a queda do comunismo, em 1989, resolveu revogar o polêmico decreto que descriminaliza alguns casos de corrupção. A aprovação às pressas dessa medida, na terça-feira passada, gerou revolta e levou milhares de manifestantes às ruas.

    O decreto, que deveria entrar em vigor na próxima sexta-feira, descriminaliza casos de corrupção que causem danos ao Estado de até 44 mil euros. Nesses casos, ele prevê uma série de procedimentos administrativos e civis para recuperar o dinheiro e castigar os responsáveis.

    Tomara que o povo da Romênia SIRVA DE MODELO A TODA TERRA. Principalmente, ao povo brasileiro.   

  • VIPLET

    Marcada pela inovação por sua proposta de unir tratamento VIP e preços com descontos reais até em produtos de vitrine, a campanha VIPLET ganha a sua segunda edição na rede Bourbon Shopping, Moinhos Shopping e Porto Alegre CenterLar, de 8 a 12 de fevereiro. No período, as lojas dos shoppings estarão oferecendo descontos de até 50% em uma ampla gama de produtos, que estarão destacados nas lojas com tags, apresentando também dicas e sugestões de uso.

    Outro diferencial da campanha que fez sucesso na edição de 2016 e volta com força são as curadoras de moda, beleza, cultura e gastronomia que estarão à disposição dos clientes em lounges montados nos malls dos shoppings para dar dicas de produtos e serviços ofertados. Nos espaços, os clientes também poderão trocar R$ 100,00 em notas fiscais de compras por benefícios como isenção de estacionamento, descontos em ingressos para cinema, serviço de carregadores de compras, água, café, vouchers de Cabify, entre outros.

  • FOCUS DE HOJE

    Pela quinta semana consecutiva a expectativa para a inflação deste ano melhorou, segundo o boletim Focus, do Banco Central. A mediana das estimativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) caiu de 4,70% para 4,64% e está mais próxima, portanto, da meta de 4,5% perseguida pelo BC.

    Para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2017, o mercado financeiro baixou a previsão de um crescimento de 0,5% - expectativa da semana anterior - para uma alta menor: de 0,49%.
    O governo estima uma alta de 1%, mas o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, já confirmou que deverá revisar este número para baixo.

FRASE DO DIA

Corra o risco. Se der certo, felicidade. Se não, sabedoria.