Artigos Anteriores

OS GAÚCHOS INTELIGENTES SORRIRAM

ANO XIV - Nº 007/14 -

EDUARDO CAMPOS

A situação econômica e financeira do RS , depois que o governador Tarso Genro assumiu o governo, ficou tão ruim e complicada, que bastou o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, aterrissar em solo gaúcho para fazer com que todos aqueles que ainda têm alguma ponta de bom senso e/ou sabem raciocinar, esboçassem um sorriso.

BRASTEMP

Eduardo Campos até pode não ser a Brastemp que o Brasil precisa. Mas, diante da administração desastrosa de Tarso, o socialista pernambucano se transformou numa espécie de salvador da pátria, por tudo que disse nos dois eventos que participou, ontem, em Porto Alegre. Campos foi simplesmente aplaudidíssimo, tanto no almoço da lotadíssima Federasul quanto, no final da tarde, pela imensa plateia que lotou o auditório da PUC/RS, no encerramento do 26º Fórum da Liberdade.

TESTE

Eduardo Campos, ao ser entrevistado, tomou todos os cuidados para não se dizer candidato à presidente nas próximas eleições. Caso não o seja, os gaúchos inteligentes deveriam tentar convencê-lo a se candidatar ao governo do Estado do RS. Seria um bom teste para conhecer a real capacidade de Campos, diante da péssima índole do povo que habita o RS, que, em geral, adora viver no caos.

MERITOCRACIA

São raros os políticos que administram buscando resultados sociais. Foi isto que agradou os gaúchos. Campos deu a entender que parece ser um governante focado nos problemas e na busca de resultados. Mostrou-se convencido de que a competitividade é pra lá de necessária. Daí que passou a usar a meritocracia. Pelo que foi possível entender, através de sua apresentação, o povo pernambucano já se manifesta convencido de que os frutos começaram a ser colhidos.

MAIORIA NÃO-LIVRE

Bem, ainda que Campos tenha feito com que os gaúchos voltassem a sorrir por alguns minutos, tão logo o Instituto Liberdade divulgou o Índice de Liberdade Econômica, as fisionomias dos mais preocupados voltaram a ficar tristes. Tudo porque o Brasil classificou-se na categoria MAIORIA NÃO-LIVRE, com 57,7 pontos, ocupando o 100º lugar.

APROXIMAÇÃO COM A TURMA BOLIVARIANA

Como se vê, o Brasil, que no ano passado ocupava o triste 99º lugar, perdeu uma posição. Entre os 29 países das Américas Central e do Sul, o Brasil ocupa a 19ª. Embora esteja à frente de Cuba (176º), Argentina (160º), Bolívia (156º), Equador (159º) e Venezuela (174º), só pelo fato de comungar do mesmo projeto Bolivariano de governar, a aproximação com as posições ocupadas por esses países é questão de tempo. Um horror!

CHILE E URUGUAI

Já sei: os leitores querem saber qual a posição que ocupa o Chile na classificação no Índice de Liberdade Econômica, não é mesmo? Portanto, aí vai: 7º lugar. Sem surpresas. Todos aqueles que ocupam os primeiros lugares mostram crescimento econômico. Já aqueles que apresentam maiores dificuldades para crescer estão na rabeira da lista. Ah, o Uruguai, onde o presidente não se intromete na economia, ocupa a 36ª posição.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • PREOCUPAÇÃO MANIFESTADA
    O aumento da inquietação em relação às perspectivas da taxa de inflação é percebido pela sociedade, segundo pesquisa do Datafolha. Menos da metade dos entrevistados esperava que a taxa permanecesse a mesma ou diminuísse.Isso é preocupante, porque análises empíricas sugerem que a taxa de inflação do ano corrente é explicada pela taxa do ano passado e pela expectativa da própria inflação -que é muito influenciada pelo aumento dos salários reais acima da produtividade do trabalho, como temos tido há anos.
  • OFENSA
    -Poucos comunicadores se manifestaram contra o governador Tarso Genro, que afirmou, no Fórum da Igualdade(?), que 80% do conteúdo de rádio e TV deveriam sair do ar, pois não atenderiam a requisitos da Constituição. Alguns, como é caso do jornalista André Machado (Rádio Gaúcha), se disse ofendido com este tipo de manifestação do governador.
  • CAIS MAUÁ
    Finalmente, a documentação resultante de três meses de trabalho conjunto entre prefeitura e empreendedores do Cais Mauá foi entregue ontem ao prefeito de Porto Alegre. Com o trabalho, no prazo de 30 dias deve estar concluída a avaliação pelos órgãos da prefeitura, dando a liberação das licenças e condições para o início das obras, que deverá ser imediato.
  • RANKING AGAS 2012
    O setor supermercadista gaúcho registrou um crescimento real de 6,6% em 2012 na comparação com o ano anterior e, ao manter sua média anual de crescimento acima da economia do Estado, consolida-se como grande centro de compras para as famílias gaúchas. O dado, já deflacionado pelo IPCA/IBGE, é um dos resultados do Ranking Agas 2012, levantamento realizado entre janeiro e março e apresentado hoje à imprensa pelo presidente da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), Antônio Cesa Longo. Em valores nominais, o crescimento do setor foi de 12,44% em relação a 2011. Participaram do levantamento as 321 maiores empresas supermercadistas gaúchas, oriundas de 137 municípios do Estado. As empresas mais destacadas serão premiadas pela Agas em jantar no dia 17 de abril, durante cerimônia marcada para as 19h30 no Hotel Deville, em Porto Alegre. A representatividade do setor no RS ? As 321 empresas gaúchas participantes do levantamento acumularam um faturamento bruto total de R$ 15.922.517.421,87. De acordo com a estimativa da Agas, estas 321 companhias correspondem a 82,11% do faturamento total do segmento supermercadista gaúcho. Ao todo, portanto, o setor atinge no Estado um faturamento de R$ 19.390.117.133,94, representando 6,54% do PIB do RS estimado pela Fundação de Economia e Estatística (FEE), que foi de R$ 296,3 bilhões em 2012. Os supermercados gaúchos cresceram acima da média nacional, e agora já respondem por 7,7% do faturamento do setor no País. destaca Longo.

FRASE DO DIA

Para uma civilização, não é a técnica que representa o verdadeiro perigo, é a inércia das estruturas.

Louis Armand