Artigos Anteriores

OPERAÇÃO RESCALDO

ANO XIV - Nº 007/14 -

RETRATO DA ELEIÇÃO

Bem, depois dessas primeiras horas desde a apuração dos votos digitados por mais de 100 milhões de eleitores brasileiros, cujo resultado, por margem mínima, fez da candidata Dilma Petista-Neocomunista Rousseff a vencedora do disputadíssimo pleito, cabe analisar com a cabeça fria e os pés no chão o que foi decidido nas urnas e o que se espera para os próximos anos. 

DIAGONAL ESCLARECEDORA

1 - Ficou claro, e indiscutível, pela preferência dos eleitores de cada Estado, que o país saiu dividido. Basta traçar uma linha diagonal, no sentido Noroeste-Sul, para identificar o grande recado das urnas:

UM BASTA À CORRUPÇÃO E MODELO BOLIVARIANO

1.1 - a metade mostrada à esquerda do mapa queria romper com o modelo bolivariano (que impõe baixíssimo crescimento econômico e inflação alta) e dar uma basta à corrupção desvairada; e,

REFERENDUM

1.2 - a outra metade, à direita deste mapa, preferiu fazer desta eleição
presidencial um REFERENDUM, no qual aprovaram os absurdos atos de corrupção
assim como a Transição para o Socialismo, defendido pelo Foro de São Paulo e
bem espelhado pelo que acontece em Cuba e na Venezuela.

POSTURA EQUILIBRADA

Pois, ainda que o raciocínio lógico diga que a situação econômica do país não tem como melhorar com a Matriz defendida por este governo Neocomunista, dependendo de uma (nova) postura equilibrada, sem ironias e muito focada, a resistência que pode vir a ser imprimida por todos que votaram em Aécio Neves tem tudo para avançar e neutralizar algumas das investidas do governo.

FRUSTRAÇÃO

É normal, neste momento de enorme frustração em que uma margem mínima de votos propõe a perda de uma eleição, que os vencidos desabafem e promovam manifestações impensadas. Faz parte da indignação. Entretanto, passados alguns dias é preciso que a cabeça volte a dar espaço único, e restrito, à sensatez.

CAINDO A DIFERENÇA

Só com inteligência, boas propostas, estratégia eficiente e objetivos claros seremos capazes de uma virada em 2018. Vale lembrar que a preferência por candidatos do PT à presidência, nos últimos doze anos, vem diminuindo. Seguindo na mesma toada, a próxima eleição, dependendo do nosso bom trabalho, o Neocomunismo tem tudo para sair derrotado. 

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • MISSA DE CORPO PRESENTE

    Até às 20h de ontem, metade dos brasileiros estava pronta para fazer o enterro de Dilma e todos os petistas. Hoje os preparativos se voltam para a de Missa de corpo presente do país.

  • FOCUS

    A semana se inicia com a divulgação do Boletim Focus – pesquisa semanal realizada pelo Banco Central com economistas: de acordo com o Boletim, as projeções para a expansão do PIB para 2014 e 2015 seguem em 0,27% e 1%, respectivamente. 

  • IPCA/SELIC

    A expectativa para o IPCA de 2014 se mantém em 6,45% e, para 2015, continua em 6,30%. Do lado da Selic, a estimativa é que a taxa se mantenha em 11% no fim de 2014; já para 2015, a previsão caiu de 11,88% para 11,50%. 

  • LUTA CONTRA A DITADURA

    Dilma diz, com ufanismo e orgulho, que lutou contra a ditadura. Certamente, a presidente vai me apoiar por fazer o mesmo: lutar contra a ditadura Bolivariana.

FRASE DO DIA

Entre um governo que faz o mal e o povo que o consente há uma cumplicidade vergonhosa.

Vitor Hugo