Artigos Anteriores

ONEROSO PARA O CONSUMIDOR

ANO XIV - Nº 007/14 -

LEILÃO DAS HIDRELÉTRICAS

Li e ouvi em vários meios de comunicação que o governo Dilma considerou a venda de 29 usinas hidrelétricas, através de leilão realizado ontem, na Bovespa, um grande sucesso. Este sentimento, é preciso esclarecer, se deu, certamente, porque o governo conseguiu arrecadar R$ 17 bilhões com a venda das outorgas. 

 

 

 

PREGUIÇA

Como se sabe, a maioria do povo não tem o hábito de pensar. Para driblar a preguiça, ou o analfabetismo, deixa para a IMPRENSA a tarefa do esclarecimento e/ou formação de opinião sobre tudo que acontece.

 

R$ 17 BILHÕES

Como a mídia, em geral, resolveu aplaudir o resultado do leilão porque o valor arrecadado contribui para a diminuição do DÉFICIT PÚBLICO, a maioria dos brasileiros ficou satisfeita. No entanto, o que o povo ainda não sabe é que vai PAGAR, INTEGRALMENTE, OS R$ 17 BILHÕES obtidos com a VENDA DAS OUTORGAS.

 

 

 

VENDA DE OUTORGAS

Ora, para começar é preciso que todos saibam que a VENDA DE OUTORGAS pelo MAIOR VALOR apregoado, significa OPERAÇÃO ONEROSA PARA O CONSUMIDOR. Ou seja, o CONCESSIONÁRIO vencedor da licitação cobrará dos consumidores de energia o valor que pagou no leilão, ao longo do período da concessão. Simples assim.

NÃO ONEROSO

Caso o governo tivesse optado pelo sistema de oferta de MENOR VALOR DA TARIFA DE ENERGIA, aí o concessionário vencedor da licitação estaria transferindo este importante benefício para os consumidores. É o LEILÃO - NÃO ONEROSO- PARA O CONSUMIDOR. 
 

NOVO IMPOSTO

De novo: o que o governo Dilma-Petista fez, portanto, foi um LEILÃO ONEROSO. O que é condenável sob todos os aspectos porque o ÔNUS, representado pelos R$ 17 bilhões que o governo vai receber dos vencedores da licitação, nada mais é do que um NOVO IMPOSTO A SER PAGO PELOS CONSUMIDORES DE ENERGIA. 

 

DIA DA GRATIDÃO

Mudando de assunto aproveito para enviar a minha saudação aos americanos do norte, que festejam hoje a sua data –social- mais importante, qual seja o -DIA DE AÇÃO DE GRAÇAS-, ou -DIA DA GRATIDÃO-.

Nós brasileiros, que copiamos muitas datas que os povos do hemisfério norte festejam, não nos interessamos por aquela que propõe a CONFRATERNIZAÇÃO entre amigos e familiares, independente de questões religiosas, que não envolve troca de presentes.

Infelizmente, o Brasil só copiou o que acontece no dia seguinte: o BLACK FRIDAY. Ou seja, nada de AGRADECIMENTO.
 

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • BALANÇO DE PAGAMENTOS

    Em outubro, as transações correntes apresentaram DÉFICIT de US$4,2 bilhões, acumulando, nos últimos doze meses, saldo negativo de US$ 74,2 bilhões, equivalentes a 4,02% do PIB. Na conta financeira, as captações líquidas superaram as concessões líquidas em US$3,6 bilhões, destacando-se os ingressos líquidos de US$6,7 bilhões em investimentos diretos no país. (Ricardo Bergamini)
     

  • COPOM

    Ontem, o Copom decidiu manter a taxa Selic em 14,25% ao ano, em decisão SEM UNANIMIDADE. Dois dos membros do comitê de política monetária do BC se mostraram favoráveis a um AUMENTO na taxa de juros.

  • SERGIO MORO

    O Juiz da Lava Jato, Sergio Moro, diz não ter visto iniciativas do Congresso, ou do próprio governo federal, em avançar no combate à corrupção mesmo após todos os desdobramentos da operação e os protestos da população.

    Fica claro, portanto, que o povo não elege políticos que representem a sua vontade, tanto no Executivo quanto no Legislativo. No Judiciário, nem isso.  

  • ESTUPIDEZ

    A Câmara Municipal de Porto Alegre, confirmando a bestialidade que reina na Capital do RS, aprovou, por 22 votos favoráveis e nove contrários, projeto de lei do vereador Cláudio Janta (SDD) que PROÍBE o transporte remunerado de passageiros em veículos particulares cadastrados por aplicativos ou plataformas semelhantes, a exemplo do oferecido pela empresa Uber. VIVA A ESTUPIDEZ!

FRASE DO DIA

Tudo é considerado impossível até acontecer.

Nelson Mandela